Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Gabriel Torres

Certificação CDH - fase 1 - estudo de viabilidade

Recommended Posts

Pessoal,

 

Estou fazendo um estudo de viabilidade para saber se vale a pena ir adiante com a ideia de certificações Clube do Hardware.

 

A ideia básica é poder prover uma prova, que dá direito a um certificado, àqueles que são autodidatas, leram meus livros e/ou fizeram um curso menos conhecido e querem ter um certificado emitido por alguma entidade de maior nome no mercado, no caso, nós.

 

Inicialmente a ideia seria termos uma certificação de hardware com dois níveis, nível I com conteúdo abordado em meu livro "Montagem de Micros", destinados àqueles que querem comprovar que sabem montar computadores e têm conhecimentos básicos de hardware, e nível II, com conteúdo abordado em meu livro "Hardware", com conhecimento mais aprofundado.

 

Os pormenores de como funcionaria na prática (nota mínima, número de questões, vantagens de se tornar certificado, aceitação no mercado etc) é algo que vamos discutir aqui depois de estudarmos a viabilidade. O primeiro passo é vermos se o projeto é viável. Pois só compensa discutirmos pormenores se verificarmos que o projeto é viável, é claro. Por isso peço que não discutam ainda assuntos diferentes do que pergunto abaixo, para não colocarmos "a carroça na frente dos burros".

 

Se você puder colaborar com essa nossa pesquisa, responda abaixo:

 

1. Você pagaria para ter uma certificação do Clube do Hardware? Em caso negativo, o motivo e se, mesmo você não tendo interesse em fazer a prova de certificação, se você acha que a ideia é válida de qualquer forma para outros profissionais.

 

2. O valor que você pagaria por uma prova de certificação do Clube do Hardware. Um valor que você acha "justo". (Nota: pensamos em ter pacotes, tais como certificação + livros, mas isso é uma discussão comercial para o futuro.)

 

3. Comentários adicionais específicos sobre a viabilidade e custo.

 

Após coletarmos estas informações, e caso julgarmos que o projeto é viável, abriremos outro tópico para discutirmos os pormenores. A minha ideia é tornar o processo de criação deste projeto o mais interativo possível, para atendermos as necessidades de nosso público-alvo: vocês.

 

OBS: eu postarei aqui neste tópico sobre a nossa decisão e mesmo que eu não responda post por post, eu lerei todos e levarei todas as respostas em consideração.

 

Abraços,

Gabriel Torres

  • Curtir 3

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Gabriel Torres, antes, algo me ocorreu aqui em relação a isso, caso a ideia seja viável.

 

Não precisaríamos do tipo de mais uma empresa ou órgão regulamentador para garantir a qualidade e a veracidade desse Certificado? Tipo, que os testes aplicados para essa Certificação de Hardware que disponibilizamos realmente é capaz de comprovar o conhecimento de um  usuário que está se prestando a fazer essa Certificação?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Não precisaríamos do tipo de mais uma empresa ou órgão regulamentador para garantir a qualidade e a veracidade desse Certificado? Tipo, que os testes aplicados para essa Certificação de Hardware que disponibilizamos realmente é capaz de comprovar o conhecimento de um  usuário que está se prestando a fazer essa Certificação?

 

Não. Pois não existe órgão que regulamente as certificações da Microsoft, da Cisco, etc. A nossa prova comprovaria o conhecimento tanto quando uma prova da Microsoft ou da Cisco.

 

Trata-se de uma certificação privada tal como essas outras citadas, e não existe qualquer tipo de regulamentação. O que vale é a aceitação e a credibilidade dela no mercado, e a vontade dos técnicos em obtê-la.

 

Em tempo: o caso da Microsoft é ainda mais emblemático, pois eles têm certificações que levam o título "engineer" (engenheiro) e no Brasil você não pode chamar uma pessoa de engenheiro caso ele não tenha feito faculdade de engenharia... Mas mesmo assim a certificação existe e é amplamente aceita e reconhecida no mercado...

 

OBS: a veracidade da certificação será possível consultar em nosso próprio site, se levarmos adiante o projeto, é um dos pontos que teremos, uma ferramenta para pesquisar para ver se uma pessoa é realmente portadora da certificação, bem como um local para a divulgação dos técnicos certificados. Mas isso é papo para uma segunda etapa.

 

Abraços!

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Exatamente, seria interessante ter uma reguladora, até para evitar algo "equivalente" ao ocorrido nos sorteios, ou quebrarmos a cara com coisas "ah, certificação que nada vale"

 

E se tiver uma certificadora, eu to dentro... serei um dos primeiros a fazer!!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

- responderei por mim; faria sim o curso, contanto que tenha um peso no CV, para isso o certificado teria que ter reconhecimento em órgãos;

- e que tal o certificado ter peso internacional?;

- seria bem melhor visto se nos pacotes acompanhassem os livros para estudo + voucher para a prova;

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@ilkyest porque a nossa certificação, feita de forma privada, não valeria nada? O uso de uma empresa certificadora como a Prometric encareceriam demasiadamente o custo da prova, colocando o preço que teríamos de cobrar lá em cima, que não é o que queremos. Quanto à sua procupação sobre "quebrarmos a cara", não se preocupe. Se verificarmos que é viável, contratarei uma boa consultoria jurídica para amarrarmos bem o projeto para minimizar qualquer problema.

 

Aliás, se puderem colocar aqui ideia de valores que vocês pagariam eu agradeço.

 

@Rodrigo.Monteiro não teríamos curso. A certificação seria para pessoas autodidatas que querem um certificado emitido por nós. "Certificado ter reconhecimento em órgãos". Isto não existe. Em quais "órgãos" os certificados da Cisco, Microsoft, CompTIA, etc são reconhecidos? Ter "peso internacional" ou ter qualquer tipo de peso, depende da força da marca por trás da certificação. As certificações Cisco, Microsoft, CompTIA, etc tem "peso internacional" porque essas empresas são multinacionais. Não é o nosso caso.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Concordo plenamente com esse certificado e vou dizer algo pessoal.

 

Bom, eu tenho certo conhecimento superficial geral, seja, software ou hardware mas nenhum certificado, trabalhei por 1 ano e meio em uma loja de informática no site da mesma, mas hoje desempregado e sem nenhum curso (pois trabalhei lá pelo conhecimento que tinha apenas) estou em uma situação em que não posso comprovar nada e certos cursos por ai da até nojo. Uma certificação como essa seria bem vinda a mim se ela tiver reconhecimento nacional (não sei como isso funciona) eu faria com certeza e obteria os livros.

 

Hoje, estou dedicando tudo a mim, procurando cursos específicos que me interesse para tentar seguir uma área, por hora "trabalho" para mim mesmo (aprendendo animação/criação de jogos pequenos) então um certificado "geral" de montagem e hardware seria perfeito.

 

Reforçando, eu pagaria por isso, quanto não sei, acho que esse tipo de coisa não tem valor quando é para mostrar o quanto és profissional, só não comprei os livros até hoje por não me dar "nada" além do que a internet dá, não estou desmerecendo o livro, mas querendo ou não a internet "apaga" livros e revistas... mas tendo livros+certificado certamente eu pegaria por isso e ajudaria quem não tem nada e quer um curso/certificado para comprovação do mesmo.

  • Curtir 3

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@SóGamer a certificação seria exatamente para profissionais como você. Pessoas autodidatas, que são bons, mas não têm um certificado. Como expliquei acima, o "reconhecimento" do certificado depende da força da nossa marca, e com certeza se a gente levar o projeto adiante, gastaremos bastante em divulgação da certificação, para justamente que as empresas tomem ciência da existência e empregadores aceitem nossa certificação como "selo de qualidade" do profissional certificado. Como também coloquei acima, para evitar falsificações haveria uma parte de pesquisa no site para pesquisarem se uma pessoa é realmente certificada ou não.

 

Note que eu mencionei os meus livros, mas a certificação não seria atrelada aos livros. Se você tiver conhecimento compatível, tendo aprendido lendo nossos artigos ou através de outros livros, não tem problema. No site teria obviamente um simulado para cada certificação e a pessoa poderia ali analisar seu nível de conhecimento e ver se ela passaria ou não, e se precisa estudar mais ou não. É algo que discutiremos em uma segunda etapa.

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Gabriel Torres

 

Bom, então por hora só tenho mesmo a agradecer a essa ideia. *Não li os livros mas compraria pelo prazer de tê-los, mesmo que não fossem necessários. Muito do aprendizado veio daqui, desde os próprios membros e artigos, como minha curiosidade em saber das coisas. Então só tenho a agradecer mesmo. Se der certo o que planeja estarei na fila. Obrigado. Boa sorte com projeto. ;)

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bom dia, @Gabriel Torres

Teve essa ideia hoje de madrugada, né?

 

Vou terminar de ler o texto ali em cima rsrs. 

Mas a princípio é uma ótima ideia.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu pagaria para obter um certificado assim, acho a ideia muito viável, elenco os motivos abaixo:

 

Não se encontra nada semelhante no mercado brasileiro (ao menos não tenho conhecimento),

 

Acredito que o Clube do Hardware é digno de total credibilidade para oferecer esse tipo de certificação, está a muito tempo online e acredito ser um dos pioneiros brasileiros no assunto, se não for o primeiro. Corrijam-me se eu estiver errado.

 

A dúvida fica ao nível de conhecimento dessa prova. 

 

Na minha opinião, já que se trata de uma certificação, o nível de conhecimento tem que ser alto. Certificações "de peso" são em geral muito difíceis (e caras)! Isso ajudaria a construir a aceitação do certificado no mercado brasileiro.

 

Acho que um valor justo seria entre R$100 e R$200;

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Concordo com o @duffyduck

Adoraria ter um certificado do CdH de hardware.

 

Possuo um certificado Microsoft 70-680.

O que encabula/desanima é a quantidade de questões repetidas que são lançadas em provas da mesma certificação. Estudei com provas anteriores.

Precisaríamos ter um um banco bem grande de questões, abordando coisas que só quem acompanha o fórum, o livro ou entende bem saberia responder, como por exemplo, identificar uma fonte de qualidade ou se segura uma configuração com uma placa de vídeo que necessita de x amperes. Mas entendo que esse parágrafo não entra em questão aqui.

 

Quanto aos valores, não vejo nenhum problema em ser cobrado 100-200 reais.

Porém é um valor para se atingir conforme a certificação vá ganhando credibilidade, podendo até ser maior.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Math.Pi esta é uma ideia na realidade bem antiga, de 2003. Na época, porém, os custos de se criar o sistema e criar a estrutura eram muito altos e não levei a ideia adiante, pois não era todo mundo que tinha banda larga, e eu tinha pensado em provas presenciais. Hoje é possível fazer este projeto por um custo muito mais acessível, com provas online feitas remotamente. Isso diminui o custo por não precisarmos manter uma estrutura física grandiosa. Quanto à sua brincadeira, lembre-se que moro na Austrália e o fuso horário aqui é o oposto do Brasil. Abraços!

 

@duffyduck existem outras certificações. Cito a A+ da CompTIA. Ela não é muito conhecida do grande público (é mais conhecida no ambiente corporativo) e testa apenas noções básicas de hardware. A nossa prova mais simples seria mais forte do que esta prova. Sendo que esta prova, até onde fui informado (posso estar errado) custa US$ 400. A nossa não custaria nem perto disso. A ideia de um certificado mais acessível é justamente para atendermos profissionais que não têm condições de bancar uma certificação que custa mais de R$ 1.000. Obrigado por sua opinião em relação à faixa de preço.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sim., apesar de estar afastado dessa área em termos de atividade profissional, apoiaria 100% esse projeto. O mesmo beneficiaria o que busca um(a) upgrade/valorização profissional, iria valorizar a marca Clube do Hardware e ajudaria o @Gabriel Torres a comprar a Lamborghini Veneno :D:bye:

Falar especificamente de valores é complicado, pois depende da análise do mercado., mas quem sabe uma parceria com instituições como Senac, Senai ou mesmo faculdades...

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Math.Pi Obrigado por suas opiniões, elas foram excelentes. A ideia é essa mesmo. Pelo menos no início, pensamos em um valor nesta faixa de preço, então o que vocês postaram até agora bate exatamente com o que temos pensado e discutido internamente. Quanto ao que você diz sobre a prova em si, é algo que discutiremos na segunda etapa do projeto que, como disse, terá a participação de vocês.

 

@ obrigado por sua opinião. Parcerias como as que você menciona são algo para discutirmos em uma segunda etapa, mas posso adiantar que pelo menos no começo, a ideia é atender aos profissionais que não estão sendo atendidos por instituições como as que você cita. Inclusive para vocês "testarem" o processo todo e a gente fazer todos os ajustes finos antes de alçarmos voos maiores.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bom eu pagaria por um certificado desse tipo acho bem válida a ideia e pagaria em torno de 150 reais para tal de inicio que assim que fosse ganhando espaço no mercado pode e deve ser ajustado e aprimorado, já quanto a prova você teria que bolar uma forma de bloquear consultas para dar mais credibilidade a tal isso já seria assunto para vocês pensarem.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Gabriel Torres

 

Completando...

 

Não citei valor... sou um tipo de pessoa que valorizo bastante certas coisas e não me importo nem um pouco em pagar por aquilo que eu sei que vai valer a pena. (isso se encaixa em diversos itens, seja profissional, lazer - produto ou serviço)

 

Uma das coisas que me incomoda é curso por ai que custam R$:500+ pra aprender um monte de "nada" e com professores que sabem menos que você ou não sabem passar como deveriam e pelo conhecimento que você tem, até ensinaria melhor, não por saber mais, mas por saber como passar tal conteúdo de forma entendível para qualquer leigo, tive essa experiência em palestras na empresa que trabalhei, muitas pessoas ficavam voando e em outro momento eu ia lá e explicava o que o cara tinha falado.

 

Esse é um dos motivos por eu não ter achado um curso ainda, e eu penso, "puts e aquelas pessoas saem de lá sabendo aquilo daquela maneira?", quando poderia tanto aprender a mesma coisa de maneira melhor como poder passar adiante. Esse é meu problema com cursos por ai. (Mas é o jeito já que vai lhe dar o certificado, pagou 500+ pra ter o papel, pois o conhecimento já tem)

 

Tive esse exemplo desde quando cursava o ensino médio e precisei ensinar matemática a algumas pessoas e eu não conseguia, mesmo sabendo resolver. O motivo foi que: Você não diz que aquele número se multiplica pelo outro, se diz do por que aquele número se multiplica pelo outro e desde então eu passo a ver as coisas de forma diferente para tentar passar melhor.

 

Ao final desse post agora, lembrei da própria frase que existe abaixo do nome no site CdH que diz "Descomplicando a Tecnologia" é isso que gosto, descomplicar os assuntos.

 

O valor tem que ser de acordo benéfico a ambos os lados. Eu adoraria ser certificado sem passar por esses negócios chamado de "curso". Bom, nada é de graça e gastariam pra proporcionar isso a nós, sendo assim, eu entenderia que é necessário para mim quanto para o custo que teriam. "valorizo bastante certas coisas e não me importo nem um pouco em pagar por aquilo que eu sei que vai valer a pena" por isso eu pagaria, mas não cito valor por não ter ideia de mercado desse tipo de coisa, mas... R$200 eu achei barato, não que precise aumentar, é claro que se isso já fosse suficiente para empresa, perfeito seria, caso contrário eu ainda pagaria mais. ^_^

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

To contigo @Math.Pi

 

Conforme o nível da prova e aceitação da credibilidade, o valor pode/deve subir mesmo.

 

@Gabriel Torres, eu nem tinha conhecimento dessa prova da CompTIA, não dá pra se basear por mim mas, acredito que para muitos outros  fora do mundo corporativo, essa certificação também é desconhecida. A certificação do CdH viria para preencher essa lacuna, a área de hardware carece desse tipo de certificação. 

 

Hoje tu pesquisa "hardware" no Google, e o Clube do Hardware está na primeira página de resultados. Isso por si só demonstra o peso que o nome tem na comunidade.

 

@HerosH, @ colas são "evitadas/diminuídas" com limite de tempo  ;)

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Achei ótima a ideia, eu possuo todos os livros atualmente disponíveis para compra do G.T. e uma fonte imensa de conhecimento, creio que seria uma forma de consolidar esse conhecimento obtido, comprovando que quem tem a certificação está sempre buscando conhecimento, coisa que e praticamente obrigatório pra quem trabalha com T.I.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

eu havia escrito a net caiu rsrsrs de forma reduzida ai vai..

 

acho uma ótima ideia!

 

to um pouco por fora de valores, mas acredito q se caso for dvd apostila e dvd acho q seria algo em torno da casa de uns 200$

mas se for só o certificado seria bom algo na casa de uns 100$, agora se vocês conseguirem reduzir esse valor seria bom e mais pessoas poderiam interessar e assim alavancar a ideia.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

com certeza pagaria para ter o certificado. pela qualidade que representam as publicações do CDH acho que vai ser importante, principalmente para quem já tem o conhecimento e não tem como comprovar o que tem

 

creio que o preço de 100 a 200 reais seja razoável

 

interessante seria verificar certificações que precisem serem renovadas, ou seja, refazê-las e/ou atualizá-las quando nescessárias

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Gabriel, acho uma excelente ideia, mas penso que tem que ser algo barato, pois a maioria das certificações disponíveis possuem preços proibitivos, principalmente para profissionais que ainda querem se colocar no mercado.

 

Penso também, que deve oferecer diferentes níveis de certificação, como faz a microsoft.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

1 - Com certeza;

 

2 - Entre R$ 100,00 e R$ 200,00 acho que seria um valor justo caso o que eu descrevo no item 3 (logo abaixo) for aplicado;

 

3 - Acredito que as questões devam ser de um nível desafiador (não exageradamente, é claro, mas difíceis), pois assim evitaria que muitas pessoas tivessem certificações do CdH, inviabilizando até mesmo a eficácia do que essa certificação de fato certificaria. Se as questões tivessem um nível elevado de dificuldade, por assim dizer, acredito que o preço da certificação não necessariamente precisaria passar do valor que mencionei acima.

 

Mas é como você falou, @Gabriel Torres, essa ideia toda ainda precisa ser amadurecida, até mesmo a respeito do valor em si, pois nós frequentadores do CdH não sabemos a quantia que seria lucrativa para o CdH ou não.

 

Abraços!

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

1 - Sim, pagaria. Com certeza!!!

 

2 - Entre R$ 100,00 e R$ 200,00 seria um bom preço

 

3 - Na minha opinião, as questões devem ser de alto nível, afinal de contas, é uma certificação e não pode ser tão fácil de adquirir. 

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Visitante
Este tópico está impedido de receber novos posts.





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×