Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
BloodCeltics Lopes

Lâmpadas/Chuveiro qual o real consumo?

Recommended Posts

Lâmpadas/Chuveiro dúvidas de consumo:

Se eu tiver uma duas lâmpadas incandescentes 100w e 40w

Obviamente uma acenderá com maior intensidade e outra com menor.

Algumas pessoas dizem que a de 40 consumirá menos, e por este motivo compram destas para suas residências.... (depois gasta com médico para curar a dor de cabeça e com oculista para consertar os olhos por causa de forçar para ver na escuridão... rsrsrs).

 

Mas minha dúvida é a seguinte: a de 100w tem resistência mais fina por isso brilha mais... sua energia se transforma e calor maior luminosidade. a de 40w tem resistência mais grossa, ou mais comprida, e transforma a energia em menos luminosidade pois gasta mais para aquecer a resistência mais grossa...

 

Ou seja de uma forma ou outra, estão entrando 110v nas suas lâmpadas... e as duas estão gastando esta mesma energia mas de forma diferente... então elas não deveriam gastar a mesma coisa na conta de luz?

 

outra coisa semelhante: em um chuveiro onde também entra 110v.... sua resistência transforma a energia em calor quando aquece a pouca água que por ele passa... mas se abrirmos bem o registro o calor gerado pela resistência será insuficiente para para aquecer a agua e esta ficara fria... mas ainda assim a energia está sendo gasta para tentar aquecer a água....

 

ou seja a energia esta sendo gasta nos dois estados do chuveiro... mas em qual deles gasta-se mais luz? e porquê?

 

obrigado pelas explicações.

 

Obs.: sei que não vendem mais lâmpadas incandescentes de 100w, sua citação foi somente para ilustrar o tópico.

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

É que a potência é diferente. Uma lâmpada incandescente de 100W tem a potência de... 100W. A potência é relacionada à corrente e à tensão pela fórmula P = V.I. Então se a tensão é a mesma (ex. 220V) o que varia é a corrente e que é relacionada à resistência apresentada pelo filamento. A resistência da lâmpada de 100W é menor do que a de 40W, consequentemente a corrente que circula no filamento é maior e a potência é maior também. 

 

No chuveiro temos por exemplo ajuste verão e inverno. Temos duas resistências diferente, com comprimentos diferentes, ligadas em série e com potências diferentes. Na seleção verão a potência é menor e usamos no verão quando a agua não está muito fria. A posição inverno é usada quando a água está mais fria. Como a potência da resistência é fixa em cada uma das posições fazemos o ajuste da temperatura variando o volume de água que passa pelo chuveiro. Circulando menos água a temperatura da água sobe e vice-versa.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@BloodCeltics Lopes  A Lâmpada de 100w tem uma resistência que dissipa potência na forma de calor., A potência dissipada é de 100W. Ela gasta 100W.

 

A de 40 gasta 40W.. Se você tem um pouco de conhecimento de eletronica coloque ambas as lâmpadas em um multímetro, na escala resistência, e verás que elas tem resistência diferente.

 

O chuveiro é semelhante. Se você usar o chuveiro na temperatura máxima ele gastará a potência nominal dele, sendo 5400, 6600 7700 watts. Uma coisa é o quanto a água aquece, que é bem diferente de consumo de energia. São conceitos que são unidos apenas pelo fato de que sem água o chuveiro estoura... afora isso tudo é muito diferente.

 

Quando a agua passa pelo diafragma, ela aciona a resistência, ligando o chuveiro. Se a água sairá ou não mais quente é bem outra história.

 

Na minha casa, eu fiquei analisando por uma semana a minha esposa no inverno, durante o banho. Ela abria o chuveiro e colocava no máximo, e reclamava do frio. Coloquei o redutor de pressão que veio com ele. Resultado, agora a temperatura fica maior porque tem menos vasão de água... mas o chuveiro continua gastando conforme a intensidade com a qual ele é ligado

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

estou entendendo... só ainda não entendi o chuveiro... vamos analisar que ele tenha uma resistência apenas, somente uma temperatura, e usarmos dois fluxos de água diferentes... em qual vai gastar mais?   obrigado

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Esquece o fluxo de água... vai gastar mais quando a chave de temperatura estiver maior. 

 

Pense assim: você está usando o teu dedo indicador... para tapar a saída de água de um cano. se o cano for fino, tu vais conseguir tapar ele bem, se ele for grosso, praticamente nada. 

 

O teu dedo indicador pode ser trocado pelo polegar. (mais potente)... mas o gasto dele (Grossura do teu dedo) será sempre a mesma. A diferença é o quanto tu conseguirás reter o fluxo dágua (esquentar ou não)

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sobre as lâmpadas é ao contrário do que você disse, a de 40W tem o fio mais fino, o tamanho é o mesmo. Porque assim passa menos energia elétrica, ela gasta menos, aquece menos e ilumina menos que a de 100W. O fio é mais comprido quando a lâmpada é de 220V. 

Quanto ao chuveiro, a resistência muda de acordo com a temperatura, isso é uma propriedade química dos metais. 

Quando você abre todo o registro, a resistência esfria e a resistência diminui o chuveiro gasta mais mas não esquenta porque é muita água. 

 

Esse fenômeno pode ser visto na lâmpada incandescente, com ela desligada se tem uma resistência próxima a 20R, com ela ligada se medir a corrente e aplicar a lei de ohm terá um valor próximo a 200R.

No chuveiro a resistência muda bem menos já que é usada outra liga metálica. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
6 horas atrás, BloodCeltics Lopes disse:

ou seja a energia esta sendo gasta nos dois estados do chuveiro... mas em qual deles gasta-se mais luz? e porquê?

 

Um chuveiro que tenha a potência nominal de, digamos, 5500Watts, ligado em 127Volts, estará consumindo por volta de 43Amperes - P = V * I.

Se abrir pouco a água, ou se abrir toda a água, ou se fizer passar uma cachoeira por ele, ele vai continuar consumindo 5500Watts.

Essa situação só mudaria se retirasse a água por completo, pois assim, sem água para arrefecer a resistência, a mesma esquentaria até alcançar seu ponto de fusão e "queimar".

 

Os materiais condutivos tendem a alterar sua resistividade em função da temperatura. No caso do chuveiro, sua resistência é feita de uma liga de Níquel/Cromo, que varia muito pouco sua resistividade com o aumento ou diminuição da temperatura.

 

Já no caso da lâmpada, seu filamento é feito de tungstênio, que tem resistividade de 5,6 x 10E-8 Ω.m Uma lâmpada de 40W, ligada em 127V, por exemplo, tem resistência de:

R=V^2 / P  <=>  R = 127^2 / 40   <=>  R=403,225Ω

Mas se pegarmos um Ohmímetro e medirmos a resistência desta mesma lâmpada de 40W a frio, desligada da energia elétrica, obteremos algo em torno dos 22Ohms.

Como podemos observar, a resistência do tungstênio aumenta muito com o aumento da temperatura.

Não é sempre assim com alguns materiais. O carbono, o germânio e o silício, por exemplo, diminuem sua resistividade com o aumento de temperatura.

 

[]'s

Renato

  • Curtir 3

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
17 horas atrás, TcheRenato disse:

 

Um chuveiro que tenha a potência nominal de, digamos, 5500Watts, ligado em 127Volts, estará consumindo por volta de 43Amperes - P = V * I.

Se abrir pouco a água, ou se abrir toda a água, ou se fizer passar uma cachoeira por ele, ele vai continuar consumindo 5500Watts.

Essa situação só mudaria se retirasse a água por completo, pois assim, sem água para arrefecer a resistência, a mesma esquentaria até alcançar seu ponto de fusão e "queimar".

 

Os materiais condutivos tendem a alterar sua resistividade em função da temperatura. No caso do chuveiro, sua resistência é feita de uma liga de Níquel/Cromo, que varia muito pouco sua resistividade com o aumento ou diminuição da temperatura.

 

Já no caso da lâmpada, seu filamento é feito de tungstênio, que tem resistividade de 5,6 x 10E-8 Ω.m Uma lâmpada de 40W, ligada em 127V, por exemplo, tem resistência de:

R=V^2 / P  <=>  R = 127^2 / 40   <=>  R=403,225Ω

Mas se pegarmos um Ohmímetro e medirmos a resistência desta mesma lâmpada de 40W a frio, desligada da energia elétrica, obteremos algo em torno dos 22Ohms.

Como podemos observar, a resistência do tungstênio aumenta muito com o aumento da temperatura.

Não é sempre assim com alguns materiais. O carbono, o germânio e o silício, por exemplo, diminuem sua resistividade com o aumento de temperatura.

 

[]'s

Renato

Valeu, obrigado.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×