Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

Teste do processador Pentium Gold G5500

       
 34.830 Visualizações    Testes  
 14 comentários

Testamos o Pentium Gold G5500, processador de baixo custo da Intel baseado na microarquitetura Coffee Lake, com dois núcleos, quatro threads e clock de 3,8 GHz. Confira!

Teste do processador Pentium Gold G5500
Rafael Coelho Editor-chefe do Clube do Hardware

Introdução

O processador Pentium Gold G5500 tem dois núcleos, quatro threads e clock de 3,8 GHz, e faz parte da oitava geração dos processadores Core i da Intel, codinome Coffee Lake. Vamos ver se ele é uma boa opção para um computador de baixo custo.

Depois dos processadores Core i3Core i5 e Core i7 e de oitava geração, a Intel lançou os processadores Pentium (agora chamados Pentium Gold) e Celeron baseados na mesma arquitetura, Coffee Lake. Dentro da mesma família de processadores para computadores de mesa, a diferença básica entre essas linhas é o número de núcleos e threads (núcleos lógicos que o sistema operacional identifica para rodar programas): os Core i7 têm seis núcleos e doze threads, os Core i5 têm seis núcleos e seis threads, os Core i3 têm quatro núcleos e quatro threads, os Pentium Gold têm dois núcleos e quatro threads, e os Celeron têm dois núcleos e apenas duas threads.

O Pentium Gold G5500 tem clock de 3,8 GHz e é o modelo intermediário dos novos Pentium: há ainda o Pentium Gold G5400 (3,7 GHz) e o Pentium Gold G5600 (3,9 GHz), além de dois modelos de baixo consumo (G5400T, de 3,1 GHz e G5500T, de 3,2 GHz).

O processador Pentium Gold G5500 utiliza o soquete LGA1151. Lembre-se, porém, que como ele faz parte da família Coffee Lake, ele não é compatível com placas-mãe que utilizam chipsets séries 100 e 200, mas apenas com as que são baseadas na série 300: H310, B360, H370 e Z370, embora, obviamente, não faça muito sentido utilizar um processador de baixo custo em conjunto com uma placa-mãe topo de linha.

O Pentium Gold G5500 tem clock de 3,8 GHz, TDP de 54 W, 4 MiB de cache L2 e motor gráfico UHD 630 (o mesmo presente nos modelos superiores), com clock máximo de 1,1 GHz. O interessante notar que, por conta de suas características, ele é muito semelhante ao Core i3-7100, modelo da geração anterior, também com dois núcleos, quatro threads, mas com clock base de 3,9 GHz.

Na Figura 1 vemos a embalagem do processador Pentium Gold G5500.

pentiumG5500-01.jpg

Figura 1: embalagem do Pentium Gold G5500

Dentro da embalagem, temos o processador propriamente dito, um cooler, um pequeno manual e um adesivo para o gabinete.

pentiumG5500-02.jpg

Figura 2: conteúdo da embalagem

Na Figura 3 vemos o processador Pentium Gold G5500.

pentiumG5500-03.jpg

Figura 3: o Pentium Gold G5500

Em termos de preço nos EUA, o Pentium Gold G5500 situa-se próximo ao Ryzen 3 2200G. Assim, em nossos testes de desempenho, comparamos o processador a este modelo, incluindo ainda o Core i3-7100 (que tem características técnicas semelhantes ao modelo testado) e o Core i3-8100. Infelizmente, não temos mais em nosso laboratório modelos de Pentium da geração anterior, como o Pentium G4560 e o Pentium G4600, mas sabemos que ambos têm o desempenho muito semelhante ao do Core i3-7100, de forma que podemos indiretamente ter uma ideia da diferença de desempenho entre Pentium Gold G5500 e esses modelos anteriores de Pentium.

Utilizamos uma GeForce GTX 1080 Ti, que é a placa de vídeo mais topo de linha disponível no momento, em todos os testes. Sabemos que esta não é uma placa de vídeo típica do público-alvo do Pentium Gold G5500, mas  a utilizamos para que não haja nenhum gargalo provocado pela placa de vídeo e, assim, a gente meça unicamente o desempenho do processador, sem qualquer elemento externo limitando o seu desempenho. Para mais informações, assista ao nosso vídeo "O que é gargalo?".

Nós também rodamos alguns testes com o vídeo integrado em todos os processadores, para verificarmos o desempenho deste recurso.

Vamos comparar as principais especificações dos processadores testados na próxima página.

Editado por Rafael Coelho

Compartilhar

  • Curtir 8


  Denunciar Artigo

Comentários de usuários


Basicamente:

1- vai usar o micro pra trabalhar ou não vai comprar placa de vídeo? Ryzen!

2- vai usar para jogar, depende... o que você achar com placa-mãe mais barata, tá valendo!

3- pretende fazer upgrade no futuro? Ryzen!

 

Mas, porém, contudo, todavia, toda a análise cai por terra se você tiver preferência de marca. :)

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Sei que não é o foco da análise, mas como esse 2200g é um monstrinho. Fica pouca coisa atrás de um 8100 e tem um chip gráfico muito bom.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

O chip gráfico é ruim comparativamente ao concorrente, só pra deixar claro pra quem ler os comentários. O primeiro post reflete corretamente a realidade. 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
52 minutos atrás, Mateus2 disse:

O chip gráfico é ruim comparativamente ao concorrente, só pra deixar claro pra quem ler os comentários. O primeiro post reflete corretamente a realidade. 

 

8 horas atrás, Kleber Peters disse:

Basicamente:

1- vai usar o micro pra trabalhar ou não vai comprar placa de vídeo? Ryzen!

2- vai usar para jogar, depende... o que você achar com placa-mãe mais barata, tá valendo!

3- pretende fazer upgrade no futuro? Ryzen!

 

Mas, porém, contudo, todavia, toda a análise cai por terra se você tiver preferência de marca. :)

 

Também achei legal o post do Sr. @Kleber Peters! O que eu enxergo em intel é que, um upgrade de processador está sempre amarrado a um upgrade de chiset e, consequentemente, um upgrade de placa-mãe, que pode estar amarrado a um upgrade de memórias...

Por ter o TDP mais baixo, pode se tornar mais vantajoso em aplicações mais específicas, como controle de entrada e saída, totens de auto atendimento,... Mas o custo de uma placa-mãe top de linha já inviabiliza a economia no preço do processador em relação a outros modelos do fabricante mesmo.

Para gaming computer eu acho inviável.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Se continuar com esse preço, definitivamente não é algo que eu indicaria. Tem que custar bem menos que o Ryzen 2200G para compensar.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Interessante uma cpu AMD batendo a Intel em single thread que sempre foi o ponto fraco da AMD, e ainda por cima com clock mais baixo e consequentemente maior potencial pra OC e um TDP ótimo se considerar a GPU integrada...

 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Para quem quer jogar e não tem muito dinheiro recomendo o ryzen 2200G/2400g e depois investir em uma placa de vídeo.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Para quando a analise em relação ao Intel Pentium Gold G5600 Dual-Core 3.9GHz 4MB ?  

O achei bem mais interessante que o G5500...

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, aeonflux513 disse:

Para quando a analise em relação ao Intel Pentium Gold G5600 Dual-Core 3.9GHz 4MB ?  

O achei bem mais interessante que o G5500...

Provavelmente não faremos, pois o G5600 é praticamente o mesmo G5500, apenas com 0,1 GHz a mais de clock, o que significa um clock 2,6% mais alto. Mas, obviamente, se os dois estiverem com preços muito próximos, o G5600 é mais interessante.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
5 minutos atrás, Rafael Coelho disse:

Provavelmente não faremos, pois o G5600 é praticamente o mesmo G5500, apenas com 0,1 GHz a mais de clock, o que significa um clock 2,6% mais alto. Mas, obviamente, se os dois estiverem com preços muito próximos, o G5600 é mais interessante.

Pois é, achei interessante devido á pouca diferença do preço ser praticamente identico, o que difere entre eles sao apenas meros 20 reais.. enquanto o g5500 ronda os 380 reais o g5600 esta pelos 400...

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Bom, o processador em si é até "bom" porém o preço dele ao meu ver está totalmente errado.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Pentium é uma linha voltada para PC de trabalho escolha/escritório, logo este modelo casa bem em máquinas deste propósito, ou seja, se encontrará PC com este CPU nas melhores lojas de móveis e eletrodomésticos.

O que desanima é o valor dele avulso.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×