Ir ao conteúdo
Entre para seguir isso  

Duelo dos processadores de baixo custo: Sempron 2650 vs. Celeron J1800

       
 109.533 Visualizações    Testes  
 14 comentários

Vamos comparar o desempenho de dois processadores de baixo custo e baixo consumo: o Sempron 2650 da AMD e o Celeron J1800 da Intel. Confira!

Rafael Coelho Editor-chefe do Clube do Hardware

Introdução

Tanto a AMD quanto a Intel lançaram recentemente novas famílias de processadores de baixo custo e baixo consumo para computadores de mesa. A AMD lançou a plataforma AM1 com processadores Sempron e Athlon “Kabini”, enquanto a Intel lançou os processadores Celeron e Pentium “Bay Trail-D”, receconhecíveis pelo nome do modelo começando pela letra “J”. Entre os modelos mais básicos de cada família estão, respectivamente, o Sempron 2650 e o Celeron J1800. Vamos comparar o desempenho destes dois processadores e descobrir qual deles é a melhor compra no segmento de baixo custo.

Ambos os processadores são modelos de dois núcleos, enquanto a maioria dos processadores de cada família são de quatro núcleos. Por isso, eles estão entre os processadores para computadores de mesa mais baratos disponíveis no mercado atualmente.

Os processadores AMD “Kabini” e os Intel “Bay Trail-D” são do tipo SoC (System On a Chip), o que significa que o chip inclui os núcleos de processamento, controlador de memória, controlador de vídeo, e também o chipset. Isto ajuda ambas as plataformas a manterem o baixo custo.

Para saber mais sobre a arquitetura desses processadores, leia nossos tutoriais “Tudo o que você precisa saber sobre a plataforma AM1 da AMD” e “Tudo o que você precisa saber sobre a plataforma Bay Trail da Intel”.

O Sempron 2650 é o processador mais simples (e mais barato) da AMD. Ele utiliza o soquete FS1b (também chamado de AM1 pelos fabricantes). Ele se parece com os outros processadores da AMD, mas é menor e usa um cooler diferente (e também menor). Nós o testamos utilizando uma placa-mãe ASUS AM1M-A, que nós analisamos recentemente.

As Figuras 1 e 2 revelam o processador Sempron 2650 e seu cooler padrão.

Sempron 2650 vs. Celeron J1800
Figura 1: o processador Sempron 2650

Sempron 2650 vs. Celeron J1800
Figura 2: o Sempron 2650 e seu cooler padrão

O Intel Celeron J1800 é um dos processadores para computadores de mesa mais simples do mercado. Diferentemente de seu concorrente da AMD, ele vem soldado na placa-mãe. O modelo que testamos veio com a placa-mãe ASRock D1800M, que nós analisamos recentemente.

Sempron 2650 vs. Celeron J1800
Figura 3: o processador Celeron J1800

Vamos comparar as principais especificações dos processadores testados na próxima página.

Editado por

Compartilhar



  Denunciar Artigo
Entre para seguir isso  

Comentários de usuários


Far Cry 3 em um Sempron? 

 

Acho que seria melhor se fosse testado um jogo menos pesado, como World of Wacraft, Dead Space, Diablo III até, mas FarCry 3 não dá pra ter nenhuma resposta conclusiva dos chips gráficos, como ficou observado.

 

Abraço!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Far Cry 3 em um Sempron? 

 

Acho que seria melhor se fosse testado um jogo menos pesado, como World of Wacraft, Dead Space, Diablo III até, mas FarCry 3 não dá pra ter nenhuma resposta conclusiva dos chips gráficos, como ficou observado.

 

Abraço!

 

A resposta conclusiva que obtivemos está clara nas conclusões: nenhum dos dois processadores é indicado para rodar jogos atuais.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Sim, isto ficou claro.

 

No entanto, se estamos comparando um com o outro, não adianta colocarmos algo que irá esmagar os dois. É preciso colocar um peso proporcional para enxergarmos quais características distinguem eles. 

 

Imagine que eu quero comprar um PC de baixo custo para um primo criança, que joga aqueles joguinhos bobos, não sei diferenciar qual deles seria melhor, entende? Sei que os dois são ruins para FarCry 3, que é algo já previsível, visto que são CPU's low end, mas e em um cenário mais realista? Se por exemplo, fosse no Dead Space, já daria pra ter uma noção melhor, imaginemos 15-18 fps pra um e 20-25 para outro. No WoW 25-28 pra um e o outro com 35-40, "realmente o HD Graphics é melhor do que a Radeon R3" poderiamos concluir.

 

Estou falando de nivelamento da carga. Qualquer processador consegue descompactar um arquivo ou codificar um vídeo, ele leva mais tempo, por isso os outros resultados dados em pontuação são válidos, mas em quesito de jogos este nivelamento é necessário porque os chips gráficos possuem um limite, eles não levam mais tempo, eles simplesmente não rodam, como neste caso.

 

O que você fez foi pegar dois óculos baratos, olhar direto no sol e dizer "os óculos são ruins, se você quiser compre um capacete de astronauta com visor solar". Tá, mas se eu quiser para usa-los no dia a dia? Comprei e descobri que um tem tonalidade âmbar e o outro é anti reflexivo.

Editado por Razorfoot

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Sim, isto ficou claro.

 

No entanto, se estamos comparando um com o outro, não adianta colocarmos algo que irá esmagar os dois. É preciso colocar um peso proporcional para enxergarmos quais características distinguem eles. 

 

Imagine que eu quero comprar um PC de baixo custo para um primo criança, que joga aqueles joguinhos bobos, não sei diferenciar qual deles seria melhor, entende? Sei que os dois são ruins para FarCry 3, que é algo já previsível, visto que são CPU's low end, mas e em um cenário mais realista? Se por exemplo, fosse no Dead Space, já daria pra ter uma noção melhor, imaginemos 15-18 fps pra um e 20-25 para outro. No WoW 25-28 pra um e o outro com 35-40, "realmente o HD Graphics é melhor do que a Radeon R3" poderiamos concluir.

 

Estou falando de nivelamento da carga. Qualquer processador consegue descompactar um arquivo ou codificar um vídeo, ele leva mais tempo, por isso os outros resultados dados em pontuação são válidos, mas em quesito de jogos este nivelamento é necessário porque os chips gráficos possuem um limite, eles não levam mais tempo, eles simplesmente não rodam, como neste caso.

 

O que você fez foi pegar dois óculos baratos, olhar direto no sol e dizer "os óculos são ruins, se você quiser compre um capacete de astronauta com visor solar". Tá, mas se eu quiser para usa-los no dia a dia? Comprei e descobri que um tem tonalidade âmbar e o outro é anti reflexivo.

 

Entendo seu ponto de vista. É que recentemente trocamos de metodologia para testes de placas de vídeo e processadores, e adquirimos vários jogos, todos recentes, e não temos mais acesso aos jogos mais antigos. Mas vamos levar sua sugestão em conta quando fizermos um novo teste deste tipo.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

gostaria que fosse usado um wattímetro e placas de vídeo bem potentes em testes de cpu 

 

Estamos preparando um wattímetro para os futuros testes de processadores. Quanto a placas de vídeo, os testes de processadores topo de linha são sempre feitos com placas de vídeo potentes, mas não faz sentido utilizar placas de vídeo potentes com estes processadores de baixo custo, pois ninguém irá adquiri-lo para utilizar com uma placa de vídeo cara.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Acho que seria interessante se fosse incluido, por exemplo, configurações tradicionais, montadas na mesma faixa de preço, ou mesmo um pouco mais cara, talves um celeron LGA1155 ou LGA1150 com uma placa mãe mais basica; a placa AM1 poderia incluir tambem um teste com um athlon, mesmo ele sendo mais caro, apenas pra dar noção da capacidade de upgrade e  ter uma ideia do custo beneficio dessas plataformas.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Estava sentindo falta dos clássicos e ótimos testes "head to head" do CDH, muito bom!

 

Mesmo não sendo "soqueteável" o Celeron faz muito mais sentido para o nicho proposto: equipamentos simples e baratos para tarefas pouco exigentes e repetitivas. Geralmente tais máquinas são usadas durante toda a sua vida útil (e muitas até além...) e após isto são completamente substituídas (aqui não existe upgrade parcial), então o fato do processador ser soldado na placa mãe não faz a menor diferença.

 

Além do desempenho as maiores vantagens do Celeron são o baixo TDP e o uso de refrigeração passiva, sendo que este último é um ótimo diferencial principalmente para equipamentos de chão de fábrica.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Rafael, ótimo teste. Sempre é legal ver comparativos desse tipo.

 

Será que é possível, para vocês, testarem os modelos de quatro núcleos? Fiquei curioso para saber se a quantidade de núcleos nesse tipo de processador vai fazer uma diferença muito grande.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Rafael, ótimo teste. Sempre é legal ver comparativos desse tipo.

 

Será que é possível, para vocês, testarem os modelos de quatro núcleos? Fiquei curioso para saber se a quantidade de núcleos nesse tipo de processador vai fazer uma diferença muito grande.

 

Em breve...

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Se não estiver buscando pouco gasto de energia, nenhum desses serve pra falar a verdade... na minha opinião.

 

O Celeron não achei preço dele, mas um A4 4000 e placa mãe FM2 custam uns R$ 20 a mais só que o Semprom e sua placa mãe mais em conta, olhando no buscapé, e provavelmente come com farinha esses dois juntos rs. Além de não consumir muita coisa em energia também.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Obrigado pelos testes, Rafael!

 

Reforçam minha opinião, oferecida a clientes que buscam máquinas de baixo custo mas que gostariam de algum desempenho: evite os Semprons e os Celerons "da vida".

 

Sem dúvidas são máquinas que podem atender a determinados grupos de usuários e aplicações, mas como lembrou meu xará @dudaskank, dá pra ter qualidade muito melhor sem gastar muito mais.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Se não estiver buscando pouco gasto de energia, nenhum desses serve pra falar a verdade... na minha opinião.

 

O Celeron não achei preço dele, mas um A4 4000 e placa mãe FM2 custam uns R$ 20 a mais só que o Semprom e sua placa mãe mais em conta, olhando no buscapé, e provavelmente come com farinha esses dois juntos rs. Além de não consumir muita coisa em energia também.

Mas está bem claro o foco desses equipamentos no artigo, e se for para um pc doméstico, mesmo de baixo custo, seria melhor o que você sugere. No entanto, para essa linha de CPU's de baixo consumo, tanto a AMD e Intel trarão outros modelos, com maior desempenho que estes, que são os modelos menos potentes dessas linhas. Vamos ver os testes com os quad cores dessa linha para comparar com os modelos FM2, ai sim vale a pena comparar.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário







Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×