Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
RSene

Dois SSDs perdidos em 5 anos... o que se passa?

Recommended Posts

Hoje fui ligar o computador e o micro não carregou o Windows. Depois de alguns testes feitos aqui, acho que o problema é que meu SSD morreu.

 

Pelo menos é o que eu acho que aconteceu, na bios da máquina eu não consigo achar o SSD. Além disso, quando eu insiro o CD do Windows 10 para iniciar uma nova instalação, o programa de instalação mostra que não existe nenhuma partição presente para que o SO seja instalado (eu desliguei todos os outros HDs da máquina, deixando apenas o SSD). Como eu posso me certificar de que o problema do micro é mesmo que o SSD morreu, e não um problema de config da minha máquina?

 

O SSD é um Corsair F80 de 80GB, de tamanho 2,5". Modelo: CSSD-F80GB2-A/RF2. O engraçado é que este já é o segundo SSD que eu perco em menos de 5 anos. É normal isso acontecer com SSDs, ou será que tenho um problema na minha máquina?

 

Minha config:

 

Gigabyte GA-Z68X-UD3P-B3
Intel Core i7 2600 3,4GHz
8GB Memória
GeForce GTX 570
SSD Corsair 80GB (Principal) / HDD Seagate 450 GB (Dados) / RAID 0 com 4 HDDs de 1,3 TB cada (Dados armazenamento gravação de vídeo)
Fonte Corsair TX750
Windows 10 Pro 64-bit
 
PS: Como faço para adicionar minha config na assinatura do fórum?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

esse, ssd não tem garantia?


para editar a assinatura, você vai no seu nome no canto superior direito, aperta nele , vá na opção Meu perfil, entrando na pagina do seu perfil vá em editar perfil que fica do lado direito ,um pouco em baixo do seu nome..., ai será redirecionado a outra paginá, onde na esquerda terá varias opções, va na opção assinatura...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Se durou 5 anos parece a mesma coisa que a média dos hds mecânicos; dizem que ssd tem um limite de escrita ou gravação, deve ser isso.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Nossa ... durou menos que meus HDs IDE de 80GB que continuam funcionando há mais de 7 anos.

 

Eu ia suspeitar da fonte mas no teu caso é uma Corsair.

 

Tenta testar esses SSDs em outra máquina pra ver no que dá.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

para editar a assinatura, você vai no seu nome no canto superior direito, aperta nele , vá na opção Meu perfil, entrando na pagina do seu perfil vá em editar perfil que fica do lado direito ,um pouco em baixo do seu nome..., ai será redirecionado a outra paginá, onde na esquerda terá varias opções, va na opção assinatura...

 

Valeu amigo. Acabei de adicionar a assinatura. 

 

 

esse, ssd não tem garantia?

 

Tem, o problema é que esse SSD que eu citei acima que deu problema já é a unidade de troca na garantia de um primeiro SSD meu que deu problema  :mad:

Se durou 5 anos parece a mesma coisa que a média dos hds mecânicos; dizem que ssd tem um limite de escrita ou gravação, deve ser isso.

 

Desculpe, eu não me expliquei direito. Eu perdi dois SSDs em 5 anos, sendo que um foi a troca do outro. Então na verdade o primeiro SSD durou cerca de 2,5 anos, e este segundo durou cerca de 2,5 anos...

 

Sobre o limite de escrita dos SSDs, eu também já li sobre isso, estou pensando que pode ser isso, mas nossa os drives estão durando muito pouco tempo. É verdade que eu uso a máquina constantemente, dia e noite, mas se for mesmo esse o caso, vou voltar a usar um HDD como o meu HD do SO. 

Nossa ... durou menos que meus HDs IDE de 80GB que continuam funcionando há mais de 7 anos.

 

Eu ia suspeitar da fonte mas no teu caso é uma Corsair.

 

Tenta testar esses SSDs em outra máquina pra ver no que dá.

 

Vou testar hoje, depois eu falo. Será que uma descarga elétrica de uma tempestade pode ter feito isso? Na madrugada em que o SSD parou de funcionar choveu muito aqui. Será que pode ter sido isso? Acredito que não senão teria afetado a fonte também, penso eu.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Essa fonte tem um sistema de filtragem que oferece alguma proteção mas que para ficar completa precisa ter um bom aterramento.

 

Pode ter sido isso, algum surto elétrico ter vencido a filtragem e o supressor de surtos dela e danificado o SSD que poderia ter afetado a memória também.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Essa fonte tem um sistema de filtragem que oferece alguma proteção mas que para ficar completa precisa ter um bom aterramento.

 

Pode ter sido isso, algum surto elétrico ter vencido a filtragem e o supressor de surtos dela e danificado o SSD que poderia ter afetado a memória também.

 

Então pode ter sido isso. Mas então nesse caso tem alguma coisa que eu possa fazer? É claro que durante à madrugada eu posso desligar o computador da tomada, para evitar essa descarga, mas durante a utilização do micro ao longo do dia me parece que eu estarei sempre correndo o risco novamente.

 

Quando você fala, "que poderia ter afetado a memória também", você está se referindo à memória do computador, ou a algum componente interno do SSD?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Me referi ás memórias do PC que são tão sensíveis quanto as do SSD.

 

Você deve providenciar um aterramento para tentar garantir que mais nada queime em teu PC.

 

Eu aqui fiz uma aterramento fincando uma haste cobreada no solo e fiz uns pequenos testes para avaliar sua qualidade.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@RSene , o limite de reegravações de um ssd existe sim, mas mesmo assim é gigantesco. Da uns 60 anos. Geralmente um ssd tem a memória que suporta umas 10000 regravações, assim o trim faz com que uma célula so seja regravada quando as outras já foram, assim, os 80GB sejam completamente gravados. Assim 10000 x 80GB uns 800000gb teriam que ser gravados para atingir a vida útil dos chip de memória.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu tenho 6 hds dentro do gabinete, senso que o SSD contém apenas o sistema opeacional e os programas de apoio como antivirus, oficce, etc, salvo tudo nos demais discos e tenho usado preferencialmente programas "portable" que dispensa instalação, coloco apenas um link na área de trabalho.

Por enquanto os SSD não sao aconselháveis para armazenamento, segundo fontes seguras.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@RSene , o limite de reegravações de um ssd existe sim, mas mesmo assim é gigantesco. Da uns 60 anos. Geralmente um ssd tem a memória que suporta umas 10000 regravações, assim o trim faz com que uma célula so seja regravada quando as outras já foram, assim, os 80GB sejam completamente gravados. Assim 10000 x 80GB uns 800000gb teriam que ser gravados para atingir a vida útil dos chip de memória.

 

O que você está dizendo praticamente é que o meu SSD não morreu por tempo de uso, então só me resta pensar que o problema do SSD foi descarga elétrica...

Eu tenho 6 hds dentro do gabinete, senso que o SSD contém apenas o sistema opeacional e os programas de apoio como antivirus, oficce, etc, salvo tudo nos demais discos e tenho usado preferencialmente programas "portable" que dispensa instalação, coloco apenas um link na área de trabalho.

Por enquanto os SSD não sao aconselháveis para armazenamento, segundo fontes seguras.

 

Grato pelo conselho amigo. Também uso esse esquema, SSD apenas para o SO e instalação de programas.

Alguém saberia me dizer se os SSDs possuem aqueles tipos de programas do fabricante para verificar o estado do drive? Tipo que nem tem para os HDDs.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@RSene , o limite de reegravações de um ssd existe sim, mas mesmo assim é gigantesco. Da uns 60 anos. Geralmente um ssd tem a memória que suporta umas 10000 regravações,

 

Isso era valido na época dos chips de memória flash 90/65nm.. la em 2005/2006 e ainda nas memórias flash  SLC... hoje com memórias MLC e TLC de 22nm e chegando nos 14nm uma única célula aguenta no máximo uns 600 ciclos de escrita para as células MLC e talvez uns 300 ou menos para as TLC... vide a vida útil de pendrives baratos...

 

Eu tenho um SSD da PNY de 120GB, é um modelo com células MLC, segundo o programa crystal disk info ele ainda tem 90% de "vida" útil restante, sendo registrado cerca de 2.5TB de dados gravados, em 1800 horas de uso, fazendo uma conta simples chegamos a uns 25TB de escritas antes dele ser "condenado" o que dividindo pela capacidade nos deixa com menos de 300 ciclos totais de gravação, isso é claro se usarmos também 100% da capacidade do SSD, no meu caso como eu uso menos de 40% da capacidade do SSD o numero de escritas se distribuem nas células livres, e o efeito pratico é que o numero de escritas possíveis dobra..

 

Claro que pela lógica um SSD não deveria queimar quando chegar o limite de gravação, apenas as células deterioradas não poderiam mais serem apagadas; reduzindo a capacidade do SSD com o tempo, para isso a maioria das controladoras atuais ate tem uma área de "Reserva"...

 

Para uma aparelho morrer assim "do nada" eu suspeitaria da alimentação, no caso talvez uma solda rachada nos conectores, algum componente da placa queimado, não necessariamente um problema nas memórias...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Isso era valido na época dos chips de memória flash 90/65nm.. la em 2005/2006 e ainda nas memórias flash  SLC... hoje com memórias MLC e TLC de 22nm e chegando nos 14nm uma única célula aguenta no máximo uns 600 ciclos de escrita para as células MLC e talvez uns 300 ou menos para as TLC... vide a vida útil de pendrives baratos...

 

Eu tenho um SSD da PNY de 120GB, é um modelo com células MLC, segundo o programa crystal disk info ele ainda tem 90% de "vida" útil restante, sendo registrado cerca de 2.5TB de dados gravados, em 1800 horas de uso, fazendo uma conta simples chegamos a uns 25TB de escritas antes dele ser "condenado" o que dividindo pela capacidade nos deixa com menos de 300 ciclos totais de gravação, isso é claro se usarmos também 100% da capacidade do SSD, no meu caso como eu uso menos de 40% da capacidade do SSD o numero de escritas se distribuem nas células livres, e o efeito pratico é que o numero de escritas possíveis dobra..

 

Claro que pela lógica um SSD não deveria queimar quando chegar o limite de gravação, apenas as células deterioradas não poderiam mais serem apagadas; reduzindo a capacidade do SSD com o tempo, para isso a maioria das controladoras atuais ate tem uma área de "Reserva"...

 

Você está dizendo que quando um SSD se aproxima do final do seu ciclo de vida ele vai aos poucos reduzindo a sua capacidade de armazenamento? Tipo um SSD de 80GB, vai caíndo gradativamente para 75GB, 70GB, 65GB, etc... conforme o seu uso? 

 

 

Para uma aparelho morrer assim "do nada" eu suspeitaria da alimentação, no caso talvez uma solda rachada nos conectores, algum componente da placa queimado, não necessariamente um problema nas memórias...

 

 

Nisso inclui descargas elétricas? E quando você fala em 'solda rachada nos conectores' e componente da placa quieimado', você está se referindo à componente internos do SSD ou à placa-mãe?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

No caso seria componentes do SSD, por exemplo, reguladores de tensão, já que muitas NAND atuais trabalham com 1.8V ou 3.3V, se queimados deixariam o SSD inoperante...

 

Sobre a redução de capacidade,  acredito que antes disso o SSD já comece a apresentar mensagens SMART de alerta no BOOT, a maquina, além de avisos do sistema operacional, tipo um HD com muitos bad blocks; talvez a controladora bloqueie as escritas, ou o coloque em algum modo de recuperação......

 

Não é comum um SSD ou HD morrer assim do nada, não sem antes avisar, apresentar mensagens de alerta SMART, certamente se o SSD parou assim do nada, é defeito, não uma característica esperada, acho que vale ate mesmo tentar contactar a garantia...

 

Mas se for possível usar um SSD após o fim de sua vida útil programada, então sim ele tenderia a perder capacidade gradualmente, talvez alguns megabytes por dia a menos, principalmente em SSDs que não tem área de reserva...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Os SSDs duram muito tempo, normalmente 5 anos no mínimo até para as pessoas mais exigentes, recomendo dar uma olhada nessas notícias do tecmundo:

 

http://www.tecmundo.com.br/ssd/80203-6-coisas-alguem-ssd-nao-deve-fazer.htm

http://www.tecmundo.com.br/ssd/57969-realmente-dura-ssd.htm

 

Agora na questão de programas por exemplo, uso o magician da samsung aqui no meu, nele tem várias funções interessantes, além de informar o SMART e quantidade de arquivos (em GB) gravados no SSD e quanto falta para a unidade se tornar inoperante em termos de gravações (que no meu caso é 75TB) o que me daria uns 10 anos de uso no mínimo, já que tenho esse SSD desde o inicio do ano e até agora só gravei 2TB e pouco. Com certeza o problema é outro fator como energia ou algum problema na placa lógica

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Vocês têm que se tocar que foram dois SSDs que deram defeito em 2,5 anos e não apenas um.

 

Pode ser que seja algum erro de projeto desses modelos mas pode ser também algum surto elétrico.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Valeu amigo. Acabei de adicionar a assinatura. 

 

 

 

Tem, o problema é que esse SSD que eu citei acima que deu problema já é a unidade de troca na garantia de um primeiro SSD meu que deu problema  :mad:

 

Desculpe, eu não me expliquei direito. Eu perdi dois SSDs em 5 anos, sendo que um foi a troca do outro. Então na verdade o primeiro SSD durou cerca de 2,5 anos, e este segundo durou cerca de 2,5 anos...

 

Sobre o limite de escrita dos SSDs, eu também já li sobre isso, estou pensando que pode ser isso, mas nossa os drives estão durando muito pouco tempo. É verdade que eu uso a máquina constantemente, dia e noite, mas se for mesmo esse o caso, vou voltar a usar um HDD como o meu HD do SO. 

 

Vou testar hoje, depois eu falo. Será que uma descarga elétrica de uma tempestade pode ter feito isso? Na madrugada em que o SSD parou de funcionar choveu muito aqui. Será que pode ter sido isso? Acredito que não senão teria afetado a fonte também, penso eu.

  Note que se houvesse escrito o total de todas as celulas, o SSD ainda apareceria no setup da MOBO, e o usuário ainda poderia acessar os arquivos do SSD normalmente, mas não mais escrever na memória flash do SSD.

  Tal comportamento anômalo deve ter outra explicação, possivelmente algo de errado com algum outro componente da maquina.

  A pratica mais prudente nesta situação seria justamente o RMA do SSD, caso não exista essa possibilidade, caberia por questão de curiosidade abrir o SSD e analisar se existe algum componente na placa de circuito impresso visivelmente queimado/avariado (faça-o por sua conta e risco) depois de averiguar que o SSD realmente não funciona mais.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ok, apenas para desencargo de consciência eu liguei o SSD em outro computador e ele não foi reconhecido, como era o esperado.

 

Os comentários do pessoal acima também eliminaram a possibilidade de que o problema do SSD seja do tempo de uso. Então o problema é outro. O Rafael sugeriu usar um programa Magician da samsung, mas creio eu que se nem na BIOS o device está aparecendo, o programa da Samsung também não vai reconhecê-lo para analisar, certo? O Marco sugeriu fazer um RMA do SSD... o que seria isso?

 

Bom, enfim, parece que agora será difícil tentar descobrir o que realmente aconteceu, pois as opções que sobraram agora são sobre possíveis defeitos no SSD, problema na máquia, ou tensão de energia. Não tenho como verificar essas outras coisas por conta própria para descobrir o que aconteceu, certo?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ok, apenas para desencargo de consciência eu liguei o SSD em outro computador e ele não foi reconhecido, como era o esperado.

 

Os comentários do pessoal acima também eliminaram a possibilidade de que o problema do SSD seja do tempo de uso. Então o problema é outro. O Rafael sugeriu usar um programa Magician da samsung, mas creio eu que se nem na BIOS o device está aparecendo, o programa da Samsung também não vai reconhecê-lo para analisar, certo? O Marco sugeriu fazer um RMA do SSD... o que seria isso?

 

Bom, enfim, parece que agora será difícil tentar descobrir o que realmente aconteceu, pois as opções que sobraram agora são sobre possíveis defeitos no SSD, problema na máquia, ou tensão de energia. Não tenho como verificar essas outras coisas por conta própria para descobrir o que aconteceu, certo?

Me perdoe, RMA=garantia.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Acho que é acionar a garantia / levar numa autorizada.

 

 

Me perdoe, RMA=garantia.

 

Ok, agora lembrei, deveria ter me atentado. Na verdade eu fiz um RMA do primeiro SSD que me apresentou problemas, sendo que este SSD que eu cito no tópico já é o SSD enviado em substituição ao primeiro. Eu já contatei a Corsair para saber se estou elegível para uma nova substituição, mas pelo que eu li no site deles me parece que os SSDs de substituição possuem apenas 30 dias de garantia. Existe até um segundo elemento no meu caso que este SSD que estou em mãos que deu problemas é uma unidade recondicionada, está escrito "Refurbished' na frente dele.

 

Bem, de qualquer forma me parece que o pessoal aqui já falou tudo o que era possível para me auxiliar com meu problema. Então, caso ninguém mais tenha alguma coisa a adicionar, pode fechar o tópico.

 

Eu agradeço a todos pela ajuda e colaboração. Um forte abraço!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ok, agora lembrei, deveria ter me atentado. Na verdade eu fiz um RMA do primeiro SSD que me apresentou problemas, sendo que este SSD que eu cito no tópico já é o SSD enviado em substituição ao primeiro. Eu já contatei a Corsair para saber se estou elegível para uma nova substituição, mas pelo que eu li no site deles me parece que os SSDs de substituição possuem apenas 30 dias de garantia. Existe até um segundo elemento no meu caso que este SSD que estou em mãos que deu problemas é uma unidade recondicionada, está escrito "Refurbished' na frente dele.

 

Bem, de qualquer forma me parece que o pessoal aqui já falou tudo o que era possível para me auxiliar com meu problema. Então, caso ninguém mais tenha alguma coisa a adicionar, pode fechar o tópico.

 

Eu agradeço a todos pela ajuda e colaboração. Um forte abraço!

Neste caso, já que não existe garantia nenhuma perante o SSD, você poderia abri-lo no intuito de constatar qual seria necessariamente o problema (ou a causa de tal), se houver algum componente queimado, pode até mesmo ser algum problema elétrico, e dependendo do componente, poderia até mesmo ser substituido facilmente e o ssd poderia até mesmo voltar a funcionar.

Enfim, sabemos que o SSD não funciona, falta descobrir o exato motivo.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×