Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
brunocparra

Gerador de carga para testar amperes

Recommended Posts

   Ola galera eu entendo um pouco de eletrônica, mas não sei ainda fazer um circuito do zero.

 

 

   O meu problema é o seguinte. Eu preciso de um gerador de carga regulável para eu poder testar corrente.

 

   Normalmente eu testo com resistência de chuveiro e multímetro mas é muito problemático para fazer e nem sempre da certo.

   Acho que deve da pra fazer um com resistores e um potenciômetro para regular, nem que eu use o multímetro mesmo mas eu substituindo a resistência de chaveiro já estaria de bom tamanho.

 

  Queria 2 dicas de vocês:

 

1 - Qual resistor e potenciômetro usar para poder testar potencias de ate 30 ou 40 amperes.

 

2 - Tem algo por qual possa substituir o multímetro ou então como melhorar ele para poder medir de 30 a 40 amperes pois esses multímetros normais medem no máximo 25 amperes e em menos de 3 segundos se não derrete tudo.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

   Não entendi muito bem se você quer fazer um gerador (fonte) de corrente/Tensão se for, é AC ou DC, segundo qual a tensão máxima e a corrente.

   Quanto a medir a corrente ela é AC ou DC, segundo quer um circuito para visualizar a rampa da corrente ou só medir. Para medir sem visualizar rampa as alternativas são:
    Multímetro (Alicate amperímetro)
- http://www.ebay.com/itm/Portable-AC-DC-Voltage-LCD-Mini-DIGITAL-Clamp-Multimeter-Electronic-Tester-Meter-/300803597492?pt=LH_DefaultDomain_0&hash=item46094aa4b4
    Usando microcontrolador para medir DC
- http://www.ebay.com/itm/1pcs-30A-range-Current-Sensor-Module-ACS712-Module-NEW-/200992198840?pt=LH_DefaultDomain_0&hash=item2ecc1190b8
    Usar um amperímetro digital para DC
- http://www.aliexpress.com/item/Mini-2in1-0-28-DC-0-100V-50A-Red-LED-Voltage-Current-Monitor-Meter-YB27-VA/1241652318.html
   Usar um amperímetro digital para AC
- http://www.aliexpress.com/item/Dual-Color-Display-110V-220V-80-300V-0-50A-AC-Voltmeter-Amperemeter-Volt-Amps-Gauge-Built/1442083966.html
  Criar seu amperímetro com um resistor e amplificar a tensão medida para um display 7 segmentos
- http://www.soloelectronica.net/cc_ammeters.html

  Quanto ao valor do resistor para medir 30A, se a saída 0-30A for escalonada 0-1V ”V=R*I”=>1=R*30=>R=0.033R, a potência do mesmo será “P=V*I”=>P=1*30=>P=30W (potência alta),a resolução da medida depende da parte de medição, se for um multímetro depende de sua faixa de medição, se for microcontrolador  depende de seu ADC, se for um circuito discreto depende do Ampliador operacional que mandará para o display.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

   Não entendi muito bem se você quer fazer um gerador (fonte) de corrente/Tensão se for, é AC ou DC, segundo qual a tensão máxima e a corrente.

   Quanto a medir a corrente ela é AC ou DC, segundo quer um circuito para visualizar a rampa da corrente ou só medir. Para medir sem visualizar rampa as alternativas são:

    Multímetro (Alicate amperímetro)

- http://www.ebay.com/itm/Portable-AC-DC-Voltage-LCD-Mini-DIGITAL-Clamp-Multimeter-Electronic-Tester-Meter-/300803597492?pt=LH_DefaultDomain_0&hash=item46094aa4b4

    Usando microcontrolador para medir DC

- http://www.ebay.com/itm/1pcs-30A-range-Current-Sensor-Module-ACS712-Module-NEW-/200992198840?pt=LH_DefaultDomain_0&hash=item2ecc1190b8

    Usar um amperímetro digital para DC

- http://www.aliexpress.com/item/Mini-2in1-0-28-DC-0-100V-50A-Red-LED-Voltage-Current-Monitor-Meter-YB27-VA/1241652318.html

   Usar um amperímetro digital para AC

- http://www.aliexpress.com/item/Dual-Color-Display-110V-220V-80-300V-0-50A-AC-Voltmeter-Amperemeter-Volt-Amps-Gauge-Built/1442083966.html

  Criar seu amperímetro com um resistor e amplificar a tensão medida para um display 7 segmentos

- http://www.soloelectronica.net/cc_ammeters.html

  Quanto ao valor do resistor para medir 30A, se a saída 0-30A for escalonada 0-1V ”V=R*I”=>1=R*30=>R=0.033R, a potência do mesmo será “P=V*I”=>P=1*30=>P=30W (potência alta),a resolução da medida depende da parte de medição, se for um multímetro depende de sua faixa de medição, se for microcontrolador  depende de seu ADC, se for um circuito discreto depende do Ampliador operacional que mandará para o display.

 

ok amigo desculpe mas acho que não expliquei direito a medição não é o problema era só uma opção ok pois se nao conseguir fazer um amperímetro eu comprarei 1.

 

Quanto aos multímetros eles funcionam somente ate 10 amperes acima disso eles ja queimam, o alicate amperímetro só mede amperagens muitos altas o que não me convém.

 

Mas o que quero mesmo e um circuito para colocar carga na fonte. Quero testar fontes chaveadas de 13,8, 5 e 3 volts para saber quantos amperes elas liberam no máximo de trabalho. Mas para medir a corrente a fonte tem que ta em carga. Por exemplo uso uma resistência de chuveiro mas é muito ruim.

Queria  saber como posso montar um circuito com resistores e com um potenciômetro para ir colocando carga na fonte e ir aumentando conforme eu quero. Criar ai uma resistência vamos supor de quase nula a ate uma resistência que force a fonte ai a liberar ate 30, 35 amperes.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ai tens um circuito que oferece uma corrente constante e ajustável por potenciômetro.. Ele se destina a fornecer corrente para uma solução para fazer eletrólise..

Eliminando a fonte (transformador de entrada retificação e filtragem) do mesmo e pegando a tensão da fonte a ser testada ele pode se transformar em uma carga com corrente drenada ajustável..

 

Se expandires o número de transistores que fazem o ajuste e colocares um bom ventilador em seus dissipadores pode ser aumentado o range de corrente a drenar..

 

Vai requerer algum conhecimento de eletrônica bem como entendas como o potenciômetro faz para variar a carga aplicada ai (variar a corrente drenada).

 

É um bom circuito e merece que o consideres para chegar onde desejas..

 

https://www.dropbox.com/s/r12r371qxzj38uu/Fonte%20de%20corrente%20ajust%C3%A1vel%20%C3%B3tima.jpg

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ai tens um circuito que oferece uma corrente constante e ajustável por potenciômetro.. Ele se destina a fornecer corrente para uma solução para fazer eletrólise..

Eliminando a fonte (transformador de entrada retificação e filtragem) do mesmo e pegando a tensão da fonte a ser testada ele pode se transformar em uma carga com corrente drenada ajustável..

 

Se expandires o número de transistores que fazem o ajuste e colocares um bom ventilador em seus dissipadores pode ser aumentado o range de corrente a drenar..

 

Vai requerer algum conhecimento de eletrônica bem como entendas como o potenciômetro faz para variar a carga aplicada ai (variar a corrente drenada).

 

É um bom circuito e merece que o consideres para chegar onde desejas..

 

https://www.dropbox.com/s/r12r371qxzj38uu/Fonte%20de%20corrente%20ajust%C3%A1vel%20%C3%B3tima.jpg

 

Obrigado vou dar uma olhada o que conseguir usar posto por aqui ok

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

    Agora eu entendi o que você quer, isso se chama circuito de carga eletrônica ou dinâmica. Se somente variar a resistência é um pouco complicado, pois a potência dissipada pelo resistor é muito alta logo potenciômetro está fora de cogitação, o que pode se usar nesses casos é variar a tensão sobre um resistor fixo, por exemplo se você tem um resistor de 0.5R a uma tensão de 12V, “V=R*I”=>12=0.5*I=>I=24A, se você abaixar essa tensão para 2V, “V=R*I”=>2=0.5*I=>I=4A, ou seja, é só colocar um resistor de boa dissipação (fio), ou vários em associação e variar a tensão, como a tensão que você fornece ao circuito é fixa e a variação de corrente que importa, depois da entrada fixa(ex:12V), você usa um mosfet controlando a tensão no resistor, claro que o mosfet dissipará muito calor.
- http://www.sabereletronica.com.br/artigos/1340-carga-eletrnica
- http://virtuatec-eletronica.blogspot.com.br/2013/08/carga-eletronica-ajustavel-dummy-load.html
- http://www.openhardwarehub.com/projects/73-Simple-DC-Dummy-Load
   A medição de corrente será necessária, o que recomendo e a utilização de um microntrolador regulando a tensão do mosfet por pwm, um ACS712 para ler a corrente e um divisor resistivo para ler a tensão, lendo isso você usa como feedback para regular a tensão do mosfet até alcançar a corrente que voce quer testar, não precisa ser um algoritmo PID, para fazer isso é só incrementando uma variável (pwm), até alcançar a corrente desejada, e assim tudo fica via software no pc.
  O cuidado a se ter é a o resistor que tem que oferecer uma boa dissipação, dependendo você pode usar até o do chuveiro com esse sistema de variação da tensão.
   Aqui um trabalho completo sobre isso:
- http://www.eletrica.ufpr.br/ufpr2/tccs/19.pdf

  Vou ver se monto o circuito com microcontrolador aqui, é que hoje não estou no meu pc.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

    Agora eu entendi o que você quer, isso se chama circuito de carga eletrônica ou dinâmica. Se somente variar a resistência é um pouco complicado, pois a potência dissipada pelo resistor é muito alta logo potenciômetro está fora de cogitação, o que pode se usar nesses casos é variar a tensão sobre um resistor fixo, por exemplo se você tem um resistor de 0.5R a uma tensão de 12V, “V=R*I”=>12=0.5*I=>I=24A, se você abaixar essa tensão para 2V, “V=R*I”=>2=0.5*I=>I=4A, ou seja, é só colocar um resistor de boa dissipação (fio), ou vários em associação e variar a tensão, como a tensão que você fornece ao circuito é fixa e a variação de corrente que importa, depois da entrada fixa(ex:12V), você usa um mosfet controlando a tensão no resistor, claro que o mosfet dissipará muito calor.

- http://www.sabereletronica.com.br/artigos/1340-carga-eletrnica

- http://virtuatec-eletronica.blogspot.com.br/2013/08/carga-eletronica-ajustavel-dummy-load.html

- http://www.openhardwarehub.com/projects/73-Simple-DC-Dummy-Load

   A medição de corrente será necessária, o que recomendo e a utilização de um microntrolador regulando a tensão do mosfet por pwm, um ACS712 para ler a corrente e um divisor resistivo para ler a tensão, lendo isso você usa como feedback para regular a tensão do mosfet até alcançar a corrente que voce quer testar, não precisa ser um algoritmo PID, para fazer isso é só incrementando uma variável (pwm), até alcançar a corrente desejada, e assim tudo fica via software no pc.

  O cuidado a se ter é a o resistor que tem que oferecer uma boa dissipação, dependendo você pode usar até o do chuveiro com esse sistema de variação da tensão.

   Aqui um trabalho completo sobre isso:

- http://www.eletrica.ufpr.br/ufpr2/tccs/19.pdf

  Vou ver se monto o circuito com microcontrolador aqui, é que hoje não estou no meu pc.

 

Po cara valeu agora eu entendi. Eu tava em duvida quanto a como achar o valor de resistência a ser aplicada mas agora você me explicou tudo ai.

 

E quanto a controlar a tensão vou fazer um teste aqui como você me explicou ai. Eu entendi o uso do mosfet mas quanto ao Microcontrolador  fica meio difícil eu achar aqui na minha cidade. Não tem como eu usar um potenciometro ou algo mais para regular o mosfet?

 

Desde ja obrigao

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

 

E quanto a controlar a tensão vou fazer um teste aqui como você me explicou ai. Eu entendi o uso do mosfet mas quanto ao Microcontrolador  fica meio difícil eu achar aqui na minha cidade. Não tem como eu usar um potenciometro ou algo mais para regular o mosfet?

   Sim tem como usar um potenciômetro para regular a tensão do mosfet, o primeiro link que passei no último post mostra um circuito e sua explicação para isso, mas mesmo assim ai está o link.

- http://www.sabereletronica.com.br/artigos/1340-carga-eletrnica

    Tinha falado em microcontrolador para se ter um circuito mais “profissional” e preciso, junto a facilidades, como você fazer um gráfico da corrente e tensão da carga  no pc e analisar melhor, programar testes como variar de pico de corrente em pouco tempo, ou o tempo que a o circuito aquenta “puxando” certa corrente, e até colocar um sensor de temperatura para uma análise completa, enfim pensei demais.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

   Sim tem como usar um potenciômetro para regular a tensão do mosfet, o primeiro link que passei no último post mostra um circuito e sua explicação para isso, mas mesmo assim ai está o link.

- http://www.sabereletronica.com.br/artigos/1340-carga-eletrnica

    Tinha falado em microcontrolador para se ter um circuito mais “profissional” e preciso, junto a facilidades, como você fazer um gráfico da corrente e tensão da carga  no pc e analisar melhor, programar testes como variar de pico de corrente em pouco tempo, ou o tempo que a o circuito aquenta “puxando” certa corrente, e até colocar um sensor de temperatura para uma análise completa, enfim pensei demais.

 

Ok valeu amigo

 

Não pensou de mais não. Gostei muito da sua ideia. Vou fazer ela sim, mas aqui na minha cidade é muito difícil eu achar microcontroladores então tenho sempre que pedir de fora, e como tava meio com pressa vou fazer primeiro um modelo mais simples ai depois vou incrementar sempre visando em facilitar minha vida. Obrigado depois volto para postar resultados

valeu pela ajuda.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu pensei em um conversor buck com a saída curto-circuitada, controlado por um PWM ajustável feito com LM555.

Eu já tenho o PWM. Vou fazer um testes e depois coloco aqui o resultado.

 

Uma solução mais simples seria uma PWM em cima de resistores.

Podem ser lampadas automotivas.

4 delas já consomem 40A

Elas tem dois filamentos: Um de 60 watts e outro de 55 watts. Os dois acesos juntos já da 115W que dividido por 12V dá 9,5A.

037952A.jpg

A receita aqui seria um bom capacitor de filtragem. Sugiro em torno de 2500uF.

Logo após o capacitor o PWM controlado por 555 na freqüência de 20Khz alimentando as 4 lâmpadas automotivas.

 

Pode trocar as lâmpadas por resistores de chuveiro.


Ao girar o potenciômetro de ajuste do PWM, você terá de 0A até 40A, ajustável em qualquer ponto.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu pensei em um conversor buck com a saída curto-circuitada, controlado por um PWM ajustável feito com LM555.

Eu já tenho o PWM. Vou fazer um testes e depois coloco aqui o resultado.

 

Uma solução mais simples seria uma PWM em cima de resistores.

Podem ser lampadas automotivas.

4 delas já consomem 40A

Elas tem dois filamentos: Um de 60 watts e outro de 55 watts. Os dois acesos juntos já da 115W que dividido por 12V dá 9,5A.

037952A.jpg

A receita aqui seria um bom capacitor de filtragem. Sugiro em torno de 2500uF.

Logo após o capacitor o PWM controlado por 555 na freqüência de 20Khz alimentando as 4 lâmpadas automotivas.

 

Pode trocar as lâmpadas por resistores de chuveiro.

Ao girar o potenciômetro de ajuste do PWM, você terá de 0A até 40A, ajustável em qualquer ponto.

 

o amigo se funcionar passa o esquema do pwm pra gente valeu

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ola galera fiz uns testes iniciais aqui levando em consideração os links que me passaram. Só não fiz ainda o pwm mas pelo jeito não vai dar certo também por que ate agora só achei pwm ate 10 amperes.

 

Mas então fiz alguns testes aqui e consegui regular um mosfet de potencia com um potenciômetro. O problema e que quando vou aumentando potencia que passa de uns 9 a 10 amperes o potenciômetro queima. Alguém me da uma luz.

 

tentei diminuir a corrente que passa pelo potenciômetro com resistor mas ai ele não chaveia o mosfet para liberar toda a carga em cima da resistência do chuveiro.

 

A pergunta agora é se eu colocar um lm555 ou 358 como nos esquemas acima eles irao suportar alta corrente ou queimarão também que nem o potenciometro. Precisava saber pois tenho que pedir de fora na minha cidade não tem.


Achei o mesmo circuito que faller mostrou so que ele muda o jeito de medir vou testar se der certo e ate melhor que nao esforça o multimetro.

 

http://py2nfe.com/carga-fonte.html

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Use o esquema abaixo:

É um esquema de alta corrente. Cada mosfet IRF3205 suporta 20A constante.

Todos os 5 juntos suportarão até 100A

 

PQAAAOwsskpevlyNp9JMiyxl_xWzg7qOoGT6bKQA

 

 

Os transistores BD139 e BD140 da saída, fazem parte do circuito driver que aciona o gate dos mosfets.

Existe uma outra opção de driver usando CI, mas no caso só ria suportar acionar apenas um mosfet, veja:

1.png

 

 

 

Com relação ao PWM:

Apenas substitua o potenciômetro de 100K por um de 50K.

Substitua o capacitor de 10nF por um outro de 1,5nF.

Fazendo assim o PWM oscilará em freqüência entre 17Khz a 20Khz

Faça o PWM conforme imagem abaixo:

2005-10a-004.gif

 

 

Segue os cálculos:

 

Mais informações:
http://www.dprg.org/tutorials/2005-11a/index.html

Cálculo da frequência:
F = 1,44/ (R1 * C1)
Entrando com F = 20.000Hz e R1 = 50k Ohms, tem-se:
C1 = 1,44/ (R1 * F) = 1,44 / (50.000 * 20.000) = 1,44e-9 -> C1 = 1n5F
Reaplicando a fórmula, com R1 = 50.000 e C1 = 1n5F, vai dar a frequência de F = 19.200Hz.
Fonte: http://forum.clubedohardware.com.br/calcular-freq-encia/1157097

 

Lembre-se:

Sempre é necessário o circuito driver na saída do PWM, senão os mosfets não serão acionados com máxima eficiência 

 

 

Observação:

O PWM foi testado e aprovado 

 

 

Segue no link abaixo o conceito de controle de cargas com PWM:

http://www.eletronica.org/arq_apostilas/apostila_pwm.pdf

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Use o esquema abaixo:

É um esquema de alta corrente. Cada mosfet IRF3205 suporta 20A constante.

Todos os 5 juntos suportarão até 100A

 

PQAAAOwsskpevlyNp9JMiyxl_xWzg7qOoGT6bKQA

 

 

Os transistores BD139 e BD140 da saída, fazem parte do circuito driver que aciona o gate dos mosfets.

Existe uma outra opção de driver usando CI, mas no caso só ria suportar acionar apenas um mosfet, veja:

1.png

 

 

 

Com relação ao PWM:

Apenas substitua o potenciômetro de 100K por um de 50K.

Substitua o capacitor de 10nF por um outro de 1,5nF.

Fazendo assim o PWM oscilará em freqüência entre 17Khz a 20Khz

Faça o PWM conforme imagem abaixo:

2005-10a-004.gif

 

 

Segue os cálculos:

 

Mais informações:

http://www.dprg.org/tutorials/2005-11a/index.html

Cálculo da frequência:

F = 1,44/ (R1 * C1)

Entrando com F = 20.000Hz e R1 = 50k Ohms, tem-se:

C1 = 1,44/ (R1 * F) = 1,44 / (50.000 * 20.000) = 1,44e-9 -> C1 = 1n5F

Reaplicando a fórmula, com R1 = 50.000 e C1 = 1n5F, vai dar a frequência de F = 19.200Hz.

Fonte: http://forum.clubedohardware.com.br/calcular-freq-encia/1157097

 

Lembre-se:

Sempre é necessário o circuito driver na saída do PWM, senão os mosfets não serão acionados com máxima eficiência 

 

 

Observação:

O PWM foi testado e aprovado 

 

 

Segue no link abaixo o conceito de controle de cargas com PWM:

http://www.eletronica.org/arq_apostilas/apostila_pwm.pdf

 

valeu cara vou pedir os transistores e vou fazer esse esquema. voce me ajudou muito valeu mesmo

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bom pessoal comprei os transistores e montei o circuito como o da primeira imagem mas não funcionou. então modifiquei o power como o da terceira imagem e tambem nao funcionou, a fonte liga tudo, mas ela nao impoem a carga na fonte como não tivesse ativando os mosfet.

 

So uma coisa em ves de 5 3205 eu coloquei só 4, mas acho que isso nao mudaria nada. e tambem eu usei uma placa de circuito usada aqui que as trilhas deram quase todas certas só tive que colocar alguns jumpers e uns pedaços de fios. fico bom e conferi as ligaçoes umas 3 vezes.

 

Só fiquei com uma duvida no seguinte:

 

1 - transistor bd139 e bd140:  No esquema acima os transistor estão do mesmo jeito e sei que embaixo é o coletor emcima o emissor e do lado a base.  Só pra confirmar eu baichei os datasheet e eles tem os terminais da seguinte maneiro da esqurda pra direita:  bd139:  1 - emissor, 2 - coletor e 3 base.   bd 140: 1 - coletor, 2 - base, 3 - emissor. Esta certo essa ligação??

 

 

2 - tenho duvida quanto aos capacitores. Eu utilisei capacitores de disco e nao sei se esta certo. foi utilisado um com numeração 103 no lugar do 10nf  e um com inscrição de 102 no lugar do 0,1, ai nao funcionou coloquei um de 1k5 no lugar do 10 nf e tambem nao funcionou. que capacitores devo utilisar de disco mesmo??

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Tanto faz ser disco ou o de plástico (poliester).

No lugar do 0,1uF use com valor de 104.

0,01uF - 103

porém os valores do esquema devem ser alterados para uma frequência maior..

Como está no cálculo é 1.5nF...

então use 152 se for disco...

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

 A sim esqueci de dizer tambem que a tensão de entrada nao é 12v. as fontes que vou testar são de 13,8 a 14 volts, Atrapalha em alguma coisa?

 

E os diodos usados foram todoa 1n4148

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

um com inscrição de 102 no lugar do 0,1, ai nao funcionou coloquei um de 1k5 no lugar do 10 nf e tambem nao funcionou. que capacitores devo utilisar de disco mesmo??

O problema foi este com rescrição de 102 Veja como identificá-los:

 102 = 1000pF que é igual a 1nF.

102: O último número é a quantidade de zeros que você irá colocar atrás. No caso são 2 zeros.

 

01uF é na verdade 100nF.

 

Já 01nF é 100pF.

BD139:

bd139.gif

 

bd140:

 

8390902800_1301602246.jpg

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O problema foi este com rescrição de 102 Veja como identificá-los:

 102 = 1000pF que é igual a 1nF.

102: O último número é a quantidade de zeros que você irá colocar atrás. No caso são 2 zeros.

 

01uF é na verdade 100nF.

 

Já 01nF é 100pF.

BD139:

bd139.gif

 

bd140:

 

8390902800_1301602246.jpg

 

Então amigo troquei todos os capacitores pelos recomendados por mroberto no caso e ainda testei o capacitor original do esquema de 10uf e mesmo assim nao funcionou e como se nao abrisse nada o circuito.

 

A unica duvida agora e quanto ao bd140, nos esquemas na internet e nesse que voce me mostrou ai a flecha aponta para cima no caso coletor.

E no esquema montado a flecha esta para baicho, aponta para o terra então eu devo conectar o coletor dele no terra ou mantenho o coletor em cima como montei no circuito(conectado as base dos mosfet).?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Então amigo troquei todos os capacitores pelos recomendados por mroberto no caso e ainda testei o capacitor original do esquema de 10uf e mesmo assim nao funcionou e como se nao abrisse nada o circuito.

 

A unica duvida agora e quanto ao bd140, nos esquemas na internet e nesse que voce me mostrou ai a flecha aponta para cima no caso coletor.

E no esquema montado a flecha esta para baicho, aponta para o terra então eu devo conectar o coletor dele no terra ou mantenho o coletor em cima como montei no circuito(conectado as base dos mosfet).?

 

 

Se a base aponta para cima ou para baixo não significa nada de importante.

Apenas significa que o transistor está de frente ou de costas.

O que realmente importa é isso:

NPN =  A seta aponta da base para o emissor.
PNP =  A seta aponta do emissor para a base.

NPNvsPNP.png

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Então no caso do bd 140 eu devo ligar o coletor no negativo da fonte e o emissor vai ligado aos resistores de 10 k que faz o chaveamento dos mosfet?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Então no caso do bd 140 eu devo ligar o coletor no negativo da fonte e o emissor vai ligado aos resistores de 10 k que faz o chaveamento dos mosfet?

É por isso que não funcionou.

 

Os resistores não são de 10K, são de 10 Ohms

Faça o circuito exatamente como está no esquema que funciona.

 

O BD140 serve para descarregar o gate dos mosfets.

O gate de um mosfet se comporta como um capacitor cerâmico.

O gate de cada mosfet IRF3205 tem cerca de 3nF.

4 mosfets em paralelo já somam 12nF.

 

É preciso um transistor para carregar este capacitor, e outro transistor para descarregar este capacitor.

Parece pouca capacitância, mais em alta freqüência a corrente pode chegar até 2A pico. 

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

É por isso que não funcionou.

 

Os resistores não são de 10K, são de 10 Ohms

Faça o circuito exatamente como está no esquema que funciona.

 

O BD140 serve para descarregar o gate dos mosfets.

O gate de um mosfet se comporta como um capacitor cerâmico.

O gate de cada mosfet IRF3205 tem cerca de 3nF.

4 mosfets em paralelo já somam 12nF.

 

É preciso um transistor para carregar este capacitor, e outro transistor para descarregar este capacitor.

Parece pouca capacitância, mais em alta freqüência a corrente pode chegar até 2A pico. 

 

Não amigo digitei errado eu utilizei de 10 r mesmo os resistores. Mas eu liguei a eles ao coletor do transistor bd 140.

ta certo??

 

ps.: Desculpe ficar incomodando vocês com isso, sou curiosos e gosto muito de aprender. So que esses transistor complicam minha vida kkkkk

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Está errado. O emissor do BD140 é que tem que ficar ligado aos resistores de 10R, veja:

8390902800_1301602246.jpg

 

PQAAAOwsskpevlyNp9JMiyxl_xWzg7qOoGT6bKQA

Este transistor é quem faz a descarga do gate dos transistores. Descarga daquela capacitância. 

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Está errado. O emissor do BD140 é que tem que ficar ligado aos resistores de 10R, veja:

8390902800_1301602246.jpg

 

PQAAAOwsskpevlyNp9JMiyxl_xWzg7qOoGT6bKQA

Este transistor é quem faz a descarga do gate dos transistores. Descarga daquela capacitância. 

 

opa chefe blzz então acho que ta ai o erro do meu esquema que quando montei achei uma imagem do jeito que ta no esquema e mostrava coletor acima ai liguei coletor nos resistores.

 

valeu cara Cada dia aprendo um pouco mais e você me ajudou muito, acho que nunca vou conseguir entender realmente esses transistor kkkk, vou inverter e se funcionar posto aqui.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×