Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

Teste da placa de vídeo Gigabyte GeForce RTX 2070 GAMING OC 8G

       
 16.497 Visualizações    Testes  
 8 comentários

Testamos a placa de vídeo GeForce RTX 2070 GAMING OC 8G da Gigabyte, que utiliza a nova arquitetura Turing da NVIDIA. Vamos ver como é o seu desempenho. Confira!

Teste da placa de vídeo Gigabyte GeForce RTX 2070 GAMING OC 8G
Rafael Coelho Editor-chefe do Clube do Hardware

Introdução

Dentre as três placas de vídeo da família GeForce RTX 2000 da NVIDIA divulgadas inicialmente, a GeForce RTX 2070 é a mais simples e barata, pertencendo ao segmento "intermediário superior", ou seja, para o usuário que quer um desempenho acima das placas intermediárias e básicas, mas não está disposto a pagar por um modelo topo de linha. Testamos hoje a GeForce RTX 2070 GAMING OC 8G da Gigabyte, um modelo com solução de refrigeração com três ventoinhas e um pequeno overclock de fábrica.

Para saber mais sobre a arquitetura destas placas de vídeo, e os detalhes técnicos sobre os chips lançados e os novos recursos trazidos, confira nosso artigo "Por dentro da arquitetura Turing da NVIDIA". Já testamos outras duas placas dessa nova geração: a GeForce RTX 2080 (você pode ler o teste clicando aqui) e a GeForce RTX 2080 Ti (leia o teste aqui).

A GeForce RTX 2070 é baseada no chip TU106 totalmente habilitado, com 36 SMs, 2.304 núcleos CUDA, acesso à memória em 256 bits, 36 núcleos RT e 288 núcleos Tensor. Ela traz 8 GiB de memória GDDR6 rodando a 14 GHz, com uma largura de banda de 448 GiB/s (a mesma especificação da GeForce RTX 2080).

Os clocks do modelo de referência (Founders Edition) são de 1.410 GHz (base) e 1.710 GHz (boost), e os clocks padrão para modelos "normais" é de 1.410 GHz e 1.620 GHz. O modelo testado (nome-código GV-N2070GAMING OC-8GC) tem clock boost de 1.725 GHz (no modo Gaming) ou 1.740 GHz (no modo OC), o que significa um overclock de 1,75% em relação ao modelo Founders Edition.

O chip TU106 é fabricado em processo de 12 nm, e seu TDP é de 185 W, com fonte de alimentação recomendada de 550 W.

A Figura 1 mostra a caixa da GeForce RTX 2070 GAMING OC 8G.

GigabyteRTX2070-01.jpg

Figura 1: a caixa da GeForce RTX 2070 GAMING OC 8G

Você confere a GeForce RTX 2070 GAMING OC 8G na Figura 2. Interessante notar que a ventoinha do meio gira em sentido inverso às outras duas; isso tem por objetivo reduzir a turbulência, o que reduz o nível de ruído e melhora a refrigeração.

GigabyteRTX2070-02.jpg

Figura 2: a GeForce RTX 2070 GAMING OC 8G

Embora, em termos de posicionamento de mercado, a GeForce RTX 2070 venha para substituir a GeForce GTX 1070, em termos de preço ela é mais próxima da GeForce GTX 1080. Sua concorrente mais próxima é a Radeon Vega 64. Infelizmente, não temos a placa da AMD disponível, portanto comparamos o modelo testado com a GeForce RTX 2080 Founders Edition (para termos ideia da diferença de desempenho entre os dois modelos da mesma geração) e com a GeForce GTX 1080 Founders Edition.

Na tabela abaixo, comparamos as principais especificações das placas de vídeo incluídas neste teste. Os preços foram pesquisados na Newegg.com no dia da publicação do teste.

Placa de vídeo Clock dos núcleos Clock turbo Clock da memória (efetivo) Interface de memória Taxa de transferência da memória Memória Núcleos de processamento TDP DirectX Preço
Gigabyte GeForce RTX 2070 GAMING OC 8G 1.410 MHz 1.725 MHz 14,0 GHz 256 bits 448 GiB/s 8 GiB GDDR6 2.304 185 W 12.1 US$ 500
GeForce RTX 2080 FE 1.515 MHz 1.800 MHz 14,0 GHz 256 bits 448 GiB/s 8 GiB GDDR6 2.944 225 W 12.1 US$ 700
GeForce GTX 1080 FE 1.607 MHz 1.733 MHz 10,0 GHz 256 bits 320 GiB/s 8 GiB GDDR5 2.560 180 W 12.1 US$ 440*

* Este modelo está em falta, então divulgamos o último preço praticado.

Você pode comparar as especificações destas placas de vídeo com outras através dos nossos tutoriais “Tabela comparativa dos chips Radeon da AMD (desktop)” e “Tabela comparativa dos chips GeForce da NVIDIA (desktop)”.

Agora vamos dar uma olhada mais de perto na placa de vídeo testada.

Compartilhar

  • Curtir 7


  Denunciar Artigo

Artigos similares


Comentários de usuários


@Rafael Coelho Bom dia

 

Você poderia colocar modelos de processadores que vão dar conta do recado dessa placa de vídeo.

Porque o usuário pode estar querendo montar uma máquina e pode ficar em dúvida se vai dar gargalo com determinado processador.

Nem todos possuem dinheiro para bancar um Core i9-9900K.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Segue-se a "regra" de os modelos de geração posterior terem melhor desempenho que os modelos superiores da geração anterior. Belo trabalho nesta 2070. A esperar o desempenho da 2060 para poder bater o martelo de melhor C/B nesta geração da NVidia. No mais, esperamos a AMD reagir com suas Vegas (ou seja lá qual nome darão pra nova geração), pelo bem do mercado, da competição e dos nossos bolsos. 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
18 minutos atrás, Edvaldo J. Frederico disse:

@Rafael Coelho Bom dia

 

Você poderia colocar modelos de processadores que vão dar conta do recado dessa placa de vídeo.

Porque o usuário pode estar querendo montar uma máquina e pode ficar em dúvida se vai dar gargalo com determinado processador.

Nem todos possuem dinheiro para bancar um Core i9-9900K.

Verificar gargalo de processador faz sentido em testes de processadores, por isso quando fazemos testes de processadores sempre utilizamos uma placa de vídeo topo de linha (exceto em caso de processadores muito de entrada).

Em um teste de placa de vídeo, isso não faz sentido, queremos ver o potencial verdadeiro da placa, por isso é necessário usar o processador mais potente possível.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

ótima analise, tinha curiosidade em ver a pcb em si, e como a minha esta na garantia só por aqui mesmo, estou usando a quase 2 meses uma dessas e posso afirmar tudo que foi dito nesse artigo, parabéns pelo conteúdo... 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Parabéns pelo artigo Rafael, eu tenho a versão White dessa placa, e realmente é  uma placa incrível em se pensar em seu preço e o quanto entrega!  

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Triste realidade a nossa... Para se comprar uma placa de vídeo "intermediária superior" temos de gastar o equivalente ao preço de um PC "intermediário superior" sem a placa de vídeo. Dá para comprar um Xbox One X e sobra uma grana ainda!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Na minha opinião ficou faltando comparativos da tecnologia Ray tracing no Battlefield 5 e acrescentar a GTX 1080 Ti nos testes.....

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
1 minuto atrás, Campstoledo disse:

Na minha opinião ficou faltando comparativos da tecnologia Ray tracing no Battlefield 5 e acrescentar a GTX 1080 Ti nos testes.....

Nós tentamos, mas o Battlefield V deu alguns bugs durante os testes e tivemos excluí-lo. É melhor esperar até que o jogo e os drivers estejam um pouco mais maduros.

Quanto à 1080 Ti, aguarde o próximo teste (semana que vem) que ela será incluída.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×