Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
ianfreitas

Fonte com tensão e corrente ajustável.

Recommended Posts

Boa noite a todos, estou precisando montar uma fonte variável de 0 a 50 Volts variável e corrente variável  10 ou 15 Amperes, alguém teria o esquema funcional desta fonte?agradeço a contribuição de todos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Seria possível citares as reais vantagens de se ter uma fonte com corrente ajustável????   Não bastaria ter somente sua tensão de saída ajustável???

O que imaginas poder fazer em se tendo corrente ajustável???

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Penso que o amigo quis dizer limite de corrente variável (ajustável).

Relativamente complexa, tende a ser cara. P.ex. . Esta do amigo moris custou, segundo, ele 850 paus. Perceba a menção do macete de um trafo com varios tapes. Se achar que deve,acompanhe o desenrolar.

Pra uma grande diferença entre entrada-saída, cogite pesquisar sobre regulador chaveado

 

Agora... me bateu mais uma curiosidade : pra que serve uma fonte de 0 volts com limite de 0 amper? kk

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, Isadora Ferraz disse:

Penso que o amigo quis dizer limite de corrente variável (ajustável).

Relativamente complexa, tende a ser cara. P.ex. . Esta do amigo moris custou, segundo, ele 850 paus. Perceba a menção do macete de um trafo com varios tapes. Se achar que deve,acompanhe o desenrolar.

Pra uma grande diferença entre entrada-saída, cogite pesquisar sobre regulador chaveado

 

Agora... me bateu mais uma curiosidade : pra que serve uma fonte de 0 volts com limite de 0 amper? kk

realmente escrevi errado mil desculpas, vou arrumar...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Caro colega ianfreitas, esquecestes de responder as três questões propostas.

- Seria possível citares as reais vantagens de se ter uma fonte com corrente ajustável????  

- Não bastaria ter somente sua tensão de saída ajustável???

- O que imaginas poder fazer em se tendo disponibilidade de ajuste da corrente de saída???

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
9 horas atrás, ianfreitas disse:

realmente escrevi errado mil desculpas, vou arrumar...

Duas coisas desnecessárias: desculpas e arrumar . Penso que conseguiste transmitir o que querias.

 

Uma opção conceitual pra este tipo de fonte (parte do controle de tensão) é: regular chaveadamente de Valta pra Vbaixa e desta linearmente pra Vsaída. Vbaixa só um pouco maior do que o Vsaída pra não aquecer tanto. A vantagem dos dois mundos: chaveado: esquenta pouco. Linear: absorve os eventuais ruídos do chaveado. De novo: só conceito. É algo como o sistema com trafo multi-tapes faz com uso de relés mantendo menor diferença entre entrada-saída

 

Algo que vislumbro das utilidades do teu sistema é: carregar baterias de vários capacidades de Ah com limitação de tensão e corrente constante. A tal...

1 hora atrás, faller disse:

disponibilidade de ajuste da corrente de saída

Apesar da suposta tripla curiosidade macabra do amigo faller, creia-me : ele quer é te ajudar.

  • Curtir 3

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu tenho uma fonte desse tipo (0-30V 0-10A) que me custou mais de 100 Trumps, e ela é ótima para tudo, carregar bateria (de muitos tipos), fazer experiencias com supercapacitores limitando a corrente e tensão de carga, como fonte de laboratório de alta eficiência (com fonte chaveada), e muitas outras coisas, quase um bombril.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
9 horas atrás, Isadora Ferraz disse:

Duas coisas desnecessárias: desculpas e arrumar . Penso que conseguiste transmitir o que querias.

 

Uma opção conceitual pra este tipo de fonte (parte do controle de tensão) é: regular chaveadamente de Valta pra Vbaixa e desta linearmente pra Vsaída. Vbaixa só um pouco maior do que o Vsaída pra não aquecer tanto. A vantagem dos dois mundos: chaveado: esquenta pouco. Linear: absorve os eventuais ruídos do chaveado. De novo: só conceito. É algo como o sistema com trafo multi-tapes faz com uso de relés mantendo menor diferença entre entrada-saída

 

Algo que vislumbro das utilidades do teu sistema é: carregar baterias de vários capacidades de Ah com limitação de tensão e corrente constante. A tal...

Apesar da suposta tripla curiosidade macabra do amigo faller, creia-me : ele quer é te ajudar.

 

Você nem imagina como essas duas palavras tem um poder fora da compreensão. Algumas das coisa inventadas saim de ideias loucas que as pessoas não compreendiam, e fim só preciso disto, no momento, se poderem ajudar agradeceria muito.  

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Estou, pela terceira vez, tentando lhe ajudar e o único que está atrapalhando é você mesmo..

Me explico:

Caro colega ianfreitas, esquecestes de responder as três questões propostas.

- Seria possível citares as reais vantagens de se ter uma fonte com corrente ajustável????  

- Não bastaria ter somente sua tensão de saída ajustável???

- O que imaginas poder fazer em se tendo disponibilidade de ajuste da corrente de saída???

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Obviamente você não espera que daqui (principalmente daqui) saia um esquema exato com lista de material,cotaçao, fornecedores e tal.. O que você pode conseguir são nortes e alguma orientação conforme a supramencionada.

 

Permita-me acrescentar uma implicação baseada dos seus dados.Imagine sua fonte sendo esta linear fornecendo um volt e quinze amperes e calcule quantos watts ela vai ter que absorver. Bem, isso foi só pra você refletir sobre o termo 'chaveado' que lhe descrevi.

 

E caso esteja com dificuldade em responder às perguntas do insistente amigo faller, tente resumir para: qual o real propósito desta fonte? quiçá alternativas ser-lhe-ão apresentadas...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Claro que agradeço ajuda de todos, pois bem se fosse uma fonte regulável ate 50 V e com corrente fixa de 10 amperes? Ficaria mais fácil um esquema para montar? Melhorou?

adicionado 7 minutos depois

@faller Desculpe foi a empolgação de querer entender, pois sou péssimo em fontes, @Isadora Ferraz (você tem realmente razão Imagine sua fonte sendo esta linear fornecendo um volt e quinze amperes e calcule quantos watts ela vai ter que absorver),

se fosse uma fonte regulável ate 50 V e com corrente fixa de 10 amperes? Ficaria mais fácil um esquema para montar? Melhorou?

venho informar que já estou fuçando a internet para poder enrolar meus próprios transformadores, e outra todos que estão me ajudando percebo que o nível de conhecimentos de todos esta acima do meu, por isso só peço paciência.

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Aonde gostaria de chegar, ou de que seu pensamento conseguisse alcançar é o fato de que fontes de zero a cinquenta com 10 Amperes da capacidade de corrente são de pouco uso em uma bancada.

 

Não lembro de ter necessidade de disponibilizar mais do que 20 a 25 Volts se muito...

Outro controle bastante desnecessário é o ajuste contínuo da limitação de corrente da fonte, tanto é que mesmo depois de te perguntar por três vezes ainda sequer tens ideia de como usar o mesmo em uma aplicação prática.

 

Então, solicitar de zero a cinquenta volts, ajustável, e também com corrente limite ajustável é muito bonito, na hora de desejar mas nada fácil nem barato, muito menos fácil de se fazer, de montar..

Quem sabe uma ou duas ou três fontes de bem menor exigência talvez lhe trouxesse um mais rápido atendimento à sua real demanda..

 

Quando você diz:

"se fosse uma fonte regulável ate 50 V e com corrente fixa de 10 amperes? Ficaria mais fácil um esquema para montar? Melhorou?"

Até certo ponto sim...

Ademais inexiste isso de corrente fixa de 10A... A especificação adequada é de corrente máxima de 10Amperes. Na verdade quem vai definir o valor da corrente de saída é sua carga, o reflexo da mesma conforme a tensão aplicada..

Para que você estime a dissipação máxima de seus elementos ativos em um a fonte linear você deve escolher a saída de menor tensão e com a máxima corrente..

No seu caso, 1 Volts de saída com 10 Amperes....

Nessa hora dai vais ter mais de 50 Volts sobre o elemento dissipador e 10 Amperes de corrente..

Ele terá de dissipar mais de 500 Watts. Dará de assar pão ou carne sobre o dissipador o que torna quase que proibitivo adotar fonte assim na bancada..

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bom dia encontrei uma fonte que possa me ajudar, relembrando a todos que sou péssimo em fontes, por isso abri o tópico para obter ajuda e aprender ainda mais, ajuda esta que sendo muito valiosa da parte de todos agradeço a todos principalmente o colega "faller" vou montar e retorno a todos, link da fonte é esse:

 

http://www.virtuatec.com.br/PFA33V10A

2novo diagrama-800x800.JPG

3rev2015_ligacoes-800x800.JPG

1comp3-800x800.png

adicionado 5 minutos depois

o que acham?

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Não é totalmente ruim não. Hás de colocar um baita dissipador preferencialmente com cooler.  (ou nitrogênio líquido kk)

 

o preço de participar deste forum: lembrar e registrar meu passado...

Coincidentemente um projeto muito semelhantíssimo a este certa feita na o criei do zero (do vácuo de minha mente) numa época sem internet. Aquela parte da v negativa, zener e tal me remeteu a esta lembrança.

 

e algum futuro... incerto...

O que você vai ler a seguir é um conceito minimalista apenas. Imagine o pot de controle de tensão sendo duplo. O outro controla um dimmer na entrada ac. A proposta é fazer que a diferença entre Vnr e regulada seja a menor possível. Isso tende a aquecer menos os transistores. Seria esta a (3ª desesperadora) ideia é ter um efeito semelhante ao hibrido pwm/linear ou trafo multi tapes.  Claro, ajustes e modificações mínimas necessárias. De novo.. conceito... efeitos colaterais previsíveis quiçá contornáveis.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu recomendo colocar os transistores, diodos retificadores e resistores de potência fora do circuito impresso. 

Se não vai torrar a placa com uma carga de 10A. 

No circuito impresso fica só a parte de baixa potência. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 04/08/2017 às 09:39, Intrudera6 disse:

Eu tenho uma fonte desse tipo (0-30V 0-10A) que me custou mais de 100 Trumps, e ela é ótima para tudo, carregar bateria (de muitos tipos), fazer experiencias com supercapacitores limitando a corrente e tensão de carga, como fonte de laboratório de alta eficiência (com fonte chaveada), e muitas outras coisas, quase um bombril.

 

Pode me dar as informações sobre essa fonte?Modelo marca onde tem pra vender?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 08/08/2017 às 09:55, Isadora Ferraz disse:

Não é totalmente ruim não. Hás de colocar um baita dissipador preferencialmente com cooler.  (ou nitrogênio líquido kk)

Pois eu faria com água, recirculando a água da caixa. Teria água quente nas torneiras toda vez que usasse a fonte. kkkkkkkkkkk

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×