Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
RobertoGB

Alguém já reviveu uma VGA no forno?

Recommended Posts

Minha velha GTX 460 acordou assim hoje (TInha um ícone constrangedor ali que eu tirei :P)artefato.thumb.jpg.680846dcce59ecd25c971cf63efa513d.jpg

 

A única maneira de eu conseguir dar boot foi pelo modo de segurança e encontrei essa imagem aí. Visto que não tenho nada a perder, considerei pôr ela na forno por alguns minutos, alguém já fez isso? Vi num vídeo do Linus Tech Tips que é bom não usar mais o forno para cozinhar alimentos depois desse processo.

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Não vi alguém que tenha feito isso que, categoricamente, tenha resolvido.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@ilkyest Eu já ouvir falar em vários casos, principalmente nas gpus que morreram na época do BumpGate. Um conhecido meu estava com o mesmo problema ano passado e funcionou.

 

Como eu disse anteriormente, eu não tenho nada a perder :P

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Boa sorte... eu nunca vi isso dar certo

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@RobertoGB

 

Corre o risco de criar bolhas na placa e de causar a chamada " solda fria " como aconteceu comigo em uma placa de HD.

 

É muito melhor usar um ferro de solda ou um soprado térmico que se tem melhor controle da temperatura.

 

Antes eu até dava essa dica do forno ou do congelador. Este último parece ser mais seguro pois causa a contração de toda a placa. Mas a do forno pode danificar.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@RobertoGB

 

Com o ferro de solda você iria triscando  ( é só beliscar ) as perninhas ou os contatos de cada componente. Depois é testar.

 

Para BGA tentaria o congelamento da placa que acho que seria o mais indicado para essa tua pv.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Já revivi uma gt630 no forno mas naquela época não tinha conhecimento de eletrônica, se fosse hoje eu não faria. No meu caso valeu a pena pois comprei a placa com defeito e paguei apenas 20 reais, só que usei ela por um mês e depois entrou em curto. Não sei se foi culpa da placa ou da fonte porque antigamente eu usava uma fonte vagabunda de 200w que queimou junto com a placa, acredito que ela tenha queimado minha vga e como não tinha estação de solda pra reparar acabei deixando ela jogada (está aqui até hoje, até consegui fazer ela ligar mas depois a gpu pegou fogo kkkk). O problema do forno é que você não tem controle de temperatura, a solda lead-free (sem chumbo) derrete á 180~200 C°, se ficar no forno tempo demais as esferas podem se juntar e se não ficar tempo suficiente elas não derretem, sem contar que essa mudança brusca de temperatura pode quebrar as trilhas internas porque o metal se expande em altas temperaturas. Alguns dizem que colocar a placa no forno pode deixar resíduos que depois vão pra comida mas isso não posso afirmar se é verdade, minha recomendação é que se você não quiser mandar ela pra reparos coloque ela no forno, como você mesmo disse, não tem nada a perder.

 

Tem também uma outra técnica que usa uma churrasqueira elétrica, essa aparentemente não danifica a placa mas você precisa de um termostato a laser (ou bate na gpu bem de leve pra ver se o chip está mole, mas tem que ter muito cuidado).

 

 

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 horas atrás, Daniel Lee disse:

Alguns dizem que colocar a placa no forno pode deixar resíduos que depois vão pra comida mas isso não posso afirmar se é verdade

 

Lava o forno depois kkkkkkk:thumbsup:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×