Entre para seguir isso  
Seguidores 0

Tudo o Que Você Precisa Saber Sobre RAID

        612.559 Visualizações     21 comentários     Tutoriais   

Aprenda como funciona a tecnologia RAID, que aumenta o desempenho do sistema de disco e/ou aumenta a confiabilidade dos dados armazenados.

Gabriel Torres Editor executivo do Clube do Hardware

O Básico: Divisão de Dados

Os usuários mais atentos devem ter reparado que de um tempo para cá surgiram no mercado vários modelos de placas-mães com um recurso adicional chamado RAID, que significa Redundant Array of Independent Disks, ou conjunto reduntante de discos independentes. Mas o que na prática significa isso e como esse recurso pode ser útil para usuários comuns?

O sistema RAID consiste em um conjunto de dois ou mais discos rígidos com dois objetivos básicos: tornar o sistema de disco mais rápido (isto é, acelerar o carregamento de dados do disco), através de uma técnica chamada divisão de dados (data stripping ou RAID 0) e/ou tornar o sistema de disco mais seguro, através de uma técnica chamada espelhamento (mirroring ou RAID 1). Essas duas técnicas podem ser usadas isoladamente ou em conjunto.

Vamos falar primeiro na divisão de dados. Imagine um micro equipado com dois discos rígidos iguais. Em um micro comum, sem RAID, um disco é acessado independentemente do outro. Na técnica de divisão de dados, os dois discos rígidos farão parte de um mesmo conjunto, fazendo com que o micro "pense" que os dois discos rígidos é um só disco maior. Se os dois discos são de 20 GB, então o micro "pensará" que existe um disco rígido único de 40 GB instalado no micro. Na hora de gravar um arquivo no disco, o sistema RAID irá dividir esse arquivo entre os dois discos rígidos, gravando metade do arquivo em um disco e a outra metade do arquivo no outro disco. Tudo isso é feito sem que o usuário perceba.

Mas qual é a vantagem disso? Vamos supor que você esteja gravando um arquivo de 200 KB. No sistema de disco tradicional, esse arquivo terá de ser gravado por inteiro em um só disco, usando o único canal de comunicação existente. No caso da divisão de dados, esse arquivo será dividido em dois arquivos de 100 KB, sendo que cada um será gravado em um dos discos existentes ao mesmo tempo. Ora, como um arquivo de 100 KB demora a metade do tempo para ser gravado em um disco que um arquivo de 200 KB, a velocidade de acesso ao disco rígido dobrou!

Para você ter uma idéia mais concreta, imagine que você esteja trabalhando com um arquivo de dados realmente grande, por exemplo 100 MB (realmente grande para usuários comuns, mas se pensarmos em edição profissional de áudio e vídeo, um arquivo desse tamanho é relativamente comum). Se o seu disco rígido (e sua placa-mãe) forem do padrão ATA-100, isso significa que ele teoricamente transfere dados a 100 MB/s. Dizemos "teoricamente" porque na prática essa taxa é mais baixa. Mas vamos continuar com nosso exemplo teórico. Esse arquivo demora, portanto 1 segundo para ser transferido (lido ou gravado). Se usarmos um sistema RAID 0 nesse micro, isto é, usarmos dois discos rígidos iguais com divisão de dados e supondo que esses discos são ATA-100, então ocorrerá que o mesmo arquivo será dividido em dois de 50 MB e, com isso, demorará apenas 0,5 s para ser gravado (ou lido) em cada disco. Como o acesso aos dois discos ocorre de forma simultânea, o tempo total para acessar o mesmo disco passa a ser a metade (0,5 s), ou seja, o desempenho dobra.

Só que o sistema RAID não é limitado a apenas dois discos rígidos. Podemos, em princípio, colocar quantos discos quisermos. Nesse mesmo exemplo, se usarmos quatro discos iguais em vez de um, o micro "pensará" que os quatro discos são apenas um e dividirá automaticamente o arquivo em quatro, quadruplicando a velocidade de leitura e gravação do arquivo. No mesmo exemplo do arquivo de 100 MB, ele será dividido automaticamente em quatro de 25 MB e, com isso, será gravado em apenas 0,25 s, se supormos discos ATA-100.

É claro que quanto mais discos colocarmos, mais caro fica o sistema. Mas aplicações que manipulam arquivos grandes, como a edição profissional de áudio e vídeo, esse sistema torna-se realmente muito vantajoso, pois a máquina passa a ficar muito mais rápida para ler e gravar os arquivos.

Lembramos que toda essa divisão é feita "por debaixo dos panos" e o usuário não toma conhecimento que o seu arquivo foi dividido.

Editado por

Compartilhar



Entre para seguir isso  
Seguidores 0

Comentários de usuários


Acho que deveria ser revisado e atualizado.

Por que? Porque cobre apenas RAID 0 e RAID 1.

[]'s

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

<_< gostaria de saber o que aconteceria se eu usar a tecnologia raid0 e um dos hds queimarem!

eu perco tods os dados???

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Yuri,

Usando RAID 0 (striped set), se um HD pifar, você não poderá reconstruir a matriz e portanto terá seus dados perdidos. Dai que se usa preferencialmente RAID 5 que une o melhor do 0 e 1. Entretanto, RAID 5 pede no mínimo 3 discos iguais. Eu sou partidário de que se use 5 discos, 4 para dados além de 1 obrigatório para paridade. E se de todo o orçamento não ajudar, você pode apelar para um RAID em JBOD. Assim se um HD pifar você perde apenas os dados que estão nele - e você não fez backup - pois os demais discos preservarão seus dados. Mas eu ainda sou a fã do RAID 5, ou o usuário se contenta em perder a metade do espaço e usa apenas RAID 1 usando espelhamento; se um pifar o sistema continua em frente.

Aproveitando e respondendo o comentário anterior onde o leitor comentou que deveriam ter sido discutido outras opções RAID, o artigo fala de todos. Exceto o JBOD, o 10 (1+0), o 0+1, o 5+0 e um pouco comentado RAID 100 (10+0). Isso sem contar uma opção RAID 1.5 (solução proprietária da HighPoint). Esses bem podem ser comentados dando continuidade a esse artigo e cobrindo todas as de RAID.

A Seagate lançou recentemente a linha de HDs SAVIO de 2,5" 36 e 73 GB SCSI U320, que cabem num painel para até 8 HDs, ocupando apenas 2 baias de 5,25" .

Algo interessante para uma instalação usando RAID, embora o custo...

Postado Originalmente por yuri@23 de novembro de 2005, 14:26

<_<  gostaria de saber o que aconteceria se eu usar a tecnologia raid0 e um dos hds queimarem!

eu perco tods os dados???

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Muito interessante esse sistema.

Estava pensando em fazer RAID 0.

Tem que ser dois HDs da mesma marca? Mesmo tanto de GBs? E se um for S-ATA e o outro for S-ATA II? Funciona do mesmo jeito?

Obrigado.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Muito bom este tópico, eu mesmo gostaria de saber se, considerando que eu tenha um HD samsung Spin Point / 7500rpm / 160Gb Serial ATA e duas portas SATA na placa-mãe, eu poderia por outro HD igual, então qual seria o melhor modo de fazê-lo? RAID 0 em caso de problemas, perde-se todos os dados mas seria como ter uns 320 - teoricos - Gb de espaço, certo? RAID 5 seria o melhor ou JBOD? Ah, sim! Para fazer instalação posterior eu espero não comprometer os dados do HD já instalado... como???

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Postado Originalmente por kbca_cps@13 de janeiro de 2006, 02:09

Muito interessante esse sistema.

Estava pensando em fazer RAID 0.

Tem que ser dois HDs da mesma marca? Mesmo tanto de GBs? E se um for S-ATA e o outro for S-ATA II? Funciona do mesmo jeito?

Obrigado.

Socorro, presciso de ajuda com isso...

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Existe a preferência por utilizar discos idênticos, mesma capacidade e modelo.

Isto é recomendado principalmente porque é realizado stripping, ou seja os dados vão ser divididos e escritos nos discos.

Agora se um disco for mais lento que o outro por exemplo, (um de 5400 e outro de 7200 RPM) você provavelmente não terá o desempenho ótimo do sistema.

O mesmo é válido para a capacidade... voc pode até utilizar um disco de 160GB e outro de 120GB por exemplo para fazer o RAID, mas não poderá fazer um volume com a capacidade nominal dos discos, apenas com a capacidade menor deles, neste caso 2x120GB ou 120GB espelhado.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

E tem bastante ganho de desempenho? No que que melhora?

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

O Ganho de desempenho fica em torno de 1,8~1,9x mais rápido que o sistema comum.

Por exemplo no modo burst, consigo 110MB/s em leitura com apenas um disco. (Maxtor 7200) caso utilizasse RAID teria taxas próximas de 200MB/s.

Para quem usa o sistema para editoração multimedia, (video e som) onde os arquivos geralmente são grandes, o ganho de performance é muito perceptível.

No dia a dia, muda pouco.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

uma duvida , pode misturas ide com s-ata ou sata II ?

por eemplo tenho um Wd 120 gb 7200rpm ide e estava querendo por um outro WD de 120 gb sata

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Opa! Também gostaria de saber isso! Se podemos misturar, por exemplo: um HD de 160 IDE 7.200RPM com outro HD 160 SATA e usá-los como RAID! Existe essa possibilidade?

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Postado Originalmente por maluf@16 de fevereiro de 2006, 09:04

uma duvida , pode misturas ide com s-ata ou sata II ?

por eemplo tenho um Wd 120 gb 7200rpm ide e estava querendo por um outro WD de 120 gb sata

Vai depender da controladora RAID. As placas com nForce4 por exemplo, como a sua, oferecem este recurso.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Dúvida! Dúvida! Dúvida!

Estou comprando um pc e quero configurar RAID 0 na criança. Minha placa mãe vai uma a8n-e ASUS e vou colocar dois hds de 120 SATA 300. O cara falou que a placa não tem suporte pra RAID.... não acreditei e tal.. vi no site.. especificações.. etc.. mas o cara continua sético! Sei lá... me fez duvidar também...

Eu sei que a placa tem suporte, mas preciso ouvir a confirmação de alguém! heheheh Me ajudem.. (espero que antes que a máquina esteja montada)

Aí foi que me surgiu outra dúvida: são dois os tipos de RAID o via hard e o via soft... Mas existe alguma placa mãe que o windows reconheça automaticamente a configuração raid? Digamos: duas entradas específicas, só para hds em RAID 0, na placa mãe, que quando você instala o windows a placa automaticamente já configura o RAID pra você sem precisar setar a bios.. enfiar disquete.. etc....

Isso existe?

Talvez o cara que esteja "montando" minha máquina deve estar confuso com isso.. porque eu creio que a a8n-e faz RAID.. né não? :muro::muro:

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Postado Originalmente por Bruno Osti@08 de março de 2006, 12:58

Dúvida! Dúvida! Dúvida!

Estou comprando um pc e quero configurar RAID 0 na criança. Minha placa mãe vai uma a8n-e ASUS e vou colocar dois hds de 120 SATA 300. O cara falou que a placa não tem suporte pra RAID.... não acreditei e tal.. vi no site.. especificações.. etc.. mas o cara continua sético! Sei lá... me fez duvidar também...

Eu sei que a placa tem suporte, mas preciso ouvir a confirmação de alguém! heheheh Me ajudem.. (espero que antes que a máquina esteja montada)

Aí foi que me surgiu outra dúvida: são dois os tipos de RAID o via hard e o via soft... Mas existe alguma placa mãe que o windows reconheça automaticamente a configuração raid? Digamos: duas entradas específicas, só para hds em RAID 0, na placa mãe, que quando você instala o windows a placa automaticamente já configura o RAID pra você sem precisar setar a bios.. enfiar disquete.. etc....

Isso existe?

Talvez o cara que esteja "montando" minha máquina deve estar confuso com isso.. porque eu creio que a a8n-e faz RAID.. né não?  :muro:  :muro:

Claro que ela faz RAID-0. Ela tem 4 portas SATA nativas do nForce4, dá inclusive para fazer RAID entre HD's PATA e SATA. Vai ver este montador nunca fez um arranjo RAID, ou então está querendo te empurrar discos PATA(se bem que, como disse acima, dá pra fazer RAID nos PATA também!)

Abraços,

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Postado Originalmente por Phoenyx@08 de março de 2006, 17:41

Claro que ela faz RAID-0. Ela tem 4 portas SATA nativas do nForce4, dá inclusive para fazer RAID entre HD's PATA e SATA. Vai ver este montador nunca fez um arranjo RAID, ou então está querendo te empurrar discos PATA(se bem que, como disse acima, dá pra fazer RAID nos PATA também!)

Abraços,

voce tem um guia passo a passo? Internet ou proprio?

Poderia divulgar?

Muito obrigado

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Eu tenho uma placa mãe Intel D915PGN e eu li o seguinte trecho relacionado a ela na matéria:

"Alguns chipsets possuem função RAID integrada, como é o caso dos chipsets mais modernos da Intel (por exemplo, no chipset Intel 915P, mas a ponte sul tem que ser a ICH6R ou ICH6RW para ter este recurso habilitado) e VIA (ponte sul VT8237)."

Eu gostaria de utilizar raid com dois HDs SATA Seagate Barracuda 7200.7 80GB porém eu não entendi o seguinte trecho:

"ponte sul tem que ser a ICH6R ou ICH6RW para ter este recurso habilitado) e VIA (ponte sul VT8237)."

Onde eu localizo essa ponte sul e VIA?!

Muito Obrigado!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Depois de feita a Raid eu posso particionar o HD? em C: e D:? vai rola alguma perda de desempenho?

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Pessoal, com a chegada do meu novo hd (samsung sata 250gb), espaço não é problema pra mim, mas tenho alguns dados que não posso perder (documentos, projetos, etc...), e, com os outros 2 hds que sobraram (quantum lct20 20gb 5400rpm ata100 e maxtor 30gb ata133) montei um sistema RAID1, resultando num espaço de 20gb pra mim salvar meus arquivos importantes com segurança (arquivos importantes, não jogos, mp3, etc).

Aí me veio uma dúvida. Em caso de falha em um desses hds do sistema raid, ou até do pc, um problema qualquer, eu posso pegar apenas um dos referidos hds e instalar em outro pc e lê-lo normalmente, apenas conectando na porta ide com faço sem ser RAID?

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Ola!

Quanto ao uso do Raid, eu tenho mesmo que ter dois discos iguais?

Caso eu tenho particionado o disco funciona do mesmo jeito?

Equipamento

Asus K8-N

512 MB Ram

SATA 80 GB

Athon 64 2800+

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@joliv Bem, depois de uma situação com um hd externo, me interessei por esse assunto, Raid. Entendi sua explicação, porém gerou algumas dúvidas, esse sistema que você citou dos 5 discos, 4 pra divisão de dados e 1 pra espelhamento. Isso só funciona com HDs internos? Tipo se eu tver 3 internos, 2 pra divisão, 1 pra espalhamento (copia) e 1 outro externo pra espalhamento. Daria certo? E outra sendo só com HDs internos, digamos que tenho no meu pc 3 HDs, 2 pra dividao e 1 pra espelhamento. Ai eu conecto um pendrive e copio um video de 500mb, esse video ira metade pro hd 1, metade pro hd 2 e uma copia pro hd 3? Só em copiar ele ja faz esse processo? E quais seriam as outras opções alem do 0, 1 e 5?

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar agora