Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Meca

Teste de igbt

Recommended Posts

Tenha 2 placas weg iee6 de esteiras. Como faÇo para testar os igbt's com o multÍmetro? O modelo do igbt É k10t60. E se eles estiverem ruim, qual o igbt que eu poderia estar substituindo ele?

Obrigado pela ajuda

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

So sei testalos analisando o circuito... Nunca usei multimetro para medir componentes o max que sei e medir junçao de diodo... Se quiser tirar eles e por em um circuito teste com resistores e medir a tensão nos terminais dele vou saber se esta bom ou nao..

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Tenha 2 placas weg iee6 de esteiras. Como faÇo para testar os igbt's com o multÍmetro? O modelo do igbt É k10t60. E se eles estiverem ruim, qual o igbt que eu poderia estar substituindo ele?

Obrigado pela ajuda

Siga as instruções desse vídeo do You Tube abaixo...

Você pode substitui-lo pelo IRFP264

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Siga as instruções desse vídeo do You Tube abaixo...

Você pode substitui-lo pelo IRFP264

Obrigado pelo video!

Em relação a substituição do componente, eu acho que só utilizar um IGBT, o mosfet talvez não responda da forma correta devido a velocidade de comutação.

Não tenho certeza!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Obrigado pelo video!

Em relação a substituição do componente, eu acho que só utilizar um IGBT, o mosfet talvez não responda da forma correta devido a velocidade de comutação.

Não tenho certeza!

IGBT são lentos. Geralmente os pequenos não passam dos 100Khz, e os grandes em módulos, menos ainda, 20Khz já está próximo do limite.

Em compensação suportam correntes muitos maiores.

Eles unem o que há de melhor de um transistor bipolar com o que há de melhor de um mosfet: A baixa resistência elétrica dos transistores bipolares quando estão totalmente saturados, aliado ao acionamento por tensão do mosfet, que facilita o circuito de controle. Então um IGBT tem Gate como mosfet e emissor e coletor como num transistor bipolar.

Na prática eles funcionam semelhante a um mosfet, mas com uma diferença: IGBT possui coeficiente de temperatura negativa; Quanto mais esquenta, menor vai ser a resistência entre coletor e emissor.

Já o mosfet funciona com coeficiente positivo; Quanto mais quente fica, maior será a resistência entre dreno e source.

Ao substituir por mosfet, deve observar a corrente contínua que no caso deverá ser igual ou superior ao do IGBT e a corrente de pico que deverá ser igual ou superior que o IGBT.

Quanto menor for a resistência do Mosfet entre dreno e source menos ele irá perder potência em calor.

Olhe seu IGBT: http://pdf.datasheetcatalog.com/datasheet2/1/03pxx58j0eayr1k81efhjr1w7j7y.pdf

Ele possui uma queda de tensão entre coletor e emissor que quando totalmente saturado vai dar aproximadamente 1,5V e diminuindo conforme aquece devido ao coeficiente negativo de temperatura.

DC corrente por período contínuo de 20A em 25 graus e 10A em 100 graus.

Corrente pulsada segura de 30A com tensão igual ou menor que 400V e temperatura igual ou menor que 150 graus.

Não foce o encapsulamento ser TO-220, Você teria as seguintes a opsões:

IGBT G4PC50UD, neste caso muito melhor:

http://pdf.datasheetcatalog.com/datasheet/irf/irg4pc50ud.pdf

Ou o mosfet PW20N60, também muito bom.

http://pdf.datasheetcatalog.com/datasheet2/c/0glw7rrii4pz7fzswd9axwoea4cy.pdf

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Acredito que para o funcionamento da esteira, esse IRGB20B60 vai funcionar também...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×