Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Italo Natan

Aplicar curto em um Processador

Posts recomendados

Como chegar no processador por meio da placa-mãe? - Minha intenção é aquecer o processador com a passagem de corrente, sem necessariamente estar ligado diretamente nele, e sim, usando os próprios caminhos da placa-mãe. Mas parece ser impossível, pois a corrente parece ser desviada por outros competentes, como soldados protegendo o rei, no caso, o processador. Estou usando uma fonte de até 24v, mais do que suficiente para aquecer uma resistência de 220v.

 

Quero aquecer o processador aplicando nele uma tensão baixa, para que eu possa observar com clareza as reações, pode ser que queime.

 

É um Intel core i5 da 2° Geração.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
3 minutos atrás, Italo Natan disse:

Quero aquecer o processador aplicando nele uma tensão baixa, para que eu possa observar com clareza as reações, pode ser que queime.

"Observar com clareza as reações"? Como assim? 🤔

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sabemos que um Processador pode aquecer facilmente quando este, esta em atividade realizando varias tarefas e/ou se dedicando a uma única tarefa quando é preciso. Sem um dissipador para receber essa energia em forma de calor, o núcleo da CPU pode derreter e/ou causas danos irreparáveis até mesmo para a placa-mãe. No caso, eu pretendo causar um aquecimento sem a necessidade de execução de tarefas binárias, apenas com a passagem de corrente, no caso o curto circuito em corrente continuada. Não é para queimar, embora isso possa vir a acontecer, mas para fins de pesquisa. Entende-se por "reações" toda e qualquer alteração no estado da matéria.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
14 minutos atrás, Italo Natan disse:

Sabemos que um Processador pode aquecer facilmente quando este, esta em atividade realizando varias tarefas e/ou se dedicando a uma única tarefa quando é preciso. Sem um dissipador para receber essa energia em forma de calor, o núcleo da CPU pode derreter e/ou causas danos irreparáveis até mesmo para a placa-mãe. No caso, eu pretendo causar um aquecimento sem a necessidade de execução de tarefas binárias, apenas com a passagem de corrente, no caso o curto circuito em corrente continuada. Não é para queimar, embora isso possa vir a acontecer, mas para fins de pesquisa. Entende-se por "reações" toda e qualquer alteração no estado da matéria.

Todos os chips e placas-mãe modernas tem inúmeros mecanismos de proteção pra que nem o chip nem a placa sejam danificados em casos de sobretensão, superaquecimento, etc (o que, claro, não significa que nunca vá acontecer). Se você ligar sem dissipador não vai acontecer nada demais, o PC vai segurar alguns segundos ligado, a temperatura do processador vai chegar a algo perto de 100 graus e ele vai desligar. Qual seria o interesse em causar superaquecimento sem atividade do processador? "Pesquisa"? Você não quer queimar, mas ver "alteração no estado da matéria" (vulgo fundir)? Explica melhor essa história, tá bem estranho.
Tá parecendo o papo de um jovem que apareceu uns tempos atrás perguntando como queimar o processador porque queria ganhar um novo dos pais 😅

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Italo Natan

 

Talvez, por trás do soquete.. Tem muita coisa ali, que é responsável pela alimentação direta da CPU.. Óbvio, você teria de por o PC pra funcionar e fazer medições ali, pra ver o que faz o que..

 

Com 24V, capaz de arrebentar tudo ali, antes de ser possível fazer qualquer coisa..

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Explicar porque quero fazer isso é um pouco complicado, é curiosidade própria. A maquina já é velha e não se adapta mais as exigências atuais, e também não irei mais usa-la para outras atividades. Então servirá apenas para fins didáticos, depois o lixo. Já retirei todas as peças que eu poderia vender ou reaproveitar, entre elas a Memoria Ram, Fonte (genérica), Dissipadores e ventoinhas ou Coolers, HD, Leitor de CD e DVD, Cabos Sata e demais conectores da placa. So resta a placa-mãe e o processador. A placa-mãe irei usar para fazer outros experimentos, usando-a como Placa de circuito impresso, mas antes quero tentar a possibilidade de chegar ao processador pela conexões da placa-mãe. Se for possível bom, else if eu deixo pra la, e vou tentar derreter ouro com 5v.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bom, dependendo do i5 de 2a geração você faz uns R$ 100~200 nele. Junto com a placa-mãe, ambos funcionando direitinho, acho que bem rápido até. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
15 minutos atrás, Italo Natan disse:

Explicar porque quero fazer isso é um pouco complicado, é curiosidade própria. A maquina já é velha e não se adapta mais as exigências atuais, e também não irei mais usa-la para outras atividades. Então servirá apenas para fins didáticos, depois o lixo. Já retirei todas as peças que eu poderia vender ou reaproveitar, entre elas a Memoria Ram, Fonte (genérica), Dissipadores e ventoinhas ou Coolers, HD, Leitor de CD e DVD, Cabos Sata e demais conectores da placa. So resta a placa-mãe e o processador. A placa-mãe irei usar para fazer outros experimentos, usando-a como Placa de circuito impresso, mas antes quero tentar a possibilidade de chegar ao processador pela conexões da placa-mãe. Se for possível bom, else if eu deixo pra la, e vou tentar derreter ouro com 5v.

Compre meia dúzia de athlon ou K6, ou similares no aliexpress para brincar. Sacrificar um i5 2nd gen é um desperdício, mesmo que não te sirva para mais nada. Em sucatas você encontra esses aos montes, e dá para comprar por centavos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, WOZ Dods disse:

Compre meia dúzia de athlon ou K6, ou similares no aliexpress para brincar. Sacrificar um i5 2nd gen é um desperdício, mesmo que não te sirva para mais nada. Em sucatas você encontra esses aos montes, e dá para comprar por centavos.

Aqui na instituição de Ensino Superior onde trabalho, tem processadores Intel aos monte, desde Pentium IV á Duo e Quad Core, memorias RAM e placa-mãe e diversos outros de equipamentos velhos já substituídos. Ou seja, tem pra dar e vender, derreter, vender, jogar fora, doar... eu já falei vender? Enfim, são coisas que eu gosto de fazer no tempo livre, e já pesquisei em tudo onde é possível, em fóruns e não encontrei nada parecido.

adicionado 3 minutos depois
5 minutos atrás, Italo Natan disse:

Aqui na instituição de Ensino Superior onde trabalho, tem processadores Intel aos monte, desde Pentium IV á Duo e Quad Core, memorias RAM e placa-mãe e diversos outros de equipamentos velhos já substituídos. Ou seja, tem pra dar e vender, derreter, vender, jogar fora, doar... eu já falei vender? Enfim, são coisas que eu gosto de fazer no tempo livre, e já pesquisei em tudo onde é possível, em fóruns e não encontrei nada parecido.

Talvez por que não tenha ninguém com o mesmo nível de insanidade que eu, e se tiver, onde. Há, tem um canal gringo que faz isso, se chama "DanTheAwesomeMan" - https://www.youtube.com/channel/UC2aEEZqSMq7cbX0DtFxo5nQ - Curto muito esse tipo de conteúdo, busca explorar diversas possibilidades e os limites dos componentes e eletrônicos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
32 minutos atrás, Italo Natan disse:

Aqui na instituição de Ensino Superior onde trabalho, tem processadores Intel aos monte, desde Pentium IV á Duo e Quad Core, memorias RAM e placa-mãe e diversos outros de equipamentos velhos já substituídos. Ou seja, tem pra dar e vender, derreter, vender, jogar fora, doar... eu já falei vender? Enfim, são coisas que eu gosto de fazer no tempo livre, e já pesquisei em tudo onde é possível, em fóruns e não encontrei nada parecido.

 

Entendo sua curiosidade e tal, mas recomendo que procure diagramas técnicos da arquitetura e funcionamento desses CPUs. Se você quer fazer algo do tipo, precisa de mais conhecimento, e para isso precisa ir diretamente à fonte.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
7 minutos atrás, WOZ Dods disse:

Entendo sua curiosidade e tal, mas recomendo que procure diagramas técnicos da arquitetura e funcionamento desses CPUs. Se você quer fazer algo do tipo, precisa de mais conhecimento, e para isso precisa ir diretamente à fonte.

Já li alguns artigos (digo alguns por que é tudo referência da referência da referência...) sobre informática, materiais sobre arquitetura de Processadores e sistemas, operadores lógicos, mas como eu disse, não encontrei nada a respeito, talvez tenha algum material que fala sobre isso, mas em português e inglês, eu tenho certeza que não tem. Será que eu terei que produzir esse conteúdo e colaborar com a biblioteca de informática na internet? Acho que essa é a única maneira... Quem sabe. Achei que talvez usando o Fórum pudesse encontrar algo similar. Mas só tem assunto remoído próximo ao Yahoo.

adicionado 0 minutos depois
13 minutos atrás, WOZ Dods disse:

Entendo sua curiosidade e tal, mas recomendo que procure diagramas técnicos da arquitetura e funcionamento desses CPUs. Se você quer fazer algo do tipo, precisa de mais conhecimento, e para isso precisa ir diretamente à fonte.

Teoria é uma coisa, a pratica é diferente, e isso acontece por causa das infinitas possibilidades. 

adicionado 2 minutos depois
2 horas atrás, RS Faria disse:

@Italo Natan

 

Talvez, por trás do soquete.. Tem muita coisa ali, que é responsável pela alimentação direta da CPU.. Óbvio, você teria de por o PC pra funcionar e fazer medições ali, pra ver o que faz o que..

 

Com 24V, capaz de arrebentar tudo ali, antes de ser possível fazer qualquer coisa..

Isso eu ja fiz, o processador aquece, mas não o suficiente para queimar a mão ou danificar, fica entre 37° ~ 40°C

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Para deixar registrado, eu consegui aplicar o curto no processador, tive que conectar um dos fios na entrada entrada de energia da placa-mãe, e o outro em um transistor. Tive que usar 24v mesmo, para que causasse alguma reação mais bacana. O que aconteceu? - Uma parte do revestimento do núcleo estourou, mas de uma forma que não notei, voou a uma velocidade tão alta que não reparei, só notei quando vi o interior do núcleo "exposto". Ai ficou mais fácil de observar, dava para aplicar curto diretamente no núcleo, já que estava exposto. E é incrível, o núcleo emite um violeta, as vezes azul e as vezes roxo, quando vai passando a ponta do fio, liberando faíscas e calor. Ele fica aceso e apaga quando tira o fio, mas não emite luz em todo o núcleo, se reparar com mais atenção, são pequenas ligações, como se fossem milhares de bolinhas energizadas. Era realmente isso que eu queria observar, o núcleo não aquece, no inicio ele rompe um pedaço, e fica exposto, e depois só libera faísca e fica energizado emitido luz violeta.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, Italo Natan disse:

Para deixar registrado, eu consegui aplicar o curto no processador, tive que conectar um dos fios na entrada entrada de energia da placa-mãe, e o outro em um transistor. Tive que usar 24v mesmo, para que causasse alguma reação mais bacana. O que aconteceu? - Uma parte do revestimento do núcleo estourou, mas de uma forma que não notei, voou a uma velocidade tão alta que não reparei, só notei quando vi o interior do núcleo "exposto". Ai ficou mais fácil de observar, dava para aplicar curto diretamente no núcleo, já que estava exposto. E é incrível, o núcleo emite um violeta, as vezes azul e as vezes roxo, quando vai passando a ponta do fio, liberando faíscas e calor. Ele fica aceso e apaga quando tira o fio, mas não emite luz em todo o núcleo, se reparar com mais atenção, são pequenas ligações, como se fossem milhares de bolinhas energizadas. Era realmente isso que eu queria observar, o núcleo não aquece, no inicio ele rompe um pedaço, e fica exposto, e depois só libera faísca e fica energizado emitido luz violeta.

Interessante! Mas cuidado com a segurança! Principalmente em termos de proteção ocular (óculos de segurança pra pelo menos proteger de algum fragmento que possa voar e talvez alguma radiação UV - apesar que se emitir radiação gama esses óculos não vão ajudar, você precisaria de uma máscara de solda mesmo) quanto proteção respiratória, faz num lugar bem arejado e cuidado pra não respirar vapores que possam ser emitidos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
8 minutos atrás, Shaman93 disse:

Interessante! Mas cuidado com a segurança! Principalmente em termos de proteção ocular (óculos de segurança pra pelo menos proteger de algum fragmento que possa voar e talvez alguma radiação UV - apesar que se emitir radiação gama esses óculos não vão ajudar, você precisaria de uma máscara de solda mesmo) quanto proteção respiratória, faz num lugar bem arejado e cuidado pra não respirar vapores que possam ser emitidos.

Sim, usei um capacete. hahaha Inclusive, recomendo retirar todos os capacitores na placa de circuito, para evitar sobrecarga e possíveis explosões. Foi justamente o que fiz, a tensão de 24v pode ser baixa e parecer inofensiva, mas toda e qualquer poder de tensão deve ser respeitada e manuseada com cautela. Quanto a radiação gama, não tem, pois nao é composto por urânio, plutônio, rádio(o elemento), césio 137 ou o iodo radioativo, e nenhum material semelhante.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
34 minutos atrás, Italo Natan disse:

Quanto a radiação gama, não tem, pois nao é composto por urânio, plutônio, rádio(o elemento), césio 137 ou o iodo radioativo, e nenhum material semelhante.

Cuidado, essa não é a única forma de emissão de radiação gama! Qualquer corpo aquecido a altíssimas temperaturas pode emitir radiação ionizante. Ultravioleta (mesmo UVC, extremamente danosa) é produzida até em temperaturas relativamente baixas e não sei se aqueles óculos de proteção de acrílico mais comuns são o suficiente pra proteger. Veja:
 

Citação

A American Welding Society cita que a radiação ionizante (radiação com energia suficiente para induzir íons e elétrons livres na matéria exposta “superfície”(átomos e/ou moléculas) é produzida no processo de soldagem por feixe de elétrons (imposição de um nível elevado de tensão elétrica) ou por partículas oriundas da ponta do eletrodo de tungstênio dopado com tório (Th). Outro exemplo desse tipo de radiação são os raios-X e os raios gama.


Fonte: J. A. L. de Sousa, S. R. Barra; Exposição à radiação em processos a arco elétrico: consequências à saúde e formas de controle; Corte & Conformação de Metais – Julho 2012.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, Shaman93 disse:

Cuidado, essa não é a única forma de emissão de radiação gama! Qualquer corpo aquecido a altíssimas temperaturas pode emitir radiação ionizante. Ultravioleta (mesmo UVC, extremamente danosa) é produzida até em temperaturas relativamente baixas e não sei se aqueles óculos de proteção de acrílico mais comuns são o suficiente pra proteger. Veja:
 


Fonte: J. A. L. de Sousa, S. R. Barra; Exposição à radiação em processos a arco elétrico: consequências à saúde e formas de controle; Corte & Conformação de Metais – Julho 2012.

Brilhante Sharman! Não tinha me atentado a esse detalhe, na verdade tinha pouco conhecimento sobre esse tipo de radiação. A luz emitida do arco elétrico foi realmente forte por incrível que pareça, um pequeno poto emiti uma luz azul forte, como um flash que ilumina toda a parede. É extremamente danosa aos nossos olhos que podem acarretar na cegueira. 

 

Obrigado por enriquecer este post, e por dividir seu conhecimento.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 horas atrás, Italo Natan disse:

A luz emitida do arco elétrico foi realmente forte por incrível que pareça, um pequeno poto emiti uma luz azul forte, como um flash que ilumina toda a parede.

Foi por isso mesmo que pensei na radiação. Um dos primeiros estudiosos do urânio (não vou me lembrar o nome agora) teve uma morte terrível depois de jogar na pia restos de uma amostra contendo urânio dissolvido e experienciado um clarão azul intenso. Nesse caso, acontece que, dependendo da forma do recipiente em que se encontra, o urânio ou materiais fissionáveis em geral podem atingir um estado de massa crítica (na época não se sabia disso): passa a haver suficiente interação pra iniciar uma reação em cadeia que acaba sendo capaz de fissionar boa quantidade do material e em consequência libera uma dose imensa de radiação. O sujeito teve queimaduras graves e morreu poucas semanas depois. Claro que não é o seu caso, mas justamente pela questão da cegueira é importante se proteger, olhos só temos dois! Um abraço!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Caramba, literalmente milhares de transistores queimando simultaneamente kkk

adicionado 5 minutos depois

@Italo Natan Achei aqui o que parece um datashhet da intel mesmo (https://www.intel.com/Assets/PDF/datasheet/306382.pdf).

E pode tentar pesquisar "lga775 pinout" no google tambem, pode conseguir alguma coisa (detalhe eu nao li o datasheet por preguiça, mas pode ter o pino vcc e gnd). Mas eu acredito que seguindo o indutor da mobo na fase correspondente a fase você acharia o vcc, e o ground deve ser comum nos capacitores ou pegar o source dos mosfets.

adicionado 6 minutos depois

Cara mas 24v acho muito mesmo, é como aplicar 660v em uma tv 127v. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

Redes de Computadores - Gabriel Torres

PROMOÇÃO DE QUARENTENA

De R$ 39,90 por apenas R$ 9,90 só até as 23h59min desta sexta-feira 03/04/2020

CLIQUE AQUI E COMPRE AGORA MESMO!