Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Gu1426

Trafo de carregador de celular

Recommended Posts

não são trafos, são fontes chaveadas.

geralmente são 100~240V de entrada e 4,7 ou 5V de saída.

veja o que está escrito na etiqueta.

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Até existe um pequeno trafo, mas ele não pode ser ligado diretamente a rede elétrica, depende do circuito eletrônico. 

Eles não trabalham com 60Hz, a frequência deles fica acima de 30khz. 

  • Curtir 3

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
15 minutos atrás, Danie1 Net0 disse:

Como identificar um trafo então?

Como assim? 

Um trafo de fonte chaveada é bem diferente do tradicional de 60Hz. 

O da fonte chaveada é pequeno, leve e tem o núcleo inteiro formado apenas por duas metades. 

O tradicional é grande, com o núcleo formado por chapas de ferro. Os menores têm tamanho próximo a 3 cm e fornecem correntes muito baixas. Cerca de 100 ou 200mA.

  • Curtir 3

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 horas atrás, Mestre88 disse:

Como assim? 

Um trafo de fonte chaveada é bem diferente do tradicional de 60Hz. 

O da fonte chaveada é pequeno, leve e tem o núcleo inteiro formado apenas por duas metades. 

O tradicional é grande, com o núcleo formado por chapas de ferro. Os menores têm tamanho próximo a 3 cm e fornecem correntes muito baixas. Cerca de 100 ou 200mA.

Minha dúvida era sobre isso que você respondeu. Tenho uns aqui que retirei de sucata com núcleo bipartido de ferrite, pensava que eram trafos...

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 minutos atrás, Danie1 Net0 disse:

Minha dúvida era sobre isso que você respondeu. Tenho uns aqui que retirei de sucata com núcleo bipartido de ferrite, pensava que eram trafos...

A melhor explicação;

http://eletronicaedownloads.blogspot.com/2014/06/projeto-e-calculo-dos-indutores-de-uma.html?m=1

 

 

  • Curtir 3

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
25 minutos atrás, Danie1 Net0 disse:

Tenho uns aqui que retirei de sucata com núcleo bipartido de ferrite, pensava que eram trafos...

São trafos.

Mas não servem pra ligar diretamente na tomada.

Nos dias de hoje eles estão cada vez mais comuns, pois tem mais vantagens do que os usados para 60Hz.

 

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, Mestre88 disse:

São trafos.

Mas não servem pra ligar diretamente na tomada.

Nos dias de hoje eles estão cada vez mais comuns, pois tem mais vantagens do que os usados para 60Hz.

 

Então o que faz a interface entre ele e a rede?

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
5 minutos atrás, Danie1 Net0 disse:

Então o que faz a interface entre ele e a rede?

Um circuito oscilador, pode ser com transistor ou CI.

Abaixo o esquema que eu copiei de uma fonte chaveada 220V/12V xing ling

imagem54.GIF

Ali onde está escrito +310V falta um diodo 1N4007 pra retificar a CA da tomada.

O terceiro enrolamento que fica abaixo do desenho do transformador, controla a tensão de saída fazendo uma realimentação negativa através dos diodos cortando a base de Q1.

Esse circuito mantém o transformador oscilando a mais ou menos 40khz.

Originalmente a saída era de 5V/200mA, eu descobri que se retirasse o zener de 5V6 e colocasse um de 13V eu teria 12V na saída com menos corrente, mas seria ideal para um projeto que eu fiz. Já que era apenas pra alimentar uns CIs e um relé.

Aqui a foto de como é a fonte:

1477760065624-805659418.jpg

 

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 horas atrás, Mestre88 disse:

Um circuito oscilador, pode ser com transistor ou CI.

Abaixo o esquema que eu copiei de uma fonte chaveada 220V/12V xing ling

imagem54.GIF

Ali onde está escrito +310V falta um diodo 1N4007 pra retificar a CA da tomada.

O terceiro enrolamento que fica abaixo do desenho do transformador, controla a tensão de saída fazendo uma realimentação negativa através dos diodos cortando a base de Q1.

Esse circuito mantém o transformador oscilando a mais ou menos 40khz.

Originalmente a saída era de 5V/200mA, eu descobri que se retirasse o zener de 5V6 e colocasse um de 13V eu teria 12V na saída com menos corrente, mas seria ideal para um projeto que eu fiz. Já que era apenas pra alimentar uns CIs e um relé.

Aqui a foto de como é a fonte:

1477760065624-805659418.jpg

 

É possível montar esse circuito com qualquer tipo desses transformadores pequeninhos? Se não, como identificar o ideal para isso?

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
19 minutos atrás, Danie1 Net0 disse:

É possível montar esse circuito com qualquer tipo desses transformadores pequeninhos? Se não, como identificar o ideal para isso? 

Nem sempre.

É bem complicado calcular os valores dos componentes para cada trafo desses.

Alguns são diferentes, tem apenas 2 enrolamentos e usam um opto acoplador para fazer o retorno.

  • Curtir 3

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 13/09/2018 às 23:01, Mestre88 disse:

Nem sempre.

É bem complicado calcular os valores dos componentes para cada trafo desses.

Alguns são diferentes, tem apenas 2 enrolamentos e usam um opto acoplador para fazer o retorno.

Por ora é melhor eu ficar sem entender sobre trafos então. rsrs

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
32 minutos atrás, Danie1 Net0 disse:

Por ora é melhor eu ficar sem entender sobre trafos então. rsrs

Sobre esse tipo eu também tô sem entender. Kkkkkkk 

Primeiro entenda os comuns de 60Hz, afinal é só ligar na tomada que ele funciona. Fazer cálculos pra eles é mais fácil. 

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 horas atrás, Mestre88 disse:

Sobre esse tipo eu também tô sem entender. Kkkkkkk 

Primeiro entenda os comuns de 60Hz, afinal é só ligar na tomada que ele funciona. Fazer cálculos pra eles é mais fácil. 

 

Funciona como indutores. 

Saque aquele efeito que tem nos indutores, onde você põe uma pilha neles e quando desconecta a pilha, o indutor gera tensão tão alta que dá até choque?

Pois é este mesmo fenômeno que faz os trafos dos carregadores de celular funcionarem. 

 

Estes trafos de carregadores aproveitam somente este fenômeno do indutor. 

Este fenômeno tem a vantagem de não precisar mudar a relação de espiras para fazer a fonte funcionar de 100V até 240V...

Este fenômeno do indutor não se importa muito com relação de espiras. O que importa mais é a corrente que você chaveia lá no indutor. Daí quando desliga a corrente é que o indutor gera a alta tensão. 

 

Daí o trafo do carregador tem uma bobina secundária que ao mesmo tempo que abaixa a tensão proveniente deste fenômeno do indutor, também aumenta a corrente na mesma proporção. 

 

O artigo que explica melhor: 

http://eletronicaedownloads.blogspot.com/2014/06/projeto-e-calculo-dos-indutores-de-uma.html

 

O vídeo demostrando a montagem prática do esquema:

https://www.youtube.com/watch?v=WBO3p3ks1dc

 

 

  • Obrigado 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@albert_emule Isso aí eu até entendo.

O que eu acho mais complicado é dimensionar componentes no caso de criar uma fonte chaveada do zero.

Pra controlar essa corrente na entrada do trafo, sem queimar, sem sobrecarga e para maior rendimento do circuito.

Porém penso que a relação das espiras influenciam um pouco sim, como eu disse acima eu troquei o zener de 5V6 daquele carregador pra outro de 13V, então aumentei a tensão de 5V pra 12V.

Em outra fonte dessas que eu tenho, troquei o zener também mas a tensão se fixou em 8V. Então eu resolvi aumentar o número de espiras do trafinho, com um fio mais fino pude dobrar o número de espiras e chegar a 12V, claro que nesse caso o que importava pra mim era a tensão, não me importei que a corrente de saída diminuiu.

  • Obrigado 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Mestre88 @albert_emule Interessante, não sabia que essas fontes funcionavam desse jeito. Uma pergunta, aquelas fontes de 12v também tem um oscilador de 30khz ou essas operam com diferentes frequências?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
6 minutos atrás, Gu1426 disse:

@Mestre88 @albert_emule Interessante, não sabia que essas fontes funcionavam desse jeito. Uma pergunta, aquelas fontes de 12v também tem um oscilador de 30khz ou essas operam com diferentes frequências?

 

A freqüência pode variar muito. 

O projetista é quem escolhe a melhor freqüência. Não é regra. 

Algumas passam de 100Khz  

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 minuto atrás, Gu1426 disse:

@Mestre88 @albert_emule Interessante, não sabia que essas fontes funcionavam desse jeito. Uma pergunta, aquelas fontes de 12v também tem um oscilador de 30khz ou essas operam com diferentes frequências?

Depende do tipo de fonte, marca, etc. Os 30khz foi apenas um exemplo. Tem de vários valores já vi de 30, 40, 50, 60, 70, 100kHz.

Abaixo de 20 não tem porque se não dá pra ouvir o apito.

Nas fontes de TV de Tubo por exemplo, eu sempre via 70kHz. Talvez por ser um valor incomum no resto do circuito da TV e não causar interferências na imagem.

Agora mesmo eu estou com uma fonte de uma impressora velha aqui, está marcando 844kHz.

  • Obrigado 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
3 horas atrás, Mestre88 disse:

Sobre esse tipo eu também tô sem entender. Kkkkkkk 

Primeiro entenda os comuns de 60Hz, afinal é só ligar na tomada que ele funciona. Fazer cálculos pra eles é mais fácil. 

Uma grande dúvida que tenho a respeito dos transformadores comuns é se sua saída é "fixa", ou se é possível manipulá-la. Por exemplo, encontrei um trafo num estabilizador (desses bem simples) que estava sem uso a um bom tempo, será possível utilizá-lo para montar uma fonte de bancada ou sua aplicação se restringe aos 110/220 AC?

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Danie1 Net0 Sim, é possível converter um trafo desses para 220/12V, porém será necessário modificar os enrolamentos, algo que exige um bocado de trabalho e paciência.

adicionado 1 minuto depois

@Danie1 Net0 Esses dois vídeos ensinam a fazer isso com os mesmos fios que você retirar do trafo:

 

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, Danie1 Net0 disse:

Uma grande dúvida que tenho a respeito dos transformadores comuns é se sua saída é "fixa", ou se é possível manipulá-la. Por exemplo, encontrei um trafo num estabilizador (desses bem simples) que estava sem uso a um bom tempo, será possível utilizá-lo para montar uma fonte de bancada ou sua aplicação se restringe aos 110/220 AC?

Além de enrolar pra 12V tem que separar os enrolamentos, pois o Auto trafo do estabilizador tem contato elétrico entre a entrada e a saída.

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Estudarei mais sobre o assunto e tentarei enrolar meu trafo, não parece ser muito difícil.

 

1 hora atrás, Mestre88 disse:

Além de enrolar pra 12V tem que separar os enrolamentos, pois o Auto trafo do estabilizador tem contato elétrico entre a entrada e a saída.

Como assim, dividir as camadas com um isolante? 

 

56 minutos atrás, Gu1426 disse:

E após remontar o trafo e testá-lo, é preciso envernizá-lo para evitar vibrações.

Apenas passar verniz sobre o enrolamento? Qual o tipo recomendado? 

 

Editado por Danie1 Net0
  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Danie1 Net0 O que o @Mestre88 quis dizer é que é necessário separar os dois enrolamentos, como pode ser visto no vídeo, o cara usou apenas um pedaço de fita para fazer essa isolação.

adicionado 2 minutos depois

E sobre o verniz, eu não sei ao certo qual o mais recomendado. Talvez o @Mestre88 saiba. Mas você tem que passar no enrolamento e nas lâminas do trafo.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×