Ir ao conteúdo
  • Comunicados

    • Gabriel Torres

      Seja um moderador do Clube do Hardware!   12-02-2016

      Prezados membros do Clube do Hardware, Está aberto o processo de seleção de novos moderadores para diversos setores ou áreas do Clube do Hardware. Os requisitos são:   Pelo menos 500 posts e um ano de cadastro; Boa frequência de participação; Ser respeitoso, cordial e educado com os demais membros; Ter bom nível de português; Ter razoável conhecimento da área em que pretende atuar; Saber trabalhar em equipe (com os moderadores, coordenadores e administradores).   Os interessados deverão enviar uma mensagem privada para o usuário @Equipe Clube do Hardware com o título "Candidato a moderador". A mensagem deverá conter respostas às perguntas abaixo:   Qual o seu nome completo? Qual sua data de nascimento? Qual sua formação/profissão? Já atuou como moderador em algo outro fórum, se sim, qual? De forma sucinta, explique o porquê de querer ser moderador do fórum e conte-nos um pouco sobre você.   OBS: Não se trata de função remunerada. Todos que fazem parte do staff são voluntários.
robin2000

Os perigos do Windows pirata

Recommended Posts

Windows-8-1.jpg

 

Com o incentivo do governo federal, reduzindo impostos em algumas linhas de computadores e notebook, acirrou-se uma disputa por mercado que já vinha muito aquecida. Para ter preços ainda mais competitivos, a grande maioria das empresas optou por vender os equipamentos com o sistema operacional Linux. O grande problema é que, em praticamente todos os casos, tratam-se de distribuições de péssima qualidade sem nenhum atrativo para o usuário.

 

Como os usuários, com razão, não conseguem se adaptar às aberrações instaladas, acabam procurando um "amigo que entende de computador" ou uma "loja especializada" para "instalar o Windows". Após a instalação, o feliz proprietário de um novíssimo Windows pirata recebe a importante recomendação "técnica": não aceite as atualizações online porque podem bloquear seu sistema. Além dos problemas que logo citarei, o grande prejuízo é ao Linux que passa a ser julgado pela péssima primeira impressão. Uma boa análise sobre os motivos dos fabricantes a não usarem distribuições decentes pode ser encontrada neste excelente artigo.

 

 Ao instalar um Windows pirata, além de cometer um crime, o usuário pode estar criando um monstro. Há uma infinidade de pessoas analisando o funcionamento dos sistemas operacionais mais utilizados em busca de vulnerabilidades exploráveis e os resultados de boa parte dessas análises pode ser encontrado em sites como o ExploitDB. A Microsoft também faz seus testes e ainda usa análises publicadas na Internet referentes a seus sistemas para fazer as devidas correções e distribuí-las em forma de atualizações online. Entretanto, pela recomendação "técnica", o recém instalado Windows pirata não será atualizado e continuará vulnerável.

 

Dentre todas as vulnerabilidades, as mais perigosas são aquelas que permitem ataques zero-day. São deficiências ainda não corrigidas pelo fabricante e, por dedução lógica, todas as máquinas com o sistema instalado estão sujeitas a ataques que as explorem. Outra dedução óbvia é que, para instalações que não são atualizadas regularmente, toda vulnerabilidade é passível de ataques zero-day. Aí o usuário não entende por que seu sistema fica lento e cheio de malwares mesmo com um antivírus instalado. Para "resolver", recorre a outra cópia pirata e o ciclo se repete.

 

Mesmo que o usuário seja extremamente cuidadoso quanto aos sites que acessa ou anexos que abre, há vulnerabilidades que podem ser exploradas remotamente ou ainda que possam criar problemas até mesmo a partir de arquivo de imagens que sequer precisam ser abertos. Uma rápida olhada no ExploitDB revela a impressionante velocidade na exposição de problemas de vários programas.

 

Boa parte desses problemas poderia ser evitada se a fabricante do equipamento tivesse instalado uma distribuição decente do Linux, não incentivando sua substituição. E olha que há várias delas com qualidade suficiente para que o usuário não queira mudar. Também seriam evitados transtornos se o usuário tivesse adquirido uma cópia original do Windows e fizesse suas atualizações regularmente. Como isso pode ter um custo proibitivo para muitos, outra excelente alternativa seria ter pedido a instalação de uma boa distribuição Linux ao invés do Windows pirata.

 

Bill_Gates_Head_Scratcher.png

 

Para quem nunca teve contato com Linux ou já conhece e pretende uma distribuição para uso convencional, o Ubuntu é uma ótima pedida. Fácil de instalar e usar, no site da distribuição é possível até a solicitação de uma cópia pelos Correios sem qualquer custo. Realmente, vale a pena fazer um teste!

 

Microsoft vai processar quem validar muitas cópias de Windows ou Office

 

Sabe aquele aviso da Microsoft de que a sua cópia do Windows não é original e de que isso pode resultar em algum tipo de problema? Pelo visto, essa ameaça não era um blefe: de acordo com o site Torrent Freak, a companhia está pronta para começar a processar quem for pego no flagra autenticando ilegalmente cópias piratas do sistema operacional.

 

A empresa abriu um caso em uma corte de Washington, nos Estados Unidos, acusando suspeitos que utilizaram uma assinatura da operadora AT&T para ativar "várias cópias piratas de Windows 7 e Office 10". A conta foi identificada pela equipe ciberforense da Microsoft, uma equipe especializada que você provavelmente nem sabia que existia, mas que tem um nome sensacional.

 

Ou seja, se você possui em casa uma dessas versões, não precisa fugir e mudar o próprio nome: os processos devem atingir apenas quem for pego validando uma enorme quantidade de cópias dos produtos, formando um padrão nas ações.

 

A ação é curiosa. A Microsoft é alvo de pirataria de software há muito tempo, mas não tomava medidas drásticas como ir atrás dos responsáveis após rastreá-los digitalmente.

 


Editado por gandalfnho
remoção link assunto ilegal

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Não há o que discordar de sua explanação, está correta em todos os aspectos, mas grande parte da ilegalidade é culpa das próprias empresas.

A começar pelo preço, é um produto em série, portanto não justifica preços exorbitantes por culpa da fabricação, culpar a tecnologia envolvida também não é desculpas para o alto custo, essa é mesma desculpa dos fabricantes de remédios.

Talvez eles pratiquem preços baseados na realidade do seu país e origem, mas não pode querer aplicar no resto do mundo com realidades diferentes, principalmente econômicas.

Existe a venda legalmente, gravadores de dvd, mídia, programas de gravação e disponibilidade dos arquivos na internet ou até pedir uma cópia emprestada para alguém, então praticamente é impossível impedir que isso aconteça, é o mesmo que gravar uma música que toca no rádio ou gravar um filme ou programa de tv, a indústria lançou tv com essa tecnologia, nem aparelho de gravação precisa.

Então como combater isso? Na minha opinião com inteligência praticando preços baixos, isso vale para musica e vídeo, se você pode pagar por um cd feito industrialmente, bem mais durável do que um caseiro, digamos R$ 5,00 para que você irá produzir um baixando arquivos na internet incompletos, ruins, perder tempo gravando etc? O mesmo vale para vídeo, mas especificamente filmes, porque não se cobra R$ 10,00 por filme seja lançamento ou não?

Chegam a vender um filme em dvd novo por R$ 50,00 em dois meses já está vendendo por R$12,90???? E a vislumbração de altos lucros por ser um filme novo.

O Windows é de utilização mundial se comparado aos demais sistemas, e dizem que 40 % ou mais é cópias piratas, mesmo assim ele foi ou é o homem mais rico do mundo, se todos fossem pagar, seria o homem mais rico do universo.

Além disso, as cópias piratas devem ser contabilizadas como "gastos promocionais" como se fosse propaganda, pois tem empresas que gastam milhões com seus produtos, eu acredito que ela não quer acabar com a ilegalidade, se quisesse acho que faria.

Veja o caso da apple, eu tive um iPhone, e para você fazer alguma coisa tem que ser autorizada do contrário não faz (já fiz jailbraek e não gostei) não sei se no pc ela agem com esse ditadura que age nos celulares.

  • Curtir 3

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Não há o que discordar de sua explanação, está correta em todos os aspectos, mas grande parte da ilegalidade é culpa das próprias empresas.

A começar pelo preço, é um produto em série, portanto não justifica preços exorbitantes por culpa da fabricação, culpar a tecnologia envolvida também não é desculpas para o alto custo, essa é mesma desculpa dos fabricantes de remédios.

Talvez eles pratiquem preços baseados na realidade do seu país e origem, mas não pode querer aplicar no resto do mundo com realidades diferentes, principalmente econômicas.

Existe a venda legalmente, gravadores de dvd, mídia, programas de gravação e disponibilidade dos arquivos na internet ou até pedir uma cópia emprestada para alguém, então praticamente é impossível impedir que isso aconteça, é o mesmo que gravar uma música que toca no rádio ou gravar um filme ou programa de tv, a indústria lançou tv com essa tecnologia, nem aparelho de gravação precisa.

Então como combater isso? Na minha opinião com inteligência praticando preços baixos, isso vale para musica e vídeo, se você pode pagar por um cd feito industrialmente, bem mais durável do que um caseiro, digamos R$ 5,00 para que você irá produzir um baixando arquivos na internet incompletos, ruins, perder tempo gravando etc? O mesmo vale para vídeo, mas especificamente filmes, porque não se cobra R$ 10,00 por filme seja lançamento ou não?

Chegam a vender um filme em dvd novo por R$ 50,00 em dois meses já está vendendo por R$12,90???? E a vislumbração de altos lucros por ser um filme novo.

O Windows é de utilização mundial se comparado aos demais sistemas, e dizem que 40 % ou mais é cópias piratas, mesmo assim ele foi ou é o homem mais rico do mundo, se todos fossem pagar, seria o homem mais rico do universo.

Além disso, as cópias piratas devem ser contabilizadas como "gastos promocionais" como se fosse propaganda, pois tem empresas que gastam milhões com seus produtos, eu acredito que ela não quer acabar com a ilegalidade, se quisesse acho que faria.

Veja o caso da apple, eu tive um iPhone, e para você fazer alguma coisa tem que ser autorizada do contrário não faz (já fiz jailbraek e não gostei) não sei se no pc ela agem com esse ditadura que age nos celulares.

Estou pagando 15 reais em filmes que eu realmente amo. Sim, EU JÁ ASSISTI O FILME MIL VEZES, MAS EU COMPRO OS FILMES PORQUE AMO ELES. Acho que vale a pena demais. Agora, pagar 500 reais acho que é complicado. Mas também temos que vem o ponto de quem faz coloca o preço, no caso da microsoft é muito abusivo esse preço aqui no brasil. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Quem faz coloca o preço, mas isso  vale para produtos físicos, não posso "piratear" uma placa mãe em casa, quem detém tecnologia para isso pode fazer uma marca própria, agora nada me impede de baixar uma iso do Windows, gravar e usar certo? Mesmo que não consiga essa iso ou torrente, pede o dvd emprestado e pronto...então não adianta força.

No passado, com rádio, ou mesmo na chegada do vídeo cassete na década de 80, ninguém falava em pirataria, e no caso dos VCRs, erá só ter dois e pronto, "chupava" o fime no ato; nas tvs então com as tvs com hd interno grava-se o que quer.

O bom general quando esta vendo que a estratégia não funciona, adota outra, no caso da questão dos software, que se pratiquem que desestimulem a cópia.

Editado por misterjohn

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Na minha opinião acho que a pirataria está muito longe de acabar, pois como o @misterjohn disse as próprias empresas "incentivam" mesmo que indiretamente a pirataria criando tecnologias para tal. Por exemplo TVs que gravam filmes em tempo real, pirataria não é só revenda, a pirataria ocorre quando CDs são distribuídos entre pessoas, mesmo que de forma gratuita, seja software, musicas, filmes etc, o uso de cracks e keygens tambem classificam como pirataria.

 

Acho também que os preços elevados se devem sim ao abuso das empresas de programas, mas a pirataria tem sua parcela de culpa pois o desenvolvimento de software demanda muito dinheiro para pesquisas e construção do tal, com a pirataria atrapalhando a venda de produtos originais as empresas deixam de arrecadar fundos para desenvolvimento e aprimoramento do software.

 

Um exemplo tosco do que estou dizendo:

 

O Windows 8.1 está custando hoje R$700 segundo o site da Microsoft Store, então temos as seguintes cenas:

 

cena 1 - 1000 pessoas compram o software original, que dá um total de R$700.000

 

cena 2 - 100 pessoas compram o software original e 900 usam o software pirata, prejuízo de R$630.000

 

cena 3 - se não existisse a pirataria (sim, isso ainda é utopia) o Windows 8.1 poderia custar R$100 e ao invés de 1000 pessoas comprando o software original poderíamos ter 1.000.000 de pessoas comprando o Windows original pelo baixíssimo preço o que daria um retorno ainda maior.

 

Acho que a única forma de derrubar a pirataria seria uma repressão mais ostensiva aos praticantes de pirataria e acima de tudo investir em políticas de conscientização dos usuários. Bom todos aqui já ouviram aquela frase, "compre apenas produtos originais", bem isso não quer dizer nada, de que adianta apelar para a compra de produtos originais, se não há incentivo para tal. O preço abusivo dos programas acabam estimulando a pirataria, pois não são todas as pessoas que têm condições de desembolsar R$700 de uma só vez para pagar num software, ainda mais no Brasil que é um país de terceiro mundo onde tudo aqui é caro devido aos altíssimos impostos que pagamos aqui, o preço do Windows 8.1 é o salário de um trabalhador, ou seja, ele paga o software e passa fome kk, brincadeira né, derrubar a pirataria têm que ser uma ação conjunta, o governo colabora reduzindo os impostos (sim, isso também é utópico, mas a esperança é a última que morre), as empresas de software reduzindo os preços, e o usuário final se esforçando para comprar apenas programas originais.

 

É isso, abraços.

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O meu comprei no ML e certifiquei que é original sem uso e sem ser de universidade.

Editado por gandalfnho
comentário desnecessário

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Interessante que nunca vi ninguém abrir o 7 loader e analiza-lo a fundo, pra constatar se tem algo errado nele.

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Interessante que nunca vi ninguém abrir o 7 loader e analiza-lo a fundo, pra constatar se tem algo errado nele.

Seja o primeiro e deixe os seus comentários.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Seja o primeiro e deixe os seus comentários.

 

 

Não tenho conhecimento técnico para isto.

 

Mas a microsoft tem como descobrir ativações com o 7 loader, pela internet?

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Não tenho conhecimento técnico para isto.

Mas a microsoft tem como descobrir ativações com o 7 loader, pela internet?

Acredito que sim.

Se foram eles que desenvolveram o SO Windows, então podem muito bem mapear que tipo de programas os usuários usaram durante todo funcionamento não é à toa que sempre mandam atualização pra corrigir alguma coisa.

Estava esquecendo de comentar uma coisa, recentemente "comprei" uma licença do windows 8.1 no ML com um vendedor que tinha quase 100% positivo, porém quando me enviou a chave liguei para a Microsoft perguntando sobre a licença e fui informado que era de uma distribuição de universidade e que seria desativado essa licença, porém isso não foi feito e nem queria saber quem era o vendedor que esta comercializando na ML.<br />

Finalizando entrei em contato com o vendedor informei sobre a licença e me passou outra que realmente é uma licença de verdade e sem ser usado.<br />

Estranho que depois que ele mandou a nova licença o preço atual aumentou.

Editado por brunolv.rj
  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Não tenho conhecimento técnico para isto.

 

Mas a microsoft tem como descobrir ativações com o 7 loader, pela internet?

 

Interessante que a própria Microsoft não habilita, por padrão ,a atualização responsável por detectar a presença de um crack (KB970133) no windows 7. As que são importantes, todas vem marcadas. Mas esse KB970133 nao vem. Por quê?

 

No virus total, os loaderes que eu já  mandei foram detectados como  crack do windows e não como outro malware específico.

Editado por OpaioX
  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Últimamente a 971033 tá demorando a bessa para vir, manda procurar as atualizações vem todas, menos a 971033.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Interessante que a própria Microsoft não habilita, por padrão ,a atualização responsável por detectar a presença de um crack (KB970133) no windows 7. As que são importantes, todas vem marcadas. Mas esse KB970133 nao vem. Por quê?

No virus total, os loaderes que eu já mandei foram detectados como crack do windows e não como outro malware específico.

A Microsoft não tem interesse em arrumar o que tem ou criar outros mecanismos de anti pirataria essa atualização é exemplo de como eles somente criaram só pra dar susto.

Lembre o que eu escrevi acima, informei uma irregularidade para eles via telefone não fizeram nada!!! Até hoje a chave funciona pra ativar em qualquer computador sem restrição mesmo depois dessa ligação.

Outro detalhe que acredito que estão nem ai sobre a pirataria é ideia que foco deles é mais em serviço online do que venda produtos.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Vou repetir o que eu já disse: na minha opinião a Microsoft como líder com quase 100 % de uso de seus produtos em computadores no mundo todo, encara essa % clandestina como custo de propaganda sem precisar associar o nome dela com nenhuma "famosidade", assim eles fazem vista grossa para isso.

Repitirei também a questão do down grade do Iphone e outras coisas mais que inviabiliza ou dificulta ao extremo alterações não autorizadas, a Microsoft poderia adotar algo assim também, ou seja criar mecanismo para reduzir a cópia dos seus produtos mas não faz.

Sobre cobrir custos de desenvolvimento, isso já foi feito há muito tempo, o que essa empresa ganhou de grana, nao tem mais o porque de cobrar caro.

voce ao produzir uma peça estampada, voce tem que comprar o maquinário, a ferramenta para fazer a matriz, mas após pagar tudo isso, o custo será dó do material, o restante já está pago.

O mesmo pode se aplicar na tv a cabo, quando aderi a NET no inicio das operações na baixada paguei a título de adesão R$ 200,00 + mensalidade, hoje não se paga mais a taxa porque esta era cobrada para cobrir parte dos custos do cabeamento, paga-se apenas mensalidade.

Isso vale para todas atividades, então não justifica pagar um salário mínimo por um sistema operacional, talvez no EUA seja uma pechincha, mas lá os salários são iguais aos daqui??

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Nmho, os custos de desenvolvimento ainda são válidos pois é preciso investir sempre em novas tecnologias de desenvolvimento de software, pagar programadores, etc, porém todos nós sabemos, que o foco é o lucro pois veja bem:

 

1 - lançam uma nova versão do OS.

2 - Pouco tempo depois encerram-se as vendas (ou seja se quiser comprar depois do encerramento, esqueça)

3 - Anos depois lançam um novo sistema operacional pelo mesmo preço.

 

Se todos comprassem assiduamente o Windows original a cada lançamento certamente pesaria e muito no bolso.

 

Abraços.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

E creio que os custos são maiores na proporção, na fabricação de hardware, esse sim que surge constantemente equipamentos mais completos e com maior grau de sofisticação, agora falando a grosso modo, criar programas só é preciso "cabeças pensantes" para isso.

Os sistemas operacionais Windows antes do XP tinham vida curta, já este reinou absoluto por 10 anos, depois disso, os que o sucederam, voltaram a ter o "prazo de validade" igual asos antes do XP.

Eles lançam os sistemas operacionais depois ficam criando correções intermináveis, claro que isso é necessário, mas será nessa proporção??? Creio que muita coisa poderia ter sido parte integrante do projeto original.

O custo de fabricação é irrisório, já que a mídia, comprada em grande escala deve sair por uma ninharia a unidade, basta uma prensa e pronto (claro que estou generalizando um pouco) mas pela linha de adoção de preços de produtos, normalmente os feitos em série, como é o caso do dvd de instalação do Windows, tem um custo menor justamente pelo volume de produção, agora eles praticam preços baseado no perfil do consumidor dos EUA, e querem implantar em Republiqueta de Bananas como aqui, está pedindo para haver fraudes.

Se todos comprarem apenas versões licenciadas, pelo preço praticado, metade do dinheiro mundial irá para Microsoft e está já percebeu que é melhor agir como as fábricas de azuleijos, lançam uma linha a cada ano, assim faturam mais já que sistemas operacionais defasados geram mais problemas do que os atuais.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu, atualmente, estou com windows 7. Semana passada, por causa de uma instabilidade no windows/memória ou sei lá, 0800 da M$ para reativar o bichinho....

 

blablabla... tela azul, não deu, tive de fazer, blablablabla... daí a moça hesitou.... e eu apenas disse... moça, eu tenho linux, eu posso migrar a bagaça... daí ela "seguiu adiante" e obtive êxito... mas queria me fincar 400 dilmas para reativar (huh) :huh: . Num pc outro, notebook, brazos C60 que comprei para a esposa, graças

inri-cristo.jpgao phaaaaaaaaaai, veio com o windows 8... daí não precisei lance de ativador, já veio ativado....

 

uma "coisa"... mas veio ativado. (tia philco)

 

Agora, digo-lhes... uso direto o linux, windows para, apenas o serviço (planilhas com macros não são boas no open/libre office) e para jogar. Ademais, só linux

 

já baixei windows da net, não veio ativado, mas baixei, também já, um zoológico donde o "menor dos bichos" era o hao123. Então hoje... se eu puder, testo a fuuuu o que eu baixo, antes de ir pro windows.

 

 

Se o custo fosse menor, acho que o pessoal compraria, com certeza.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu, atualmente, estou com windows 7. Semana passada, por causa de uma instabilidade no windows/memória ou sei lá, 0800 da Microsoft para reativar o bichinho....

 

blablabla... tela azul, não deu, tive de fazer, blablablabla... daí a moça hesitou.... e eu apenas disse... moça, eu tenho linux, eu posso migrar a bagaça... daí ela "seguiu adiante" e obtive êxito... mas queria me fincar 400 dilmas para reativar (huh) :huh: . Num pc outro, notebook, brazos C60 que comprei para a esposa, graças

inri-cristo.jpgao phaaaaaaaaaai, veio com o windows 8... daí não precisei lance de ativador, já veio ativado....

 

uma "coisa"... mas veio ativado. (tia philco)

 

Agora, digo-lhes... uso direto o linux, windows para, apenas o serviço (planilhas com macros não são boas no open/libre office) e para jogar. Ademais, só linux

 

já baixei windows da net, não veio ativado, mas baixei, também já, um zoológico donde o "menor dos bichos" era o hao123. Então hoje... se eu puder, testo a fuuuu o que eu baixo, antes de ir pro windows.

 

 

Se o custo fosse menor, acho que o pessoal compraria, com certeza.

ij1uhssuhhusuhasuuhsa :D

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu estou aqui no dilema do Windows...

 

Pela primeira vez em mais de 20 anos de PC, comprarei um original...vai pesar, mas cansei de ficar caçando windows pirata melhorzinho.

 

O preço é exorbitante...

 

No caso do Windows 8, a versão "Pro" está o dobro do preço da versão "normal".

 

Pergunto: Para uso doméstico, internet, jogos, programas de edição de som e imagem, vale o Pro, ou, posso ficar com o normal? Há diferenças que justifiquem o dobro do preço?

 

Valeu!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@PH Benchmarker

 

Obrigado pelo link. 

Já havia visto...e continuo na dúvida.

 

Os itens a mais do "pro" são muito poucos para que o mesmo custe o dobro.

 

Quero saber se há diferenças de estabilidade e qualidade entre os produtos.

 

As vezes fico na dúvida se as pessoas instalam o W8 Pro, W7 Ultimate apenas por terem sensação de algo melhor, ou, se realmente há algo melhor nestas versões.

 

No meu caso, uso doméstico, não há a menor necessidade de um W7 Ultimate por exemplo...não vou usar computador em rede etc.

Mas vejo todo se gabando de ter essa versão...

 

Optei em migrar para o W8 e gostaria de saber se há algo mais que faça valer o custo dobrado da versão Pro...algo além dessa lista da Microsoft.

 

Valeu!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Fokas

 

 

Você estará bem servido com essa edição mais simples do Windows 8. Esse link postado acima é bem completo nessa comparação entre as edições.

 

 

Aquelas edições mais baratas do Windows 7 (Stater, Home Basic) é que eram bem capadas, diferentemente agora do Windows 8, que é bem completo e funcional, mesmo em sua edição mais básica.

 

 

Não há diferenças em estabilidade/qualidade em função da edição do Windows 8.

 

 

 

LNW

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Interessante que a própria Microsoft não habilita, por padrão ,a atualização responsável por detectar a presença de um crack (KB970133) no windows 7. As que são importantes, todas vem marcadas. Mas esse KB970133 nao vem. Por quê?

 

No virus total, os loaderes que eu já  mandei foram detectados como  crack do windows e não como outro malware específico.

Achei MUITO interessante isso, eu estava a baixar as atualizações e desmarcando desimportantes como "Atualização cumulativa do internet explorer" (nem uso isso ¬¬)  e vi a responsável por verificar a cópia do windows desmarcada por padrão. 

Isso não é a própria microsoft não fazendo nada pra desincentivar as cópias piratas?

Editado por Marcelo Checon
  • Curtir 3

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@LNW

 

Obrigado.

 

É isso que eu gostaria de entender. Onde está a diferença/ganho das versões do W8 para o usuário doméstico.

 

Como falei, vejo muita gente falando do W7 Ultimate...mas trata-se de SO para uso corporativo/profissional...sendo otimizado para uso em rede, ou seja, não há uma vantagem real para o usuário doméstico comum.

 

Acredito plenamente no efeito do marketing do nome. A pessoa compra por achar que "PRO" e "ULTIMATE" farão seus computadores melhores.

 

Estou usando um W7 Home Basic no meu laptop e a única coisa que sinto falta é de uma melhor performance para uso de várias instâncias e várias janelas no navegador de internet. Ele fica meio "travado" com mais de 5 janelas abertas simultaneamente no navegador.

 

De resto...

 

Acho  que vou economizar. 

Preciso de duas licenças de W8 e o preço de uma licença do "PRO" compra duas da versão "normal".

 

Só mais uma coisa:

 

Estou lendo na net algumas pessoas reclamando de problemas com jogos e jogos baixados no Steam...procede?

 

Valeu!

Editado por Fokas

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@LNW

Obrigado.

É isso que eu gostaria de entender. Onde está a diferença/ganho das versões do W8 para o usuário doméstico.

Como falei, vejo muita gente falando do W7 Ultimate...mas trata-se de SO para uso corporativo/profissional...sendo otimizado para uso em rede, ou seja, não há uma vantagem real para o usuário doméstico comum.

Acredito plenamente no efeito do marketing do nome. A pessoa compra por achar que "PRO" e "ULTIMATE" farão seus computadores melhores.

Estou usando um W7 Home Basic no meu laptop e a única coisa que sinto falta é de uma melhor performance para uso de várias instâncias e várias janelas no navegador de internet. Ele fica meio "travado" com mais de 5 janelas abertas simultaneamente no navegador.

De resto...

Acho que vou economizar.

Preciso de duas licenças de W8 e o preço de uma licença do "PRO" compra duas da versão "normal".

Só mais uma coisa:

Estou lendo na net algumas pessoas reclamando de problemas com jogos e jogos baixados no Steam...procede?

Valeu!

Jogo alguns jogos no W8.1 e não tenho nenhum problema, ao contrário achei até melhor que o W7.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Visitante
Este tópico está impedido de receber novos posts.





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×