Ir ao conteúdo
  • Comunicados

    • Gabriel Torres

      Seja um moderador do Clube do Hardware!   12-02-2016

      Prezados membros do Clube do Hardware, Está aberto o processo de seleção de novos moderadores para diversos setores ou áreas do Clube do Hardware. Os requisitos são:   Pelo menos 500 posts e um ano de cadastro; Boa frequência de participação; Ser respeitoso, cordial e educado com os demais membros; Ter bom nível de português; Ter razoável conhecimento da área em que pretende atuar; Saber trabalhar em equipe (com os moderadores, coordenadores e administradores).   Os interessados deverão enviar uma mensagem privada para o usuário @Equipe Clube do Hardware com o título "Candidato a moderador". A mensagem deverá conter respostas às perguntas abaixo:   Qual o seu nome completo? Qual sua data de nascimento? Qual sua formação/profissão? Já atuou como moderador em algo outro fórum, se sim, qual? De forma sucinta, explique o porquê de querer ser moderador do fórum e conte-nos um pouco sobre você.   OBS: Não se trata de função remunerada. Todos que fazem parte do staff são voluntários.
rhtsouza

Interruptor com Luz - Polaridade

Recommended Posts

19 horas atrás, Sérgio Lembo disse:

- Não se esqueça de colocar o capacitor de filme de 100nF entre os 9V do regulador e o negativo (1 em cada um dos 4). São importantes para evitar ruídos no seu som.

 

Legal... existe algum capacitor que já vem com a polaridade marcada no componente? Pois não tenho o equipamento (precisaria de um multímetro, não?)

adicionado 7 minutos depois
19 horas atrás, Mestre88 disse:

Agora que percebi que postou 3 fontes diferentes, eu tava falando da que tem a plaquinha vermelha. Ela é de 200mA. A outra sim é 9V/2A. 

Sim é isso mesmo, as fontes de 2A são as mais comuns por isso são mais baratas. 

 

Pois é, pelo que entendi existem adpatadores AC Boss mais antigos, no entanto parece que ambos cumprem a função. De qualquer forma coloquei as fotos deles só para usar como referência, mesmo, em função daquela dúvida sobre os 195mA de consumo em face da fonte de 2000mA que estava me confundindo.

 

Tanto o ampli quanto o pedal funcionam a pilha, são 6 AA para cada, por isso estou montando o kit já que 12 pilhas a cada 8 ou 10 horas de uso é pesado demais pro bolso.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Somente os capacitores eletrolíticos comuns (ácido) e de tântalo possuem polaridade e sempre vem marcados. Os demais são sem polaridade.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
17 horas atrás, Mestre88 disse:

Nesse caso o amigo @rhtsouza pode usar um grande para todos eles, pois a potência é baixa e terão o terra em comum, então nem precisa isolar. 

Então além de ligar os os dois pólos haverá também um terra? Onde devo ligar esta 3a conexão? Pergunto pois quando comecei a montar me disseram que nunca iria usar os 3os conectores dos plugues P4, por exemplo. Ou seja, todo o sistema está interligado com apenas positivo e negativo em cada componente.

adicionado 9 minutos depois
16 minutos atrás, Sérgio Lembo disse:

Somente os capacitores eletrolíticos comuns (ácido) e de tântalo possuem polaridade e sempre vem marcados. Os demais são sem polaridade.

Certo... você poderia indicar um que seja adequado? Vi diversas opções mas não sei qual é a certa/melhor.. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

capacitor de poliester (mais barato) ou cerâmico. Ambos resolvem bem o seu problema.

capacitores-D_Q_NP_906080-MLB25909831687

Editado por Sérgio Lembo
  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
17 minutos atrás, rhtsouza disse:

Então além de ligar os os dois pólos haverá também um terra? Onde devo ligar esta 3a conexão? Pergunto pois quando comecei a montar me disseram que nunca iria usar os 3os conectores dos plugues P4, por exemplo. Ou seja, todo o sistema está interligado com apenas positivo e negativo em cada componente.

 

Neste caso terra e negativo é a mesma coisa. Costumo chamar de negativo circuitos a pilha/bateria em se tratando de fontes chamo o negativo de terra.

O terceiro pino serve em casos que temos um aparelho a pilha que também funciona na tomada. Ali a gente liga a pilha, quando põe o plug da fonte ele automaticamente desliga a pilha acionando a fonte. Como já foi dito não é o seu caso, já que está arranjando um jeito de eliminar as pilhas.

 

22 minutos atrás, rhtsouza disse:

Certo... você poderia indicar um que seja adequado? Vi diversas opções mas não sei qual é a certa/melhor.. 

De 100nF/16V ou mais. Desse modelo que o @Sérgio Lembo indicou acima é o mais barato e funciona bem.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
17 horas atrás, Sérgio Lembo disse:

@ilovepic , isso é discutível, sempre vale a pena verificar a aplicação Se pretende ter saída de até 1A, vai precisar de dissipador neste uso, pois 1A x 3V de dropout x 65ºC/W = 195ºC de elevação de temperatura. Se pretende usar um máximo de até 300mA (195mA nesse tópico), em 300mA o aumento de temperatura será de 60ºC, queima o dedo mas não danifica, aguenta 125ºC. Não há necessidade de termos pena do componente, é silício, não é galinha.

 

 

 

 

Qual a melhor opção?

(considerando que serão 4 conversores 9v 1A na caixa fechada sem entrada de ar)

 

1) Conversores de tensão, apenas.

2) Conversores + dissipadores

3) Conversores + cooler 40x40mm na caixa

4) Conversores + dissipadores + cooler 40x40mm na caixa

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 minuto atrás, rhtsouza disse:

Qual a melhor opção?

Antes de mais nada, defina o que quer. O fato do regulador selecionado suportar 1A não significa que vai ter que montar um circo para 1A. Usamos com frequência o diodo 1N4007 em circuitos de 10V com poucos mA de corrente, mesmo sendo ele um diodo que suporta 1A e aguenta 1000 volts.

Isso daqui começou como um tópico de fonte de 9V para aparelhos de baixo consumo (os que citou no post inicial). O fato de utilizarmos um ou outro componente de capacidade superior não nos obriga a fazer um desenho que explore a capacidade máxima desse componente.

adicionado 9 minutos depois

Definindo o que se quer:

- fonte que reduza os 12V de uma fonte chaveada barulhenta para 9V limpos.

- 4 saidas

- montagem em caixa sem aeração

- corrente máxima em cada saída. defina isso para podermos definir o resto.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
39 minutos atrás, rhtsouza disse:

é silício, não é galinha

foi ótima kk eaté que não é má ideia, enquanto toco já vou preparando uns pão com ovo na chapa :)

adicionado 6 minutos depois
28 minutos atrás, Sérgio Lembo disse:

Antes de mais nada, defina o que quer. O fato do regulador selecionado suportar 1A não significa que vai ter que montar um circo para 1A. Usamos com frequência o diodo 1N4007 em circuitos de 10V com poucos mA de corrente, mesmo sendo ele um diodo que suporta 1A e aguenta 1000 volts.

Isso daqui começou como um tópico de fonte de 9V para aparelhos de baixo consumo (os que citou no post inicial). O fato de utilizarmos um ou outro componente de capacidade superior não nos obriga a fazer um desenho que explore a capacidade máxima desse componente.

adicionado 9 minutos depois

Definindo o que se quer:

- fonte que reduza os 12V de uma fonte chaveada barulhenta para 9V limpos.

- 4 saidas

- montagem em caixa sem aeração

- corrente máxima em cada saída. defina isso para podermos definir o resto.

 

Perfeito, Sérgio, esta é a ideia central, ter as saídas 9v limpas/estáveis, conseguindo suprir as demandas dos equipas sem correr o menor risco de danificá-los ou danificar o próprio kit.

 

Já quanto a ter aeração ou não, por mim qualquer uma das opções está boa. Gostaria de saber o que seria melhor para este caso, só isso.

adicionado 9 minutos depois
28 minutos atrás, Sérgio Lembo disse:

- corrente máxima em cada saída. defina isso para podermos definir o resto.

 

Pelo que vocês explicaram, parece que 1A para cada uma das 4 saídas está ótimo

Editado por rhtsouza

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
18 minutos atrás, rhtsouza disse:

Pelo que vocês me explicaram, parece que 1A para cada uma das 4 saídas está ótimo

Sim, no seu caso não vamos usar 1A em cada saída. É algo abaixo de 500mA em cada uma delas.

Estamos fazendo um circuito com folgas pra evitar problemas futuros, já que os componentes são baratos vale a pena.

Olhando por esse lado eu fico com esta opção:

43 minutos atrás, rhtsouza disse:

2) Conversores + dissipadores

Não temos uma potência grande a ponto de se usar um cooler, mas temos potência suficiente para se usar um dissipador.


Agora uma coisa que não foi mencionada aqui ainda:

Com o que vai recarregar a bateria de 12V/7Ah?

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 minutos atrás, Mestre88 disse:

Não temos uma potência grande a ponto de se usar um cooler, mas temos potência suficiente para se usar um dissipador.

Entendi! Melhor ainda, até porque os coolers que vi gastam em torno de 0,1A, e a bateria nem tem tanta corrente, são apenas 7A. Assim se economiza metade do que o ampli vai gastar (195mA).

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 minutos atrás, rhtsouza disse:

são apenas 7A

Não, não é.

É bem mais que isso, 7Ah é apenas uma média de quanto uma bateria pode fornecer no tempo de 1 hora.

Indo por esse raciocínio podemos calcular quanto tempo ela vai durar com determinado tipo de carga, exemplo:

Carga de 14A dura meia hora;

Carga de 3,5A pode durar 2 horas;

Carga de 350mA teria duração de 20 horas;

 

Claro que é apenas uma média, não é exato é para se ter uma ideia do tipo de bateria que devemos comprar.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
21 minutos atrás, Mestre88 disse:

Com o que vai recarregar a bateria de 12V/7Ah?

 

Comprei um carregador da MaxxiTransformadores, o que aliás está me dando dor de cabeça. Ele é 12V automático 900mA e tem um led. O pessoal da loja disse que o led deve acender quando se coloca na tomada e apagar quando termina de carregar, já os fabricantes disseram o contrário, que ele deve ficar apagado e só acender quando terminar de carregar. Nenhuma das duas coisas aconteceu. O led ficou o tempo inteiro aceso, mesmo depois de 16hs na tomada não desligou. Seria certo dizer que um carregador de 900mA carregaria a bateria de 7A em aproximadamente 7:50hs? Deixei mais tempo pois o led não apagava e porque li que a primeira carga em uma bateria nova leva mais tempo. O pessoal da Maxxi disse ter feito ajustes no carregador e estão mandando aqui pra loja onde comprei. Enfim... é uma loja grande especializada em componentes eletrônicos, e eles vendem diversos componentes da tal da Maxxi, no entanto não ouvi falarem bem deles na internet, e eu mesmo já estou passando apuros por conta disso. Já comprei o meu, mas talvez seja interessante inidicarem outras opções melhores pro pessoal que porventura vir este post no futuro.

Editado por rhtsouza

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Tem um multímetro aí?

Se tiver meça a tensão de saída com o carregador ligado na bateria, deve ter algo próximo de 14V. Se for menos não vai carregar e se for mais vai estragar a bateria.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
10 minutos atrás, Mestre88 disse:

Não, não é.

É bem mais que isso, 7Ah é apenas uma média de quanto uma bateria pode fornecer no tempo de 1 hora.

Indo por esse raciocínio podemos calcular quanto tempo ela vai durar com determinado tipo de carga, exemplo:

Carga de 14A dura meia hora;

Carga de 3,5A pode durar 2 horas;

Carga de 350mA teria duração de 20 horas;

 

Claro que é apenas uma média, não é exato é para se ter uma ideia do tipo de bateria que devemos comprar.

 

Então seria certo dizer que

381mA (consumo total máx dos dois equipas - pedal e ampli)

+

6mA de consumo próprio do conversor

x

4 conversores

=405mA consumo total

o que dá 17:15hs aprox até acabar a carga da bateria

É isso mesmo?

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 minuto atrás, Mestre88 disse:

Carga de 14A dura meia hora;

Carga de 3,5A pode durar 2 horas;

Carga de 350mA teria duração de 20 horas;

Na verdade, bem menos que isso. Com 14A se der 15 minutos é muito. Baterias não são lineares no fornecimento de energia. A capacidade costuma ser dada em C5, isto é, com consumo distribuido em 5 horas. Ganha-se algumas horas se for distribuido em 20 ou 100h, mas perde-se um bocado quando se tenta fazer extração rápida da energia.

 

@rhtsouza , os 2 aparelhos mencionados (pedaleira e cubo de som) consomem < 200mA cada. Isso significa aquecimento máximo de 40ºC sem uso de dissipador ou ventilador, apenas 0,6W de calor em cada saída em uso. Pode-se utilizar um único regulador para esses 2 aparelhos mas tem um porém: se um deles provocar ruído na fonte isso vai aparecer no outro aparelho. Com o uso de individuais garante-se uma isolação de interferências entre eles. O custo disso será de + 1 regulador e + 1 capacitor de poliester, mixaria. Infelizmente (e aí vai um puxão de orelha) existe uma cultura de se querer ter vantagem em tudo, ganhar o máximo possível sem olhar as consequências. A consequência de ter 4 saídas dimensionadas para 1A representa um projeto térmico para 12W de calor. O circuito que caberia numa caixa de cartão de visita sem aeração passa a ser um projeto ventilado ou com o uso de caros alumínios.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
7 minutos atrás, Mestre88 disse:

Tem um multímetro aí?

Se tiver meça a tensão de saída com o carregador ligado na bateria, deve ter algo próximo de 14V. Se for menos não vai carregar e se for mais vai estragar a bateria.

 

Pior que não tenho, mas legal a dica, vou tentar levar em algum lugar pra medir.

Devo ligar o carregador tanto na bateria quanto na tomada 110v e aí medir com o multímetro nos pólos da bateria?

adicionado 6 minutos depois
3 minutos atrás, Sérgio Lembo disse:

Na verdade, bem menos que isso. Com 14A se der 15 minutos é muito. Baterias não são lineares no fornecimento de energia. A capacidade costuma ser dada em C5, isto é, com consumo distribuido em 5 horas. Ganha-se algumas horas se for distribuido em 20 ou 100h, mas perde-se um bocado quando se tenta fazer extração rápida da energia.

 

@rhtsouza , os 2 aparelhos mencionados (pedaleira e cubo de som) consomem < 200mA cada. Isso significa aquecimento máximo de 40ºC sem uso de dissipador ou ventilador, apenas 0,6W de calor em cada saída em uso. Pode-se utilizar um único regulador para esses 2 aparelhos mas tem um porém: se um deles provocar ruído na fonte isso vai aparecer no outro aparelho. Com o uso de individuais garante-se uma isolação de interferências entre eles. O custo disso será de + 1 regulador e + 1 capacitor de poliester, mixaria. Infelizmente (e aí vai um puxão de orelha) existe uma cultura de se querer ter vantagem em tudo, ganhar o máximo possível sem olhar as consequências. A consequência de ter 4 saídas dimensionadas para 1A representa um projeto térmico para 12W de calor. O circuito que caberia numa caixa de cartão de visita sem aeração passa a ser um projeto ventilado ou com o uso de caros alumínios.

 

Perfeito, @Sérgio Lembo pelo que falou é muito melhor fazer um conjunto (conversor+capacitor) para cada uma das 4 saídas 9v.

adicionado 11 minutos depois
8 minutos atrás, rhtsouza disse:

Na verdade, bem menos que isso. Com 14A se der 15 minutos é muito. Baterias não são lineares no fornecimento de energia. A capacidade costuma ser dada em C5, isto é, com consumo distribuido em 5 horas. Ganha-se algumas horas se for distribuido em 20 ou 100h, mas perde-se um bocado quando se tenta fazer extração rápida da energia.

 

Tinha feito as contas do consumo total e duração da bateria (abaixo), mas agora que o @Sérgio Lembo comentou sobre baterias não serem lineares no fornecimento de energia, já não estou muito certo de que minha estimativa de duração está correta:

 

381mA (consumo total máx dos dois equipas - pedal e ampli)

+

6mA de consumo próprio do conversor

x

4 conversores

=405mA consumo total

o que dá 17:15hs aprox até acabar a carga da bateria

 

É isso mesmo?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Completando a resposta: Caso um dia venha a colocar uma pedaleira ou outra coisa (sobraram 2 entradas) que consuma muito, isso não queimará seu regulador, possuem um termômetro interno que o protege.

 

Sem título.png

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
5 minutos atrás, Sérgio Lembo disse:

Completando a resposta: Caso um dia venha a colocar uma pedaleira ou outra coisa (sobraram 2 entradas) que consuma muito, isso não queimará seu regulador, possuem um termômetro interno que o protege.

 

Sem título.png

 

O ideal seria usar sempre metade da corrente do regulador?

Ainda assim, no meu caso, não teria problema em usar de 1A para o consumo máx de 200mA de cada um dos equipas. É isto mesmo, ne?

 

Isso sucitou uma outra questão: o pedal usa 186mA max, no entanto se eu deixar ele ligado mas sem usar, consumirá muito menos e fará com que a relação entre a corrente do regulador e a corrente consumida caia drasticamente... por exemplo, se o pedal em standby consumir 50mA, o consumo será 20x menor que a corrente disponível. Neste caso, se o pedal ficar muito tempo ligado em consumo mínimo, não existe o risco de danificar o pedal ou o kit?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 minuto atrás, rhtsouza disse:

por exemplo, se o pedal em standby consumir 50mA, o consumo será 20x menor que a corrente disponível. Neste caso, se o pedal ficar muito tempo ligado em consumo mínimo, não existe o risco de danificar o pedal ou o kit?

Fique tranquilo quanto a isso. Vai fornecer os 9V normalmente independente do consumo. Quem determina o consumo é a carga, não a fonte. Se consumir quase nada, serão 9V com quase nada de corrente.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
7 minutos atrás, Sérgio Lembo disse:

Fique tranquilo quanto a isso. Vai fornecer os 9V normalmente independente do consumo. Quem determina o consumo é a carga, não a fonte. Se consumir quase nada, serão 9V com quase nada de corrente.

 

Certo... é que anteriormente você disse:

 

"A tensão que vem escrita nos interruptores indica o máximo que pode ser aplicado para que funcione de forma segura. Não há problema algum em utilizar um valor muito abaixo. Também costuma indicar a corrente (amperes) que o dispositivo suporta. Se for usado com corrente superior corre o risco de derreter mesmo que a tensão seja baixa."

 

Aí que fiquei em dúvida sobre a relação corrente disponível x carga exigida

 

Mas eu que fiz confusão, pois você estava falando do interruptor, ne?

Editado por rhtsouza

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Aonde pretende colocar esse interruptor?

- entre a rede elétrica e a fonte chaveada

- entre a fonte e a caixinha de 9V

- outro lugar (nos diga)

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
16 minutos atrás, Sérgio Lembo disse:

Aonde pretende colocar esse interruptor?

- entre a rede elétrica e a fonte chaveada

- entre a fonte e a caixinha de 9V

- outro lugar (nos diga)

 

Fonte chaveada que você diz é o carregador da bateria 12v?

 

Eu tinha pensado em usar para 2 coisas, o cooler e o conversor 9v Spike, mas depois das orientações que vi aqui, vejo que ambos são dispensáveis. Quando fui nas lojas de componentes eletrônicos (as principais da cidade), não souberam indicar ou não tinham outros conversores, então comprei este Spike que é para colocar no acendedor de cigarro do carro, bem como um cachimbo, aí removi o plugue e adaptei ao kit. No entanto ele tem um led que ficava o tempo todo aceso, então pensei em colocar o interruptor rs...

 

Que bom que agora não vou mais precisar desta gambiarra!

 

conversor_9v_2000mA.thumb.jpg.a2d96d5390d10e32199250f4d7872910.jpg

adicionado 3 minutos depois

@Sérgio Lembo apenas para confirmar, é tranquilo mesmo usar apenas os dissipadores (1 para cada um dos 4 reguladores de 1A) e deixar na caixa fechada sem cooler ou abertura para ventilação?

adicionado 20 minutos depois
11 minutos atrás, rhtsouza disse:

Fonte chaveada

Não sei o que é... será necessária ao kit?

 

Por enquanto listei os seguintes componentes:

 

- carregador bateria 12v

- bateria 12v

- 4 reguladores 7809 de 1A

- 4 dissipadores para os reguladores

- 4 capacitores de filme de 100nF (cerâmica)

- 4 P4 fêmea

- 2 cabos P4 P4 macho para ligar os equipas

 

Será que falta algo?

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@rhtsouza , sua maior preocupação tem que ser a robustez da caixa. Pelo pouco que conheço de guitarra, isso vai ficar no chão, se houver amigos no ensaio, bebidas e maconha. Note que a pedaleira tem uma construção robusta, feita para aguentar o acionamento normal e pisadas, gente de mais de 70kg em cima. Discursos bonitos e fofinhos de responsabilidade e atenção não evitarão as pisadas.

Caixas metálicas não são fáceis de achar, mas um perfil U ou quadrado de ferro é fácil, qualquer retalho te serve, isso vai ficar pequeno. Para o caso da solução de robustez ser metálica, até dá para usar a estrutura como dissipador de calor. O ferro não é dos melhores, mas sempre ajuda.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, Sérgio Lembo disse:

fonte chaveada

Li a descrição no wikipedia mas ainda permanece um mistério... os reguladores 9v 1A  já não vão cumprir a função de entregar os 9v estáveis? Será necessária uma fonte chaveada? Não entendi...

adicionado 6 minutos depois

Tem mais um detalhe que talvez possam achar interessante. O pedal (Boss RC-30) tem um phantom power 48v indicado para microfones condensadores. Agora, como um pedal alimentado por 6 pilhas AA consegue entregar 48v? Será que esta função vai funcionar quando o pedal for alimentado pelo kit?

 

rc-30_back.thumb.jpg.0966d5b64aa6f4d3b34147be27007237.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Me lembrei agora das caixas de passagem a prova de explosão. São de alumínio fundido, resolvem a questão das pisadas e tem bom espaço interno.

thumb.php?img=Condulete-Aluminio-c--Rosc

Isso daqui mais a tampa de alumínio sai por menos de R$ 7,00, aguenta pisadas e de quebra serve de dissipador. Encontrado em casas de material elétrico.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×