Ir ao conteúdo

Teste do processador Ryzen 3 1200

       
 30.269 Visualizações    Testes  
 54 comentários

O Ryzen 3 1200 está sendo lançado hoje e é o processador mais barato da linha Ryzen da AMD, com quatro núcleos e clock base de 3,1 GHz. Vamos ver se ele é uma boa opção de compra.

Rafael Coelho Editor-chefe do Clube do Hardware

Introdução

Depois do lançamento dos Ryzen 7, que são processadores topo de linha, e dos Ryzen 5, voltados ao segmento intermediário, a AMD está lançando hoje os processadores Ryzen 3, que são modelos de entrada. São dois modelos lançados: O Ryzen 3 1300X (clock base de 3,5 GHz e turbo de 3,7 GHz) e o Ryzen 3 1200. Ambos têm quatro núcleos e diferem dos Ryzen 5 principalmente por não oferecerem a tecnologia SMT (Simultaneous Multi-Threading), equivalente à tecnologia Hyper-Threading da Intel, que simula um núcleo a mais por núcleo físico. Assim, eles têm quatro threads.

Os processadores Ryzen são fabricados em processo de 14 nm "FinFET". Estes processadores são construídos a partir de blocos de quatro núcleos chamados pelo fabricante de CCX (Core Complex). Cada núcleo tem 128 kiB de cache L1 e 512 kiB de cache L2, e há um cache L3 de 8 MiB ou 4 MiB compartilhado para cada bloco de quatro núcleos.

O Ryzen 3 1200 é composto de dois destes blocos, porém com dois núcleos desativados em cada CCX, em uma configuração chamada 2+2. São 512 kiB de cache L2 por núcleo e 8 MiB de cache L3 (4 MiB em cada CCX).

Seu clock base é de 3,1 GHz. Ele ainda pode trabalhar com o clock boost de 3,4 GHz quando há no máximo dois núcleos sendo utilizados, ou em um clock chamado XFR de 3,45 GHz quando apenas um núcleo estiver sendo utilizado e houver uma boa refrigeração.

Os processadores Ryzen têm multiplicador de clock desbloqueado, o que permite que o usuário que esteja buscando um overclock modifique o clock apenas mudando o multiplicador de clock no setup da placa-mãe, desde que ela utilize um dos chipset compatíveis com este recurso (B350 e X370). E embora o soquete AM4 suporte processadores com vídeo integrado, os processadores Ryzen não vêm com este recurso.

O Ryzen 3 1200 é vendido com o cooler Wraith Stealth.

Em relação ao seu preço, o concorrente direto do Ryzen 3 1200 é o Core i3-7100, que custa dez dólares a mais nos EUA. Assim, nós fizemos um comparativo de desempenho entre estes dois processadores, e também incluímos outros modelos como o Core i3-7350K, o Core i5-7400, o Ryzen 5 1400, o Ryzen 5 1500X e o Ryzen 5 1600X, para termos uma ideia de diferença de desempenho entre esses processadores.

Na Figura 1 vemos a embalagem do processador.

Ryzen3-1200-01.jpg

Figura 1: embalagem do Ryzen 3 1200

A Figura 2 mostra o conteúdo da embalagem: o cooler, o processador, um adesivo para o gabinete e um pequeno manual (dentro da caixa onde está o processador).

Ryzen3-1200-02.jpg

Figura 2: conteúdo da embalagem

Podemos ver a parte inferior do cooler Wraith Stealth na Figura 3. Note que, ao contrário do Wraith Spire que vem com modelos mais caros, este cooler tem base de alumínio.

Ryzen3-1200-03.jpg

Figura 3: o cooler Wraith Stealth

Na Figura 4 vemos o processador Ryzen 3 1200.

Ryzen3-1200-04.jpg

Figura 4: o processador Ryzen 3 1200

Utilizamos uma GeForce GTX 1080, que é uma placa de vídeo topo de linha, em todos os testes. Desta forma, podemos ter uma ideia do desempenho de processamento de cada modelo, principalmente nos jogos, independente do vídeo integrado (ou da ausência dele) em cada processador.

Preferimos utilizar uma placa de vídeo topo de linha para minimizar o risco de que esta induza um gargalo (saiba o que isto significa clicando aqui), o que causaria resultados semelhantes em todos os processadores.

Vamos comparar as principais especificações dos processadores testados na próxima página.

Editado por Rafael Coelho

Compartilhar

  • Curtir 5
  • Obrigado 6


  Denunciar Artigo

Comentários de usuários




Alem de não fazer uma analise mais profunda com frametimes, estão usando dados antigos para comparação de testes novos mesmo com tantos patchs\atualizações disponíveis?????

 

Capturar.PNG.a7782f97d42b8c2bbc1daaee81357867.PNG

 

Rise of the tomb raider recebeu um patch que melhorou consideravelmente a performance de todos os Ryzen.

 

Deus EX e Hitman por algum motivo tem menos performance em DX12 em comparação a DX11 com GPUs nVidia, para os Intel tambem, mas para os Ryzen é ainda pior.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Pode ser uma pergunta "iniciante" mas porque não usaram o Pentium G4560 nos testes?

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Excente teste, se compararmos os preços de placa-mãe hoje no mercado, pra custo beneficio so vale com a320, o que ja nao permitiria fazer overclock, logo, nesse segmento, dependendo do preço BR... vale mais o i3 pra pc low, vamos aguardar ele chegar no nosso mercado.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Poxa, benchmark com a 1080 é osso né... Gostaria de ver com uma GPU mais compatível com o preço dele, como a 1050/1050ti

E o G4560 deveria ter entrado também...

Editado por Okuyasu

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
1 minuto atrás, Okuyasu disse:

Poxa, benchmark com a 1080 é osso né... Gostaria de ver com uma GPU mais compatível com o preço dele, como a 1050/1050ti

Todos teriam exatamente a mesma performance.

 

5 minutos atrás, B1nh0 disse:

Pode ser uma pergunta "iniciante" mas porque não usaram o Pentium G4560 nos testes?

Tire 0~5% dos resultados de media do i3. Mas com testes desatualizados, após tantos patchs em jogos que podem ter afeta positivamente ou negativamente os procs de ambos fabricantes, fica difícil.

Capturar.PNG

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Acho que faltou apenas incluir o Pentium g4560, o "i3 de pobre". pra se ter uma base se esse Ryzen valeria a pena no nosso mercado...

 

 Bem que a AMD poderia lançar as APUs baseadas no ryzen, ja que abaixo de um pentium/core i3 a maioria dos usuários e principalmente empresas tende a usar o vídeo onboard, deixando um nicho grade de mercado nas mãos da Intel...

 

talvez ate mesmo uma APU com uma GPU AMD firepro e uma CPU no nivel do i7...

 

 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
10 minutos atrás, Atretador disse:

Alem de não fazer uma analise mais profunda com frametimes, estão usando dados antigos para comparação de testes novos mesmo com tantos patchs\atualizações disponíveis?????

 

Capturar.PNG.a3cfc21f9da15b8b0e6243fced290d51.PNG

 

Rise of the tomb raider recebeu um patch que melhorou consideravelmente a performance de todos os Ryzen.

 

3 minutos atrás, Atretador disse:

Mas com testes desatualizados, após tantos patchs em jogos que podem ter afeta positivamente ou negativamente os procs de ambos fabricantes, fica difícil.

Não precisa ficar repetindo a mesma coisa e colando a mesma imagem toda hora, perceba que há um comentário no teste que fala sobre as atualizações que melhoraram o desempenho dos Ryzen.

Citação

No Rise of the Tomb Raider, o Ryzen 3 1200 foi 5% mais lento do que o Core i3-7100. É interessante notar que este jogo recentemente recebeu uma atualização para melhorar o problema de desempenho com os processadores Ryzen.

É possivel que havendo tempo hábil os testes sejam refeitos e as informações atualizadas, fica tranquilo. :thumbsup:

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
2 minutos atrás, F4b10 disse:

Acho que faltou apenas incluir o Pentium g4560, o "i3 de pobre". pra se ter uma base se esse Ryzen valeria a pena no nosso mercado...

 

 Bem que a AMD poderia lançar as APUs baseadas no ryzen, ja que abaixo de um pentium/core i3 a maioria dos usuários e principalmente empresas tende a usar o vídeo onboard, deixando um nicho grade de mercado nas mãos da Intel...

 

talvez ate mesmo uma APU com uma GPU AMD firepro e uma CPU no nivel do i7...

 

 

 

Isso que também pensei, mas como pelo visto anteriormente a Intel vai devolver esse foco para os i3 dá para relevar.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@Rafael Coelho, Excelente análise sobre o desempenho do processador, mas quando se aplica ao mundo real, nem sempre é o que parece independente das circunstância de cada um.

Eu sou programador, e acredito que dependendo da engenharia usada por trás do(s) jogo(s) ou programa(s) se tornam muitas vezes variáveis de acordo  com cada desenvolvedor, mas que no final o desempenho nem sempre é o real.

Nem sempre o popular é a melhor opção! Como por exemplo o uso do WinRAR para benchmark, o resultado muitas vezes é muito vago, pois o algoritmo dele LZSS não serve medir o real desempenho de um processador, pois ele só irá mostrar o desempenho do algoritmo no seu sistema.

 

Seria interessante usar IntelBurnTest  nos testes por exemplo no qual foi desenvolvido para tal!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
15 minutos atrás, B1nh0 disse:

Pode ser uma pergunta "iniciante" mas porque não usaram o Pentium G4560 nos testes?

Basicamente porque o G4560 não está na mesma categoria de preço. Os demais processadores que também não estão em outro nível de preço nós já tínhamos os dados incluídos, por isso achamos interessante deixar.

adicionado 2 minutos depois
17 minutos atrás, Atretador disse:

Alem de não fazer uma analise mais profunda com frametimes, estão usando dados antigos para comparação de testes novos mesmo com tantos patchs\atualizações disponíveis?????

 

 

Tínhamos duas opções, ou utilizar os dados "antigos" (de alguns dias atrás) e trazer o teste no dia do lançamento, ou passar 2 semanas retestando tudo e daí o pessoal reclamaria do "review atrasado".

Por isso avisamos sobre a questão da correção do problema neste jogo específico.

adicionado 4 minutos depois
15 minutos atrás, Okuyasu disse:

Poxa, benchmark com a 1080 é osso né... Gostaria de ver com uma GPU mais compatível com o preço dele, como a 1050/1050ti

Se usássemos uma placa de vídeo e entrada, a placa de vídeo colocaria o gargalo e o resultado seria o mesmo com todos os processadores. A única forma de ver o desempenho do processador em jogos é usando uma placa de vídeo topo de linha.

adicionado 12 minutos depois
9 minutos atrás, Zucchini disse:
 

É possivel que havendo tempo hábil os testes sejam refeitos e as informações atualizadas, fica tranquilo. :thumbsup:

 

Daí temos outra escolha: refazer testes já publicados, ou trabalhar nos novos. A escolha é simples: em breve testes do Core i7-7740K e do Core i9-7900K no CdH, além da Radeon RX 560, dentre outros.

Nós sabemos que cada teste sempre poderia ser melhor, mais completo, sempre se poderia incluir mais um processador, mais um jogo, mais uma metodologia. Mas infelizmente o tempo é o fator limitante, daí entre a gente postar 1 teste "super completo" por mês ou vários "razoavelmente completos", não tem como evitar a segunda escolha.

Em um mundo ideal, teríamos mais leitores, ninguém usaria adblock, todos os fabricantes pagariam por anúncios, daí a gente poderia contratar vários funcionários para fazer os testes. Mas vivemos no mundo real...

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
17 minutos atrás, Rafael Coelho disse:

Daí temos outra escolha: refazer testes já publicados, ou trabalhar nos novos. A escolha é simples: em breve testes do Core i7-7740K e do Core i9-7900K no CdH, além da Radeon RX 560, dentre outros. (...) Mas infelizmente o tempo é o fator limitante(...)

Sim, eu entendo completamente, por isso usei os termos "É possivel que havendo tempo hábil(...)", sei que o tempo é curto, mas dizer um grande não é complicado, ainda mais quando não sou eu quem faz os testes. :P 

 

Abraços.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@Rafael Coelho O meu problema é, o usuário passa pelo forum, ve os gráficos e vai embora desinformado.

 

Se não há como atualizar de todos, não inclua tantos resultados(até por eles poderem não mais ser representativos da performance destes produtos), teste com seu concorrente de preço direto, assim tendo uma boa referencia de custo x performance, no modelo atual, e eu entendo que o tempo é um problema, os produtos de ambos os lados ficam mal representados.

 

Espero que quando testem os 7740Xs, refaçam os testes do 7700K, ja que são literalmente o mesmo processador, e o que vai mudar a performance de um para o outro, vai ser provavelmente apenas os patchs dos jogos (como demonstrado por diversos outros reviewers).

 

 

E se possível, incluir testes de frametimes, é literalmente só acionar uma função do fraps e fazer o teste do jogo normalmente, depois coletar os dados prontos do log que ele gera, e incluir +2 valors por produto(0.1% e 1% lows).

Editado por Atretador

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Vim aqui só pra comentar/perguntar sobre o G4560, mas é chover no molhado rsrs! Por enquanto,o Pentium é o "rei" do custo/benefício. Apesar que, com os Ryzen desbloqueados para overclock, as possibilidades são outras, e as opções de upgrade, mais fáceis e mais duráveis a longo prazo (socket AM4 novo x 1151 "talvez" no fim da vida).

 

Pra variar, ótimo artigo!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Não me convenceu.. pensei que seriam bem superior aos i3 atuais e ainda perdeu, foi pouco, mas foi inferior, não querendo ser fanboy ou algo do tipo, mas o conjunto Intel ficaria bem mais em conta do q o da AMD, e o pentium G4560 deve se igualar ou perder por mt pouco para o Ryzen 3, e por 50% a menos no valor.. Tomara q a AMD baixe esses preços para a competitividade aumentar ainda mais.. não vejo vantagens neste Ryzen 3 por enquanto.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@Rafael Coelho Eu entendo, longe de mim questionar seu trabalho e o tempo que você gastou fazendo isso, não me entenda errado, por favor.

 

Só gostaria de ter uma ideia de como seria a performance desse processador em especifico com GPUs de sua faixa de preço, assim, fica mais palpável pra quem vai adquirir uma nova máquina.

 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
2 minutos atrás, Pedro98 disse:

Não me convenceu.. pensei que seriam bem superior aos i3 atuais e ainda perdeu, foi pouco, mas foi inferior, não querendo ser fanboy ou algo do tipo, mas o conjunto Intel ficaria bem mais em conta do q o da AMD, e o pentium G4560 deve se igualar ou perder por mt pouco para o Ryzen 3, e por 50% a menos no valor.. Tomara q a AMD baixe esses preços para a competitividade aumentar ainda mais.. não vejo vantagens neste Ryzen 3 por enquanto.

 

Esse é o mesmo problema que a linha atual de i3s enfrenta, os G4560 tem o mesmo desempenho que eles, e custa a metade.

 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@AtretadorRealmente, mas acho que foi por um propósito, talvez nessa nova geração a Intel exclua o i3 e firme com o i9 na linha, não faz mas sentido comprar o i3, ainda mais em países como o Brasil.. complicado para o i3 nesse quesito. Mas tomara q a AMD segure o lançamento da 8 geração da Intel para não termos preços absurdos no mercado.. o diferencial vai ser as empresas atualizarem seus jogos para os Ryzen, assim como o Tomb Raider fez, isso vai aumentar o desempenho consideravelmente.. um Ryzen 5 a preço de i3 seria uma boa para começar.. e claro.. diminuir o preço dessas placas mães ae porque está muito tenso!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
3 minutos atrás, Pedro98 disse:

@AtretadorRealmente, mas acho que foi por um propósito, talvez nessa nova geração a Intel exclua o i3 e firme com o i9 na linha, não faz mas sentido comprar o i3, ainda mais em países como o Brasil.. complicado para o i3 nesse quesito. Mas tomara q a AMD segure o lançamento da 8 geração da Intel para não termos preços absurdos no mercado.. o diferencial vai ser as empresas atualizarem seus jogos para os Ryzen, assim como o Tomb Raider fez, isso vai aumentar o desempenho consideravelmente.. um Ryzen 5 a preço de i3 seria uma boa para começar.. e claro.. diminuir o preço dessas placas mães ae porque está muito tenso!

Brasil é complicado, placa-mãe que la fora é 70 doletas, aqui vira 600R$.

 

Espero que os G4560 não sejam removidos, como os rumores indiquem, atualmente, mesmo com os R3s, são os reis do custo x beneficio. E provavelmente não veremos competição para eles pelo lado da AMD, no mesmo preço.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
3 horas atrás, zopek disse:

@Rafael Coelho Esse processador foi adquiridos com os recursos do CdH ou teve apoio de algum colaborador?

O Ryzen 3 foi enviado para nós pela AMD.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Por que a AMD não lançou esse com Video, PCs de baixo custo para trabalho ficam todos com a Intel, já nasceu meio manco esse processador. Quem vai deixar de pegar um i3 7100 pra comprar o R3 1200 sendo que vai precisar colocar uma VGA?

 

Editado por Gabriel Torres
ADM = AMD

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
2 horas atrás, Carlos Vanzetto disse:

Por que a AMD não lançou esse com Video

Por que as APUs são a linha de processadores da AMD com vídeo integrado, já é assim desde a época do FX.

 

2 horas atrás, Carlos Vanzetto disse:

Quem vai deixar de pegar um i3 7100 pra comprar o R3 1200 sendo que vai precisar colocar uma VGA?

Alguém que já tem uma GPU ou que pretende comprar uma GPU junto com o processador.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

 

Citação

Se não há como atualizar de todos, não inclua tantos resultados(até por eles poderem não mais ser representativos da performance destes produtos), teste com seu concorrente de preço direto, assim tendo uma boa referencia de custo x performance, no modelo atual, e eu entendo que o tempo é um problema, os produtos de ambos os lados ficam mal representados.

Olá, @Atretador, isto faria sentido se você quisesse escolher entre dois processadores apenas. Entretanto os processadores oscilam em faixas de preços e você poderia desejar comprar um processador de uma categoria acima ou abaixo. Por isso acredito que seja importante que constem outros processadores nos testes.

 

10 horas atrás, Atretador disse:

@Rafael Coelho O meu problema é, o usuário passa pelo forum, ve os gráficos e vai embora desinformado.

Apenas fazer um review com os jogos "atualizados" não seria suficiente. Primeiro, outros reviews já feitos antes dos patchs também estariam "incorretos". Segundo, a qualquer momento poder sair outro patch e mudar o cenário novamente.

 

10 horas atrás, Atretador disse:

Espero que quando testem os 7740Xs, refaçam os testes do 7700K, ja que são literalmente o mesmo processador, e o que vai mudar a performance de um para o outro, vai ser provavelmente apenas os patchs dos jogos (como demonstrado por diversos outros reviewers).

Concordo que seja importante rodar um novo teste após os patchs. A minha sugestão seria de que após vários jogos terem sido atualizados, fosse feito um novo review especificamente para verificar o ganho de desempenho (ou não) após os patchs.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
38 minutos atrás, Darkmana disse:

 

Olá, @Atretador, isto faria sentido se você quisesse escolher entre dois processadores apenas. Entretanto os processadores oscilam em faixas de preços e você poderia desejar comprar um processador de uma categoria acima ou abaixo. Por isso acredito que seja importante que constem outros processadores nos testes.

E como vai escolher entre a performance de diversos componentes, quando apenas um deles foi testado com sistema atualizado? Seja por patchs do jogo, GPU, bios, ou Windows.

 

Não precisa refazer os testes de todos no mesmo momento, só dar uma olhada, e ver se saiu algum patch\bios\atualização, e refazer testes quando tiver um tempo, para quando vier uma peça nova para testar, ter testes atualizados em mãos.

 

Citação

Primeiro, outros reviews já feitos antes dos patchs também estariam "incorretos".

 E estão, deve-se sempre pegar testes atualizados.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

E como previsto, o Pentium G 4560 continua sendo o cara do baixo custo. Mas eles chegaram em boa hora. Creio que alguém que queria um desempenho intermediário entre Pentium e R5, o R3 se encaixa bem demais, principalmente com overclock.

Acho que na verdade, o R3 compensa muito, mas muito mais que os R5 4 cores, já que se o foco é jogar, com o mesmo clock o resultado vai ser o mesmo. Os R5 6 cores, ainda serao a compra do ano.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites



Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×