Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
fireands

Desenho circuito proteus com trilhas pequenas

Recommended Posts

Pessoal estou com uma duvida tremenda referente a utilização do ares proteus na confecção do desenho do circuito. Eu quero fazer a confecção de uma placa pelo método térmico então como já tinha uma certa pratica no Isis proteus e já tinha o circuito desenhado e testado no mesmo programa exportei para o ares e através de vídeos no youtbe fiz o desenho, o problema é que as trilhas e os pads ficaram muito pequenos...já encontrei relatos de pessoas com o mesmo tipo de problema mas não achei muito material com relação a possível causa. gostaria de saber se vocês poderiam me passar um tamanho de trilha e e pads com um tamanho razoável, sei que o tamanho das trilhas dependem da corrente e os pads do tamanho dos terminais, mas gostaria de ver um exemplo para ter uma noção dos tamanhos que devo adotar, tenho colado t30 nas trilhas de sinal e t50 na alimentação mas as trilhas continuam minúsculas.Se alguém puder me dar uma dica de como devo configurar a impressão do desenho ou mesmo me indicar algum material de consulta desde já agradeço muito.Estou mandando em anexo o desenho que ficou muito pequeno.

testador bobina(1)(1).PDF

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Está usando a ferramenta que traça as trilhas automaticamente ?

 

Se estiver utilizando a trilha automática faça o seguinte:

Procure a opção Design Rule Manager

Lado direito superior como mostra a imagem.

1.jpg

 

Após entrar nele essa tela de abrira:

2.jpg

Vai até a aba Net Classes, se a placa for de face simples, ali no lado direito onde tem Top Copper deverá ficar em none, Tracer Style é a espessura da trilha, ali escolhe a espessura que necessita, onde tem Signal, tem uma outra opção, geralmente power, pois o proteus faz a separação das trilhas de sinal e de alimentação, selecione o power e fazer a mesma coisa, da ok, e em seguida só mandar traçar as trilhas novamente, quanto mais grossa a espessura da trilha, mais complicado pro programa conseguir traçar sozinho, uma ideia seria a placa dupla face, ou aumentar o tamanha da placa, caso ele não consiga traçar sozinho.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Para circuitos de potencia do tipo fonte, inversor, carga ativa... eu uso T100 para linha de alta corrente (até 4A) e T50 para sinal.

As vezes, quando o circuito usa mais de 2 CI's com mais de 10pinos, eu usao T30 para trilhas de sinal.

 

Abaixo uma tabela que uso para relação corrente/espessura.

 

Corrente     Largura da trilha (mil/th)     Largura da trilha (mil/th)
(A)                         para 1 oz                            para 2 oz
1                                 10                                    5
2                                 30                                   15
3                                 50                                   25
4                                 80                                   40
5                               110                                   55
6                               150                                   75
7                               180                                   90
8                               220                                  110
9                               260                                  130
10                             300                                  150

Oz é a espessura do cobre do laminado (fenolite, fibra de vidro etc).

A espessura do cobre do laminado é especificado para o fabricante de placa de circuito impresso, o mais comum é 1 oz.

Exemplificando, para uma largura de trilha de 30 mils, usando-se uma placa com espessura de 1 oz, essa trilha suportará 2 A.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Obrigado pessoal pela ajuda .E com relação aos pads qual tamanhos vocês recomendam que eu use para circuitos integrados e resistores? esse do desenho que postei ficou minúsculo, se tentasse usar a broca de um milímetro iriam romper todas as ilhas...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

a recomendação prática que dou, principalmente pra circuito made in home, é : deixa o maior que puder.

Ci´s: dê uma olhadela no datasheet. Lá tem os tamanhos corretos recomendados.

Ilhas e trilhas grandes: veja aqui mais um motivo de novo cronologicamente coincidente

 

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Muito obrigado pessoal. As dicas ajudaram bastante, só gostaria de pedir um ultimo favor: alguém poderia me enviar um arquivo de algum projeto feito no ares para que eu possa dar uma olhada, poder de qualquer circuito que tenha um integrado... só para dar uma conferida se estou no caminho certo aqui. desde já agradeço

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, fireands disse:

Muito obrigado pessoal. As dicas ajudaram bastante, só gostaria de pedir um ultimo favor: alguém poderia me enviar um arquivo de algum projeto feito no ares para que eu possa dar uma olhada, poder de qualquer circuito que tenha um integrado... só para dar uma conferida se estou no caminho certo aqui. desde já agradeço

Um amplificador com TDA7294, tem um LM3914 que faz o VU da pra ter uma ideia.
TDA7294.rar

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×