Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Entre para seguir isso  

Tudo o que você precisa saber sobre blockchain

       
 17.458 Visualizações    Artigo  
 1 comentário

Blockchain é um livro de escrituração baseado na Internet, utilizado por criptomoedas como o Bitcoin. Neste artigo apresentaremos os princípios básicos de funcionamento desta tecnologia.

Tudo o que você precisa saber sobre blockchain
Rafael Lúcio Entusiasta em Ciências da Computação

Introdução

Blockchain (literalmente, “cadeia de blocos”) é um livro de escrituração baseado na internet, utilizado por criptomoedas, isto é, um registro simples de operações contábeis de acesso público mantido pelos próprios usuários. Esse livro é imutável devido à redundância de inúmeras cópias de todo seu registro, que se conferem mutua e constantemente, e também devido à sua criptografia que impede qualquer tentativa de modificação, intencional ou não, nos fundos de terceiros por aqueles que tiverem uma cópia do registro.

O registro das informações em uma blockchain é feito pelos próprios usuários que fazem novas transações que são salvas, automaticamente, em novas páginas desse livro de escrituração, chamadas de blocos. Usuários não podem realizar transações feitas com os fundos de outras pessoas, pois cada usuário tem suas próprias credenciais (utilizando uma assinatura digital criptografada) e, com isso, todos usuários só têm acesso a seus próprios fundos.

Os programas que geram as assinaturas digitais dos usuários, a partir de palavras-chave, e as protege com uma senha são conhecidos como carteiras, ou wallets. Um usuário pode ter quantas assinaturas digitais quiser.

Em uma blockchain também não é possível duplicar o envio de uma mesma quantia para um ou mais destinatários, incluindo do próprio usuário para ele mesmo. Vale salientar que a operação de envio de uma dada quantia é que não pode ser duplicada, mas o pagamento de um mesmo valor pode ser feito repetidas vezes usando novas operações de envio. Esta característica da não duplicação é vista com desconfiança, afinal, à primeira vista fundamenta-se a ideia de que tudo pode ser copiado, colado e assim duplicado em um registro digital. O que acontece numa blockchain é que cada operação a ser incluída no registro contém um código próprio que a rotula: uma assinatura da transação que é única; ou seja, é impossível existir duas assinaturas de transação iguais devido ao modo com que elas são geradas.

A criação da assinatura da transação considera, em vez de palavras-chave, “informações-chave” envolvidas na operação da transação, como a mensagem da transação (que contém as quantias envolvidas, data e hora de emissão, destinatários, remetentes etc). Por isso, ainda que uma mesma quantia seja mandada repetidas vezes de um mesmo remetente para um mesmo destinatário, as assinaturas dessas transações serão diferentes, pois sempre no mínimo uma variável da mensagem da transação será diferente. Portanto, quando a rede de uma blockchain recebe uma transação cuja assinatura já está presente no registro, esta transação é indeferida.

Uma criptomoeda é um tipo de valor transladado numa blockchain. Porém uma blockchain não se limita a ter registrado conjuntos de transações de sua criptomoeda, podendo ser usada para armazenar qualquer informação. Pode armazenar documentos, certificando-se que contratos não sejam alterados sem que todas as partes envolvidas saibam e/ou consintam; arquivos multimídia; registro de tráfego de rede; pode oferecer uma API para programas e executá-los com base nas assinaturas de transações da blockchain e controle de informações para órgãos regulamentadores.

Compartilhar

  • Curtir 3


  Denunciar Artigo
Entre para seguir isso  

Artigos similares


Comentários de usuários




Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×