Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Entre para seguir isso  

Teste dos processadores Ryzen 3 3100 e Ryzen 3 3300X

       
 17.791 Visualizações    Testes  
 25 comentários

Testamos os novos processadores de entrada da AMD, o Ryzen 3 3100 e o Ryzen 3 3300X, ambos com quatro núcleos e oito threads. Confira!

Teste dos processadores Ryzen 3 3100 e Ryzen 3 3300X
Produto Recomendado

Produto Recomendado

Introdução

A AMD lançou dois processadores Ryzen 3 de terceira geração, o Ryzen 3 3100 e o Ryzen 3 3300X, ambos com quatro núcleos e oito threads, e sem vídeo integrado, baseados na arquitetura Zen 2, fabricados em 7 nm, com 16 MiB de cache L3 e TDP de 65 W. Vamos ver como é o desempenho destes processadores de entrada.

A maior diferença entre os dois modelos está no clock: o Ryzen 3 3100 tem clock base de 3,6 GHz e clock máximo de 3,9 GHz, enquanto o Ryzen 3 3300X tem clock base de 3,8 GHz o clock máximo de 4,3 GHz. O preço anunciado destes processadores é, respectivamente, de US$ 100 e US$ 120, nos EUA.

Mas há outra diferença entre eles. Como já explicamos quando testamos o primeiro processador desta geração, o Ryzen 7 3700X, estes processadores são formados por chiplets: um chiplet de entrada e saída, fabricado em 12 nm, e um ou dois chiplets contendo os núcleos de processamento, fabricados em 7 nm, chamados de CCD (Core Chiplet Die). Cada CCD é formado internamente por dois CCX (Core CompleX) e cada CCX tem até quatro núcleos. Apenas os Ryzen 9 têm dois CCDs, enquanto os demais têm apenas um.

O Ryzen 3 3100 utiliza uma configuração com dois CCX ativos, sendo que em cada CCX, há dois núcleos de processamento (portanto, dois núcleos desabilitados). Já o Ryzen 3 3300X utiliza uma configuração de apenas um CCX com quatro núcleos. Assim, costuma-se dizer que o 3100 usa a configuração "2+2" e o 3300X usa configuração "4+0". Em termos teóricos, isso dá uma vantagem extra ao Ryzen 3 3300X, por ter uma menor latência de comunicação entre os núcleos.

Essa diferença fica clara ao analisarmos as informações oferecidas pelo CPU-Z: no Ryzen 3 3300X, o cache L3 é listado como sendo 16 MiB, já que todo o cache fica localizado em apenas um CCX. Já o Ryzen 3 3100 tem "2 x 8 MiB", já que são 8 MiB de cache disponíveis em cada CCX (metade do cache de cada CCX é desabilitado).

Ryzen3-3000-01.jpg

Figura 1: tela do CPU-Z

Os dois processadores vêm com o cooler Wraith Stealth (o mesmo que vem com o Ryzen 5 3600), mas recebemos para testes apenas os processadores, sem caixa ou cooler. Você pode vê-los na Figura 2.

Ryzen3-3000-02.jpg

Figura 2: os processadores Ryzen 3 3100 e Ryzen 3 3300X

Comparamos o Ryzen 3 3100 e o Ryzen 3 3300X ao Core i3-9100F, que é o concorrente mais próximo destes processadores. Lembre-se, porém, que outro modelo da mesma faixa de preço é o Core i3-9100, que é idêntico ao Core i3-9100F, exceto pela presença de vídeo integrado, mas que tem um preço superior ao do Ryzen 3 3300X.

Utilizamos a placa de vídeo GeForce RTX 2080 SUPER, que é um modelo topo de linha, de forma a minimizar qualquer gargalo de placa de vídeo, visto estarmos querendo analisar exclusivamente o desempenho de processamento.

Vamos comparar as principais especificações dos processadores testados na próxima página.

Compartilhar

  • Curtir 10
  • Obrigado 1


  Denunciar Artigo
Entre para seguir isso  

Artigos similares


Comentários de usuários


Simplesmente espetacular!

Apenas senti falta de colocar um Ryzen 3600/3500X como comparativo para ver até onde a diferença de núcleos pode afetar.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

AMD, já disse que te amo??? Há pouco tempo, o top de linha era o 7700K. Graças aos Ryzen, o desempenho dele é de um entry hoje, tanto R3 quanto i3. Por quanto tempo ficamos sem evolução, enquanto a AMD chafurdava com o FX e a Intel não se mexia com os iX? 

Quanto ao comentário do colega acima, também senti falta, com um i5 9400 e/ou R5 1600AF. Sei que não devem ter os processadores disponíveis, mas mesmo assim fizeram falta. 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Otimos testes , boa opção pro mercado de entrada . Agora que a AMD tirou a diferença tecnologica dos ultimos 10 anos da Intel digamos assim , acho que vão ficar marcando territorio com um tentando ofuscar o lançamento do outro , o que é muito bom la fora porque mantem um freio nos preços , infelizmente como de costume aqui no brasil os preços ficarão totalmente fora da realidade .

 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

 Processadores mais acessíveis com ótimo desempenho. É o que o mercado precisava.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Ruim vai ser se esses processadores chegarem acima dos 800 reais, aí vale mais a pena comprar os 1600AF. Uma outra vantagem é que até as A320 estão recebendo suporte para esses processadores.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, Kleber Peters disse:

AMD, já disse que te amo??? Há pouco tempo, o top de linha era o 7700K. Graças aos Ryzen, o desempenho dele é de um entry hoje, tanto R3 quanto i3. Por quanto tempo ficamos sem evolução, enquanto a AMD chafurdava com o FX e a Intel não se mexia com os iX? 

Quanto ao comentário do colega acima, também senti falta, com um i5 9400 e/ou R5 1600AF. Sei que não devem ter os processadores disponíveis, mas mesmo assim fizeram falta. 

Não incluímos pois estes processadores estão numa faixa de preço bem acima...

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
33 minutos atrás, RBMA disse:

Ruim vai ser se esses processadores chegarem acima dos 800 reais, aí vale mais a pena comprar os 1600AF.

Do modo que o mercado brasileiro é aproveitador, R$800 vai ser o mínimo, fora que suspeito de um possível cartel das distribuidoras terceirizadas da AMD aqui no país.

O mais certo é que quanto mais queridinho é um produto no Brasil, mais caro fica na prateleira.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

O lançamento de 4/8 no mockup de entrada é algo surreal (tanto do lado da AMD quanto da Intel).

 

O que parece que alguns esqueceram é que a Intel tem o poderio econômico suficiente para injetar uma alta carga de dinheiro e colocar o preço bem abaixo nesses core i3 HT. É uma forma de ofuscar até o 3300X. Mas quem já se rendeu aos Ryzen não acho que voltariam para a Intel tão fácil assim. Pois a mudança de plataforma não é tão interessante.

 

O que pode acontecer é que quem já está acostumado com a troca de placa-mãe e processador, vão apenas vender o que já tinha e trocar pela nova atualização da Intel... Muita gente que conheço ainda tem aquela memória de uma AMD que só andava atrás da Intel.

 

Claro que o lançamento do 3100 e 3300X é uma grande pedra no sapato pra Intel, pois já estão no mercado e é a linha do processador Ryzen mais basico da AMD batendo de frente com qualquer Intel core "iX" de qualquer geração abaixo do i7 7700K. Assim como antigamente a Intel tinha os Core i5 que batiam em qualquer processador que a AMD colocasse no mercado (nenhum FX conseguia alcançar nem um core i5, por isso que a Intel não se preocupava, pois era só mexer um pouquinho no preço e já matava o custo benefício da AMD). A coisa só foi mudar com os Ryzen mesmo.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Acho extraordinária a revolução que a AMD promoveu em apenas 3 anos com a arquitetura Zen.

Minha maior dúvida sobre esses modelos é quanto ao valor. Pra valer a pena ele tem que custar bem menos que o Ryzen 5 2600, mas com o dólar nas alturas, será que chega aqui por menos de 900?

 

Eu quero muito ver o embate entre 10 geração da Intel e os Ryzen 4000.

 

Parabéns a equipe pelos testes.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Na terabyte está R$ 959,00 e na Kabum R$ 969,00.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
17 horas atrás, Lauffer Ramos disse:

Na terabyte está R$ 959,00 e na Kabum R$ 969,00.

 

Não vale a pena por esse preço, se custasse abaixo dos 800 reais ainda valeria.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
4 minutos atrás, RBMA disse:

Não vale a pena por esse preço, se custasse abaixo dos 800 reais ainda valeria.

Enquanto o dólar e a pandemia estiverem assim, nada que vier neste meio tempo vai ter preço bom.

Infelizmente mesmo se voltar ao que era antes, demoraria cerca de meio ano para o mercado se estabilizar por completo, pois muito estoque nas lojas ainda terão preço altos.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
55 minutos atrás, Lost Byte disse:

Enquanto o dólar e a pandemia estiverem assim, nada que vier neste meio tempo vai ter preço bom.

Infelizmente mesmo se voltar ao que era antes, demoraria cerca de meio ano para o mercado se estabilizar por completo, pois muito estoque nas lojas ainda terão preço altos.

 

Pois é só ano que vêm para os preços baixarem. Peça de computador em 2020 só em caso de emergência.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Bom dia!

Na página 5, no teste HandBrake, o resultado apresentado está divergindo do gráfico. De acordo com o gráfico o Corei3 foi mais rápido já que o resultado é expresso em segundos.

image.png.961f9600e9d084c2aa5ecee7576d7dc7.png

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Em 26/05/2020 às 11:23, NIGHT FALL disse:

Acho extraordinária a revolução que a AMD promoveu em apenas 3 anos com a arquitetura Zen.

Minha maior dúvida sobre esses modelos é quanto ao valor. Pra valer a pena ele tem que custar bem menos que o Ryzen 5 2600, mas com o dólar nas alturas, será que chega aqui por menos de 900?

 

Eu quero muito ver o embate entre 10 geração da Intel e os Ryzen 4000.

 

Parabéns a equipe pelos testes.

O 3300x está 959,00 na Tera. 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Em 27/05/2020 às 08:05, RBMA disse:

 

Não vale a pena por esse preço, se custasse abaixo dos 800 reais ainda valeria.

Ainda está super caro, Vale mais a pena pegar um Ryzen 5 que possue mais Core e Threads.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Eu acredito que faltou o Core i3 9300 nessa disputa. Claramente, o 9100 ou 9100F é concorrente do 3100X, e o 9300 é o concorrente do 3300x. Mesmo que o 9300 tenha um preço mais alto (desvantagem dele, mas, categoria semelhante) deveria ser levado em consideração.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

senti falta de comparar com algum processador da geração anterior, para termos noção da evolução.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Sem querer ser chato, mas tirando o erro do handbrake citado pelo kadu lopes. Também tem erro na parte do teste do RDR2 em que a conclusão se refere ao Tomb Raider ao invés de RDR2. Outra coisa: não foi especificada a resolução que foi testado Tomb Raider. Suponho que tenha sido 1080p, mas é bom colocar.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

O que mais me deixa na dúvida e eu adoraria se tivesse um comentário sobre, o assunto de consumo. Apesar das especificações em W, seria legal ter o teste prático do consumo dos processadores e quanto isso refletiria na conta de luz final do mês (claro, uma média, levando em conta que o preço do Wh varia entre regiões).
 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Em 29/05/2020 às 11:56, kadu.lopes disse:

Na página 5, no teste HandBrake, o resultado apresentado está divergindo do gráfico

 

Em 30/05/2020 às 20:20, Felipecfk disse:

Também tem erro na parte do teste do RDR2 em que a conclusão se refere ao Tomb Raider ao invés de RDR2.

 

Em 30/05/2020 às 20:20, Felipecfk disse:

Outra coisa: não foi especificada a resolução que foi testado Tomb Raider. Suponho que tenha sido 1080p, mas é bom colocar.

 

Obrigado por passarem o pente fino e terem nos avisado sobre esses errinhos; acabei de corrigi-los. Abraços!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Em 25/05/2020 às 11:23, Rafael Coelho disse:

Não incluímos pois estes processadores estão numa faixa de preço bem acima...

Senti falta também destes testes. Claro, isso é fácil de comparar, basta buscar os testes de um R5 3600 no próprio site do CdH. Mas ainda sim, seria muito didático mostrar isso.

Principalmente pelo fato de que quem busca um processador novo tem com target principal o maior desempenho e como objeção/restrição, o preço.

Aí que as coisas ficam interessantes. Comparando "no olho", o R5 3600 teve resultados muito parecidos com o 3300x. Claro, um dos testes rodou com uma 2080 Ti e o outro com uma 2080 Super.

Me corrijam se estiver errado, mas a 2080 Ti é levemente superior à Super.

O que corrobora ainda mais com a minha afirmação, pois o teste com 3300X usou uma placa de video que é mais fraca.

 

Os testes tiveram resultados muito próximos no geral, mostrando 2 coisas.

a) o 3300X consegue chegar bem próximo do gargalo de VGA

b) em se tratando de jogos, o 3300X é uma escolha muito segura em comparação ao 3600 mesmo custando muito menos.

 

Ou seja, mesmo que você tenha o dinheiro para comprar um 3600, o 3300X parece ser uma escolha melhor. Pois com a diferença de preços, você pode buscar uma placa de vídeo mais poderosa, já que claramente o limite em jogos está mais amarrado à placa de vídeo do que ao processador.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@sdriver

O R3 3300X é um excelente processador para um PC de entrada, podendo aproveitar muito bem placas de vídeo mid-high em vários cenários. Em comparação a série 2000, se assemelha a um 2400G, só que com um boost legal de IPC e sem vídeo integrado.

Só fica confuso a numeração dos modelos por poder de processamento para o consumidor. Tipo, o 3400G teoricamente deveria ser superior ao 3300X, mas perde até para o 3100...

Não entendo por qual motivo eles não colocam numeração como Ryzen 3450 ou 3250. É ridículo.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Em 29/05/2020 às 11:56, kadu.lopes disse:

Bom dia!

Na página 5, no teste HandBrake, o resultado apresentado está divergindo do gráfico. De acordo com o gráfico o Corei3 foi mais rápido já que o resultado é expresso em segundos.

image.png.961f9600e9d084c2aa5ecee7576d7dc7.png

Observei que o artigo foi corrigido para informar que o i3-9100F foi mais rápido baseado no método de medição, conforme eu havia apontado. Entretanto gostaria de fazer outras ponderações que observei baseadas em outros testes.  1 - Em diferentes testes utilizando o Handbrake, as aferições são feitas ora em quadros por segundo, ora em segundos, o que muda o critério de aferição.

2 - Observei também que em testes de outros processadores que comparam linha INTEL i* vs AMD Ryzen, os processadores AMD costumam ser melhores nos resultados do Handbrake.

Dito isto, não seria o método de aferição do resultado que estaria invertido? Ou seja, o resultado pode ter sido medido em quadros por segundo e apresentado erroneamente em segundos? Faz todo o sentido se compararmos com os resultados de testes anteriores entre essas linhas de processadores.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
2 horas atrás, kadu.lopes disse:

Observei que o artigo foi corrigido para informar que o i3-9100F foi mais rápido baseado no método de medição, conforme eu havia apontado. Entretanto gostaria de fazer outras ponderações que observei baseadas em outros testes.  1 - Em diferentes testes utilizando o Handbrake, as aferições são feitas ora em quadros por segundo, ora em segundos, o que muda o critério de aferição.

2 - Observei também que em testes de outros processadores que comparam linha INTEL i* vs AMD Ryzen, os processadores AMD costumam ser melhores nos resultados do Handbrake.

Dito isto, não seria o método de aferição do resultado que estaria invertido? Ou seja, o resultado pode ter sido medido em quadros por segundo e apresentado erroneamente em segundos? Faz todo o sentido se compararmos com os resultados de testes anteriores entre essas linhas de processadores.

 

Você tem razão, os dados estão em quadros por segundo, já vamos corrigir.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas comunidades sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

Aprenda_a_Ler_Resistores_e_Capacitores-capa-3d-newsletter.jpg

EBOOK GRÁTIS!

CLIQUE AQUI E BAIXE AGORA MESMO!