Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Andre Pessoa

Variação de tensão

Recommended Posts

No começo de Junho ocorreu um temporal na minha cidade e a região onde moro foi uma das mais afetadas, assim que começou o temporal tirei o filtro de linha da tomada, após alguns minutos a força caiu e só foi voltar 2 dias depois. Uns 20min depois que voltou a funcionar eu no desespero de jogar liguei o filtro de linha e o pc. Imediatamente a placa de vídeo começou a pegar fogo! Não foi um curto seguido de cheiro de queimado,  saiu fogo mesmo e por sorte não pegou na mangueira do watercooler. Desliguei direto pels fonte e nem mexi mais no pc, na semana seguinte levei em um técnico para verificar o pc inteiro.

Larguei o pc lá e no dia seguinte ele me confirmou que só a placa de vídeo tinha queimado. Segundo ele a provável explicação é que a fonte (Corsair 850HX) deve ter segurado a variação de tensão e salvou o restante do pc e provavelmente a variação na corrente veio direto pelo monitor (que estava direto na tomada) e foi pra placa de vídeo que é o que puxa mais energia! Que se fosse algum problema na placa ela não pegaria fogo do nada e teria sinal de vídeo mas ficaria oscilando. Quando fui buscar ele mostrou o pc funcionando com outra placa e mostrou que essa placa não dava vídeo em um outro pc. 

 

Entrei com pedido de ressarcimento na CPFL,  levei o laudo dele e de mais um técnico,  toda a documentação certinha e a CPFL negou alegando que a fonte estava intacta! 

Aí vem a série de perguntas:

 

Qual a variação de corrente necessária para uma placa de vídeo de 195W (GTX 680 4Gb da Point of View) pegar fogo literalmente? É possível essa variação ter sido causada por outro motivo senão por fator externo? Sendo que a fonte está intacta

Qual poderia ser a explicação pra placa ter fritado e o restante do pc não? O pc estava ligado em um filtro de linha e a fonte tem todos os sistemas de proteção,  mas o monitor estava direto na tomada (burrada minha).

 

Por favor exponham suas opiniões! Porque tá difícil entender a lógica deles!  Seguindo a mesma linha de raciocínio deles,se um transformador da rua não explodir é porque não houve variação de tensão então?!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Como chega a internet em seu PC???

Já pensastes que o dano pode ter ocorrido pelo ingresso de indução de um raio pelo cabo da internet???

 

O ingresso da internet ai na sua casa ocorre por sobre a linha telefônica(ADSL) ?

Por rádio?

Via cabo da TV a cabo?

Via fibra ótica?

 

Algumas vezes o ato de tirar o PC da tomada não resolve muito se sua internet chega ao PC por fiação metálica..

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Via cabo da tv eu acredito. 

Mas a questão é: Existe algum tipo de "defeito" na própria placa de vídeo que possa fazer ela entrar em combustão? O computador inteiro está sem dano e a CPFL alega que o problema não foi causado por problemas na rede (apesar de afirmar que teve danos na rede naquela região) uma vez que a fonte nem a placa-mãe foram danificadas.  Ao meu ver essa resposta deles é ridícula sendo que a fonte tem sistemas de segurança e a placa é uma das mais tops e fabricada pra aguentar variações também. Só pra deixar claro não tinha overclock em nada porque não sei fazer e não arriscaria, mas sei que overclocks não fazem uma placa entrar em combustão!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, Andre Pessoa disse:

Via cabo da tv eu acredito,  é NET a operadora. Mas quando começou o temporal eu tirei o filtro de linha da tomada, ficou o modem da NET e o monitor ligado diretamente na tomada, e só liguei novamente 2 dias depois quando voltou a força e não estava chovendo nem dando raios mais. 

Se você acredita que venha pelo cabo de TV, eu acredito possa, no temporal, mesmo após teres retirado tanto seu PC da energia ele ficou com a conexão internet com o equipamento da NET conectados certo???

Pode um raio, durante a tempestade, ter atingido o cabo da NET, na rua, perto ou distante de sua casa e por ele se propagado até adentrar sua casa, chegar até os equipamentos da NET e pulado por cima deles. Você não acredita que um raio ou energia derivada dele possa passar por cima de um equipamento eletrônico desses dai????  Um raio se desloca lá de cima das nuvens até a terra, por um caminho totalmente inexistente. Pular por cima de um modem da internet ele faz de costas, com a maior facilidade. Adentra seu PC faz o estrago que tem de fazer mas você nem o sente, pois está tudo desligado. Somente vais te dar conta do acontecido depois, quando voltar a alimentação..

 

Por essa e por outras que os bons filtros de linha oferecem proteção inclusive para cabos de TV e linhas telefônicas. Um como esse daqui teria te ajudado pela proteção ofertada para o cabo de TV antes dele adentrar o modem da internet..

 

Mini_11307.jpg

 

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Trabalho em uma companhia de eletricidade, justamente no setor de reclamações de queima de equipamentos, e durante a inspeção realizada nas residências sempre observo os itens:

 

Quadro de distribuição

Aterramento independente da caixa de entrada no padrão TT

Dispositivo de proteção contra surtos (DPS)

Disjuntor diferencial residual (DR)

Qual a tensão contratada (127, 220 ou 127/220)

Estava usando benjamin ("T")

Estava usando extensão/chicote

 

As companhias usam bem mais critérios que esses, porém esses são os básicos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

A companhia assumiu que houve alterações na rede no dia e não foram verificar minha residência! 

 

A questão é,  como eles podem negar um ressarcimento mesmo tendo assumido que houve falha na rede e dando essa resposta sobre a fonte que não tem nexo nenhum? 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Se você tem por escrito esta mensagem da cia entre na justiça de pequenas causas, com 03 orçamentos e laudo técnico, na audiência leve testemunhas do fato q por bem ou mal será indenizado. Comigo aconteceu a mesma coisa, ou seja a cia alegou q não queimou a fonte e não queria me ressarcir, mas a justiça garantiu o ressarcimento.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Será que alguém poderia responder objetivamente as minhas perguntas?  Se eu tiver essas respostas não tem como a companhia enrolar o PROCON e agiliza o processo...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 horas atrás, Andre Pessoa disse:

Será que alguém poderia responder objetivamente as minhas perguntas?  Se eu tiver essas respostas não tem como a companhia enrolar o PROCON e agiliza o processo...

Respeito tua preocupação mas que me dizes sobre a hipótese de um surto entrante pela rede da internet, derivado de um raio ter estragado sua placa de vídeo mesmo com ela desligada da rede elétrica. Os surtos acabam com a isolação da placa e nada acontece a mais enquanto não energizares o PC dois dias após, uma semana após ou 10 anos após, ao ligares o PC e uma vez energizada a placa de vídeo, mas sem a isolação que deveria ter, ela pode pegar fogo sim...

Me parece que sequer entendestes qiue isso dai bem pode ter sido a realidade..

 

Quando vês no mercado mundial centenas de diferentes proteções com entrada para fio telefônico e cabo coaxial é justo para evitar o que te relatei.

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Isso eu entendi,  mas quero saber se a UNICA causa provavel da placa ter pegado fogo poderia seria um raio ou alguma outra "variação causada por fator externo ao pc". Quero deixar bem claro que meu pc não apresentava problema nenhum e qual seria a causa mais provável disso quando for ao PROCON, desse modo a companhia não poderá inventar outros motivos!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 horas atrás, Andre Pessoa disse:

Isso eu entendi,  mas quero saber se a UNICA causa provavel da placa ter pegado fogo poderia seria um raio ou alguma outra "variação causada por fator externo ao pc". Quero deixar bem claro que meu pc não apresentava problema nenhum e qual seria a causa mais provável disso quando for ao PROCON, desse modo a companhia não poderá inventar outros motivos!

 Falha na própria placa de vídeo. Falha técnica mesmo. 

 

O pessoal da concessionária não indeniza por danos causados por acidentes naturais, raios e temporais. Apenas indenizam quando o problema foi causado por problemas técnicos das linhas de transmissão. É isso que o pessoal não entende. 

 

Se a fonte estava em perfeito estado, então não houve problemas elétricos, pois a fonte é o componente que está a frente de todo o circuito do PC. Qualquer coisa que acontece, é a primeira que vai embora. Na verdade a fonte é muito mais que isso:

A fonte possui uma isolação muito grande, provavelmente mais de 2500 volts de isolação. 

 

Além do mais devido a fonte ser eletrônica e trabalhar em 40Khz, variações de tensão da rede elétrica não afetam as tensões de saída da fonte. 

Se a tensão da rede elétrica vier a ficar ficar muito alta muito rapidamente, umas das duas coisas acontece:

Ou o fusível da fonte queima, pois o varistor interno entraria em ação, os capacitores não se carregariam tão rapidamente, fazendo também o fusível queimar, ou os transistores chaveadores de potência queimariam por elevada tensão em último caso.

 

Só que o circuito que comanda a estabilização da fonte é extremamente rápido.

É capaz de fazer 40 mil correções em um só segundo. 

A velocidade com que o circuito da fonte corrige a tensão é muito mais rápida que a velocidade que os capacitores da fonte se carregam.

Por esta razão, quando ocorre uma sobre tensão na entrada da fonte, os transistores corrigem até onde pode. Quando a tensão já esta muito alta a ponto de ultrapassar a tensão de operação dos transistores, eles explodem. 

Mas isso não faz com que queime o PC, pois quando os transistores explodem, as oscilações de PWM cessam instantaneamente e a tensão de saída da fonte deixa de ser produzida, desligando o PC simplesmente.

 

A fonte é realmente muito segura. 

 

Mas se nem a fonte queimou, isso significa que não houve problemas elétricos. 

Pode ter ocorrido problemas de tempestades elétricas, que justamente não são cobertos pela concessionária de energia, por ser considerados acidentes da natureza. 

Acidentes da natureza são eventos que não se pode ter controle.

As concessionárias indenizam problemas causados por falhas de operação deles próprios.   

 

 

 

 

 

 

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Isso que o faller explicou confere? Nunca tinha ouvido falar disso... porque na hora que começaram os raios eu desliguei da tomada e só liguei novamente 2 dias depois quando a força voltou,  quando apertei o power do pc ela começou a pegar fogo.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
42 minutos atrás, Andre Pessoa disse:

Isso que o faller explicou confere? Nunca tinha ouvido falar disso... porque na hora que começaram os raios eu desliguei da tomada e só liguei novamente 2 dias depois quando a força voltou,  quando apertei o power do pc ela começou a pegar fogo.

 

O raio é capaz de descer por qualquer conexão elétrica, até mesmo cabos de antenas e cabos de internet.

A eletricidade do raio é diferente da eletricidade que usamos na tomada. 

A eletricidade que usamos na tomada costuma ser bem comportada e só circula pelos fios. 

A eletricidade do raios é rebelde e costuma acumular em pontas. Geralmente se espalha para tudo que é lado. 

 

Um bom experimento é você esfregar uma caneta Bic no cabelo e aproximar perto de vários pedaços bem pequenos de papel. 

https://www.youtube.com/watch?v=NcEDemySQMY

 

 

 

 

 

O raios pode muito bem ter descido pelos cabos de internet. 

A eletricidade do raio sempre busca o caminho da terra. Então a corrente procura sempre o caminho mais curto para chegar até o chão. 

 

O que tiver na frente serve de ponte. 

 

 

 

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sente e escute, pois vou te contar uma boa.

Certa feita, em meio a uma aula de eletrônica que ministrava, surgiu a questão da energia voltar mais forte, com maior tensão após uma queda da mesma a ponto de danificar equipamentos. Essa tese derrubei de imediato pois se sabe que no retorno da energia cada equipamento, por menor que seja, por pouca carga que drene, sempre puxa maior corrente, chamada de corrente de partida. Uma lâmpada, um motor, um compressor de refrigerador, que chega a baixar a luminosidade das lâmpadas ao partir, quase tudo praticamente exige maior corrente em suas partidas. Como e porque a energia estaria com maior tensão justo nessa hora em que toda sua casa, toda sua rua, quem sabe todo seu bairro estaria sendo ligado exato ao mesmo tempo, no retorno da energia..

Meio doente pensar que justo nessa hora ela viria com uma tensão superior.. As distribuidoras até mesmo procuram alimentar por partes toda uma cidade e de modo escalonado para que o sistema não receba um baque muito forte de correntes de partida. Portanto tensão mais alta ao retornar a energia é crendice popular...Instabilidade na tensão ou oscilação isso sim é normal mas tensão mais elevada é lenda urbana alimentada pelo povo. Todos já viram a luz da cozinha acender após uma falta de energia à noite. Parece que ela vai explodir de tanta luminosidade mas isso acontece porque nossos olhos acostumados estavam com o breu daquela velinha acesa que iluminava as histórias de fantasmas e duendes que corriam soltas, na esperança esperança do retorno da energia...

 

Foi o mot que serviu para abandonarmos a matéria e fazermos verdadeira peregrinação pelo imaginário, mas sempre tratando de não sair da fronteira do racional.

Defendi frente a turma que em muitas vezes, acredito em sua imensa maioria, defeitos, problemas em equipamentos queima etc se dão em faltas de energia e muito dificilmente em retorno da mesma.  Foi ai que um aluno me interpelou com a seguinte observação:

"Mas professor, a televisão na minha casa, no retorno da energia, deu um estouro tremendo e queimou e isso eu vi, eu estava na frente dela. Ela danificou foi no retorno da energia"

 

Ai expliquei que nessa condição por ele discorrida não haveria a menor condição de se saber se ao cair a energia ela teria danificado ou não pois sem energia, não teria como saber. Ao voltar a energia, a TV já danificada principalmente em seus elementos da fonte, por perda de isolação restaria somente terminar a obra de demonstrar que estava pifada...

 

As quedas de energia geram potencialmente surtos pelo desligamento de equipamentos dos mais diversos rede afora. As características indutivas desses equipamentos fazem com que a corrente que fica impossibilitada de continuar a fluir possa gerar surtos de tensão (que são rapidíssimas elevações de tensão, acima de 1.000 Volts às vezes, capazes de danificar a isolação de fontes de semicondutores isolamento de fios em motores indutores e transformadores etc). Uma vez com essa isolação danificada basta o retorno da energia normal, em seus valores nominais de 110 ou 220 Volts para que, sem isolação agora, possa até mesmo irromper fogo de um desses equipamentos danificados que foram pela queda da energia...

 

Uma vez entendido isso dai, que o efeito do dano pode só aparecer após o retorno da energia, pense ai no seu caso..

A placa de vídeo queimada na literalidade, com fogo, e nada mais e pior sem estar conectado seu PC na rede elétrica...

 

Típico, mas típico mesmo de um surto ter entrado pela linha de internet, na placa-mãe, e ter achado como caminho sua placa de vídeo. Nessa hora não existe muita racionalidade, na hora de escolher caminho para escoamento de energia derivada de um raio.

Claro que, uma vez danificada sua placa de vídeo nada disse, nada mostrou, pois não tinha como, sem energia. Dois dias depois, na volta da energia, você deu as condições dela mostrar que tinha sido danificada, energizando a mesma. Nem todo surto faz isso mas isso é típico de surto derivado de raio. Isso que tens de entender para poder sacar que a companhia de distribuição de energia pode nada ter a ver com o evento.

Se tivesses sacado (ou protegido a fiação da internet) o cabo fora, da internet, bem poderia nada ter acontecido.

 

Onde está a responsabilidade da distribuidora elétrica na hipótese de tudo que disse ter acontecido????

 

Irresponsabilidade ou risco calculado o seu de não proteger essa importante entrada de surtos de tensão em seu PC...

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
10 minutos atrás, faller disse:

As quedas de energia geram potencialmente surtos pelo desligamento de equipamentos dos mais diversos rede afora. As características indutivas desses equipamentos fazem com que a corrente que fica impossibilitada de continuar as fluir possa gerar surtos de tensão (que são rapidíssimas elevações de tensão, acima de 1.000 Volts às vezes, capazes de danificar a isolação de fontes de semicondutores isolamento de fios em motores indutores e transformadores etc). Uma vez com essa isolação danificada basta o retorno da energia normal, em seus valores nominais de 110 ou 220 Volts para que, sem isolação agora, possa até mesmo irromper fogo de um desses equipamentos danificados que foram pela queda da energia...

 

 

 

 

Eu nunca tinha pensado nisso. Mas faz muito sentido.

Pense aí: Cada casa com uma geladeira. Outras com ar condicionado e mesmo a própria indutância do transformador do poste. Quando o cabo se solta, as indutância tendem a liberar um surto de alta tensão. 

 

Mas este nem foi o problema do rapaz, visto que a fonte não queimou. 

Seria mais lógico a fonte ter queimado e o resto do PC ter ficado em bom estado. 

 

Por isso este dano relatado por ele é característico de tempestades elétricas. Raios mesmo. 

 

@Andre Pessoa  Não espere indenização com isso. Não perca o seu tempo. 

O pessoal da concessionária costuma ser muito rígido nas avaliações. 

 

Se você entrar com ação contra, você vai perder e ainda vai ter que pagar as custas do processo. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bom, fui no PROCON abri uma reclamação e deram um Ctrl + C Ctrl + V na resposta pro procon. Acabei abrindo um processo administrativo no PROCON. Mandei um e-mail pra Corsair solicitando algumas respostas a respeito disso também. Vamos ver no que vai dar...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×