Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Jaime Francisco da Silva

Subistituto transistor BD 140

Recommended Posts

No circuito da foto Q2 é um bd 140...ele chavea 4 fans pequenos...

 

O detalhe e que esquenta bastante,  coloquei dissipador mas mesmo assim esquetava bastante até q hoje queimou (sabia q cedo ou tarde ia acontecer)

 

Pergunto : por qual transistor poderia subistituir o bd 140 que aguenta maior correte 

 

E o principal que fosse a mesma pinagem ou que o pino do meio fosse o mesmo (no caso coletor)porque assim poderia apenas vira lo na placa

 

Caso não haver nada como mesma pinagem eu poderia liga lo através de fios na placa.

 

Obrigado....

images (12).png

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Use um TIP32C, o detalhe é que a base é no lado oposto ao do BD

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bingo é isso @Bcpetronzio  nesse caso basta apenas eu virar ele na placa vai dar certinho...quer dizer acho talvez tenha que mudar algo mais no circuito...resistor de base talvez...

 

 

Fonte do circuito 

http://blog.novaeletronica.com.br/circuito-de-controle-de-ventoinha-por-temperatura/

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Comentários óbvios ululantes...

Seu dissipador está subdimensionado. O aquecimento é o preço de circuito linear de potência.  Se achar que deve, considere um controle pwm: aquece beeeeemmmm menos

  • Curtir 3

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Este aí se bem feito não aquece nada. 

O transistor fica gelado 

O transistor pode ser IRF1404, IRF3205, IRF2807, e muitos outros. 

 

Um transistor mosfet que vai funcionar e que é bem barato é o IRF840.

Só não vai trabalhar gelado, pois este tem resistência interna de 0.8 Ohms. Também não vai ficar super aquecido.

 

O IRF1404 tem resistência interna de 0.004 Ohms, por isso trabalha gelado nesta aplicação aí.  

 

image.png.8760d5af35e21f476cc1c1199a49acbd.png

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Aplicação curiosa esta do fan. Alguém aquece (no caso ... muito) pra resfriar resfriar outrem (talvez nem tanto). Trem doido. Muito + se for alimentado com bateria. Penso que só deve ficar no campo pedagógico, né? - o que, claro, tem seu valor. Mas cada mania com seu lôco.

 

No caso do pwm do amigo @albert_emule algo me diz que o amigo quereria saber onde colocar o termistor. Que tal em série com P1?

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Este circuito, como a Isa comentou, é um circuito LINEAR. A realimentação é NEGATIVA, ou o sinal no motor é realimentado, via R5, ao emissor de Q1. Este sinal (realimentado) aparecerá no coletor de Q1 em oposição de fase com o sinal gerado pela variação do termistor R1.

Se a temperatura aumenta, R1 diminui (a tensãol aumenta na base de Q1). Este sinal produz uma diminuição na tensão de coletor de Q1, que aumenta a tensão no coletor de Q2... que aumenta a tensão no coletor de Q1

Logo a realimentação negativa produz um sinal, que tende a se contrapor ao sinal original, estabilizando o circuito.

E daí?

Daí, que a tensão no coletor de Q1 TENDE a variar LINEARMENTE com a tensão do sinal (variação de R1). Se R1 variar pouco, a tensão de coletor de Q2 vai variar pouco, também. O mesmo é válido para muita variação de R1. A tensão de coletor de Q2 vai variar muito. Este é um circuito linear e não digital. A tensão tanto no motor como no transistor Q2 vai variar de acordo com a variação de R1. Isso faz com que o transistor Q2 funcione na região linear, dissipando muito mais potência (calor) se comparado com seu outros dois estados digitais; cortado ou saturado. 

O que você precisa e que não vai aquecer o transistor de saída (Q2) é um circuito digital, como sugerido pelo Albert_emule.

Mas, como no seu caso é um circuito que tende a esfriar, seja lá o que for, e a temperatura não sobe a uma taxa alta, então sugiro usar um comparador com histerese. Assim o transistor Q2 ficaria saturado (condução total) somente durante o período em que você desejasse que o motor (da ventoinha) funcionasse. Com temperatura abaixo de um valor crítico, o motor (e Q2) não conduziria corrente (desligados). 

Fiz um tutorial com um circuito com histerese, que liga a uma determinada tensão (temperatura) e desliga a uma outra tensão (temperatura menor). A vantagem do circuito com histerese em relação ao circuito comparador simples, é que no momento da comutação o com histerese comuta apenas uma vez, ao contrário do circuito comparador simples, que comuta muitas vezes, podendo até queimar o transistor de potência colocado em sua saída.

Abaixo tem os dois vídeos (parte 1), que ensinam, a fundo, sobre comparadores com histerese. Um inverte o sinal e o outro não inverte o sinal.

Bastaria acrescentar um mosfet e um resistor de gate, além dos motores.

Você pode pular a dedução, que é uma matemática de ensino Fundamental Completo e ir direto para a substituição dos valores nas equações que determinam todos os valores. Se ainda me lembro, acrescentei um exemplo ao final de cada explicação. 

Um terceiro vídeo mostra claramente a transição do circuito de uma ventoinha em determinadas e exatas temperaturas.

Bons projetos.

MOR_AL

 

 

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×