Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Raphael Ventorim

RESOLVIDO Configurando uma grande rede sem fio

Recommended Posts

Boa tarde pessoal, eu sou o administrador da rede do condomínio onde moro (10 casas num terreno de 6000 m²) e gostaria de ouvir algumas dicas para a implantação/manutenção da minha rede.

 

Bom, para começar tenho 20 pontos de acesso (2 roteadores com DHCP desabilitado em cada casa), além do roteador principal (modem GVT Pace v5471 com DHCP ativado - link de 50Mbps). Temos, em média, 90 computadores conectados ao mesmo tempo (com o tempo de concessão de IP definido em 24 horas). Além disso, todos os pontos de acesso estão configurados com o mesmo SSID, tipo de segurança (WPA), criptografia (TKIP) e no padrão G.

 

Considerando que esse número de computadores conectados simultaneamente (considerando celulares/tablets) tende a aumentar nos próximos anos, tenho a necessidade de adaptar a rede para que ela comporte pelo menos 200 dispositivos conectados ao mesmo tempo.

 

O problema que tenho atualmente é que a internet para de funcionar com frequência, o roteador fica inacessível e não consigo acessar sua página de configuração. Por isso estou pensando em adquirir (mesmo que dos EUA) um roteador parrudo e cuja capacidade seja declaradamente para pelo menos 200 usuários. Gostaria também que o roteador tivesse a opção de habilitar o QoS, priorizando alguns serviços VoIP como Viber e Skype.

 

Também não sei se existe algum problema neste artifício de desabilitar o DHCP dos roteadores e utilizar apenas as portas WAN, visto que eles não são verdadeiros access points!

 

Obrigado pela atenção!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Para gerenciar uma rede desse tamanho e com essas características, eu não hesitaria em desenhar um ou mais diagramas. O fiz para uma rede bem menor. Usei o draw.io através do Google. Foi possível embutir diretamente a imagem num Documento do Google. Documente sua rede.

 

Também não sei se existe algum problema neste artifício de desabilitar o DHCP dos roteadores e utilizar apenas as portas WAN, visto que eles não são verdadeiros access points!

 

Olhando de relance, parece acertado e descomplicador interligar roteador e pontos de acesso usando cabos. Tenho impressão que iria por esse caminho, já que a intenção é se responsabilizar pela rede de um condomínio inteiro. Cada morador é como um cliente que pode pegar no pé se algo não estiver a contento. Você pode deixar os pontos de acesso com eles, tais como os provedores fazem.

 

Aliás, uma opção que também pode ser elegante e estável é cada ponto de acesso ser cliente WISP, administrado pelo morador. Mas quais são os modelos desses equipamentos?

 

O WDS que você fez já "funciona", você sabe. Mas então, qual é a questão mesmo?

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Para gerenciar uma rede desse tamanho e com essas características, eu não hesitaria em desenhar um ou mais diagramas. O fiz para uma rede bem menor. Usei o draw.io através do Google. Foi possível embutir diretamente a imagem num Documento do Google. Documente sua rede.

 

 

Olhando de relance, parece acertado e descomplicador interligar roteador e pontos de acesso usando cabos. Tenho impressão que ria por esse caminho, já que a intenção é se responsabilizar pela rede de um condomínio inteiro. Cada morador é como um cliente que pode pegar no pé se algo não estiver a contento. Você pode deixar os pontos de acesso com eles, tais como os provedores fazem.

 

Aliás, uma opção que também pode ser elegante e estável é cada ponto de acesso ser cliente WISP, administrado pelo morador. Mas quais são os modelos desses equipamentos?

 

O WDS que você fez já "funciona", você sabe. Mas então, qual é a questão mesmo?

 

Alexandre, esqueci de falar que o modem GVT se conecta aos roteadores através de um switch 16 portas TP-Link (TL-SF1016D). O formato da rede é totalmente radial, sendo que cada casa recebe apenas um cabo de rede, que é ligado à uma porta LAN do seu primeiro roteador. O segundo roteador de cada casa é conectado à outra porta LAN daquele primeiro! Dessa maneira, não existe nenhuma redundância ou possibilidade de haver um loop infinito na rede.

 

Como é um condomínio familiar, a ideia é deixar uma rede roaming mesmo. Os roteadores foram comprados pelos próprios moradores e são modelos simples como o TL-WR542G, DI-524, WR740N, DIR-900L, etc.

 

A questão é desafogar o modem e utilizar um roteador dedicado que seja capaz de gerenciar pelo menos 200 dispositivos simultaneamente. Ao meu ver, o ideal seria um roteador Cisco com 16 portas, dedicado mesmo, sem Wifi.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Como é um condomínio familiar, a ideia é deixar uma rede roaming mesmo. Os roteadores foram comprados pelos próprios moradores e são modelos simples como o TL-WR542G, DI-524, WR740N, DIR-900L, etc.

Por "roaming" eu entendo que você não quer cada casa com seu ponto de acesso isolado como é hoje. Preferir fazer um grande WDS, invés do formato radial, pode não ser tão vantajoso quanto você está pensando. A largura de banda vai para a metade da real de um 802.11g. Fora que a configuração fica mais complexa para cada cliente, e com riscos de incompatibilidade. Além de que, se um deles exigisse WEP, todos teriam de ser.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Por "roaming" eu entendo que você não quer cada casa com seu ponto de acesso isolado como é hoje. Preferir fazer um grande WDS, invés do formato radial, pode não ser tão vantajoso quanto você está pensando. A largura de banda vai para a metade da real de um 802.11g. Fora que a configuração fica mais complexa para cada cliente, e com riscos de incompatibilidade. Além de que, se um deles exigisse WEP, todos teriam de ser.

 

Mas já existem cabos passando por todo o condomínio, o termo roaming eu peguei desse site aqui: http://support.apple.com/pt-br/HT4260

WDS neste caso não seria a melhor opção, pois por cabo é sempre mais rápido né!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Minha opinião é que você aproveite a estrutura cabeada. Já é um grande passo, se ela estiver bem feita, passando por locais correto, com terminais bem confeccionados e organizados.

 

Tenho experimentado serviços de diagrama e agora foi a vez do Cacoo.

 

Penso que aí está assim:

post-435193-0-65732700-1420043656_thumb.

 

Parece que você quer assim:

post-435193-0-45890400-1420043646_thumb.

 

Eu concordo, mas sou inexperiente.

 

@Raphael Venturin, eu compartilho com você os projetos de diagrama lá no Cacco. Dá para teclar enquanto se desenha.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Oa diagramas estão totalmente de acordo com o que eu quero. Agora, quando voce fala em terminais bem confeccionados me vem uma duvida: qual a melhor marca de conectores rj45? Aqui utilizo PMC, sao bons?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Oa diagramas estão totalmente de acordo com o que eu quero.

Quer eles compartilhados para cópia ou edição? Crie uma conta Cacoo e me envie mensagem privada aqui pelo fórum.

 

Agora, quando voce fala em terminais bem confeccionados me vem uma duvida: qual a melhor marca de conectores rj45? Aqui utilizo PMC, sao bons?

Não entendo disso. Só sei que tem de ser direito! :D

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Oa diagramas estão totalmente de acordo com o que eu quero. Agora, quando voce fala em terminais bem confeccionados me vem uma duvida: qual a melhor marca de conectores rj45? Aqui utilizo PMC, sao bons?

 

Os conectores PMC são bons sim. Uma preocupação maior são os cabos. Foram usados cabos para instalação externa?

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Os conectores PMC são bons sim. Uma preocupação maior são os cabos. Foram usados cabos para instalação externa?

 

Os dutos, por onde passa, fontes de interferência, etc.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Os dutos, por onde passa, fontes de interferência, etc.

 

Mas geralmente a turma erra é nos cabos. Cabos comuns instalados externamente não duram nada.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Mas geralmente a turma erra é nos cabos. Cabos comuns instalados externamente não duram nada.

 

Os cabos são antigos (10 anos de uso), mas estão em boas condições e passam em tubulações subterrâneas juntos à rede elétrica e/ou telefônica. Não sei avaliar se é necessário ou não substituir os cabos, mas isso daria um enorme trabalho!! Sei que existe um tipo de cabo (CAT6) menos susceptível a interferências externas, mas será que o seu uso é justificado em ambientes residenciais?

 

Obrigado pela atenção!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Os cabos são antigos (10 anos de uso), mas estão em boas condições e passam em tubulações subterrâneas juntos à rede elétrica e/ou telefônica. Não sei avaliar se é necessário ou não substituir os cabos, mas isso daria um enorme trabalho!! Sei que existe um tipo de cabo (CAT6) menos susceptível a interferências externas, mas será que o seu uso é justificado em ambientes residenciais?

 

Obrigado pela atenção!!!

Se estão funcionando sem erros está ok. Os cabos para instalação externa existem também para CAT5. Os cabos CAT6 são para redes Gigabit, mas mesmo esses existem para instalação abrigada ou externa.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Os cabos são antigos (10 anos de uso), mas estão em boas condições e passam em tubulações subterrâneas juntos à rede elétrica [...]

 

Isso não é o ideal.

 

Não sei avaliar se é necessário ou não substituir os cabos, mas isso daria um enorme trabalho!! Sei que existe um tipo de cabo (CAT6) menos susceptível a interferências externas, mas será que o seu uso é justificado em ambientes residenciais?

 

Faça medições com o que você tem. Realizar transferências de arquivo, de ponta a ponta, pode oferecer um teste razoável.

 

Atenção! Se não for Gigabit Ethernet, o limite teórico fica em 100 Mbps.

Se estão funcionando sem erros está ok.

 

Não, interferências e comprimentos podem estar empobrecendo as taxas de transferências.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Isso não é o ideal.

 

 

Faça medições com o que você tem. Realizar transferências de arquivo, de ponta a ponta, pode oferecer um teste razoável.

 

Atenção! Se não for Gigabit Ethernet, o limite teórico fica em 100 Mbps.

 

Não, interferências e comprimentos podem estar empobrecendo as taxas de transferências.

 

Realmente não é a situação ideal, por isso pensei nos cabos CAT6,

mas quando ligo direto no cabo, os downloads vão à 5 MB/s tranquilamente!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

quando ligo direto no cabo, os downloads vão à 5 MB/s tranquilamente!

 

5 MB/s ~ ( 5 Mb/s x 8 = 40 Mbps )

 

@Raphael Venturin, tentei achar o que seria uma roteador robusto que lhe servisse. Mas o que eu primeiro encontrei foi um DIY muito simples, propondo um hardware Atom para uma máquina econômica "faz tudo" (ou não): roteador, firewall, proxy, servidor de arquivos. Pareceu-me interessante!

 

Aqui no Brasil você pode optar por BrazilFW:

 

topologia_bf.jpg

 

Existem outros. O pfSense...

 

Para servidor de arquivos, acabo lembrando o nome "FreeNAS".

 

Para proxy, é inevitável desconsiderar o nome "Squid":

Eu desconheço tudo isso na prática. Apenas suponho que seja útil compartilhar as ligações aqui.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

5 MB/s ~ ( 5 Mb/s x 8 = 40 Mbps )

 

@Raphael Venturin, tentei achar o que seria uma roteador robusto que lhe servisse. Mas o que eu primeiro encontrei foi um DIY muito simples, propondo um hardware Atom para uma máquina econômica "faz tudo" (ou não): roteador, firewall, proxy, servidor de arquivos. Pareceu-me interessante!

 

Aqui no Brasil você pode optar por BrazilFW:

 

topologia_bf.jpg

 

Existem outros. O pfSense...

 

Para servidor de arquivos, acabo lembrando o nome "FreeNAS".

 

Para proxy, é inevitável desconsiderar o nome "Squid":

Eu desconheço tudo isso na prática. Apenas suponho que seja útil compartilhar as ligações aqui.

 

Alexandre, ocorre que quando temos algum problema, a rede cai toda. Acho que se a causa fosse o comprimento dos cabos ou interferência, os problemas seriam mais pontuais!

 

Estou pensando em comprar o Cisco RV016, que é um roteador puro e com 16 portas já! 

Mas ainda tenho receio de que os problemas continuem, então vou mudar os SSIDS de cada access point para nomes distintos e verificar se isto aumenta a estabilidade

 

Estive pesquisando a respeito do roaming esses dias e achei um artigo interessante:

http://www.ciscopress.com/articles/article.asp?p=1613796&seqNum=4

 

Obrigado pela atenção!

Me lembrei de uma função que está ativada nos APs que é o UPNP.

Talvez seja melhor eu desabilitar essa função! Vou experimentar

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Amigo vou te informar rapidinho sobre essa sua rede, e como resolver isso fácil e rápido.<br />

Sua rede da forma que esta irá travar direto caindo toda ela, roteadores desse nível não foi feito pra cascatear a rede.<br />

Para resolver e simples, após o modem você coloca um switch de 8 portas desse de 40 reais mesmo, nele você coloca uma rb 450g para gerenciar sua rede, com login, senha, controle de banda etc... E no seu caso não sei pode colocar em paralelo com a rb no switch um servidor de filmes, um servidor de cobrança e gerenciamento dos clientes etc. Da rb ate os clientes cabea com o cabo utp 5 mesmo da tranquilo, e chegando na casa coloca o roteador em modo ap e configura de acordo com a vontade dono, nessa situação tu pode colocar tranquilo 200 usuários.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pode deixar todos os APs no mesmo SSID, mas nunca, jamais deixe todos eles no mesmo canal. pfSense é até bonzinho, se quiser usar no lugar de um roteador "pronto". Vai ter que usar um PC "mais-ou-menos". Eles tem um guia de dimensionamento: https://www.pfsense.org/hardware/Uma coisa que eles notam logo no começo é que controladores Realtek possuem performance pior do que Intel. Como é difícil obter essa informação em um PC pronto, acho que o jeito é montar um mesmo, se quiser ir por esse caminho, claro.

É bom lembrar que o padrão Ethernet especifica um comprimento máximo de 100m para os cabos. Se você está conseguindo um throughput de menos de 80 Mbps pelo cabo "grande" (em transferências de rede local, com algum programa para testar isso, e não com compartilhamentos de rede), tem alguma coisa errada.

Provavelmente o problema do seu roteador existente é que ele tem pouca RAM, aí ele acaba "abrindo o bico" com tantas conexões simultâneas. O Cisco RV016 que você quer comprar tem 256 MB, o que é muito bom, mas não sei se é o suficiente para o que você quer - 200 clientes simultâneos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bom dia galera, agradeço imensamente a ajuda de vocês, mas já estou dando o problema como resolvido.

Depois que eu desativei opções como o UPNP, ALG, VPN e Firewall SPI nos "roteadores funcionando como access point" eu não tive mais problemas.

 

Há de se considerar que alguns roteadores mais novos como o D-Link DIR-900L já oferecem a opção explícita de funcionar apenas como access point, função que automaticamente desabilitou todas as demais características de um roteador (inclusive transformando a porta WAN em LAN)!

 

Além disso, eu pesquisei mais sobre o modem/router que a GVT me forneceu (PACE v5471) e notei que ele tem um bom hardware (1GB RAM DDR3, etc), o que me encorajou a procurar por outros problemas! OBS: Achei informações detalhadas sobre ele nesta página.

 

Obrigado pela atenção!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Esse seu roteador tem 1 Gb de RAM = 1024/8 = 128 MB de RAM! Isso é só um pequeno detalhe, você só confundiu as unidades. b = bit, B = byte = 8b.

 

De fato... Mas uma vez eu li que a maioria dos roteadores tem apenas 32MB de RAM, então não está tão ruim assim. Ainda mais pelo fato de o WiFi do meu estar desativado, acredito que isso ajude a poupar memória para as tarefas de roteamento! 

 

 

Uma grande rede sem fio tem de ser algo mais caro.

 

Legal o vídeo, inclusive o autor também tem vários outros interessantes sobre redes!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Vídeos ensinando a usar o RouterOS em routerboards, através do software de gerenciamento Winbox, parecem interessar.
 
winboxmain.jpg

O Youtube está cheio deles mas não vou colecioná-los aqui porque são muito amadores na edição, extensos.

O sistema pode executar scripts, enviar e-mail, etc.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×