×
Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

Transformador (elevador de tensão) 110/127v para 220v.


Posts recomendados

Olá.

Não tenho certeza de estar na seção certa do Fórum para este tópico, mas vamos lá.

Preciso começar dizendo que meu conhecimento em elétrica e eletrônica é muito pequeno.

Estou precisando adquirir um transformador, também chamado de elevador de tensão, que converta uma tensão de 110-127v em 220-230v. O objetivo é alimentar um tape deck recém adquirido, que infelizmente é padrão europeu (230v/50Hz).

Sei que transformadores (ou auto-transformadores) desse tipo são fáceis de encontrar por aí, mas pelo que imagino, não são projetados para operar com equipamentos mais delicados que podem ser danificados por um pico ou falha de tensão. Além de não saber muito sobre a confiabilidade das marcas disponíveis.

Também acredito que não seja possível (ou recomendável) conectar um transformador em uma saída de nobreak, onde estão ligados meus demais equipamentos de áudio, especialmente para proteção contra surtos elétricos.

Imagino que o ideal seria um equipamento que tivesse uma entrada automática de 110-127v e convertesse para 220-230v, se possível ainda com ajuste na frequência (60Hz para 50Hz). E que pudesse ser conectado a algum tipo de proteção contra surtos de tensão.

Agradeço por qualquer comentário.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Se o tape deck em questão é um aparelho antigo, ele é um equipamento bruto na questão de alimentação.

Internamente ele tem um transformador abaixador de tensão e reguladores de corrente contínua em sua saída. 

Sendo assim, tanto faz se você alimentar com tensão entre 220 e 240V, visto que a média é de 230V.

 

8 horas atrás, baronnet disse:

Também acredito que não seja possível (ou recomendável) conectar um transformador em uma saída de nobreak, onde estão ligados meus demais equipamentos de áudio, especialmente para proteção contra surtos elétricos.

Com o nobreak funcionando pela rede não tem problema, mas se tiver alimentado pela bateria o aparelho ficará com ruídos no som. 

De qualquer forma, não é bom ligar equipamentos Analógicos em nobreak. 

 

8 horas atrás, baronnet disse:

se possível ainda com ajuste na frequência (60Hz para 50Hz

Desnecessário, nesse caso. 

 

Porém em outros, como por exemplo um toca discos seria obrigatório. Pois os motores mudam a rotação de acordo com a frequência da rede. 

 

Na sua casa não tem mesmo o acesso a 220V? 

Se não tem pode mesmo ligar em auto trafo que vai funcionar bem. Só compre um que seja mais potente que o seu aparelho. 

  • Curtir 2
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membro VIP

Nem sabia que nos 'novos' tocadiscos o motor era ac . Me lembro de alguns na época da válvula

1 hora atrás, Renato.88 disse:

por exemplo um toca discos seria obrigatório. Pois os motores mudam a rotação de acordo com a frequência da rede

3860700_3.jpg

  • Curtir 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

11 minutos atrás, .if disse:

Nem sabia que nos 'novos' tocadiscos o motor era ac . Me lembro de alguns na época da válvula

Tava falando era dos antigos mesmo. Com esse tipo de motor aí, nos anos 80 ainda tinha deles. 

Os novos (ou nem tanto) são com motores 12VCC mesmo, assim como praticamente todos os toca fitas. 

Nos toca fitas não usavam o motor dc porque dava ruído no som. 

  • Curtir 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Será que o trafo interno ao tape deck tem mais de uma tensão na saída? Será que é um trafo "complicado"? Quem sabe vale a pena - e talvez saia até mais barato - trocar o transformador interno por um adequado? Ou pedir a um técnico que faça novo enrolamento...

 

Qual é o modelo do tape deck, @baronnet? Quem sabe a gente encontra o manual técnico dele por aí, na Internet, e aí dá para dar uma ideia de custo... de qualquer forma, um bom trafinho - tape decks não costumem ter trafões - geralmente é mais em conta do que um autotrafo genérico, por exemplo. E ficaria certo.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

1 hora atrás, rmlazzari58 disse:

Será que o trafo interno ao tape deck tem mais de uma tensão na saída?

Costumam ter um enrolamento pro motor e lâmpadas do painel, geralmente de 12V.

E outro duplo pra fonte simétrica pra alimentar o pré, a tensão desse varia, pode ser de no mínimo 6+6V ou até uns 15+15V. Depende do tipo de circuito. 

1 hora atrás, rmlazzari58 disse:

Quem sabe vale a pena - e talvez saia até mais barato - trocar o transformador interno por um adequado? Ou pedir a um técnico que faça novo enrolamento...

Dá pra adaptar um trafo comum, vendido no mercado de eletrônicos. 

Enrolar não compensa, cobram caro. 

1 hora atrás, rmlazzari58 disse:

geralmente é mais em conta do que um autotrafo genérico, por exemplo.

Se o dono trocar fica barato, o que não será o caso. 

Se for Pagar a alguém pra trocar, é melhor comprar um auto trafo. 

 

Em tempo... 

Já que foi falado em abrir o aparelho, aconteceu o seguinte comigo:

Comprei usado um antigo osciloscópio japonês da National/Matsushita, nele veio escrito ao lado do fio 100V/60Hz sem chave de tensão. A tomada aqui fornece tensão entre 115 e 120V. 

Ele tava com defeitos e quando abri vi que no trafo dele tinha outros taps de tensão na entrada sem fios soldados, além dos 100V tinha 115 e 230V. 

Aí mudei para 115V e parte dos defeitos sumiu, imagino que pode ter ficado com defeito porque o antigo dono usou o aparelho em tensão errada por muito tempo. 

 

Talvez o trafo desse tape deck tenha uma derivação no primário e possa ser alimentado em 110V. 

  • Curtir 3
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

3 horas atrás, Renato.88 disse:

vi que no trafo dele tinha outros taps de tensão na entrada sem fios soldados, além dos 100V tinha 115 e 230V.

Sim, isso é bem capaz de acontecer com o transformador original do tape deck em questão. Para a indústria - e todo mundo que ganha com escala - quanto mais padronizada for a matéria prima, menor o custo com insumo, mão-de-obra etc. É bem capaz da firma japonesa ter comprado o mesmo transformador tanto para 110v quanto para 220v, só mudando na hora de montar, se a solda vai nesse ou naquele ponto, na hora de despachar o aparelho...

 

Tenho um drive de CD de computador que uso como toca CDs porque descobri que todo necessário para saída analógica já estava lá. Só faltava uma chave para "PLAY/PAUSE" ser soldada no ponto certo, que inclusive já havia na PCB. Só não descobri onde é que mostra se a música que está sendo tocada é a 1, a 2, a 3 etc..., mas como deixo lá tocando e pronto, deu certinho.

 

Agora quanto ao pessoal cobrar caro para re-enrolar... Realmente se você leva o aparelho inteiro, fechado, ao técnico e pede que ele converta, de 220v para 110v, ele realmente vai cobrar mais. Mas se você tira e leva somente um trafo a um cara que apenas presta serviço de enrolador de trafos e pede que re-enrole só o primário, não fica tão caro assim.

 

Isso tudo se o trafo não for toróide, né? Só sabendo que aparelho é, se tiver manual service...

 

Uma outra boa é se couber, no gabinete, um trafo novo, desses comuns. E como opção também dá para orçar até um toróide, no Brasil, se não couber um EI. E por fim, dá para fazer uma adaptação para o trafo adequado ficar fora do gabinete...

 

Enfim, acho que é apenas mais uma possibilidade para nosso amigo

  • Curtir 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Olá pessoal.

Antes, gostaria de agradecer a todos que responderam.

Começo relembrando que meus conhecimentos em elétrica e eletrônica são bem modestos. Tanto que fui checar o que significava trafo, trafinho, etc. antes de responder aqui. kkkkkk

Pelo que entendi, trafo é transformador, correto?

Complementando as informações iniciais: por incrível que pareça, o tape deck é novo, um dos raríssimos modelos ainda a venda. É da marca TEAC, modelo W-1200-B. Comprei em uma recente viagem à Alemanha, pela Amazon de lá. O "erro" na tensão se deveu ao fato de que nas imagens do produto, havia uma da parte traseira que mostrava ser ele bivolt, com uma chave 110/220. Quando chegou o meu, verifiquei que era somente 230v, sem chance de devolver. Por conta disso, até acredito que internamente ele possa ter alguma "peça" que permita comutar para 110v. Aí entra meu receio de abrir o equipamento zerado e fazer alguma besteira. Obviamente, não me preocupo em perder a garantia, já que ela não valerá aqui no Brasil de qualquer jeito.

Não tenho qualquer "preconceito" em usar um trafo genérico, desde que seja um de boa qualidade e não danifique o equipamento por eventuais variações na tensão da rede, coisa que costuma acontecer com certa frequência por aqui. Daí ter mencionado no post inicial que seria uma vantagem ser possível conectá-lo a um nobreak. Não pela bateria do nobreak, mas pelo efeito de proteção contra surtos. Ou seja, se fosse possível usar o trafo pelo menos ligado a um filtro contra surtos, o problema já estaria resolvido.

Dei uma pesquisada e achei algumas marcas de trafos nos sites mais comuns, mas não tenho noção do que seja uma marca de boa reputação nesse segmento.

Uma última informação: tenho sim 220v em minha residência, mas não em uma tomada próxima dos equipamentos de áudio. Caso as alternativas não sejam boas o suficiente, claro que terei de chamar algum profissional para trazer o 220 até o aparelho.

Em resumo: busco uma alternativa mais fácil do que trazer o 220 até o aparelho, mas sem correr o risco de danificá-lo.

Agradeço uma vez mais a vcs.

Traseira TEAC.jpg

  • Curtir 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membro VIP

Olá amigo. Trocadilhamente você transmitiu uma boa imagem. Graças a sua imagem que vale mais que mil palavras, me veio a luz que 22W é pouca potência portanto um auto trafo barato deve dar conta do recado. Clique aqui e veja o retorno do google shopping

 

autotrafo_2.jpg

Talvez até mais barato que a conta do eletricista

 

  • Curtir 4
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Sim, nesse caso eu também iria optar por um auto trafo. 

Um baratissimo de 100VA da de sobra. 

  • Curtir 3
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

3 horas atrás, baronnet disse:

por incrível que pareça, o tape deck é novo

Por puro preconceito imaginei um aparelho antigo, talvez dos '80.

 

1 hora atrás, .if disse:

22W é pouca potência portanto um auto trafo barato deve dar conta do recado.

 

11 minutos atrás, Renato.88 disse:

Sim, nesse caso eu também iria optar por um auto trafo. 

Um baratissimo de 100VA da de sobra.

 

O bacana é que esses mini autotrafos são pouco maiores que um benjamim e com preço parecido com um trafo desses comuns.

 

E se vale uma indicação, conheço um da MS Transformadores - uma das marcas no link que a @.if trouxe - funcionando há anos num sítio. Mas deve haver outras marcas boas, também.

  • Curtir 4
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisa ser um usuário para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas comunidades sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

Como ganhar dinheiro montando computadores!

MINICURSO GRÁTIS!

Como ganhar dinheiro montando computadores!

CLIQUE AQUI E INSCREVA-SE AGORA MESMO!