Ir ao conteúdo
  • Comunicados

    • Gabriel Torres

      Seja um moderador do Clube do Hardware!   12-02-2016

      Prezados membros do Clube do Hardware, Está aberto o processo de seleção de novos moderadores para diversos setores ou áreas do Clube do Hardware. Os requisitos são:   Pelo menos 500 posts e um ano de cadastro; Boa frequência de participação; Ser respeitoso, cordial e educado com os demais membros; Ter bom nível de português; Ter razoável conhecimento da área em que pretende atuar; Saber trabalhar em equipe (com os moderadores, coordenadores e administradores).   Os interessados deverão enviar uma mensagem privada para o usuário @Equipe Clube do Hardware com o título "Candidato a moderador". A mensagem deverá conter respostas às perguntas abaixo:   Qual o seu nome completo? Qual sua data de nascimento? Qual sua formação/profissão? Já atuou como moderador em algo outro fórum, se sim, qual? De forma sucinta, explique o porquê de querer ser moderador do fórum e conte-nos um pouco sobre você.   OBS: Não se trata de função remunerada. Todos que fazem parte do staff são voluntários.
Rodrigo Rech

RESOLVIDO Qual a diferença de um Flip Flop para um Latch?

Recommended Posts

Eu acreditava que sempre que o dado se tornasse verdadeiro apenas no momento de oscilação do CLOCK seria um FLIP FLOP.

E quando o dado se tornasse verdadeiro sempre que o CLOCK estivesse em 1 seria um LATCH.

(estou ignorando o fato de que pode ter uma porta NOT antes do clock e esse tipo de coisa) porém fui assistir o video abaixo e ele fala de um flip flop JK que na minha concepção era um LATCH JK.

Sendo assim qual a diferença de um latch para um flip flop?

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Rodrigo Rech ,

 

Um Flip-Flop é um circuito cuja saída muda de estado a cada

mudança de estado em um determinado pino.

 

Essa mudança de estado é sempre sequencial, de 0 para 1 para 0 e por aí em diante.

 

Um circuito Latch congela a saída, ela não muda mais, a menos que um determinado pino sofra uma mudança de estado.

 

No uso normal, um circuito Latch coloca em sua saida o estado de sua entrada no instante que o pino de Latch muda de estado.

 

Pesquise o 74HC373 e o 74HC374 , excelentes exemplos de Latch de 8 bits.

 

Paulo

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@aphawk Estou tentando entender, então é correto dizer que a saída de um FLIP FLOP terá seu valor alterado somente no momento que o valor do CLOCK se altera?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Rodrigo Rech ,

 

Mais ou menos .... existem Flip-Flops que não trabalham com Clock, por exemplo o tipo R/S  ( Set/Reset ).

 

Mas naqueles que possuem a entrada de Clock, sim, mas depende também do valor que existe na entrada deles, senão a saída pode não se modificar !

 

Sugiro que veja as tabelas-verdade de vários tipos de flip-flop para entender melhor o funcionamento de cada um deles.

 

E ainda quanto a entrada de clock, ainda pode ser na transição de subida ou na transição de descida do pulso de clock.

 

Paulo

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@aphawk Tenho conhecimento disso que você disse, estudei as tabelas verdades. Porém no material que estudei ele lidava com um LATCH RS. Postei a imagem abaixo. Esse LATCH RS, não é a mesma coisa que um flip flop que não trabalha com clock? Isso que tem me deixado confusoimage.png.1d6c030a94af877313cc64680faa0138.png

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Latch, buffer, todo esse blá blá blá é para indicar que um estado, pacote de dados ou saída ficará disponível em algum lugar, acessível por pino de saída ou interno ao integrado, tanto faz. Se vai ter clock ou não é detalhe construtivo de cada aplicação. Entenda esses termos como adjetivos de uma situação e não como substantivos de uma definição.

exemplo com saída externa: qualquer flip flop

exemplo com saídas internas: modo de operação de uma porta IO (input output) de barramento de CPU.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sendo assim, vou aceitar que isso pode ser um latch ou um flip flop e a minha dúvida é irrelevante

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Rodrigo Rech ,

 

Não concordo.

 

Latch tem uma finalidade única, que é "capturar" em um determinado instante o estado de sua entrada, e manter ele na sua saída, independente de qualquer variação que aconteça na entrada depois do momento da captura. Quem comanda a captura é um pino responsável por isso, e não é nenhuma de suas entradas !!!!!

 

Repare que o seu flip-flop tipo RS é problemático, pois existem situações proibidas nas entradas, e dependendo da variação das entradas, a saída pode mudar. Aonde está o tal de LATCH, que garante que a saída não mude independente do valor das entradas ???????

 

Sua dúvida não é irrelevante, embora tenho certeza que ela some na prática assim que você montar algum circuito prático que use ou um Latch ou um Flip-Flop.

 

Paulo

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Como eu sou mais prático do que teórico, eu nunca fui pesquisar sobre o porque desses termos, apenas procurei entender pra que serve e como funcionam.

Mas entendo o seguinte:

 

Flip-flop é um circuito lógico que armazena dados binários de diversas formas, existem 4 tipos principais: RS, JK, T e D.

 

O Latch é um tipo de flip-flop, mais precisamente o D. Este ao colocar um dado na entrada e acionar o CLOCK vai deixar o mesmo dado presente na saída independente se a entrada já mudou ou não. O dado ficará lá até o pino de CLOCK ser desativado.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
10 horas atrás, Mestre88 disse:

O dado ficará lá até o pino de CLOCK ser desativado

Pra complicar + 1 pouco isto seria algo como um latch transparente... + 1 bixo pra fauna.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pela minha compreensão, o latch é um circuito combinacional com realimentação, sendo que essa característica faz com que ele consiga nas suas saídas futuras valores derivados de saídas anteriores (propriedade de memória). A atuação dele é instantânea, pois idealmente o tempo para que as saídas respondam às entradas é desprezível GbhmuXl.gif.

 

 

 

Agora, um latch pode ou não ter uma entrada de habilitação ENABLE. Quando ela existe, porém, não passa de uma entrada a mais na tabela-verdade do circuito lógico, assim influenciando suas saídas. 

 

 

 

O flip-flop é construído baseado no latch, porém com um circuito de detecção de bordas no ENABLE. Isso faz com que ele responda, modificando suas saídas, a bordas de subidas ou de descidas de um sinal de clock (relógio digital básico) aplicado na entrada ENABLE F5Rua4D.gif.

 

 

 

Pela minha experiência, a diferença é que é impossível fazer circuitos digitais que exijam ambas memória e temporização apenas com o latch. O flip-flop, porém, fornece não só memória mas também temporização: uma calculadora com operações de multiplicação e divisão em que é preciso haver uma diferença de tempo significativa entre os registradores precisa de flip-flops, não de latches.

 

 

 

Espero ter ajudado GbhmuXl.gif.

Editado por rjjj

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Já um latch é usado em circuitos do tipo conversor A/D. 

Em um voltímetro digital por exemplo, ele mantém um dado fixo no display enquanto os contadores internos fazem a leitura da tensão de entrada. 

Quando a leitura termina, o latch recebe um pulso e atualiza a leitura com um novo valor.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
6 horas atrás, rjjj disse:

O flip-flop é construído baseado no latch, porém com um circuito de detecção de bordas no ENABLE. Isso faz com que ele responda, modificando suas saídas, a bordas de subidas ou de descidas de um sinal de clock (relógio digital básico) aplicado na entrada ENABLE F5Rua4D.gif.

 

 

Sim, de maneira geral, mas isso não se aplica ao circuito do flip-flop Set/Reset ( RS ), ele não tem ENABLE, além de ter duas entradas e para piorar situações que nunca deveriam ocorrer nessas entradas....

 

Paulo

 

  • Confuso 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@aphawk

 

 

Nos latches há a entrada ENABLE, nos flip-flops há a entrada CLK. São praticamente a mesma coisa, mas no primeiro caso aplicam-se níveis lógicos e no segundo bordas de transição de clock. Nos AVRs, com os quais você trabalha, é um caso similar ao das interrupções do tipo PCINT e INT F5Rua4D.gif.

 

 

 

Há muita confusão na literatura sobre esses termos. Alguns chamam o flip-flop de clocked latch, por exemplo, mas costumo considerar o que eu disse. Na prática, a questão é que o flip-flop é capaz, por exemplo, de mover os bits em um registrador série de deslocamento (shift register) conforme um único sinal de referência. Os latches teriam dificuldade em fazer isso, necessitando de vários pulsos temporizados para mover os bits sequencialmente.

 

 

 

Espero ter ajudado GbhmuXl.gif.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×