Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
gutopereira

Existe algum problema legal em usar o Windows sem estar ativado?

Posts recomendados

Pessoal, uma duvida sobre ativação do Windows. Sei que o correto é comprar uma chave retail direto com a MS que custa em torno de 800 reais. Sabemos também que com chaves OEM, dessas que sao vendidas por 100 reais(ou menos) também seria possivel ativar o windows com uma chave válida, só que voce não terá suporte diretamente com a microsoft, ou seja qualquer problema que voce vier a ter futuramente a microsoft não vai resolver.
Ate ai tudo bem, se voce fizer isso no seu computador pessoal o pior que pode acontecer é que depois de um tempo essa chave pode se tornar inválida e voce perder a ativação. Porém, se voce fizer isso no computador da sua empresa e vier uma fiscalização, voce toma uma multa altíssima!!!

A pergunta é: eu tenho um escritório e utilizo um computador onde o windows não esta ativado. A microsoft me permite usar o windows sem ser ativado, ficando apenas uma marca d'agua no desktop, e tambem não consigo mudar o papel de parede o que não me atrapalha em nada. Eu sei que muitas empresas tomam multas altíssimas justamente porque usam uma chave dessas OEM sem ter a nota fiscal dessa licença, ou pior ainda, usam algum crack para conseguir ativar o windows sem uma chave válida.

Mas se a microsoft me permite usar o windows sem ser ativado e eu não utilizo nenhum meio para burlar isso, teoricamente eu não estou cometendo nenhuma ilegalidade, correto? Então partindo desse pressuposto, se vier alguma fiscalização no meu escritório eles poderiam me multar?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Acredito que não, você pode dizer que está apenas usando o periódo de teste que a microsoft da para pessoas poderem testar o Windows antes de comprar ou não.

 

Por padrão o periódo de teste é de 30 dias mais você pode extender esse periodo de teste por ate 120 dias renovando o periodo de teste por até 3x: usando o seguinte comando no prompt de comando:

 

slmgr -rearm

 

Sendo assim para ficar na legalidade acredito que tudo que você tem que fazer é reinstalar o Windows a cada 120 mais ou menos.

 

Mais para a credibilidade da empresa acho que é melhor comprar a licença e ativar o Windows.

 

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Não pode, não faz diferença pra MS se está ou  não ativado. Se uma auditoria passar por aí vai ser notificado e por seguinte multado.

A utilização de cracks na verdade nem importa para a MS. O que eles vão olhar é a versão e quantidade de licenças que voce tenha em nota fiscal e comparar com os equipamentos do seu escritório.

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

A forma de comercialização do Windows é através de Licença de Uso de Software. Logo, ativado ou não, se você não adquiriu a licença após os 30 dias de utilização, você está usando um software sem direito para tal. Logo, está sim na ilegalidade, mesmo com ele não ativado. 

As licenças OEM podem ser utilizadas, mas estas ficam vinculadas ao hardware que forneceu a licença. Se trocou algo, já perde a licença. 

Lembrando que existem opções gratuitas no mercado. A não utilização delas em larga escala está ligada à maciça utilização de software não licenciado. 

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
50 minutos atrás, Kleber Peters disse:

A forma de comercialização do Windows é através de Licença de Uso de Software. Logo, ativado ou não, se você não adquiriu a licença após os 30 dias de utilização, você está usando um software sem direito para tal. Logo, está sim na ilegalidade, mesmo com ele não ativado. 

As licenças OEM podem ser utilizadas, mas estas ficam vinculadas ao hardware que forneceu a licença. Se trocou algo, já perde a licença. 

Lembrando que existem opções gratuitas no mercado. A não utilização delas em larga escala está ligada à maciça utilização de software não licenciado. 

Mais dentro desse periódo de 30-120 dias ele estaria legalizado?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

De 30, sim. 120 dias não. Mas lembrando que são 30 dias após a compra do equipamento. Não após a formatação e instalação nova. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pelo que li sobre essas licenças OEM, elas ficam vinculadas a placa-mãe e portanto voce só perderia a ativação na troca da placa-mãe. Placa de video, RAM e processador pode ser trocado...

O problema é que, para fins legais, se voce tem uma empresa pouco importa para os fiscais se o windows esta ativado com uma chave válida. Eles vão querer é a nota fiscal dessa chave no nome da empresa, e é ai que muita gente se ferra pois essas chaves OEM são apenas para pessoas jurídicas e teoricamente não poderiam ser comercializadas, ou seja, se alguém te vendeu uma chave OEM com certeza não te passou uma nota fiscal com tudo legalizado no seu CNPJ.

Então a minha duvida era sobre usar o windows sem estar ativado, pois já que a Microsoft me permite usar assim e eu não estou usando nenhum outro meio para burlar isso, teoricamente não estaria na ilegalidade...
Só não sei se essa permissão para usar o windows sem ativar é valido também para empresas, ou se apenas pessoa física pode fazer isso?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

É possível a utilização por 30 dias para qualquer pessoa, seja física ou jurídica. Após isto, você teria uma licença OEM da compra do equipamento, ou você compra a licença full ou então desinstala o sistema. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 minuto atrás, Kleber Peters disse:

É possível a utilização por 30 dias para qualquer pessoa, seja física ou jurídica. Após isto, você teria uma licença OEM da compra do equipamento, ou você compra a licença full ou então desinstala o sistema. 

Mas muda alguma coisa no computador se voce não desinstalar? 
Quando montei esse computador eu baixei a ISO do windows 10 direto do site da Microsoft e criei um pendrive com o windows 10 PRO e instalei. Ja estou com ele assim há mais de 6 meses e a única coisa de diferente no computador é que fica uma marca d'agua no canto inferior direito dizendo para eu ativar o windows, e também não posso mudar o papel de parede. Pelo que percebi a única limitação que tenho são essas duas coisas. Inclusive continuo recebendo todas as atualizações de segurança do windows normalmente...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O inconveniente é só este. Mas se a fiscalização passar, vai te multar, pois você está irregular. Depois de montado/comprado o computador, você tem 30 dias. Depois disso ou desinstala ou compra a licença full. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bom, então a única alternativa realmente é adquirir aquela chave de 800 reais diretamente com a Microsoft e assim ter a nota fiscal da licença no meu nome. 
Essas outras chaves OEM, mesmo que compradas de lojas idôneas como por exemplo na Amazon(vende uma chave ESD por 40 reais) pode resolver para o meu computador pessoal la de casa, mas para o computador aqui do escritório não vai adiantar nada porque em caso de uma fiscalização a multa vem do mesmo jeito?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@gutopereira Bem por aí.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
16 horas atrás, gutopereira disse:

mas para o computador aqui do escritório não vai adiantar nada porque em caso de uma fiscalização a multa vem do mesmo jeito?

A não ser que você tenha nota fiscal ou mídia física da chave de ativação.

 

Um amigo meu trabalhou numa empresa de TI e prestava suporte a uma empresa aqui da região, ele encontrou uma empresa vendendo as licenças "pro" (ideais para sua aplicação, pois as licenças home não devem ser utilizadas em empresas conforme os termos de serviço) por algo em torno de 300 ou 400 reais, as licenças vendidas por eles vinha com pendrive de instalação, link para download (caso a pessoa quisesse baixar o instalador direto do site para não precisar baixar 10 GB de atualização) e cartão-chave de ativação.

Por ser mídia física e possuir nota fiscal é considerado válido.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
36 minutos atrás, Eder Neumann disse:

A não ser que você tenha nota fiscal ou mídia física da chave de ativação.

 

Um amigo meu trabalhou numa empresa de TI e prestava suporte a uma empresa aqui da região, ele encontrou uma empresa vendendo as licenças "pro" (ideais para sua aplicação, pois as licenças home não devem ser utilizadas em empresas conforme os termos de serviço) por algo em torno de 300 ou 400 reais, as licenças vendidas por eles vinha com pendrive de instalação, link para download (caso a pessoa quisesse baixar o instalador direto do site para não precisar baixar 10 GB de atualização) e cartão-chave de ativação.

Por ser mídia física e possuir nota fiscal é considerado válido.

Na verdade não.

 

Para fins de discussão:

 

A MS aceita única e exclusivamente a nota fiscal como comprovante de legalidade de seu software. Para empresas, a MS não aceita que seja licenciado versões home edition do software.   Precisa ser a PRO ou Enterprise. Esqueça essa coisa de 30 dias de teste. Eles podem e vão implicar com essa licença e juntar na lista de irregularidades.

As chaves OEM só são válidas se voce apresentar a nota fiscal original do computador. Empresas como a Dell ao venderem um pc com Windows OEM listam a licença na nota fiscal.

 

Uma outra maneira de regularizar seu Windows é através de contrato de licenciamento de volume. Esse é o formato mais indicado para empresas, através de revendas é criado um acesso no portal da MS onde todas as licenças que sua empresa possui ficam listadas. Somente essa modalidade exclui a necessidade de nf em auditoria da MS pois no momento de inclusão do software, eles validam a nota.

A MS quando faz auditoria não olha somente o Windows, ela busca por todos os programas dela, incluindo pacote office. A mesma regra de licenciamento se aplica aqui.

A multa da MS pode ser retroativa em vários anos conforme a idade da sua empresa.

Quem faz essas auditorias atualmente são escritórios terceirizados que ganham comissões, logo cada um aplica diferentes multas. Mas geralmente eles te dão um prazo para se regularizar.

A MS não investiga ou gera multas caso encontre programas terceiros piratas como Corel, Photoshop ou qualquer CAD. Cada empresa cuida do seu próprio licenciamento e as regras variam de acordo com cada empresa(Corel, Adobe, etc.). 

 

 

Minha empresa tem uma vasta experiência com esse tipo de situação pois prestamos consultoria técnica para outras empresas, além de serviços de gestão de infra. Já negociamos muitas vezes com a MS e pode ter certeza de que nenhum fiscal vai cair em papinho furado de "estou testando os 30 dias".

A fiscalização da MS explodiu nos últimos anos e normalmente eles dão muitas chances para voce se regularizar antes de gerar multas ou processos. Mas já houve vários casos de eles virem junto com um oficial de justiça para visitar empresas. E você não pode simplesmente dizer não e barrar a entrada do oficial de justiça.

 

Resumindo: Não existe jeito certo de fazer a coisa errada. Compre as licenças ou migre para linux.

 

 

  • Curtir 1
  • Amei 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu achava que eles só fiscalizavam empresas grandes, ate que conheci uma pessoa que tem um escritório pequeno igual ao meu(3 computadores) e ele me disse que recebeu a fiscalização. Na verdade ele não chegou a ser multado porque ocorreu exatamente o que voce falou, eles deram um prazo de alguns dias pra essa pessoa se regularizar, e ai ele teve que ir comprar correndo as licenças pra deixar tudo certinho.

Alias pelo que eu entendi, parece que ele nem chegou a receber os fiscais pessoalmente, ele recebeu apenas uma notificação o informando disso e dos prazos para se regularizar...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
6 minutos atrás, gutopereira disse:

Eu achava que eles só fiscalizavam empresas grandes, ate que conheci uma pessoa que tem um escritório pequeno igual ao meu(3 computadores) e ele me disse que recebeu a fiscalização. Na verdade ele não chegou a ser multado porque ocorreu exatamente o que voce falou, eles deram um prazo de alguns dias pra essa pessoa se regularizar, e ai ele teve que ir comprar correndo as licenças pra deixar tudo certinho.

Alias pelo que eu entendi, parece que ele nem chegou a receber os fiscais pessoalmente, ele recebeu apenas uma notificação o informando disso e dos prazos para se regularizar...

Sim, o procedimento mais comum é receber um e-mail onde eles pedem a relação dos programas deles, depois que você passa a lista, eles pedem as notas fiscais. Se algo não bater, eles iniciam os procedimentos legais. Mas existe casos onde eles batem na sua porta com o oficial de justiça sem nenhuma notificação prévia.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pelo que eu entendi eles nem perguntaram quais eram os programas, eles ja sabiam que o windows não estava ativado(ou não tinha uma chave válida) e ja mandaram a notificação dando o prazo para ele se regularizar!
Não sei se foi só com o Windows, ou se na notificação eles falavam do Office também...


A minha duvida do inicio do tópico era se eu poderia continuar utilizando o windows de forma legal sem precisar ativa-lo, ja que a Microsoft me permite isso... Mas acredito que essa duvida ja ficou bem esclarecida. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
20 horas atrás, gutopereira disse:

Essas outras chaves OEM, mesmo que compradas de lojas idôneas como por exemplo na Amazon(vende uma chave ESD por 40 reais)

Isso é pirataria, são chaves vendidas ilegalmente. 

 

Veja: 

 

  • Curtir 1
  • Amei 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

GRÁTIS: minicurso “Como ganhar dinheiro montando computadores”

Gabriel TorresGabriel Torres, fundador e editor executivo do Clube do Hardware, acaba de lançar um minicurso totalmente gratuito: "Como ganhar dinheiro montando computadores".

Você aprenderá sobre o quanto pode ganhar, como cobrar, como lidar com a concorrência, como se tornar um profissional altamente qualificado e muito mais!

Inscreva-se agora!