Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
faller

Fonte com PFC ativo - Matando a cobra e mostrando o PAU

Posts recomendados

Os que me conhecem a mais tempo sabem da minha batalha por clareza, limpeza, simplicidade na energia do PC, minha eterna luta contra estabilizador, módulos isoladores estabilizados e inclusive no-breaks usados sem seu correto sentido...

Escolha para seu PC uma boa fonte com PFC ativo, com eficiência acima de 80%, de boa procedência, com fan com suspensão dupla, com rolamento e uma boa régua de proteção/filtro de linha a segurar as pedradas maiores da rede elétrica e ao mesmo tempo fornecendo a logística das tomadas extra.

Como mostrar isso que há muito tempo defendo??? Escrevendo sobre, já o fiz, e fiz de modo exaustivo, basta lembrar:

Correção do Fator de Potência (PFC) - Uma visão clara

Como escolher a melhor e mais adequada fonte para seu PC

Devo alimentar o PC com 110 ou 220 Volts??

As doenças Elétricas e seus Remédios

Razões pelas quais os estabilizadores atrapalham a fonte do PC

Como tornei útil um estabilizador!.

Ai as pessoas leem, entendem, mas na hora de agir, de sacar fora o estabilizador elas pensam..

"Mas ele ajuda na correção da tensão, deixa ela mais arredondada um pouco, desse modo a fonte sofrerá menos para atender as tensões do PC.."

Resolvi então mostrar o quanto uma fonte com PFC ativo busca a tensão que deve entregar a seu PC seja qual for a tensão que lhe dermos na entrada. Os fabricantes, conservadoramente especificam e garantem que a fonte com PFC ativo opera desde 90 VAC até os 264 VAC numa boa e eu acredito. Mas sei na prática elas vão muito mas muito além, mas como mostrar??

Reuni alguns itens necessários:

Um Variac; (transformador variador de tensão de zero até 254 VAC)

Uma fonte com PFC ativo e ai usei uma Seasonic de 300 Watts, com PFC ativo, que está dando banda aqui em casa;

Uma carga para 12 Volts (uma lâmpada de automóvel que drena uns 50 Watts mais ou menos;

Uma outra lâmpada para automóvel, que joguei na linha de 5 Volts. Essa dai puxou uns 5 Watts somente;

Um PSU tester;

Um voltímetro para medir a rede elétrica, na saída do Variac;

Uma lâmpada de filamento 40 Watts x 220 Volts, para se observar a variação de brilho da mesma, conforme se variava a tensão no Variac que alimentava a lâmpada e a fonte Seasonic;

Uma filmadora.

Vejam que a tensão de entrada AC poderá cair bem abaixo daqueles 90 VAC que a fonte consegue ainda sustentar as tensões CC para seu PC sólidas e estáveis.

Na verdade com pouca carga como coloquei, quem sabe uns 70 a 80 Watts, pois tem o carregamento do PSU tester também mais as duas lâmpadas de automóvel a fonte responde bem mesmo com tensões da ordem de 35 volts AC na entrada, até os 254 Volts AC, que é o máximo que meu Variac fornece... Tensões sólidas, cravadas, sem oscilação nenhuma

Estabilizar prá quê, pergunto eu???

Fiz questão de colocar uma lâmpada para que o povo veja o que é variação. Muitos dizem colocar o estabilizador pois eles sentem, nas lâmpadas de suas casas, que a tensão da energia varia (nem sequer sabem de quanto varia). Sentem um piscar das lâmpadas e correm comprar um estabilizador. Cegueira da pura...

Pois bem. Varia, na luminosidade da lâmpada, tanto quanto essa que ai coloquei???

Deixe de lero-lero portanto na próxima compra sua. Adquira uma boa fonte com PFC ativo, retire todas as tralhas que antecedem seu PC (principalmente estabilizador) e esqueça que fonte existe dentro de seu PC. Você algum dia se preocupou com a fonte de seu televisor?? Não certamente, mas ele está alí trabalhando a 10 anos com a mesma fonte, claro, sem estabilizador antecedendo o mesmo. Já com seu PC nos últimos 5 anos quem sabe umas 2 fontes já trocaste??? E o raio do estabilizador lá na frente a matar suas fontes..

Agora só posso pensar que você tenha entendido que variação da tensão é para deixar com a fonte mesmo, pois ela resolve e resolve aonde interessa resolver, nas tensões que ela entrega ao seu PC, e se livrar dos malditos Tlecs de seu estabilizador, responsáveis pela morte prematura das fontes..

Resultado disso tudo dai está nesse filmete, do tempo do cinema mudo, pois não existe nada a dizer, é tudo visível..

Porto Alegre, 06/06/2009 - Luiz André Faller

  • Curtir 10

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Muito boa ideia, Faller. Um jeito simples de mostrar que fontes com entrada full-range não precisam de estabilizador e que funcionam com variações de tensão muito maiores que as previstas nos estabilizadores.

Seria interessante mostrar também uma fonte simples, sem PFC. Obviamente usando variações menores de tensão.

Parabéns por mais um excelente tópico!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

parabéns pelo tópico...

E valeu por suas dicas!! Eu tirei um estabilizador de um dos pcs... comprei um filtro de linha da APC. Espero que ajude minha fonte ("velha" e guerreira thermaltake w0008r... 420w reais + pfc ativo).

Por sinal é uma fonte MUITO boa, esses dias eu abri ela pra conferir como era por dentro... apertadinha, tem uns transformadores enormes dentro dela.... fora grandes capacitores!

O proximo passo é tirar o estabilizador do outro pc hehehe

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Muito boa ideia, Faller. Um jeito simples de mostrar que fontes com entrada full-range não precisam de estabilizador e que funcionam com variações de tensão muito maiores que as previstas nos estabilizadores.

Seria interessante mostrar também uma fonte simples, sem PFC. Obviamente usando variações menores de tensão.

Vou fazer com certeza.. Inclusive vou repetir esse teste dai, mas agora com uma carga maior, que no momento não tinha. Algum carregamento que tome no mínimo 50% da capacidade da fonte. Testarei com uma fonte normal e também repetirei com a fonte com PFC ativo. Será normal que ela não aguente desde os 35 VAC e sim um pouco mais para cima, talvez lá pelos 50 a 60 VAC.

O importante é que o pessoal, aquele que coloca estabilizador por ver suas lâmpadas mal oscilarem no brilho, ao ligar o chuveiro elétrico possam ver o que realmente interessa ao PC é a certeza das tensões corretas mesmo que a rede varie e varie muito, como mostrei no filmete, de 35 a 254 VAC mantendo a tensão do PC Rock Solid...

Breve sairá a versão com maior carregamento e com fontes normais sem PFC ativo..

Abraço..

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

beleza de post, agora 35w você colocou ali? foi maldade sua hein?mas que segurou numa boa, agora fica uma indignacao aqui na terra onde moro, procuro em sites de lojas locais, e nao existe a mesma pfc ativo, apenas uma corsair 650w, ou seja é o q você diz em alguns topicos, é porque nao tem quem exija tal produto, por nao exigir ninguem oferece, e ai fica eles por eles. bom post, mas uma vez você ensinando e tendo a preocupacao com os refens de estabilizador e cia, fica o mesmo que amigos falaram, fazer teste com fonte sem pfc. abraço.

que fonte de pfc ativo se encontra mais barato?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Excelente o teste!

Só faltou um osciloscopio na saida da fonte mesmo.. só pra ter a linha retinha.

Mas isso serve pra demonstrar o quanto uma boa fonte é importante. A minha aqui, medi com um nobreak o consumo da máquina (que se estiver correto, deu proximo a 250W quando tudo no gabinete está em FULL) e está mais do que super-dimensionada (ST-620PAF), mas nunca se sabe o dia de amanhã e como algumas coisas você não troca com frequencia (exemplos: fonte, caixa de som, monitor e gabinete) então sempre vale a pena investir um pouco mais neles ao ponto de lhe dar segurança e conforto.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
que fonte de pfc ativo se encontra mais barato?

Nosso mercado já oferece boas, simples e baratas fontes com PFC ativo, em baixa potência. Só para relembrar, na ordem de capacidade de entrega de potência:

ST380PAS

ZM360B-APS

ST400PAD

Corsair CX400

Acima disso vem as tradicionais, das quais começaria uma segunda lista com a Corsair VX450. Vale lembrar que tem ai no mercado uma fonte que promete, também de 450/500 Watts, da qual se tem pouca literatura, na marca que tem, mas se conhece pelo fabricante CWT, que é a DSA5060V da C3 Tech. Uma fonte em que apostaria se meu PC necessitasse perto do 300 a 350 Watts e minha grana estivesse curta igual a coice de porco..

Excelente o teste!

Só faltou um osciloscopio na saida da fonte mesmo.. só pra ter a linha retinha.

Mas isso serve pra demonstrar o quanto uma boa fonte é importante. A minha aqui, medi com um nobreak o consumo da máquina (que se estiver correto, deu proximo a 250W quando tudo no gabinete está em FULL) e está mais do que super-dimensionada (ST-620PAF), mas nunca se sabe o dia de amanhã e como algumas coisas você não troca com frequencia (exemplos: fonte, caixa de som, monitor e gabinete) então sempre vale a pena investir um pouco mais neles ao ponto de lhe dar segurança e conforto.

Quanto ao osciloscópio, não se veria sequer a mudança de uma largura do traço do mesmo, totalmente irrelevante quando nenhuma das tensões da fonte, medidas no PSU tester mudou sequer seu dígito decimal.. Não sei se reparaste..

Nunca se esqueça que seu no-break mede a demanda da fonte na linha AC, e desse modo fica uma medida poluída, ou distorcida pela (in)eficiência da fonte. Como essa ST620PAF tem uma eficiência nessa faixa de demanda da ordem de 83%, a real demanda de seu PC seria de mais ou menos 250 x 0,83 = 208 Watts, indicação para uma boa fonte de 300 Watts com folga excelente, e sobra de potência bastante razoável..

Essa sua fonte poderia alimentar, do ponto de vista potência, 3 dessas suas configs e de modo muito seguro e otimamente dimensionado, 2 delas..

Tão logo possa me preparar para repetir esse teste, com um carregamento maior (é o que me falta) o repetirei e incluirei também o mesmo teste em fonte comum, sem PFC ativo..

Abraço...

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Mais um ótimo tópico a ser lido. Parabéns pelo trabalho e pela revolução dos conceitos de muita gente.

Abraço!

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Nosso mercado já oferece boas, simples e baratas fontes com PFC ativo, em baixa potência. Só para relembrar, na ordem de capacidade de entrega de potência:

ST380PAS

ZM360B-APS

ST400PAD

Corsair CX400

Acima disso vem as tradicionais, das quais começaria uma segunda lista com a Corsair VX450. Vale lembrar que tem ai no mercado uma fonte que promete, também de 450/500 Watts, da qual se tem pouca literatura, na marca que tem, mas se conhece pelo fabricante CWT, que é a DSA5060V da C3 Tech. Uma fonte em que apostaria se meu PC necessitasse perto do 300 a 350 Watts e minha grana estivesse curta igual a coice de porco..

Quanto ao osciloscópio, não se veria sequer a mudança de uma largura do traço do mesmo, totalmente irrelevante quando nenhuma das tensões da fonte, medidas no PSU tester mudou sequer seu dígito decimal.. Não sei se reparaste..

Nunca se esqueça que seu no-break mede a demanda da fonte na linha AC, e desse modo fica uma medida poluída, ou distorcida pela (in)eficiência da fonte. Como essa ST620PAF tem uma eficiência nessa faixa de demanda da ordem de 83%, a real demanda de seu PC seria de mais ou menos 250 x 0,83 = 208 Watts, indicação para uma boa fonte de 300 Watts com folga excelente, e sobra de potência bastante razoável..

Essa sua fonte poderia alimentar, do ponto de vista potência, 3 dessas suas configs e de modo muito seguro e otimamente dimensionado, 2 delas..

Tão logo possa me preparar para repetir esse teste, com um carregamento maior (é o que me falta) o repetirei e incluirei também o mesmo teste em fonte comum, sem PFC ativo..

Abraço...

Olá Faller, só uma questão que ainda não estou convencido:

Veja o link: http://www.enermax.it/approfondimento.asp?ID=1470&idtiponews=613

Onde diz: "... Any UPS has 2 common types of AC output waveform in battery mode: Sine Wave type, and simulated Sine Wave type.If your power supply has Active PFC function, you must purchase Sine Wave type UPS. On the other hand, if your power supply is without Active PFC function, you can use either Sine Wave type or Simulated Sine Wave type UPS. ..."

E mais, no site da APC tem um pdf com informções sobre fontes com PFC ATIVO: http://www.apcmedia.com/salestools/RMUZ-7DTKRC_R1_EN.pdf

Ainda não defini minha opnião em relação a fontes PFC ativo com no-break senoidal.

Obrigado,

Abraço.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Olá Faller, só uma questão que ainda não estou convencido:

Veja o link: http://www.enermax.it/approfondimento.asp?ID=1470&idtiponews=613

Onde diz: "... Any UPS has 2 common types of AC output waveform in battery mode: Sine Wave type, and simulated Sine Wave type.If your power supply has Active PFC function, you must purchase Sine Wave type UPS. On the other hand, if your power supply is without Active PFC function, you can use either Sine Wave type or Simulated Sine Wave type UPS. ..."

E mais, no site da APC tem um pdf com informções sobre fontes com PFC ATIVO: http://www.apcmedia.com/salestools/RMUZ-7DTKRC_R1_EN.pdf

Ainda não defini minha opnião em relação a fontes PFC ativo com no-break senoidal.

Nenhum dos dois textos para mim é muito claro em suas razões de ser. Nenhum entra no detalhe técnico da indicação, na eletrônica da coisa.

Deduzo, mas posso estar errado, que o que se está querendo dizer é que, para justificar a adoção de uma fonte com PFC, que é a busca da retificação de um modo menos hostil, sem a geração de harmônicas, sem a bagunça natural que uma retificação normal providencia, coerentemente você deve buscar seu UPS com geração senoidal, pois desse modo a fonte vai estar operando com alto fator de potência, garantidamente, em qualquer modo, seja rede ou bateria. O texto da APC mistura muito as informações e acaba dando dicas sobre o dimensionamento de UPS em função da eficiência da fonte, sobredimensionamento necessário para bem operar um UPS, etc.

Abraço..

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Caramba, impressionante como o PFC ativo segura bem variações tão bruscas na entrada! Não variou nada nas tensões da fonte. Eu sabia que ele trabalhava bem, mas não tanto! :D

Só uma coisa que pode confundir quem vê o teste é a variação do brilho da lâmpada antes da fonte dar a impressão de que é a lâmpada após a fonte que está variando.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Muito explicativo. Parabéns mesmo!

Mas o que estabiliza a energia para o resto dos periféricos do pc (monitor, caixas de som, etc)?

A fonte desses componentes seguram as mini-variações domésticas de tensão que voce disse?

Aqui são constantes as variações de energia. É um tlec-tlec chato do estabilizador, só o utilizo ainda porque ainda não troquei o pc.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Grande parte dos monitores modernos já se valem das fontes de larga faixa de tolerância de tensão, que aparecem na etiqueta dos mesmos desse modo:

INPUT 100~240 VAC, e se sabe ainda que eles tem a tolerância de +-10%, o que dá amplos 90 VAC até 264VAC, de modo que esqueça da necessidade de estabilizar, o se o quiseres fazer, vá estabilizar a tensão da torradeira elétrica, do liquidificador ou da geladeira, essa sim, abaixo do 100 Volts não parte nem que a vaca tussa..

É qua modernidade está chegando e as pessoas compram os equiapentos modernos e nem se dão conta desses avanços que vão acontecendo.

Mas mesmo que a fonte desses equipamentos, sejam eles impressoras, monitores, modems, ou routers não tenham faixa larga de alimentação, ainda sejam de 5 anos atrás eles terão fontes chaveadas que dãp conta desa variação numa boa, com um pé nas costas..

Equipamentos de áudio tem na tensão de alimentação uma variável completamente não importante. Se a tensão variar em +-30% eles estarão fazendo o que devem fazer numa boa, sem problema nenhum..

Faça uma experiência.. Verifique os limites toleráveis da alimentação de seus demais equipamentos dai e nos relate... Acho que podes ficar surpreso até...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Grande parte dos monitores modernos já se valem das fontes de larga faixa de tolerância de tensão, que aparecem na etiqueta dos mesmos desse modo:

INPUT 100~240 VAC, e se sabe ainda que eles tem a tolerância de +-10%, o que dá amplos 90 VAC até 264VAC.

Realmente, verifiquei todos os componentes e neles vem descrito 'INPUT 100~240VAC'. Obrigado por esclarecer essa dúvida.

Mas minhas caixas de som são do modelo Logitech 5.1 X-540, mas elas são 110V.

Eu necessitaria utilizar o estabilizador apenas para elas? Porque aqui a energia é 220V.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Realmente, verifiquei todos os componentes e neles vem descrito 'INPUT 100~240VAC'. Obrigado por esclarecer essa dúvida.

Mas minhas caixas de som são do modelo Logitech 5.1 X-540, mas elas são 110V.

Eu necessitaria utilizar o estabilizador apenas para elas? Porque aqui a energia é 220V.

Bem vindo a modernidade..

Use o estabilizador, já que o tens, para as caixinhas. O correto seria nem ter comprado o estabilizador e comprar as caixinhas para 220 Volts, assim como fizeste com tua geladeira, torradeira, e todo o mais, ou, na pior das hipóteses, comprar para elas um autotransformador com a potência adequada só para elas..

Teoria comprovada! As pessoas, via de regra, nem sabem da flexibilidade de alimentação dos eletro-eletrônicos que compram...

Abraço..

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Olá Faller, só uma questão que ainda não estou convencido:

Veja o link: http://www.enermax.it/approfondimento.asp?ID=1470&idtiponews=613

Onde diz: "... Any UPS has 2 common types of AC output waveform in battery mode: Sine Wave type, and simulated Sine Wave type.If your power supply has Active PFC function, you must purchase Sine Wave type UPS. On the other hand, if your power supply is without Active PFC function, you can use either Sine Wave type or Simulated Sine Wave type UPS. ..."

E mais, no site da APC tem um pdf com informções sobre fontes com PFC ATIVO: http://www.apcmedia.com/salestools/RMUZ-7DTKRC_R1_EN.pdf

Ainda não defini minha opnião em relação a fontes PFC ativo com no-break senoidal.

Obrigado,

Abraço.

Algumas fontes com PFC Ativo não se dão bem com o formato de onda retangular produzido quando operam em bateria, incluindo aí alguns modelos da Enermax. Mas posso dizer com certeza que minha Zalman com PFC Ativo não tá nem aí pro tipo de onda que eu alimento-a, ela funciona perfeitamente, apesar de um leve zumbido que sai dela devido a distorção harmônica gerada por esse tipo de onda bruta.

O que a APC quer dizer é se deve dimensionar o nobreak pra que possa fornecer toda corrente de pico gerada por uma fonte com PFC Ativo durante a transferência pro modo bateria. Nesse breve instante de transferência, de acordo com a APC, essas fontes costumam exigir sua capacidade máxima de corrente fazendo com que o nobreak não aguente e a fonte se desligue ou o PC resete. A APC então recomenda que a capacidade do nobreak seja tal qual forneça a potencia nominal da fonte + 20% devido a perdas com eficiência de uma fonte que seja 80% eficiente ou seja. Se a fonte tem a capacidade de 460W, o UPS deveria ser capaz de fornecer pelo menos 552W.

Na prática isso não costuma acontecer, a não ser que você esteja de fato exigindo 460W da fonte. porque meu nobreak APC só é capaz de fornecer 360W e minha fonte de 460W se dá bem com ele, já que o consumo de fato não passa de 200W na minha máquina.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Na prática isso não costuma acontecer, a não ser que você esteja de fato exigindo 460W da fonte. porque meu nobreak APC só é capaz de fornecer 360W e minha fonte de 460W se dá bem com ele, já que o consumo de fato não passa de 200W na minha máquina.

Certo _rau_, bem lembrado, tem que ver o que se está consumindo e não potencia final da

Obrigado,

Abraço

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Bem vindo a modernidade..

Use o estabilizador, já que o tens, para as caixinhas. O correto seria nem ter comprado o estabilizador e comprar as caixinhas para 220 Volts, assim como fizeste com tua geladeira, torradeira, e todo o mais, ou, na pior das hipóteses, comprar para elas um autotransformador com a potência adequada só para elas..

Teoria comprovada! As pessoas, via de regra, nem sabem da flexibilidade de alimentação dos eletro-eletrônicos que compram...

Abraço..

Calma Sr. faller. Tenho as caixas 110V por que não havia disponível elas em 220V, tinha cansado de procurar.

Os lojistas 'deduziram' que os clientes usariam estabilizador, então só tinham o modelo 110V, mais barato, aqui em João Pessoa (e quando comprei, deduzi que isso um dia me traria algum problema).

Eu sabia que os componentes tinham fonte bivolt (110-220V), mas não sabia se eles tambem poderiam suportar variações (100~240V), do mesmo modo que uma fonte de PC suporta.

Mas, seus esclarecimentos foram muito úteis.

Continuo a acompanhar seus tópicos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

NÃO SABIA QUE você também TINHA UMA ZM360B, vejo que possui bom gosto... T+

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

olá amigo, primeiro quero dar os parabens pelas materias! realmente estão show de bola!

o seguinte......desculpe mas sou bem leigo no assunto, estou com umas duvidas aq...se você pudesse me ajudar ficaria bst grato rs....não conhecia esse negocio de fontes de pfc ativo. estava pesquisando p comprar um estabilizador qd me deparei com essas materias e agora estou pensando noq fazer e queria esclarecer algumas duvidas (desculpem se as duvidas forem mt iniciantes....to vendo que o pdrao aq tá bem alto hehe) 1 duvida: essas fontes SUBSTITUEM o uso de estabilizadores, no breaks certo? seria então um dispositivo externo e não uma fonte interna do equipamento? 2: no caso de notebooks, funcionaria da mesmo maneira, ao invés de ter um estabilizador ligado na tomada, teria essa fonte e ligada nela o meu notebook?? 3: para meu notebook, um c2d 2,1 GHz/800 MHz, 4GB de RAM, G-force 256 MB, qual seria uma melhor opção? e, finalmente porque é q não consigo achar essas fontes p vender?? estou colocando em sites de pesquisa de preços e sao pouquissimas opções....qd coloco no google td que aparece sao poucas opções de mercado livre e varios forums....nada de ofertas no wal mart, ponto frio, nada de shopping uol e etc...

estou com muitas duvidas

qq ajuda seria mt bem aceita!

valeu!!!! novamente, parabens pelas materias

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

1 duvida: essas fontes SUBSTITUEM o uso de estabilizadores, no breaks certo? seria então um dispositivo externo e não uma fonte interna do equipamento?

2: no caso de notebooks, funcionaria da mesmo maneira, ao invés de ter um estabilizador ligado na tomada, teria essa fonte e ligada nela o meu notebook??

3: para meu notebook, um c2d 2,1 GHz/800 MHz, 4GB de RAM, G-force 256 MB, qual seria uma melhor opção? e, finalmente porque é q não consigo achar essas fontes p vender?? estou colocando em sites de pesquisa de preços e sao pouquissimas opções....qd coloco no google td que aparece sao poucas opções de mercado livre e varios forums....nada de ofertas no wal mart, ponto frio, nada de shopping uol e etc...

estou com muitas duvidas

qq ajuda seria mt bem aceita!

valeu!!!! novamente, parabens pelas materias

Resposta a pergunta 1: As fontes com PFC ativo são usadas dentro do PC, no mesmo lugar da fonte desse PC. Elas não são equipamento externo, são fontes para PC, que adotam a tecnologia do PFC ativo.

Importante:

- Não substituem na verdade o estabilizador, mas sim eliminam com maior razão ainda o uso do estabilizador, pois trabalham com qualquer tensão que nelas colocares, garantidamente desde 90 VAC até 264 VAC. Estabilizar para quê??? As fontes normais, sem PFC também já eliminavam a necessidade de uso do estabilizador, só que tinham uma faixa pouco menor de tolerância a variação da tensão da rede elétrica.

- Não substituem de modo algum o no-break, cuja principal função é a de geração de energia quando da falta da rede elétrica.

Resposta a pergunta 2: Notebooks tem suas próprias fontes e muito dificilmente você verá um notebook ter que ser acompanhado de um no-break ou de um estabilizador. Você já imaginou o executivo ter que carregar em sua maleta, para uma reunião externa, seu notebook mais um estabilizador??

NoteEstabilizador.jpg

Resposta a pergunta 3: Como citei, notebook tem suas próprias fontes que eventualmente poderiam ter PFC ativo, mas não é absolutamente nem um pouco comum. Aliás, não conheço nenhuma com essa tecnologia. Grande parte delas, das fontes ou carregadores de bateria ou eliminadores AC para notebooks tem a capacidade de serem alimentados em faixa larga, de 90 a 264 VAC, mas isso não significa que eles tem PFC ativo. Como sua potência é muito pequena, de 30 a 90 Watts geralmenre, esse recurso nem é usado..

Abraço..

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

ok, mt obrigado amigo faller...

minha ultima duvida rs: então seria seguro, com a tecnologia atual dos notebooks e considerando a fonte do próprio aparelho, usá-lo direto na tomada? ou você indicaria um filtro de linha por exemplo? porque meu notebook é novinho e paguei um preço consideravel nele, o que você indicaria amigo? hehe, no lugar q eu trabalho cai mt raio, já queimou uns 3 notebooks por lá nos ultimos meses, o que eu façoo??

valeu!!!!!!

novamente, meu mt obrigado!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
ok, mt obrigado amigo faller...

minha ultima duvida rs: então seria seguro, com a tecnologia atual dos notebooks e considerando a fonte do próprio aparelho, usá-lo direto na tomada? ou você indicaria um filtro de linha por exemplo? porque meu notebook é novinho e paguei um preço consideravel nele, o que você indicaria amigo? hehe, no lugar q eu trabalho cai mt raio, já queimou uns 3 notebooks por lá nos ultimos meses, o que eu façoo??

valeu!!!!!!

novamente, meu mt obrigado!!!

Se essa for a tua preocupação, podes sim dar uma ajudinha ao teu note, mas não vá abrir mão da liberdade que o note lhe proporciona.. Adote um desses daqui:

http://www.atera.com.br/dispprod.asp?COD=PNOTEPRO

http://www.atera.com.br/dispprod.asp?COD=E-TERRADTEL

http://www.atera.com.br/dispprod.asp?COD=E-TERRA

Abraço...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

ok amigo faller...

novamente mt obrigado.....me ajudou bst!!!

abraços!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
ok, mt obrigado amigo faller...

minha ultima duvida rs: então seria seguro, com a tecnologia atual dos notebooks e considerando a fonte do próprio aparelho, usá-lo direto na tomada? ou você indicaria um filtro de linha por exemplo? porque meu notebook é novinho e paguei um preço consideravel nele, o que você indicaria amigo? hehe, no lugar q eu trabalho cai mt raio, já queimou uns 3 notebooks por lá nos ultimos meses, o que eu façoo??

valeu!!!!!!

novamente, meu mt obrigado!!!

reforçando nosso colega faller, show de resposta muito bom.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Visitante
Este tópico está impedido de receber novos posts.





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

Aprenda_a_Ler_Resistores_e_Capacitores-capa-3d-newsletter.jpg

EBOOK GRÁTIS!

CLIQUE AQUI E BAIXE AGORA MESMO!