Ir ao conteúdo
Entre para seguir isso  

Teste do processador Core i7-6950X

       
 71.124 Visualizações    Testes  
 27 comentários

Nós testamos o Core i7-6950X, de dez núcleos, o processador para computadores pessoais mais topo de linha disponível atualmente. Vamos testar seu desempenho e compará-lo ao do Core i7-5960X.

Teste do processador Core i7-6950X
Rafael Coelho Editor-chefe do Clube do Hardware

Introdução

A Intel acaba de lançar uma nova linha de processadores para a sua plataforma topo de linha, a X99, que usa o soquete LGA2011-v3. Os novos processadores lançados para esta plataforma têm codinome “Broadwell-E”, e o modelo mais topo de linha lançado para esta plataforma é o Core i7-6950X, que tem dez núcleos físicos (mais dez núcleos virtuais graças à tecnologia Hyper-Threading), clock de 3,0 GHz (máximo de 3,5 GHz através da tecnologia Turbo Boost 3.0) e suporte a memórias DDR4 em quatro canais. Vamos testar este monstro e ver como é seu desempenho.

Até o lançamento dos processadores “Broadwell-E”, os únicos modelos disponíveis para a plataforma X99 eram os “Haswell-E”, fabricados com tecnologia de 22 nm, e o modelo mais topo de linha era o Core i7-5960X (que nós já testamos). Na nova linha, as principais novidades são o processo de fabricação de 14 nm, algumas otimizações na arquitetura e o lançamento de um modelo com dez núcleos (reconhecido pelo sistema operacional como um processador de 20 núcleos graças à tecnologia Hyper-Threading).

Assim como os processadores “Haswell-E”, os modelos “Broadwell-E” utilizam a plataforma X99, que usa o soquete LGA2011-v3 e são compatíveis com memórias DDR4 em quatro canais.  Para saber mais sobre esta plataforma, leia nosso tutorial “Tudo o que você precisa saber sobre a plataforma X99 da Intel”.

A tabela abaixo mostra os novos processadores lançados no mês passado para essa plataforma. Todos os modelos têm TDP de 140 W e suportam memória até DDR4-2400 e tecnologia Hyper-Threading.

Modelo Clock base Clock máximo Núcleos Cache L3 Pistas PCI Express Preço*
Core i7-6950X 3,0 GHz 3,5 GHz 10 25 MiB 40 US$ 1.569
Core i7-6900K 3,2 GHz 3,7 GHz 8 20 MiB 40 US$ 999
Core i7-6850K 3,6 GHz 3,8 GHz 6 15 MiB 40 US$ 587
Core i7-6800K 3,4 GHz 3,6 GHz 6 15 MiB 28 US$ 412

* Preço nos EUA sugerido pela Intel no lançamento, para lotes de 1.000 unidades.

O Core i7-6950X é vendido sem cooler; você precisa adquirir um cooler compatível separadamente. A Figura 1 revela o processador Core i7-6950X.

Cpre i7-6950X

Figura 1: o processador Core i7-6950X

A Figura 2 mostra o Core i7-6950X ao lado do Core i7-5960X. Note que o formato das bordas do heatspreader (peça metálica que cobre o processador e tem como função transferir o calor do processador para o cooler e proteger o núcleo) é um pouco diferente, apesar dos processadores utilizarem o mesmo soquete.

Cpre i7-6950X

Figura 2: o Core i7-6950X (à esquerda) e o Core i7-5960X (à direita)

Para termos uma ideia de desempenho do Core i7-6950X, rodamos alguns testes comparando-o com o Core i7-5960X. Infelizmente a AMD não tem oferece nenhum modelo que possa ser considerado um concorrente para o Core i7-6950X, já que mesmo o seu processador mais caro, o FX-9590, custa quase sete vezes menos. E mesmo o processador Core i7-6700K, modelo topo de linha da plataforma LGA1151, custa cinco vezes menos.

Cpre i7-6950X

Figura 3: lado de baixo do Core i7-6950X (à esquerda) e do Core i7-5960X (à direita)

Um detalhe que podemos notar é que o substrato (base de fibra de vidro onde o processador é montado) do Core i7-6950X é mais fina do que a do Core i7-5960X.

Cpre i7-6950X

Figura 4: o Core i7-6950X (à esquerda) e o Core i7-5960X (à direita)

Vamos comparar as principais especificações dos processadores testados na próxima página.

Compartilhar



  Denunciar Artigo
Entre para seguir isso  

Comentários de usuários




O que queria ver era algo bem doido, comparar uma maquina lga 1366 top antiga com 2 cpus com 1 cpu desses novos qual sera que ganharia um dual xeon e5690 que custa em torno de 1000 reais nos estados unidos, as 2 cpus e da 12 núcleos, 6 por cpu e 24 threads total, é bastante ainda nos dias atuais mas obviamente por ser mais antigo nao tem uma otimizacao boa por núcleo quanto os novos, mas por ter 24 núcleos se usado todos ae acaba fazendo ser uma grande maquina ainda nos dias atuais, estão baratas essas cpus mais antiguinhas por isso me deu essa curiosidade se vale a pena paga 1000 reais por 2 cpus show do passado, e usalas juntas em placa-mãe dual socket obviamente

Editado por xmauro

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Hmm... dá para fazer 4 máquinas virtuais de 2 núcleos 4 threads e rodar um torneio de Super Smash num emulador de wii. E ainda sobra a 5ª máquina para fazer a stream do torneio!

 

#Obrigado Intel, por criar o produto mais inútil da atualidade.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
3 minutos atrás, DcBarbosa disse:

@Imakuni me explique porque ele é inutil ?

Porque qualquer que seja a aplicação, existe algum processador mais adequado, considerando o preço do 6950x.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
2 horas atrás, GabrielLP14 disse:

meu deus 12 mil reais, eu paguei 4000 no 5960x e esse ta 3 x mais caro, como pode isso kk

É o problema da falta de concorrência...

 

Parabéns aos envolvidos!

#Topic

Mais um excelente artigo!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Trata-se de um produto desenvolvido para um público especifico, profissionais de sucesso que querem o melhor equipamento que o dinheiro pode pagar. Não vejo nada de errado na concepção "state-of-the-art", mas infelizmente a intel monopoliza esse nicho, já que ao meu ver, não é interessante pra AMD gastar milhões de dólares pra criar um produto a altura (não que ela não possa) para concorrer e tentar conquistar uma fatia de um mercado restrito, aliás pela primeira vez, vejo a AMD dando uma resposta muito inteligente ao concorrente quando posicionou o preço da sua nova linha de VGA's muito abaixo da Nvidia. Mesmo que a Nvidia produza uma VGA uns 20% mais potente, mas que custe 50% mais caro, a AMD deve abocanhar uma fatia maior do nicho que mais interessa, que é o low-midi! Parabéns para a AMD e espero que siga a mesma estratégia para os processadores ZEN e para a Intel e seu produto Hi-End, que reine enquanto pode, afinal essas são as regras do capitalismo!

Editado por Armando Kina

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Primeiro que é Broadwell e não Skylake, segundo que não tem concorrente e foi lançado pelo dobro do preço dos I7 xxxxX.

No final das contas vai servir pra desovar os já caros 5960X pra depois baixar de preço. Quem pegar agora este processador vai sair no prejuízo, a não ser que o custo seja escoado no trabalho (renderização, etc).

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
2 horas atrás, Phoenyx disse:

Primeiro que é Broadwell e não Skylake, segundo que não tem concorrente e foi lançado pelo dobro do preço dos I7 xxxxX.

No final das contas vai servir pra desovar os já caros 5960X pra depois baixar de preço. Quem pegar agora este processador vai sair no prejuízo, a não ser que o custo seja escoado no trabalho (renderização, etc).

 

Mas por 12 pilas não dá pra comprar uma belezoca bisoquetada?
Eu to por fora.


--

 

Isso é o "flaghip", não é pra fazer sentido econômico, é pra mostrar pra todo mundo quem tem o maior palito.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
4 minutos atrás, Evandro disse:

 

Mas por 12 pilas não dá pra comprar uma belezoca bisoquetada?

Sou velho mas nem tanto, o que ser bisoquetada? kkkkkkk

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
agora, Phoenyx disse:

Sou velho mas nem tanto, o que ser bisoquetada? kkkkkkk

 

Servidores com "dois processadores" (dois soquetes) e uma tonelada de núcleos.

Achei que você já tivesse lidado com eles no trampo (e sim, e esqueci com o que você trabalha. :D )

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Nunca chamei sistemas Xeon ou Opteron de bisoquetados, pelo menos em SP não se fala isso... kkkk

Mas agora entendi o bi soquete aí, eu tava imaginando antes que você tava falando de algo besuntado... kkkk

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
2 horas atrás, Evandro disse:

 

Mas por 12 pilas não dá pra comprar uma belezoca bisoquetada?
Eu to por fora.


--

 

Isso é o "flaghip", não é pra fazer sentido econômico, é pra mostrar pra todo mundo quem tem o maior palito.

 

Acredito que dê sim. Acho que o ponto específico em que o i7 Extreme tenta se encaixar é o OC mesmo. Dá para perceber que é um processador voltado bastante para essa área.

Apesar do i7-6950X ser bom em tarefas de cálculos pesados, renderizações e etc., há processadores melhores para tarefas desse porte (que demandam maior quantidade de núcleos e cache), como por exemplo os Xeon.

Claro que o foco dos Xeon são servidores, mas aposto que eles se saem melhor que o i7-6590X nesse tipo de processamento.

 

Portanto, não vejo outra justificativa para o i7-6590X que não seja o overclock extremo ou como você falou, mostrar quem tem o maior palito.

 

Parabéns pelo teste, CdH!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
16 horas atrás, edurc disse:

 

Acredito que dê sim. Acho que o ponto específico em que o i7 Extreme tenta se encaixar é o OC mesmo. Dá para perceber que é um processador voltado bastante para essa área.

Apesar do i7-6950X ser bom em tarefas de cálculos pesados, renderizações e etc., há processadores melhores para tarefas desse porte (que demandam maior quantidade de núcleos e cache), como por exemplo os Xeon.

Claro que o foco dos Xeon são servidores, mas aposto que eles se saem melhor que o i7-6590X nesse tipo de processamento.

 

Portanto, não vejo outra justificativa para o i7-6590X que não seja o overclock extremo ou como você falou, mostrar quem tem o maior palito.

 

Parabéns pelo teste, CdH!

 

Eu sempre esqueço de overclock, obrigado por lembrar.

 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
35 minutos atrás, GabrielLP14 disse:

@Evandro desculpe perguntar isso más quanto será que a equipe do CDH pagou pelo roubo do I7 6950x( por roubo eu digo pelo preço alto que está agora)

 

Nós não compramos esse processador, recebemos a amostra da Intel, tanto que ele vem com a típica marcação "intel confidential" por ser um exemplar destinado a testes. Alguns fabricantes normalmente enviam peças topo de linha (as quais eles têm interesse em promover), enquanto as peças mais básicas nós temos de comprar para testar.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
8 horas atrás, GabrielLP14 disse:

@Rafael Coelho ah entendo, eu só não entendo por quê não oferecem as de entradas, assim poderiam vender mais más vai entender....

 

Muito simples, este processador testado é o tal do "flagship", o chamariz, eles mandam este pra todo mundo ver e pensar "ooh, que poderosa é esta família de processadores da Intel", o mesmo vale para placas-mãe e placas de vídeo, eles não vão mandar um produto mediano ou capadão, mandam sempre os mais interessantes da linha, mesmo que sejam os menos vendidos.

 

É o mesmo que conhecer pessoas em festas, todo mundo arrumado, banho tomado, barba aparada, maquiagem.. bem diferente da pessoa com havaiana remendada com arame, pijama furado e cabelo despenteado que vive em casa no final de semana. ^_^

 

Basicamente, marketing.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, Evandro disse:

 

Muito simples, este processador testado é o tal do "flagship", o chamariz, eles mandam este pra todo mundo ver e pensar "ooh, que poderosa é esta família de processadores da Intel", o mesmo vale para placas-mãe e placas de vídeo, eles não vão mandar um produto mediano ou capadão, mandam sempre os mais interessantes da linha, mesmo que sejam os menos vendidos.

 

É o mesmo que conhecer pessoas em festas, todo mundo arrumado, banho tomado, barba aparada, maquiagem.. bem diferente da pessoa com havaiana remendada com arame, pijama furado e cabelo despenteado que vive em casa no final de semana. ^_^

 

Basicamente, marketing.

 

Exato. O que a Intel deseja, ao enviar um processador desses, é que se escreva algo tipo "o processador mais rápido do mundo é da Intel".

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Parabens ao pessoal responsavel pelo teste. Gostaria muito de ver algum dia num teste como este, alem do photoshop o Adobe Ligthroom. Fiz um upgrade recente de um  i7 860 2.8 ghz para um xeon E5 2673 v3 2.4 com 30 mb de  cahe l3 12 núcleos e 24 threads porque  vi em alguns testes que ele teria  uma performance muito semelhante ao 6950x , como comprei usado por 2400, 00 meu custo beneficio foi otimizado , de  aproximadamente 20 0000 para menos de 9000 ja incluso  nova placa-mãe x99 32gb ddr4 2133ghz , gabinete, fonte 750 corsair e video gtx 1060 6gb e hd samsung evo SSD 500gb .Muito bem , otima maquina , para tudo , porém o desempenho do adobe  ligthroom  (que era o real motivo do upgrade), nao chegou a 20% do que era com o processador de segunda geracão. Isso me fez chegar a duas conclusões : 

A) O motor de processamento adobe é  atrasado em relaçao aos hardwares mais atuais 

 

B) muito  cuidado ao fazer upgrade , dependendo do uso, colocara seu dinheiro literalmente no lixo.... 

 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites



Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×