×
Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

Como melhorar a segurança no Pop!_OS?


Posts recomendados

Tem quem diga que linux não precisa de antivírus, tem também quem diga que quem tem bom senso não precisa de antivírus. 

Eu tento ter bom senso mas sou um leigo então n posso afirmar com certeza se para linux um antivírus é dispensável, mas tenho outros dispositivos em rede que podem ser comprometidos. Gostaria de dicas de antivírus e segurança pra configurar meu POPOS, pois sou nativo em windows mas penso em migrar. 

 

 

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membro VIP

Quem tem bom senso jamais diria que não precisa de antivírus. É verdade que somos a primeira e principal barreira contra vírus. Mas podemos (e geralmente somos) ser a pior. Diante desse quadro, imagina um computador sem antivírus? Receita certa pro desastre.

 

Quanto ao Linux, ele tem malwares também, assim como no windows, podendo ser tão inseguro quanto. Porém seu funcionamento é diferente, assim como a forma de nós protegermos nele. 

  • Curtir 2
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

4 horas atrás, John Frusciante disse:

Quem tem bom senso jamais diria que não precisa de antivírus. É verdade que somos a primeira e principal barreira contra vírus. Mas podemos (e geralmente somos) ser a pior. Diante desse quadro, imagina um computador sem antivírus? Receita certa pro desastre.

 

Quanto ao Linux, ele tem malwares também, assim como no windows, podendo ser tão inseguro quanto. Porém seu funcionamento é diferente, assim como a forma de nós protegermos nele. 

Como proteger? tem antivírus pra proteger dos vírus contra  o próprio linux ou só clamav pra proteger de coisas que possam infectar windows? nunca usei linux então n manjo nada, quero aprender um pouco mais, se puder contribuir agradeço muito. 

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • 2 semanas depois...
  • Moderador

@daniel gentil A quantidade de malwares que atacam sistemas Linux é absurdamente menor do que os que atacam sistemas Windows, e se considerarmos apenas aqueles que miram computadores domésticos, a diferença é ainda mais gritante.

 

No Linux instalamos aplicativos diretamente pelos repositórios e constantemente realizamos atualizações, enquanto no Windows nós "caçamos" programas de site em site, sem haver qualquer tipo de "curadoria" para avaliar a segurança destes, além de que vários programas não possuem atualizações automáticas.

 

Não vejo a necessidade de instalar uma solução de segurança num computador doméstico executando uma distribuição Linux visto que o ambiente como um todo é mais seguro que no Windows e os usuários tendem a ter boas práticas de segurança. Uma extensão no navegador para bloquear ataques de phishing, no entanto, é sempre bem-vinda.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Rio McCloud alterou o título para Como melhorar a segurança no Pop!_OS?
Em 07/07/2022 às 21:15, Rio McCloud disse:

@daniel gentil A quantidade de malwares que atacam sistemas Linux é absurdamente menor do que os que atacam sistemas Windows, e se considerarmos apenas aqueles que miram computadores domésticos, a diferença é ainda mais gritante.

 

No Linux instalamos aplicativos diretamente pelos repositórios e constantemente realizamos atualizações, enquanto no Windows nós "caçamos" programas de site em site, sem haver qualquer tipo de "curadoria" para avaliar a segurança destes, além de que vários programas não possuem atualizações automáticas.

 

Não vejo a necessidade de instalar uma solução de segurança num computador doméstico executando uma distribuição Linux visto que o ambiente como um todo é mais seguro que no Windows e os usuários tendem a ter boas práticas de segurança. Uma extensão no navegador para bloquear ataques de phishing, no entanto, é sempre bem-vinda.

Qual extensão você recomendaria? você fala sobre os usuários terem boas praticas de segurança no sistema, mas ai já é uma coisa externa ao sistema em relação a segurança e não uma característica do sistema, parece que o usuário de linux já nasce sabendo de tudo, e como fica no caso de usuários iniciantes? Não digo nem da questão de ter o mínimo de bom senso em saber não baixar e acessar coisas de procedência duvidosa, em muitos casos o usuário que não baixa pirataria e não se aventura a mexer no que não sabe pode acabar pegando vírus em um malvertising como aconteceu com gente que acessou o site ofixico a uns tempos atrás, hoje em dia tudo parece vir configurado de fábrica pra ser automático, peguei um vírus não sei se no pc ou no celular que usava o mesmo email e sincronizava, eu formatava o celular e acabava baixando um monte de aplicativo sozinho, então eu percebi que era do gmail.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@daniel gentil

 

No Linux é bem difícil ser infectado, talvez só por meio de aplicativos fora dos repositórios oficiais.

 

O que pode acontecer é você instalar uma extensão maliciosa no navegador ou acessar um site contaminado que vai te levar a site falso para tentar te enganar e te convencer a fornecer dados pessoais.

 

Eu aqui tive ataque por celular por meio de email. Chegou um email que ao abrir ele congelou o smartphone e o reiniciou. Depois chegou outro email tentando me convencer a clicar em um link com uma conversa pra enganar.

 

Procure manter-se informado das formas de ataques. É o melhor a fazer para se proteger no Linux. Algumas acabei de te informar.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Moderador
Em 10/07/2022 às 21:01, daniel gentil disse:

Qual extensão você recomendaria?

 

Eu gosto muito do Bitdefender TrafficLight. Ele bloqueia ataques de phishing e páginas de distribuição de malware, além de adicionar bandeiras nos resultados de busca do Google informando se o site é seguro, suspeito ou perigoso.

 

Obviamente, ele não é infalível, mas é uma solução excelente.

 

Em 10/07/2022 às 21:01, daniel gentil disse:

como fica no caso de usuários iniciantes? Não digo nem da questão de ter o mínimo de bom senso em saber não baixar e acessar coisas de procedência duvidosa, em muitos casos o usuário que não baixa pirataria e não se aventura a mexer no que não sabe pode acabar pegando vírus em um malvertising como aconteceu com gente que acessou o site ofixico a uns tempos atrás

 

Malvertising é explorado de duas formas: fazendo o usuário clicar no conteúdo (normalmente um anúncio ou pop-up) ou explorando uma vulnerabilidade de segurança em algum aplicativo. Ter boas práticas de segurança e manter todos os programas e componentes do sistema atualizados reduz e muito a superfície de ataque.

 

Em 10/07/2022 às 21:01, daniel gentil disse:

peguei um vírus não sei se no pc ou no celular que usava o mesmo email e sincronizava, eu formatava o celular e acabava baixando um monte de aplicativo sozinho, então eu percebi que era do gmail.

 

Você "contraiu" esse malware pelo celular. O Android, por padrão, sincroniza todos os aplicativos e configurações instalados ao configurar um novo dispositivo, e foi isso que fez o malware voltar.

 

Infelizmente a curadoria de aplicativos da Google Play é péssima e toda semana são reportados novos aplicativos removidos da loja por conterem malware. No Android sim, por ser um sistema amplamente utilizado por pessoas comuns, a quantidade de malwares direcionados é grande e requer o uso de uma solução de segurança.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisa ser um usuário para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas comunidades sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

Ebook grátis: Aprenda a ler resistores e capacitores!

EBOOK GRÁTIS!

CLIQUE AQUI E BAIXE AGORA MESMO!