Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

Ainda é cedo pra começar a programar?


BeTa

Posts recomendados

Olá,esse é meu segundo tópico, e queria saber se com 12 anos é cedo começar, desde meus 10 anos me interesso por programação, hardware,3D etc.. Mas, indo direto ao ponto é cedo ou não, estou começando com C# mas vou aprender C e C++ também.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Concordo com o @vangodp . Não há idade certa.

 

Quanto à sua pergunta, @BeTa , eu diria que Python é uma boa linguagem pra iniciantes por permitir que você faça inúmeras coisas (não tantas como C/C++) contando com códigos simples e minimalistas. Além disso, Python te força a colocar legibilidade no código, por meio de quebras de linha e identação, que contribuem muito para a formação dum bom código, independente da linguagem.

 

Claro que aprender C/C++ como primeira linguagem te deixa desde já acostumado com vários conceitos importantes como ponteiros, alocação de memória, definir tipo de variáveis, ponto-e-vírgula ao fim duma linha (esqueci um termo melhor, já que não implica necessariamente ser uma linha), etc.

 

Vai da tua decisão. Pesquise um pouco sobre as duas. De qualquer forma, caso queira, posso citar alguns bons tutoriais/cursos/livros tanto como C/C++ e Python.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membro VIP

Hoje existem aplicativos que estimulam a programação para crianças de poucos anos. Não é cedo pra começar.

 

Pra começar, eu acho C ou Pascal bem tranquilos. Mas no começo, não se preocupe muito com a linguagem, mas sim com a lógica. Aprenda como resolver problemas, o que é um vetor e uma matriz, como faz um registro/estrutura, etc. Mas a lógica conta muito.

 

Depois pode partir para outras linguagens como Java, C#, etc.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@MMeessttrree estou começando ver uns vídeos de Python agora, até que é uma boa linguagem. Tipo,desde meus nove anos sou meio viciado nessas coisas, hardware, programação,3d,criação de games, tenho programas para tudo isso, e com programação é o que eu quero trabalhar.

 

Ha, e tem algum livro bom de C++ ?

 

@Math.Pi eu acho que não é cedo, sim que eu comecei no avançado. Estou criando um aplicativo de reconhecimento de voz, foi uma ideia enquanto estava sem sono kkk. Mas enfim vou tentar fazer o que vocês recomendaram. Valeu mesmo ;).

  • Curtir 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

 Tenho sim alguns livros; recomendo-te o C - Completo e Total. Mas uma boa também seriam alguns cursos gratuitos que conheço:

Quando eu chegar em casa vou postar o link do livro. É que antes preciso upá-lo e agora não tenho acesso ao arquivo. De qualquer forma, lá poderei também upar uns outros de C que tenho (e também de Python ou C#, caso queira).

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Se o seu interesse é jogos C/C++ e python são bons nisso, app para android Java e iphone uma linguagem que eles usam.

 

Eu começaria com Python se eu escolhesse hoje, por que ela é uma linguagem mais atual, não estou falando que ela é a melhor só é a mais fácil a ser aprendida, depois você se envolve com C++ ou C aí você aprenderá uma parte mais baixo nível na programação. Existe um software chamado Blender, ele é usado para criar animações e jogos e tem um framework todo feito em python, eu acho que é o ideal pois você estaria matando dois coelhos com uma cajadada.

 

Por fim gaste um tempo para saber quais são as vantagens e desvantagens de cada uma e escolha o que você se sentir mais familiarizado.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Tenho sim alguns livros; recomendo-te o C - Completo e Total

 

Eu ficaria longe desse livro.

Até onde sei, a edição que você vai encontrar em português é a 3a, de 1996, o que a transforma em algo já bem antigo.

Outro motivo é que caso você realmente queira enfiar o pé na linguagem, vai ter uma noção completamente "arcaica" da capacidade da mesma. Por que?

 

Já no começo do livro o autor declara: "C não efetua nenhuma verificação no tempo de execução, como a validação dos limites das matrizes". Hoje, levando em conta o ISO C11, pode não ser mais verdade. Da última vez que vi, essa era uma funcionalidade que constava num TR-1, uma extensão ao padrão (veja o caminho aqui: http://www.iso.org/iso/home/standards_development/deliverables-all.htm?type=tr)

 

http://www.iso.org/iso/home/search.htm?qt=24731&published=on&active_tab=standards&sort_by=rel

 

http://www.open-std.org/jtc1/sc22/wg14/www/docs/n1173.pdf

The committee decided to merely warn in this Rationale of the dangers of formats from untrusted sources, and to remove support for the %n specifier in a new _s family of printf functions

 

http://en.cppreference.com/w/c/io/fprintf

As all bounds-checked functions, printf_sfprintf_ssprintf_s, and snrintf_s are only guaranteed to be available if __STDC_LIB_EXT1__ is defined by the implementation and if the user defines __STDC_WANT_LIB_EXT1__ to the integer constant 1 before including <stdio.h>.

 

Outra citação do livro: "Outro aspecto importante de C é que ele tem apenas 32 palavras-chaves"

No final draft que tenho do ISO C99 são 37.

 

Outra clássica: "C++ é um superconjunto de C". Não. É uma linguagem diferente, obrigada. Apenas recentemente os dois grupos de trabalho se uniram em conversa nos trabalhos de padronização. E continuam existindo padrões diferentes p/ as duas linguagens.

É de lá o eterno "void main" sem explicação alguma (C99-5.1.2.2.1 - "The implementation declares no prototype for this function. It shall be defined with a return type of int and with no parameters or with two parameters (referred to here as argc and argv...) or equivalent; or in some other implementation-defined manner"); o uso de gets (que foi removida do C11) e o conceito de passagem de argumentos por referência (http://denniskubes.com/2012/08/20/is-c-pass-by-value-or-reference/).

 

O resto do livro é apenas referência, que você pode encontrar nas manpages do Linux por aí na internet e até mesmo no draft do próprio padrão. A parte de algoritmos realmente é a mais interessante, mas p/ um livro intitulado "C completo e Total" (pt-br), isso está meio fora do escopo. Ainda mais com tantos livros bons de algoritmos, como o do Sedgewick e do Knuth (observação: "bom" não significa que você vai entender a coisa toda sem as matérias básicas de um curso de ciência da computação)

 

Lista de algumas coisas das quais você não terá notícias lendo esse livro (ou qualquer outro desatualizado): http://blog.smartbear.com/codereviewer/c11-a-new-c-standard-aiming-at-safer-programming/
 

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Como disse o amigo acima, nunca é cedo ou tarde para se começar a programar, pois sua idade não irá lhe atrapalhar, tudo depende somente de você. Eu mesmo, gostaria de ter começado mais cedo.

E não seja influenciado a estudar linguagens que outros usuários o consideram mais fáceis.

Primeiro de tudo, tenha um foco, saiba o o que você pretende criar/desenvolver, depois eu lhe aconselho pesquisar por cursos gratuitos no YouTube de Lógica de Programação, pois a lógica é o ponto essencial para qualquer programador. E então, leia/veja uma introdução das linguagens que forem de seu interesse na área que deseje programar(desktop, web, android, etc). Escolha a que você mais gostar, e estude-a.

Tem um youtuber, muito bom. Ele até já foi citado em um post desse tópico, que é o eXcript, ele disponibiliza cursos gratuitos com ótimo conteúdo, apropriado para iniciantes. Eu o recomendo.

  • Curtir 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Como o @ disse, "não seja influenciado a estudar linguagens que outros usuários o consideram mais fáceis", eu faço o contrário, eu mesmo estudo as linguagens consideradas mais difíceis, mas não tem linguagem difícil,só tem a pessoa que não gosta de programar com a linguagem ou não estudou muito bem. Pra mim as linguagens são a mesma coisa no termo de dificuldade, a única diferença é que algumas são limitadas.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Visitante
Este tópico está impedido de receber novas respostas.

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas comunidades sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

 

GRÁTIS: ebook Redes Wi-Fi – 2ª Edição

EBOOK GRÁTIS!

CLIQUE AQUI E BAIXE AGORA MESMO!