Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

Influência da velocidade da memória no vídeo integrado do Ryzen 3 2200G

       
 45.335 Visualizações    Testes  
 25 comentários

Qual a influência, na prática, da velocidade da memória (RAM) no desempenho do vídeo integrado Vega presente no processador Ryzen 3 2200G? Confira!

Influência da velocidade da memória no vídeo integrado do Ryzen 3 2200G
Rafael Coelho Editor-chefe do Clube do Hardware

Introdução

Recentemente testamos o processador Ryzen 3 2200G, que tem como destaque o vídeo integrado Radeon Vega, e ficamos intrigados em relação à dependência do desempenho deste vídeo integrado com a velocidade da memória (RAM). Desta forma, refizemos os testes com a memória configurada em diferentes velocidades, de 2.400 a 3.200 MHz, bem como a diferença de canal simples e canal duplo, para medirmos a diferença de desempenho. Confira nossos resultados!

O Ryzen 3 2200G, juntamente com o Ryzen 5 2400G, são os primeiros processadores da série Ryzen com vídeo integrado Radeon Vega. As principais diferenças entre estes dois modelos são a presença da tecnologia SMT no Ryzen 5, o que faz com que ele ofereça oito threads, e o vídeo integrado que, no Ryzen 3 2200G tem oito unidades computacionais Radeon Vega, mas onze unidades computacionais no Ryzen 5 2400G. Ambos os processadores utilizam processo de fabricação de 14 nm, têm TDP de 65 W e são desbloqueados para overclock. O chip Vega 8 do Ryzen 3 2200G tem 512 núcleos de processamento e clock de até 1.100 MHz.

Como sabemos, em uma placa de vídeo "de verdade", a largura de banda de comunicação entre o chip gráfico e a memória de vídeo é um dos fatores que influenciam no desempenho: quanto maior a largura de banda (que depende do clock da memória e da quantidade de bits do barramento), maior o desempenho em jogos.

Em um sistema com vídeo integrado, o processador e o chip gráfico compartilham o mesmo barramento de comunicação com a memória (RAM) principal do computador, já que esta é também usada para armazenar informações de vídeo e desempenha o papel que, em placas de vídeo "avulsas", é executado pela memória de vídeo. Com isso, em teoria o desempenho do vídeo integrado depende, sim, da velocidade da memória do sistema. Assim, além do clock mais alto possível, é fundamental que a memória seja usada em dois canais (como nós já comprovamos), o que duplica a taxa máxima de transferência (largura de banda) entre memória e chip gráfico.

Além disso, no processador utilizado, o CCX (chip onde está o processador propriamente dito), o chip gráfico e os demais componentes (controlador de memória, e unidade de E/S) são interligados dentro do processador pelo  barramento Infinity Fabric da AMD, e segundo o fabricante, na arquitetura Zen este barramento opera na mesma frequência das memórias.

Para verificarmos esses fatores, refizemos nossos testes no 3DMark e em alguns jogos, usando a memória configurada em 2.400 MHz, 2.666 MHz, 2.933 MHz (que é o clock máximo de memórias suportado oficialmente pelo processador) e 3.200 MHz, sempre em modo de dois canais. Repetimos os testes com a memória configurada em 2.666 MHz, mas em apenas um canal. Em todos os testes, quantidade de memória alocada para o vídeo foi fixada em 2 GiB.

Na Figura 1 vemos o processador Ryzen 3 2200G utilizados nos testes.

ryzen3-2200g-03.jpg

Figura 1: processador Ryzen 3 2200G

Na Figura 2 você confere as memórias Geil GEX416GB3200C16DC utilizadas nos testes. Trata-se de um kit 2 x 8 GiB, DDR4-25600, latências 16-16-16-36. As latências foram fixadas nestes valores em todos os testes.

ryzen3-2200g-04.jpg

Figura 2: memórias utilizadas

Editado por Rafael Coelho

Compartilhar

  • Curtir 15
  • Obrigado 1


  Denunciar Artigo

Artigos similares


Comentários de usuários


Ótimo teste, meus parabéns!
Apenas indicando uma correção. O jogo Mad Max está com a legenda do Rise of Tomb Raider rs

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

O preço atual das memórias é que complica a decisão.

 

Não seria "mais jogo" (trocadalho do carilho! rsrsrs) usar uma memória mais barata (clock menor) e reservar o dinheiro para uma GPU? Isso em caso de PC para jogos, ainda que sejam mobas...

 

Ou, devemos encarar que esse Ryzen com GPU integrada é para uso profissional que não dependa de processamento gráfico, evitando o que ocorreu no meu caso:

Um Ryzen para produção musical, onde fui obrigado a comprar uma GPU "mais parruda" por conta do preço quase idêntico da GPU de entrada.

Bom, eu achei que não valia a pena comprar a RX550 quando encontrei uma GTX 1050 da Gigabyte por apenas R$100 a mais, já com frete incluso!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
4 horas atrás, Fokas disse:

O preço atual das memórias é que complica a decisão.

 

Não seria "mais jogo" (trocadalho do carilho! rsrsrs) usar uma memória mais barata (clock menor) e reservar o dinheiro para uma GPU? Isso em caso de PC para jogos, ainda que sejam mobas...

 

Ou, devemos encarar que esse Ryzen com GPU integrada é para uso profissional que não dependa de processamento gráfico, evitando o que ocorreu no meu caso:

Um Ryzen para produção musical, onde fui obrigado a comprar uma GPU "mais parruda" por conta do preço quase idêntico da GPU de entrada.

Bom, eu achei que não valia a pena comprar a RX550 quando encontrei uma GTX 1050 da Gigabyte por apenas R$100 a mais, já com frete incluso!

Depende da situação, se você quiser o menor sistema possivel, essas APUs são de longe o melhor investimento.

 

Ja se você esta pensando em pegar uma GT1030\RX550, bem, não vale a pena. Mesmo que 8Gb DDR4 custe o mesmo que uma GT1030, ao meu ver, você estaria melhor com 2x8Gb DDR4 2400Mhz + 2200G do que com o 2200G + 8Gb + GT1030. Assim quando você for fazer o proximo upgrade, não tem que se livrar da placa de video, e ja vai estar com uma base melhor, ja que jogos hoje em dia ja usam mais de 8Gb de RAM.

 

Mas, você pode simplesmente pegar uma mobo com 4x slots, e casar com 2x4Gb. Especialmente se for jogar eSports e/ou jogos mais antigos que não utilizem tanta vRAM.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Opa, parabéns pelo teste Rafa! Agora só falta o teste do OC! Será que é pedir muito? :P

 

Analisando friamente aqui, tratando dual Channel como um must have, analisemos as frequências usando a loja q explode como referência:

 

O 2x4gb 2400 + barato seria duas Kingston KVR24N17S6/4, total 478 reais. (é a linha + vagabunda da Kingston, nem dissipador tem)

 

O 2x4gb 2666 + barato seria duas CMK8GX4M2A2666C16R por 559 reais. (17% + caro q a 2400)

 

O 2x4gb 3000 + barato seria duas F4-3000C15D-8GVRB por 589 reais. (23% + caro q a 2400)


Pelas minhas contas usando os números do @Rafael Coelho, e considerando o desempenho de 2933 como aproximadamente igual ao de 3000mhz, na média, 3000mhz foi 13% + rápido que 2400mhz, e 3200mhz foi 19% + rápido, tb na média. Seria melhor pegar uma + barata e tentar o OC pra conseguir ganhos que compensem o investimento, tipo pegar uma de 2666 e tentar o OC pra 3200, ou então garimpar bastante pra pegar alguma barganha, como outras vezes q vimos 3000mhz pelo preço de 2400, ou comprar ML ou PY, algo assim. É uma pena, porque lá fora a a situação é bem melhor. Pela newegg, temos:

 

2x4gb 2400 sai por pelo menos 86 dólares. 

Já 2x4gb 3200 sai por 101 dólares, ou apenas 17% + caro. E ter ganhos de 19% em FPS, na média, ou seja, compensa o investimento. Fora o ganho imediato, você vai tar com uma máquina já com memórias de ponta para upgrades futuros, o que é excelente.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

O negócio é pegar 2400MHz o mais barato que encontrar, 2x4 ou 2x8, e tacar over para 2933/3066MHz, que é até aonde os chips Hynix aguentam no AM4.

Se for comprar memórias 3200MHz pra cima vai sair caro e você tem que ter a certeza que são chips Samsung.

 

Esta plataforma com APU é bem controversa (já era, menos, apenas com CPU). De um usuário leigo x usuário experiente dá pra conseguir ~ 50% a mais de performance pelo mesmo valor. Basta tacar o CPU em ~3.9GHz, GPU em ~1.5GHz, memórias em ~3GHz e parecerá outra máquina.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@Phoenyx mas sera q pegando a mais barata tipo essas kingston que citei, aguenteria OC? porque essas kingston vagabunda nem tem dissipador e o pente em si tem quase metade da altura de outros pentes, o q deve afetar razoavelmente a dissipação. Acho q essas mais barata eu arriscaria só 2666.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@Steeveantonichen Aguenta, dissipador é o de menos. Todos os PCBs tem o mesmo tamanho, e alguns até os mesmíssimos chips de memória, mudando apenas o SPD, a altura varia conforme o dissipador.

 

Até 1.4~1.45v você mal sente falta do dissipador. Dissipador taí hoje, assim como os leds, pra chamariz da galera.

 

Dissispador você pega um kit de 50 pilas e taca nas memórias, era isso que a gente fazia uns 15 anos atrás, quando iria brincar sério de overclock.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

seria uma boa um triplo canal ( 192 bits ) 3 pentes de 4 giga 2.4 daria uma capacidade e uma banda muito boa para este chip 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
 

Não seria "mais jogo" (trocadalho do carilho! rsrsrs) usar uma memória mais barata (clock menor) e reservar o dinheiro para uma GPU? Isso em caso de PC para jogos, ainda que sejam mobas...

 

É exatamente a mesma coisa que eu penso... Faz muito mais sentido. Pelo preço CPU + memórias de 3.200 MHz acho melhor comprar memórias de 2.400 MHz e um processador mais parrudo, por conta do alto preço das memórias atualmente, é claro. Obviamente, como o Rafael deixou claro nas conclusões, os preços de memórias estão loucos. Então vai depender da época, do preço pelo qual você encontrar, etc... Enfim, vai depender de vários fatores, dos objetivos do usuário, etc.

 

 

seria uma boa um triplo canal ( 192 bits ) 3 pentes de 4 giga 2.4 daria uma capacidade e uma banda muito boa para este chip 

 

Apenas processadores voltados à plataforma topo de linha HEDT (High-End DeskTop) suportam configuração de três ou quatro canais. Ex: Core i7 série X e Ryzen Threadripper.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
19 horas atrás, Phoenyx disse:

Threadripper tmb possuem 4 canais.

 

Opa, editei o texto acima, obrigado por me corrigir.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
9 minutos atrás, Scotta disse:

Já foi feito teste desde CPU aqui no CdH?

Sim, o link está na primeira frase do artigo.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
2 minutos atrás, Rafael Coelho disse:

Sim, o link está na primeira frase do artigo.

Desculpe minha noobice! Postei primeiro e pensei depois, já estou até lendo o artigo.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Essa novela de desempenho com frequência de memória... e boa pelo teste! Já tirou uma dúvida.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Em 05/03/2018 às 19:00, Steeveantonichen disse:

Opa, parabéns pelo teste Rafa! Agora só falta o teste do OC! Será que é pedir muito? :P

 

Analisando friamente aqui, tratando dual Channel como um must have, analisemos as frequências usando a loja q explode como referência:

 

O 2x4gb 2400 + barato seria duas Kingston KVR24N17S6/4, total 478 reais. (é a linha + vagabunda da Kingston, nem dissipador tem)

 

O 2x4gb 2666 + barato seria duas CMK8GX4M2A2666C16R por 559 reais. (17% + caro q a 2400)

 

O 2x4gb 3000 + barato seria duas F4-3000C15D-8GVRB por 589 reais. (23% + caro q a 2400)


Pelas minhas contas usando os números do @Rafael Coelho, e considerando o desempenho de 2933 como aproximadamente igual ao de 3000mhz, na média, 3000mhz foi 13% + rápido que 2400mhz, e 3200mhz foi 19% + rápido, tb na média. Seria melhor pegar uma + barata e tentar o OC pra conseguir ganhos que compensem o investimento, tipo pegar uma de 2666 e tentar o OC pra 3200, ou então garimpar bastante pra pegar alguma barganha, como outras vezes q vimos 3000mhz pelo preço de 2400, ou comprar ML ou PY, algo assim. É uma pena, porque lá fora a a situação é bem melhor. Pela newegg, temos:

 

2x4gb 2400 sai por pelo menos 86 dólares. 

Já 2x4gb 3200 sai por 101 dólares, ou apenas 17% + caro. E ter ganhos de 19% em FPS, na média, ou seja, compensa o investimento. Fora o ganho imediato, você vai tar com uma máquina já com memórias de ponta para upgrades futuros, o que é excelente.

 

Opa Steve, tava com essa mesma ideia em mente que você, acabei optando por comprar memorias DDR4 3200mhz da Corsair. Estavam com um preço bacana no momento da compra e também havia pouca variedade na loja que explode.

 

Até relatei o que estava tentando fazer na analise da placa asrock a320-hd.

Uma dica que eu do, se for comprar memória custo/beneficio/velocidade será as 3200mhz porém tem que ser exatamente alguma que tenha suporte para a placa-mãe que você escolher. Se não acontecerá o que eu já esperava que aconteceu comigo, ela só funcionar no clock de 2800mhz estável, porém consegui achar um modo de deixa-la estavel à 2993mhz.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@André_Bez Exatamente, por isso quando eu opino no fórum de recomendações de PCs e peças, eu sempre relembro de conferir se as memórias estão na QVL da placa-mãe escolhida. Pode parecer bobagem pra alguns, mas eu tenho notado por experiência própria e nos PCs dos amigos q eu monto, que a RAM estar na QVL faz diferença, principalmente pra novas plataformas. Claro que com o ajuste certo, da pra se contornar, mas pode ser uma fonte de dores de cabeça / perda de tempo.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
15 horas atrás, Steeveantonichen disse:

@André_Bez Exatamente, por isso quando eu opino no fórum de recomendações de PCs e peças, eu sempre relembro de conferir se as memórias estão na QVL da placa-mãe escolhida. Pode parecer bobagem pra alguns, mas eu tenho notado por experiência própria e nos PCs dos amigos q eu monto, que a RAM estar na QVL faz diferença, principalmente pra novas plataformas. Claro que com o ajuste certo, da pra se contornar, mas pode ser uma fonte de dores de cabeça / perda de tempo.

 

Faz bem e tem que ser exatamente a que mostra no QVL, estou penando agora por causa disso, mas o bom que estou conseguindo aprender mais.

No caso o meu modelo de memória só tinha no QVL da Asrock a versão de 16GB CMK16GX4M2B3200C16 porém a minha é de 8GB CMK8GX4M2B3200C16

E ela não funciona estável a 3200mhz

Se tratando de AMD e memória XMP tem que ser exatamente o mesmo modelo e versão, e mesmo assim a fabricante coloca aviso alertando que pode não funcionar em full OC, é complicado mesmo rs.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@André_Bez Isso. A maioria das fabricantes coloca na tabela a velocidade que eles garantem que funciona. Já vi memórias 3200 que estavam na QVL, mas a tabela dizia 2666mhz porque foi o que o fabricante conseguiu garantir.

 

Algo interessante sobre QVL é que quando a memória não está lá, normalmente pensamos: "bem, o fabricante não testou ainda" mas ela não estar lá também pode significar "o fabricante não conseguiu fazer ela funcionar a contento e por isso não colocou na lista" e nós só saberemos qual opção era quando estivermos com a mão na massa, hehehehehe.

 

Meu mais recente upgrade q está aqui no meu perfil foi a primeira vez em décadas de experiência que decidi fixar a compra da memória por um modelo exato que estava na QVL, mesmo que tivesse q pagar mais por isso (e paguei mesmo, coisa de 50 a 60 reais a mais, pois os modelos mais baratos não estavam na QVL). E confesso que foi a primeira vez que nunca tive sequer a mínima dor de cabeça com as memórias, funcionou de primeira, OC e XMP, tudo perfeito de primeira. Zero dor de cabeça.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@Steeveantonichen É eu estava na mesma, décadas só ficando com desktop simples, nada elaborado. Ai decide gastar um pouco mais e aceitar esse risco. Por um lado tem a dor de cabeça que esta me dando, por outro tem o prazer também de poder resolver problemas. Por exemplo, até então as que eu comprei só funcionam em 2800mhz, consegui setar sequencia de latência para 2933mhz e ontem consegui fazer com que funcione em 3033mhz totalmente estável! Porém apenas single rank... Pra quem gosta de penar é uma experiência bacana rs

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@André_Bez Como single rank? Você quis dizer single channel?

Pra Ryzen, de 3200MHz em diante, tem que possuir chips Samsung, indiferente do QVL, porque as empresas não testam todas as memórias do mercado.

 

Tu tinha que ter pesquisado mais, ou comprado memórias 2400/2666MHz e feito overclock.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@Phoenyx É falei errado, com um canal eu consegui.

Acabei optando pelo risco mesmo sabendo que poderia não funcionar, queria um setup barato, porém com um clock bacana. E mesmo assim no final das contas não havia nenhuma memória disponível para venda e que as placas AM4 suportassem. As que eu achei eram mais caras do que eu queria gastar. E como havia modelos parecidos que estavam na lista de memória suportada eu arrisquei.

 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@André_Bez Tu falou que pegu uma A320, correto? Economizava nas memos e pegava uma B350, uma hora tu vai querer fazer overclock no CPU aí e vai chupar o dedo. Tem B350 custando ~70 mangos a mais somente.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Pensei nisso também @Phoenyx fiquei pensando bastante mesmo. Montava diversos setups pelo pcpartpicker. Ai acabei criando uma ordem de exclusão pra mim, pois embora eu pudesse gastar a mais, não queria gastar com isso.

A minha ordem foi para meu uso atual, minha rotina não exige nada de processador. Logo coloquei isso em ultimo na prioridade. E ainda coloquei como segunda opção a possibilidade para mudar a plataforma para LGA1151 se caso quisesse testar e sem gastar muito, teria apenas que trocar a placa-mãe e processador. O giro costuma ser mais rápido.

 

Meu foco era em uma memória rápida e uma placa-mãe com m2 x4 + Sata3

E a que se encaixou foi a da Asrock a320m-dgs

 

As memos estou conseguindo usar estavelmente a 2933mhz, visto que só deveriam rodar a 2667mhz, já é um avanço. Ai o bom é que fico mais antenado nos updates, pois fazia anos que não acompanhava nada sobre hardware.

 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×