Entre para seguir isso  
Seguidores 0

Como identificar capacitores eletrolíticos japoneses

        129.972 Visualizações     38 comentários     Tutoriais   

Capacitores eletrolíticos japoneses são melhores do que capacitores eletrolíticos fabricados em outros países. Aprenda a reconhecer capacitores eletrolíticos japoneses de forma a identificar placas-mãe e fontes de alimentação que utilizam componentes de qualidade superior.

Gabriel Torres Editor executivo do Clube do Hardware

Introdução

Nem todos os capacitores eletrolíticos são fabricados da mesma forma. Os capacitores japoneses são melhores, pois protegem os equipamentos do infame problema de vazamento, estufamento ou até mesmo explosão que afeta capacitores eletrolíticos de baixa qualidade. Neste tutorial ensinaremos a você como reconhecer capacitores eletrolíticos japoneses, de forma a identificar placas-mãe e fontes de alimentação que usem componentes de qualidade superior.

O presente tutorial é uma continuação do tutorial “Tudo o que você precisa saber sobre os capacitores da placa-mãe”, portanto recomendamos que você leia este outro tutorial antes de prosseguir.

Identificar capacitores sólidos e SMD é fácil, já que o aspecto físico deles é completamente diferente, conforme discutido em nosso outro tutorial. Mas como saber se um capacitor eletrolítico é ou não japonês?

A principal dificuldade é que capacitores não trazem a tradicional frase “Made in” ou similar impressa em seus invólucros. Isto dificulta bastante o processo de descoberta do país de origem do capacitor. Vários fabricantes não imprimem nem mesmo o seu nome, apenas a sua logomarca. Algumas vezes nem mesmo isso! Algumas logomarcas têm o nome do fabricante (por exemplo, a Sanyo), mas na maioria dos casos elas não têm (veja um exemplo real na Figura 1)! Alguns fabricantes imprimem apenas a série do capacitor, e você terá de ser bem esperto para saber que o nome impresso é uma série e você terá de descobrir o fabricante por conta própria!

Marcações típicas em um capacitor eletrolítico
Figura 1: Marcações típicas em um capacitor eletrolítico

Se você conseguir descodificar a logomarca do fabricante ou saber que empresa é dona de uma série de capacitores você conseguirá descobrir o país de origem do componente, sabendo em que lugar do mundo o fabricante está situado. Parece complicado? E é. Para a maioria das pessoas esta é uma missão impossível.

Mas não se preocupe. Nosso objetivo neste tutorial é oferecer a você uma tabela contendo os fabricantes japoneses mais comuns e como identificar seus capacitores. Claro que existem mais fabricantes japoneses, mas listaremos aqui apenas os tipicamente encontrados em peças de hardware, especialmente em fontes de alimentação e placas-mães, que são os dois componentes onde as pessoas mais se preocupam com a qualidade dos capacitores eletrolíticos. Nós também publicaremos tabelas com os capacitores taiuaneses e chineses mais comuns para evitar perguntas do tipo “eu tenho um capacitor com as marcações XXX e ele não está na lista, ele é japonês?”.

Editado por

Compartilhar



Entre para seguir isso  
Seguidores 0

Comentários de usuários




não entendi essa, porque os "capacitores japoneses" tem esse prestígio todo, tipo, ficou parecendo que basta ser japonês que o negócio é bom, devem haver umas marcas japonesas fuleiras. capacitores de alumínio serem superiores tudo bem, já que é um tipo diferente, capacitores da sanyo ou panasonic serem bons também, já que se tratam de algumas marcas, mas todos os capacitores japoneses tem essa moral toda?

outra: tem alguma explicação para isso? eu sei que é comum alguns países se sobressaírem em algumas coisas, nossos carros em geral são melhores que os argentinos por exemplo, mas para moral dos japa estar tão alta deve ser porque tem algum "mecanismo" que faça com que todas as marcas deste países atinjam ou mirem este patamar de qualidade.

não existe uma marca americana ou qualquer outra coisa que mereça estar nesta lista também?

putz, vou mudar meu nick para "capacitores japoneses".

entendi pensando bem, os japas foram os "pais" do mercado da eletrônica de hoje, seu mercado foi pioneiro nesta área, todos os produtos bons surgen daquele ou naquele nicho primeiro, pensando assim pode-se especular que aquele mercado esteja ao mesmo tempo acostumado com produtos eletrônicos de altíssima qualidade e de estar à frente nestas tecnologias. pode ser isso.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Excelente artigo. Só faltou traduzir a tabela da página 3 para o bom português. Já tinha visto o artigo no HardwareSecrets :D

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Tem também:

Os Nichicon, as últimas séries estão d+. Com custo um pouco mais baixo tem o HZ com 7 mOHM de ESR e a maior tolerância a ripple que eu já vi num não sólido. E os sólidos LF/LE/LG... 5mOHM de ESR em alguns LE...

Os Fujitsu FP-CAP, muito utilizados em mobos hoje em dia.

E os ELNA...

Tem capacitores de qualidade fora do JP tb como os SAMXON

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Um dos poucos fabricantes de placas-mãe que apenas utilizam capacitores japoneses de excelente qualidade é a Gigabyte, tanto nos modelos mais caros quanto os de entrada.

NãoSei, não entendi o porquê de tanta aversão ao artigo. Por acaso você não se lembra dos temidos capacitores de baixa qualidade (geralmente fabricados na China) que vazam, estouravam e danificavam os circuitos? Não sabe que esse foi um dos fatores para grandes nomes entrar em decadência, como a Soyo?

Só falta agora detalhar a identificação dos capacitores sólidos.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

quase certeza que a placa-mãe do meu pc usa somente capacitores normais e de marca ruim... tem gente que odeia essa placa (a7v8x-mx se), comigo ela funciona bem.

Reparei que na minha placa de video (uma xfx 6800 xtreme) usam-se capacitores sólidos (pelo menos os que dão pra enxergar.

A minha fonte eu não sei, na verdade tenho preguiça e medo de abrir ela (uma thermaltake w0008r, 420w com pfc ativo). Comprei essa fonte no paraguai por uns 100 reais (loja conhecida, vendia uma porrada de coisas da TT) no brasil ela estava perto de 380 reais (na epoca). Mas devem ser bons, as voltagens dessa fonte são excelentes.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Ótimo artigo nos ensinando sempre o nosso guru GT.

Não entendo de eletrônica, os capacitores sólidos de alumínio tem em formato redondo e quadrado(R25), aqui na minha 8800GT tem deles e na minha MB

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Excelente artigo;

Eu, como não entendo nada de eletrônica, nem vou me dar ao trabalho. heheh

O negócio é torcer pra eles não estourarem...

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
os capacitores sólidos de alumínio tem em formato redondo e quadrado(R25)

Os quadrados não são capacitores e sim bobinas...

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

É que pelo artigo na Fig.1 deu a entender que seria.

Obrigado Rafa pelo esclarecimento

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Um dos poucos fabricantes de placas-mãe que apenas utilizam capacitores japoneses de excelente qualidade é a Gigabyte, tanto nos modelos mais caros quanto os de entrada.

NãoSei, não entendi o porquê de tanta aversão ao artigo. Por acaso você não se lembra dos temidos capacitores de baixa qualidade (geralmente fabricados na China) que vazam, estouravam e danificavam os circuitos? Não sabe que esse foi um dos fatores para grandes nomes entrar em decadência, como a Soyo?

Só falta agora detalhar a identificação dos capacitores sólidos.

eu não lembro, não saco dessa área, estou me debutando, isso que você está falando tem a ver com o texto no link que o gabriel torres colocou? se sim:

esse "erro" deles foi tão grande assim? Digo, tantas fábricas afundaram tanto? e quanto à questão da isolação, o problema é só no dielétrico ou essas marcas que se enganaram também tem má isolação? presumo que sim porque no texto diz que apesar do erro elas continuaram a usar o dielétrico pior a fim de atingir um nicho low end no mercado, faria sentido então usar isolações piores também.

A explicação está na origem do eletrólito usado. A explicação completa está aqui: http://www.badcaps.net/pages.php?vid=4

no texto não diz quando ocorreu isso, quando foi? e porque só as marcas japonesas detinham e ainda detém a "fórmula boa"? desculpa o interrogatório mas achei essa história desse link meio estranha.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

E os capacitores de Tântalo ninguém fala nada, eles são muito usados em mobo de notebook pelo tamanho reduzido e não darem problemas nunca.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Um dos poucos fabricantes de placas-mãe que apenas utilizam capacitores japoneses de excelente qualidade é a Gigabyte, tanto nos modelos mais caros quanto os de entrada.
E em materia de fontes, tem a Seasonic, que tambem (se não me engano) usa Rubycon de cabo a rabo.
Só falta agora detalhar a identificação dos capacitores sólidos.
Sem dúvida, pois ao contrário do que afirma o texto, só pela aparência não dá pra saber se é capacitor "sólido" ou não. Aquela aparência citada na figura é de capacitor eletrolítico SMD. Portanto, existem (e muitos) capacitores eletrolíticos "molhados" com essa mesma aparência. Lembrando que os tais capacitores "sólidos" também pertencem à família dos capacitores eletrolíticos.

[ ]

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
E os capacitores de Tântalo ninguém fala nada, eles são muito usados em mobo de notebook pelo tamanho reduzido e não darem problemas nunca.

Isso deverá entrar em outro tutorial, mas obrigado pela sugestão :)

Quem quiser ver o verdadeiro capacitor chinês:

http://sempreon.blogspot.com/2007/12/capacitores-chineses.html

Só pode ser sacanagem :lol:

falou

:eek: *****

E em materia de fontes, tem a Seasonic, que tambem (se não me engano) usa Rubycon de cabo a rabo.

Sem dúvida, pois ao contrário do que afirma o texto, só pela aparência não dá pra saber se é capacitor "sólido" ou não. Aquela aparência citada na figura é de capacitor eletrolítico SMD. Portanto, existem (e muitos) capacitores eletrolíticos "molhados" com essa mesma aparência. Lembrando que os tais capacitores "sólidos" também pertencem à família dos capacitores eletrolíticos.

[ ]

Legal você postar isso :)

Sobre os sólidos isso deverá entrar em outro artigo.

Ah, esse site detalha mais os capacitores ruins, pode ser útil:

www.badcaps.net

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

É impressão minha ou esqueceram de citar os (ótimos ) capacitores da Nichicon? Afinal, são japoneses e tb são bastante conhecidos...

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
É impressão minha ou esqueceram de citar os (ótimos ) capacitores da Nichicon? Afinal, são japoneses e tb são bastante conhecidos...

Sapo, tem como você postar umas fotos ou referências desses capacitores ?

Obrigado ! :)

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
... nossos carros em geral são melhores que os argentinos por exemplo, ....

Não é o lugar pra essa discussão mas nem de longe são melhores, além dos Argentinos pagarem bem menos por um carro eles não aceitam as mesmas porcarias que os Brasileiros, o povo daqui que aceita tudo peladinho e caro, lá não, tem que ter qualidade pra vender....

Quanto aos capacitores, legal o artigo quanto mais informação disponível melhor, se os Japas estão na frente ou não não importa muito, o importante é conhecer eletrônica, informática e tudo mais que faz uma pessoa crescer na vida....

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Comprei uma placa mãe Pcchips A15G e reparei que ela usa capacitores da Sanyo no circuito regulador de tensão, e mais 1 perto do pciex 16x e mais alguns da Panasonic. Agora os outros são OST e 2 pequenos G-Luxon. Estas marcas OST E G-Luxon são de Tawian será que quebram um galho, ou seja não vão dar uma de bomb?

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Muito bom.

Os capacitores "solidos" sao tipo uma latinha fechada, e esses "não sólidos" são uma tampinha de ferro envolto em um "plastico" tipo uma pilha.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Dando uma Ressucitada nesse tópico.

Onde eu posso encontrar capacitores sólidos a venda??

no caso to precisando de uns de 180uF de 16V. Caso alguem tenha para doação xD

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Dando uma Ressucitada nesse tópico.

Onde eu posso encontrar capacitores sólidos a venda??

no caso to precisando de uns de 180uF de 16V. Caso alguem tenha para doação xD

 

Você vai encontrar Sólidos de 16v 270uF no Mercado Livre, não sei sobre a qualidade.

1 pessoa curtiu isso

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites



Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar agora