Ir ao conteúdo
Entre para seguir isso  

Teste da Fonte de Alimentação C3Tech DSA-5060V

       
 187.839 Visualizações    Testes  
 318 comentários

Atendendo a inúmeros pedidos testamos a fonte “nacional” de 600 W DSA-5060V da C3Tech. Será que ela sobrevive aos nossos testes? Teste atualizado!

Teste da Fonte de Alimentação C3Tech DSA-5060V
Gabriel Torres Editor executivo do Clube do Hardware

Introdução

A C3Tech é uma marca da empresa brasileira Coletek. Enquanto produtos com a marca Coletek são voltados para integradores (produtos OEM), os produtos da marca C3Tech são voltados ao mercado de varejo, podendo ser encontrados com facilidade no mercado brasileiro. Nós já testamos outra fonte da C3Tech, a PSH750V de 750 W, e ela não só sobreviveu aos nossos testes como recebeu nosso selo de Produto Recomendado. Chegou a hora de testarmos um popular modelo de 600 W da marca, a DSA-5060V. Será que ela é um bom produto como a PSH750V? Confira.

Atualizado em 03/12/2009: Atendendo a inúmeros pedidos nós re-testamos esta fonte de alimentação, onde fizemos testes mais detalhados. Aproveitamos para incluir uma comparação técnica aprofundada desta fonte com a OCZ StealthXStream de 400 W, pois ambas usam a mesma plataforma.

Tanto a PSH750V quanto a DSA-5060V são fabricadas pela CWT, que é a fábrica responsável por fontes de algumas marcas famosas, como a Thermaltake e a Corsair (nem todas as fontes da Corsair são fabricadas pela CWT, note bem).

A C3Tech DSA-5060V usa internamente a mesma plataforma da OCZ StealthXStream de 400 W e neste teste estaremos comparando os componentes usados nessas duas fontes.

Fonte de alimentação C3Tech DSA-5060V
Figura 1: Fonte de alimentação C3Tech DSA-5060V.

Fonte de alimentação C3Tech DSA-5060V
Figura 2: Fonte de alimentação C3Tech DSA-5060V.

A DSA-5060V tem 16 cm de profundidade, vindo com uma ventoinha de 140 mm em sua parte inferior. Ela possui circuito PFC ativo.

Nenhum sistema de cabeamento modular é usado e somente o cabo principal da placa-mãe usa uma proteção de nylon, que não parte de dentro da fonte. Todos os fios são 18 AWG, que é a bitola correta a ser usada. Os cabos inclusos são:

  • Cabo principal da placa-mãe com conector de 20/24 pinos.
  • Cabo com dois conectores ATX12V que juntos formam um conector EPS12V.
  • Um cabo de alimentação auxiliar para placas de vídeo com um conector de seis pinos.
  • Dois cabos de alimentação SATA com dois plugues cada.
  • Um cabo de alimentação para periféricos com três plugues padrão e um conector de alimentação para unidades de disquete.
  • Um cabo de alimentação para periféricos com três plugues padrão.

A quantidade de cabos é baixa para um produto de 600 W. Esta fonte deveria ter mais um cabo de alimentação para placas de vídeo e pelo menos mais dois plugues de alimentação SATA. Com ela você só conseguirá instalar diretamente uma placa de vídeo intermediária. Para instalar uma placa de vídeo topo de linha você terá de converter plugues de alimentação para periféricos em um plugue de alimentação para placas de vídeo, usando um adaptador que não vem com a fonte.

Outro problema é que os cabos são extremamente curtos, medindo apenas 37 cm entre a carcaça da fonte e o primeiro conector do cabo, dificultando a instalação desta fonte em gabinetes do tipo “full tower”. Cabos com mais de um conector possuem 14 cm de distância entre os conectores.

Fonte de alimentação C3Tech DSA-5060V
Figura 3: Cabos.

Vamos agora dar uma olhada no interior desta fonte de alimentação.

Editado por

Compartilhar



  Denunciar Artigo
Entre para seguir isso  

Comentários de usuários




Como salientado no teste, apenas uma boa fonte de 400W. Pelo preço muito baixo para uma fonte de qualidade de 600W, era quase certeza que essa fonte não conseguiria fornecer sua potência rotulada.

Acho que a C3Tech poderia ler esse teste e ao menos remarcar sua fonte como de 400W. Aí sim ela estaria sendo honesta com o consumidor.

[]s!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Todos sabiamos que esta fonte não fornecia 600W, confesso que esperava um pouco mais dela. Fico feliz de ter níveis baixos de ruido até os 480W.

Quanto ao fato de anunciar valores maiores do que os valores reais uma falta grave, que não deveria ser deixada impune.

Tenho uma dessa, pelo menos com essa minha maquina ela nao vai explodir

Abraços

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

como era de se esperar e todo mundo já sabia ela não tem 600w de potencia, o que se estimava era algo em torno de 500w e sinceramente não acho que ela seja ruim visto que pouquissimos usuarios demandariam necessariamente 600w e se precisassem de 600w teriam gastado tanto no pc que comprariam uma fonte de 800w pra cima (uma medida de segurança para o investimento) sendo que a maioria que a usa consome no max uns 300w, mas isso não é desculpa para que empresas brasileiras simplesmente por ganancia rotulem erroneamente um produto para vender mais, infelizmente essa é a realidade em que vivemos, resumindo uma fonte boa/razoável de 450w

abraços

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

e ainda a palhaçada de colocar o "logo" do 80Plus... que nem é o logo certo ainda na caixa...

mais tambem acho que pra um PC que nao consome muito... ela agueneta.

-_-´

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

O fato que mais entriga é que eles colocaram o selo "80 Plus", uma tremenda falta de respeito com o consumidor, é lamentavel estas atitudes das empresas brasileiras, ao invés de dar um salto para frente, dá dois para trás, tinha tudo para alavancar as vendas dessa fonte, agora tem tudo para cair. Espero que ela aprenda a lição e seja humilde em rotular essa fonte sendo como 400W, não como 600W.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

eu '' desconfiava que ela não suportaria o teste'' eu pessoal tive uma c3 tech de 500w e nunca recomendei ela, mas eu sempre disse que com a mesma eu nunca tive nenhum problema, ela não esquentava era silenciosa mas tinha uma coisa o consumo da minha máquina era baixo por isso nunca aconselhei ela, quando fui comprar eu comprei a mesma por que estava sem grana. mas resumindo fiquei desapontado não com o teste mas com a marca tentar enganar o pessoal com o certificado 80 plus, isso é imperdoável ela é uma fonte boazinha de 450w mas acabou aí acabousse o mistério das c3 tech!!!!!!!

ga g31m-s2l/ pentium dual core e2140 @ 2.5/2 gravadores de dvd lg 1 sata e 1 ide+1 de cd/2gb de ram 667 em dual channel/hd 2x250gb samsung+1x1 160gb samsung/6 exaustores e 26º graus o cpu já overclockado/nvidia 8600gt 512mb zoggis/subwoofer 2.1 clone/thermaltake de 600w reais w.o 129ru/genius 5.1/lcd samsung 2232bw plus 22 polegadas/placa de captura pixelview/ windows vista ultimate edition

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Quase todos que adquiriram esta fonte ficaram com dúvidas quanto à potência real, mas sabiam pelo menos aqueles que postaram aqui no CdH http://forum.clubedohardware.com.br/misterio-c3-tech-duvida/578665 que esta fonte provavelmente seria algo entre 400W a 450W reais.

Eu não me surpreendi, pelo contrário esperava que a potência dela atingisse perto disto mesmo, até porque pelo que paguei não dá para reclamar. Que fonte custa em média R$ 155,00 no Brasil e entrega até 480,7W com 77,7% de eficiência e PFC ativo. Deve ficar perto dos 80% a uns 430W, já que a 400W entregou 81% de eficiência. O meu micro nem com um upgrade de processador vai consumir mais que 480W junto com a GF 9600GT.

Quanto a minha configuração atual não tive prejuízo algum, pois é básica e para segurar a 9600GT por enquanto esta servindo, pois segundo http://www.clubedohardware.com.br/artigos/519/2 na pior das hipóteses ela consome (8A*12V=96W) na linha 12 volts.

O lado negativo foi que ela explodiu quando foram tentar extrair 20A na linha 12V puxando uma carga de 550W por cerca de 2 minutos, vocês chegaram a tentar o mesmo teste a 500W ou nem deu tempo?

Além de tudo isto que foi dito, cabe mencionar a propaganda enganosa que a C3Tech esta fazendo para vender o produto e colocando na embalagem “80plus” quando nem sequer é certificada e tão pouco possui a potência real rotulada.

Na linha 12 volts foi somente 18A que conseguiram extrair com segurança, seria este o limite???

Editado por calabria08

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Agora acredito que ela vai dar uma sumidinha!

Qualidade este é o problema, muitos vendem preço e muitos compram preço. Acredito que não é pedir muito um produto com qualidade com preço justo!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Puuts....

Da raiva mesmo.

Ainda bem que minha maquina está mais ou menos na faixa dos 300W.

Pena que esse teste não apareceu 2 meses antes, pois comprei essa fonte baseado no bom resultado da outra C3tech e ainda paguei mais caro que o preço que foi falado aqui.

Ainda tenho 2 faturas desse treco para pagar. :(

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Bom se existe um erro nessa fonte é da c3tech, porque no site do fabricante da cwt, o modelo é muito bem especificado e como todos podem ver nesse site (modelo da fonte) http://www.cwt.com.tw/english/2_product/1_detail.php?ID=1024 o fabricante menciona que no maximo pode-se tirar da linha 12v são 432w, se a c3tech informa-se do mesmo jeito que esta no site da cwt com certeza o produto seria aprovado e recomendado, a diretoria de marketing da c3tech poderia começar a pensar a respeito sobre transmitir a verdade ao consumidor, querer entrar no mercado nacional inflando seus produtos ao meu ponto de vista um erro estúpido pois suas fontes com as "reais especificações" ainda tem um otimo custo beneficio, e dizer a verdade ao consumidor traria credibilidade e poderia até aumentar sua vendas, afinal qualquer pessoa com o minimo de conhecimento quando procura uma fonte busca acima de tudo confiança no produto, concluindo meu ponto de vista se a c3tech para de se rebaixar a marcas como leadership que mentem descaradamente nas especificações do produto e começar a fazer um jogo limpo a longo prazo poderá render bom frutos a empresa

:)

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Muitas vezes até recomendei essa fonte, sabendo não se tratar de uma fonte de 600 Watts nem tampouco de 500... Não era esse o objetivo. Não acho que ela é uma fonte ruim não.

Entretanto o que mais me incomoda é o posicionamento da C3 Tech, de claramente iludir o comprador, com essas coisas de 600 Watts de pico, com essa total cegueira de especificar as medidas da fonte, nas características técnicas de suas fontes como medidas nas CNTP, uma alusão às Condições Normais de Temperatura e Pressão, geralmente utilizadas nas medidas de gases, totalmente anormal para fontes. A única no mundo todo que usa essa frescura. Me recusei a crer tanto é que enviei um e-mail ao fabricante, constatando essa baboseira... Tai a resposta..

CNTPwhatdoesitmeans.jpg

É de uma idiotice tamanha que não dá nem para comentar. Até porque as CNTP determinam para os testes uma pressão de uma atmosfera e zero graus centígrados, uma total babaquice num país tropical como o nosso..

Ou seja, a C3 Tech quando deveria colocar as devidas especificações (corrente ou potência nas linhas de 12 Volts) da fonte não o fez, e, aliás, colocou lá coisa que não deveria.. Essas coisa de 600 Watts de pico, evidente que não colaria.

Nunca tive dúvidas do que essa fonte seria capaz e expressei meu pensamente tão logo pude ver sua ponte de entrada, sem dissipador. ( http://forum.clubedohardware.com.br/showpost.php?p=3560673&postcount=147 ) Dizia lá que com aquela ponte, sem dissipador, essa fonte poderia entregar somente um máximo de 450 Watts. Dito e feito...

A C3 Tech perdeu a oportunidade de emplacar uma belíssima fonte com louvor, com um posicionamento adequado e um preço altamente competitivo. Teria feito isso se desde o início posicionasse essa sua fonte como sendo de 450 Watts, sem se preocupar com essas coisas de pico... Seria a mais barata e eficiente fonte moderna de 450 Watts do mercado. Séria, honesta, realista, barata, moderna, ao alcance de nosso comprador..

Uma fonte que poderia tocar 98% das configs que nascem por ai. Eu mesmo teria sido o garoto propaganda número um da mesma..

Mas não. Não poderia ter deixado ela, a C3 Tech de se posicionar como se posiciona a Clone, a Leadershit, a Braview... Porque fazer certo se se pode errar...

Ora vejam, fonte de 600 Watts que só entrega 450...

Porque ser transparente com meu comprador se posso enganá-lo??? Esse parece ser o pensamento da C3 Tech...

Por que oferecer um monte de dados para o comprador se ele nada entende de fontes, basta colocar um número de Watts bem alto que ele se atira... É o pensamento da Huntkey, com seus 85% de eficiência... da Gamer da Leadership, com seus prometidos 900 Watts, mas que na verdade não passam de 300 Watts...

Sei, muitos vão dizer que a Gamer é uma fonte pior... Que a mentira não foi tão grande assim, que afinal de contas essa dai acaba sendo uma boa fonte, só que de 450 Watts..

Para mim nada muda.. Mentira não tem medida de profundidade...

É igual gravidez... Não existe meio grávida...

Pena, pena que tem que ser assim nesse país de falcatruas, mais um que tentou aplicar o "golpe do João Sem Braço".

Definitivamente, não bronqueio com a fonte, bronqueio com o tratamento que o fabricante/distribuidor tem para com você, para com o comprador, para comigo.. Parece que vivo de botas??? Que sou grosso... Que somente eles é que entendem de fontes... Parece que sou palhaço...

Fonte boa, de 450 Watts como afirmávamos sempre...

Distribuidor, remarcador, ruim,. Péssimo eu diria...

Esse não merece meu apoio... É muito burro...

Abraço...

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

A fonte fornece 500w.

O teste poderia ter sido um pouco mais proveitoso, pois não foi progressivo a partir de 480w, tentaram extrair quase 600w.

Sei que a príncípio apenas seguil as especificações do fabricande, porém tem um tópido exclusivo sobre essa fonte "O Mistério da C3 Tech" em que já sabiamos a muito tempo que ela num tinha potência do rótulo e que a eficiência era duvidosa.

Afirmo que ela fornece 500w com confiabilidade e quem a adiquiriu para usar em uma máquina com consumo total de 450w está muito bem servido, tendo ainda 50W como margem de segurança.

Agora, cá entre nós, se o cara gastou um burro do dinheiro pra montar uma máquina que consome mais de 450w e Quis colocar uma fonte de R$150,00 foi uma baita pão duragem e vai ter que ou comprar uma nova fonte, superior a Corsair 450w e fontes do gênero, se quiser ter margem de segurança.

Se essa fonte vai perder potênicia e eficiência durante ao longo do uso, devido a qualidade de seus componentes, é outra história.

========================================

Essa postagem foi editada por mim a fim de corrigir possíveis injustiças/inverdades.

Editado por Pai da Chiquinha

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
A fonte fornece 500w.

Essa é a sua opinião. Mas se formos olhar do ponto de vista especificação veremos que sua ponte retificadora poderá operar 6 Amperes em 45º C, sem dissipador, isso é como a fonte está.

KBU8A-DeratingCurveIoutxCasetemp.jpg

Se cruzarmos isso com a menor tensão de alimentação, que é de 90 Volts AC e com a eficiência prevista, teremos.. Máxima potência fornecida na pior condição de alimentação = 6 x 90 x 0,80 = 432 Watts...

Sim pode fornecer mais que isso em condições especiais. Pode, principalmente, como pede a C3 Tech, nas CNTP, 1 atmosfera e zero graus centígrados..

Tenha paciência, para 500 Watts como especificação essa fonte dai não serve... Agora se colocares uma tensão melhor, se colocares uma temperatura menor, se ajudares aqui e alí...

Isso não são especificações técnicas mas sim especulações...

E de longe não é o fato de GT ter tirado dai 480 Watts que faz dela capaz de entregar em quaisquer das condições previstas, esses 480 Watts, quanto mais 500 Watts...

Desculpa meu amigo.. Sou engenheiro e sou obrigado a olhar para a fonte como tal. Não conseguiria olhar diferente.

Abraço...

Editado por faller

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Eu sempre falei pro pessoal que essa fonte não é uma boa ideia,prefiro uma cooler master de 460w.

Editado por Pierre C.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Eu sempre falei pro pessoal que essa fonte não é uma boa ideia' date='prefiro uma cooler master de 460w.[/quote']

Ai também pediste prá levar pedrada..

Essa Cooler Master de 460 Watts dai só vai conseguir entregar para tua config uma potência útil de cerca de 370 Watts, não tem PFC ativo, é uma fonte da era pré histórica, antiga e antiquada, com eficiência na casa dos 70%, com uma distribuição arcaica da potência disponível... Ai não te aguentei, mas respeito a tua preferência... O que seria do amarelo se todos gostassem do vermelho....

Essa DSA5060V dai pelo menos pode oferecer 450 Watts, reais e úteis.. 80% de eficiência e tem PFC ativo..

Abraço...

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Bom dia a todos ...

Estava muito ansioso pelo teste porque sou um mero usuário, e não saberia discutir muito "em termos técnicos" se a fonte é uma droga ou é boa.

Antes de minha fonte genérica ir pro espaço eu estava pensando em comprar uma fonte decente, mas dois fatores me impediram de fazer isso: a disponibilidade imediata em minha cidade (não tem jeito, fontes boas aqui, só pela internet mesmo) e o preço (na época, a mais barata "recomendada" que achei custava por volta de R$ 280,00).

Vamos aos fatos: comprei a DSA-5060V e lá se vão dez meses de funcionamento, tudo normal até agora.

Estava ciente que essa fonte poderia não ser de 600W, mas como citei acima, era o melhor que pude encontrar.

Comparando com uma fonte genérica, ela parece ser um bom negócio, principalmente para os casos como o do meu: como vocês podem ver na minha config abaixo, meu PC é "típico" (tenho uma placa de vídeo, pra não falar que não tenho nada demais).

Para tal config , mesmo ficando fulo pelo fabricante enganar vendendo ela como se fosse de 600W, o preço dela é convidativo para se trocar uma fonte genérica por uma fonte "um pouco melhor".

O teste foi feito, mas dessa vez achei que focaram muito na propaganda enganosa do fabricante (realmente foi uma burrice o marketing da C3) e "nos finalmente" não informaram de forma simples (ou clara) se, mesmo ela fornecendo 400W (o que pela faixa de preço dela não seria lá muito ruim), se a qualidade dela é ruim, se o problema é a rotulação dela ou se a fonte é uma droga mesmo.

Valeu ...

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
A fonte fornece 500w.

O teste foi mal feito, pois não foi progressivo de 480w tentaram extrair quase 600w.

É o mesmo que seguir fazendo overclock de 10Mhz em 10Mhz e depois de atingir uma boa marca(pré dita pelo Faller de 450w) socar mais 400Mhz de FSb e achar ruim porque o overclock falhou.

E não mevenha com bolodórios dizendo que seguil as especificações do fabricande, tem um tópido exclusivo sobre essa fonte "O Mistério da C3 Tech" em que já sabiamos a muito tempo que ela num tinha potência do rótulo e que a eficiência era duvidosa.

Afirmo que ela fornece 500w com confiabilidade e quem a adiquiriu para usar em uma máquina com consumo total de 450w está muito bem servido, tendo ainda 50W como margem de segurança.

Agora, cá entre nós, se o cara gastou um burro do dinheiro pra montar uma máquina que consome mais de 450w e Quis colocar uma fonte de R$150,00 foi uma baita pão duragem e vai ter que ou comprar uma nova fonte, superior a Corsair 450w e fontes do gênero, se quiser ter margem de segurança.

Se essa fonte vai perder potênicia e eficiência durante ao longo do uso, devido a qualidade de seus componentes, é outra história.

Tem provas de que ela fornece 500 watts ?

Como comprar um fonte onde o fabricante tenta te enganar ? Merece confiança do consumidor ?

Eu sempre falei pro pessoal que essa fonte não é uma boa ideia' date='prefiro uma cooler master de 460w.[/quote']

A cooler master também é um fonte de pouca confiança. Dentre vários fontes deles, somente uma passou nos teste do CDH.

O pessoal está argumentando sem antes ter provas para contrariar os testes do CDH. Devo lembrá-los que os testes utilizam equipamentos adequados e confiáveis para julgar uma fonte.

Vejo alguns membros argumentando contra dizendo expressões como: " Ah, mas aqui funciona muito bem! ". Baseado em que diz isso ? Usou equipamento adequado para comprovar tal argumentação ? Ou foi no olhômetro para tal conclusão

Antes de criticarem, usem provas concretas para tal afirmação.

Editado por Pierre C.
alterando quote

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

A Channel Well Technology é uma empresa séria eles tem varias fontes com o selo da org 80 plus.

So que esse modelo não existe la DSV-5060V

http://www.80plus.org/manu/psu/psu_detail.aspx?id=18&type=2

E´uma fonte boa se fosse rotulada a 450W reais a C3T poderia usar o selo 80 Plus standart original e teria um respeito aqui.

Mas como o GT sempre fala a ganancia do empresário brasileiro é absurdamente insana.

Somos um país que alimentamos por décadas em todos os setores o famoso "jeitinho brasileiro".

Ou seja aqui todos sabem que as leis existem mas não funcionam direito.

Então fica fácil pros ratos comerem o queijo pois a ratueira sempre ta desarmada.

Eu ainda acho que o congresso brasileiro deveria fechar essa entidade podre que se chama INMETRO.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Realmente e constrangedor. O cliente pensa estar adquirindo uma fonte de 600W mas esta adquirindo uma fonte de 450W. Infelizmente agora tenho que pensar ja em uma nova fonte de alimentação pois possivelmente esse modelo não irá suprimir as minhas necessidades. Realmente triste.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Poderia alguém da C3Tech ler esse tópico e resolver rotular a fonte como de 400W. Aí tudo estaria resolvido! Acho que poderiam rotulá-la até a 450W, mas 600W é uma palhaçada com o consumidor...

Pelo preço que ela é vendida (cerca de R$ 150,00) seria muito competitiva nessa faixa de potência. Não conheço nenhuma fonte de qualidade de 400 a 450W nesse preço.

[]s!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Tem provas de que ela fornece 500 watts ?

Como comprar um fonte onde o fabricante tenta te enganar ? Merece confiança do consumidor ?

A cooler master também é um fonte de pouca confiança. Dentre vários fontes deles, somente uma passou nos teste do CDH.

O pessoal está argumentando sem antes ter provas para contrariar os testes do CDH. Devo lembrá-los que os testes utilizam equipamentos adequados e confiáveis para julgar uma fonte.

Antes de criticarem, usem provas concretas para tal afirmação.

Caro colega.

Minha crítica é construtiva.

Existe prova de que ela num aguenta 500W?

Existiria se o teste tivesse sidi feito de forma progressiva.

Editado por Pai da Chiquinha

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Realmente uma pena o fato de essa fonte ter sido rotulada a 600w; a c3tech perdeu uma excelente oportunidade de se consagrar como empresa honesta e que respeita seus consumidores.

Editado por Evandro
erro de digitação

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites



Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×