Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
alexandre.mbm

BTRFS para o /home foi uma escolha ruim?

Recommended Posts

Eu li um bocado sobre o ZFS, mas descobri que em ambiente GNU/Linux ainda seria gambiarra usá-lo. O lar dele é um *Solaris, ou no máximo um *BSD.
 
Buscava um sistema que garantisse integridade dos dados...
 
Cheguei ao BTRFS. Pensei: estamos em 2014 e o instalador do Ubuntu oferece-o. Mas parece que pensei errado...
 
Por ignacho, 17-10-13 às 14:50. Tópico "BTRFS - um sistema de arquivos matador?", no fórum ADRENALINE:

O que o openSUSE está fazendo é desligar o que é considerado experimental no sistema de arquivos por default, na tentativa de que ele seja seguro para uso. Mas pessoalmente acho uma decisão arriscada em colocá-lo como default no momento da instalação. O default é uma recomendação, e os únicos que podem se dar ao luxo de serem default hoje em dia são o Ext4 e o XFS.


Minhas breves verificações:

$ bt^TABbtcflash            btrfsck             btrfs-find-root     btrfs-select-super  btrfs-zero-log      btrfs               btrfs-convert       btrfs-image         btrfs-show-super    btrfs-calc-size     btrfs-debug-tree    btrfs-map-logical   btrfstune 
$ btrfsck --helpusage: btrfs check [options] <device>    Check an unmounted btrfs filesystem.    -s|--super <superblock>     use this superblock copy    -b|--backup                 use the backup root copy    --repair                    try to repair the filesystem    --init-csum-tree            create a new CRC tree    --init-extent-tree          create a new extent tree

De algum modo estou me fiando no BTRFS.
 
Questões

1) Quer dizer que foi mau negócio deixar o /home de um HDD "reparado" em BTRFS?
 
2) A quantas anda o BTRFS no Ubuntu 14.04 LTS? Os bugs no Launchpad não me diz tanta coisa.
 
3) Tem como reverter (converter) para outro sistema de arquivos? Isso vale a pena ou melhor preparar uma formatação?

 

Sim, tem. Mas isso é um rollback, só funciona para voltar ao sistema de arquivos original.

 

O passo-a-passo para fazer backup, formatar e restaurar backup está aqui.

 
4) O XFS não é aquele que corrompe facilmente por usar a RAM como cache?!
 
5) @ilkyest, o que você me diz hoje? Intriga-me o que cito de você a seguir.
 

Só lembrando que o BTRFS é experimental. Eu uso ele na partição root, mas em home eu uso EXT3, caso dê pau, o fsck conserta

 

O usuário [arx], no canal #btrfs, rede Freenode de IRC, sugeriu se fazer scrub a cada três semanas. Os comandos que devem ser usados com BTRFS são esses:

 

btrfs scrub start /mountpoint
btrfs scrub help
btrfs scrub start --help

 

Há um texto esclarecedor no artigo "Data scrubbing", na Wikipédia (em inglês).

 

Algumas referências

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Há um agravante em usar o Btrfs especificamente no Ubuntu, por conta deste bug no Upstart (que é o sistema de gerenciamento de serviços usado no Ubuntu). 

https://bugs.launchpad.net/upstart/+bug/1073433

 

Ah, e um outro pacote importante em relação ao sistema de arquivos, o util-linux, está brutalmente desatualizado no Debian e no Ubuntu.

https://bugs.debian.org/cgi-bin/bugreport.cgi?bug=738269

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@ignacho, você está sendo irônico, não é? Esse bug no Upstart afeta EXT4, não é mencionado o BTRFS.

 

 

Não, não estou sendo. O bug não é no Ext4, é no Upstart, que é responsável pelo desligamento do sistema, mas simplesmente não o faz direito. Comentário #12, feito por Theodore Ts'o, o mais famoso dos mantenedores do Ext4.

 

No one else has complained or noticed up until now, because other distro's apparently are capable of doing a clean shutdown allowing the file system to be unmounted cleanly. Ubuntu, unfortunately, is incapable of reliably doing a clean shutdown even when users request it, which is why Ubuntu users are seeing this behavior much more frequently, and apparently some people have panicked as a result. Sigh....

 

https://bugs.launchpad.net/upstart/+bug/1073433/comments/12

 

Em outras palavras, o bug atinge qualquer sistema de arquivos, mas a conta disso sobra para o sistema de arquivos (seja lá qual for), afinal, é ele quem sofre com o desligamento incorreto causado pelo Upstart. O Ext4 apenas se tornou o foco principal porque foi com esse sistema de arquivos que o autor do report do bug fez o teste. Mas em um outro comentário alguém com Btrfs reclamou de problemas também.

 

https://bugs.launchpad.net/upstart/+bug/1073433/comments/73

 

E considerando que o Btrfs ainda não está maduro, ele acaba não sendo tão resistente a desligamentos incorretos quanto outros sistemas como o Ext4 ou o XFS (nos comentários, há um relato do problema com o XFS).

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@ignacho, desculpe-me, eu não sou um ávido leitor de inglês.

 

Tenho lido ou interpretado — sempre inevitavelmente em textos de anos atrás — que XFS seria certamente uma má escolha, se o que eu quero é mais confiabilidade. Ele fazer cache em RAM seria causa de fragilidade em casos de interrupção de energia.

 

Outra coisa muito importante. Vi isso com o pessoal do canal #btrfs na rede Freenode de IRC (se não me engano), recentemente. O BTRFS terá sido uma ótima escolha para o que eu quero se eu me fiar em que ele faz checksum dos arquivos e se eu necessariamente usar um RAID adequado de espelhamento, não deixando de passar scrub frequente, regular e disciplinarmente.

 

Eu vou fazer um RAID, então. Pelo menos RAID 1, mas usando o próprio BTRFS para associar uma partição espelho noutro HD de tamanho diferente. É o que está ao meu alcance.

 

@ignacho, pelo que eu entendi dos comentários #12 e #73, aquelas questões não denunciam um problema grave com EXT4 ou mesmo BTRFS, apenas sinalizam a existência de um "quase falso positivo" (no caso do primeiro) e de uma imaturidade do Upstart. Você que está adiantando-se um pouco e dizendo-me que, se é assim, é melhor usar um sistema de arquivos que está aí há tempo?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu não conheço o XFS a fundo, mas ele é um sistema de arquivos bastante maduro. Inclusive é o sistema de arquivos padrão no Red Hat Enterprise Linux 7.

 

O que o e2fsprogs faz no caso é apenas uma verificação dos blocos e nós "i" livres, apenas por questão de segurança. Não é um erro ou um problema com o sistema de arquivos, é apenas uma espécie de manutenção preventiva que é executada por conta do desligamento incorreto.

 

O problema é que no caso do Btrfs ele ainda não tem essa mesma maturidade para se lidar com desligamentos incorretos como no caso do Ext4 ou do XFS.

 

Em sumário, se você realmente se importa com confiabilidade, eu recomendo duas coisas:

 

1. Use o Ext4 ou o XFs como sistema de arquivos.

2. Não use o Ubuntu ou uma distribuição derivada dele. A natureza do problema é que independentemente do sistema de arquivos, o Ubuntu é simplesmente incapaz de se desligar corretamente.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@ignacho, eu concordo principalmente com sua segunda recomendação. Por experiência própria, já há alguns anos, eu tenho atestado que o Ubuntu é um sistema que não se acanha em apresentar bugs, especialmente a cada versão de lançamento. Quanto à sua primeira recomendação, prefiro investigar e analisar melhor o meu caso de uso.
 
O "problema" que me faz optar pelo Ubuntu é que eu não conheço outra distro tão user friendly que eu possa propor a meus familiares e conhecidos. Eu não vejo que o usuário comum deva aprofundar-se num sistema operacional apenas para poder usar "o básico do básico". Vou cogitar outra distribuição debian-like. Na minha opinião, elas ainda são as mais fáceis e atraentes (começando pelo Ubuntu). É verdade que eu não sou um "usuário comum" e poderia usar um Arch Linux, se quisesse, mas eu quero usar algo que possa ensinar com suavidade e resultados rápidos a "pessoas menos interessadas".

 

Ter um multiboot está fora de cogitação. Não tenho tempo pra isso.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

 

 

1. Use o Ext4 ou o XFs como sistema de arquivos.

Eu só uso assim... veja:

sdb                                                              ├─sdb1 xfs                  a9444c82-caa5-4e18-863f-1a5e16367c63 /├─sdb2                                                           └─sdb5 ext4                 45a55761-de6b-4788-b315-ecda07414571 /home

Já tive de reinstalar o arch umas tres vezes por isso.. se for aliado a RAID0 então, credo... não optei mais pelo btrfs embora goste dele demais

 

eu escolhia sempre o root como btrfs e /home como extX normalmente 4. eu acesso os arquivos do windows também, então sõ os extX para ler do windows (ext2mgr)

 

Se não fosse a questão do fsck estar engatinhando com o BTRFS, eu já teria ele massivamente no pc

 

Essa do scrub, sim, e cheguei a fazer. O drama é que, quando a partição "/" não fechar o checksum, o fsck tenta entrar, e não "entende" o sistema... com umas duas ou tres travadas (eu que faço over) se foi... não tem o que fazer, não sobe sem reinstalar

 

se não fosse por isso... eu dava tchau pros outros

 

XFS eu uso há tempos, e não notei, no arch, os problemas citados meu caro! e para folding at home, com kernel personalizado, ele se revelou mais "estável", digamos assim... mais retilíneo que o EXT4.

 

não oscila tanto, em carga. Só que, o XFS não se dá bem com o scheduler BFQ, não sei por que, mas em carga massiva (falo do folding at home, e o systester rodando), ouvir radio via internet não tem problema não... mas, parece que o folding fica esquecido.

 

Num frame de 12 minutos, ele chegou a levar uma hora e 10 ouvindo rádio pela net... esquisitíssimo.. em arquivos locais, mesmo vídeo, sem dramas

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×