Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Eduardoooo

Posso aprender eletrônica de forma independente?

Recommended Posts

É possivel eu aprender eletrônica pelo menos alguma coisa sobre ela via internet, com algum curso ou videos não sei, sei que não vai ser algo que vou poder trabalhar com isso mas pra pelo menos dar um incentivo na minha jornada para a faculdade ou dar um sentido na minha vida já que não faço nada pois não estudo. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

É possível sim, e muito. Claro que com a prática fica melhor, por isso, se puder também já desmonte uns circuitos e brinque com eles. Quanto a retomada aos estudos, eu estudaria os assuntos do ensino médio e fazia o enem. Assim, seriam 2 coelhos numa só cajadada, eliminaria o ensino médio e escolhia alguma faculdade que o sisu ofertou para cursar. Lembrando que para emitir  a ficha 19 com o enem, você já tem que ter mais de 18 anos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

eu ja desmontei varios mas não faço ideia do que cada componente faz :( sabe algum lugar para poder aprender?
e sobre os estudos se eu fizer o enem eu nao precisarei do supletivo e é como se tivesse feito o ensino medio? se passar é claro

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bom dia

 

@Eduardoooo esse cara desse canal manja.

https://www.youtube.com/user/ivega10

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
5 horas atrás, Eduardoooo disse:

eu ja desmontei varios mas não faço ideia do que cada componente faz :( sabe algum lugar para poder aprender?
e sobre os estudos se eu fizer o enem eu nao precisarei do supletivo e é como se tivesse feito o ensino medio? se passar é claro

 

Mas você até se expressa bem pelo que escreve o que indica já um bom nível de escolaridade.

 

O que já estudou até hoje ?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eduardo, me identifico com voce. Sofri muito com bullyng no ensino fundamental. Quando entrei na escola técnica em 81 pra fazer eletrônica (acabei fazendo telecomunicações, que é eletrônica + telefonia e rádio) o  início foi um choque porque os veteranos tratavam a gente que nem calouros de faculdade, mas como sou músico e tinha uma banda que tocava nos shows da escola acabei ganhando o respeito da maioria. Quando tinha 10 anos ganhei um kit pra montar diversos experimentos, todos com baixa tensão e pilhas. Tinha 3 transistores, um monte de resistores, capacitores, dois diodos um potenciômetro com chave e um capacitor variável. Tinha também uma antena de rádio am pra fazer os primeiros receptores. A maioria dos experimentos funcionou mas também tive o mesmo problema, não sabia direito o que cada componente faz nem com a explicação do livro que vinha junto. O que fez muita diferença foi uma coleção de livros que era um curso de eletrônica da década de 60/70 e principalmente o primeiro livro que falava sobre fontes de alimentação. Era do tempo das válvulas mas nas fontes lineares (não chaveadas) não tinha muita diferença, falava tanto dos diodos como das válvulas retificadoras , a diferença é pouca. O resto era igual, transformadores, capacitores de filtragem, indutores, resistores, e a importantissima LEI de OHM (V=I.R e P=I.V) coisa que é a base do alicerce da eletricidade básica e eletrônica. Com isso entendi o funcionamento dos componentes mais básicos e o que é de verdade corrente contínua e corrente alternada. Eu li os outros também mas falava somente sobre válvulas, ajudou bastante mas se já estava obsoleto naquela época imagina hoje (embora ainda tenham espaço em aplicações específicas). O resto foi com montando os projetinhos e lendo os artigos das famosas revistas Eletrônica Saber semanais sob a supervisão do grande Newton C. Braga que tem hoje tem inúmeros artigos na internet. Com isso já entrei na escola técnica sabendo bastante coisas. Acho que o caminho das pedras pra voce é o seguinte: Compre um multímetro, uma protoboard pequena, pode pensar em comprar material pra fazer PCIs (placa virgem, percloreto, caneta de retroprojetor etc...), resistores de diversos valores, alguns diodos, dois leds, capacitores de 1nf 10 nF 100 nf capacitores eletrolíticos de 1, 10, 100 e 1000 uF por 16 volts ou mais e alguns transistores bem simples como o famigerado Bc 548 e Bc 557. Uma fonte regulável é bom mas mesmo fontes fixas como de celular velho que costumam ter 4,5, 5 volts já quebram o galho. Sucata ajuda muito mais sem saber qual componente está bom ou não pode complicar. Pode comprar uma pilha de 9 volts também com o clip.  ESTUDE, ENTENDA e FAÇA EXPERIÊNCIAS COM A LEI DE OHM ATÉ QUE FAÇAM PARTE DA SUA ALMA. Tem zilhões de artigos sobre isso na internet, entender o que é tensão (também chamado de tensão) corrente, potencia e resistência ( e sua parente a impedância) é fundamentalissimo. Depois estude sobre fontes comuns, as mais antigas não chaveadas com transformador, diodos e capacitor. Não precisa a princípio entender como funciona a estabilização, se quiser estude por enquanto apenas os CIS reguladores da linha 78xx, são componentes de 3 pernas que são simples de entender. Depois procure artigos simples que te expliquem o funcionamento dos transistores bipolares simples, o que são os três terminais e procure e faça experiências simples da net e no YouTube. Monte o seu primeiro "multivibrador astável"  com dois transistores e dois leds. Quando estiver entendido o funcionamento dos transistores comece a estudar os Cis amplificadores operacionais iniciando com o também famigerado 741. Se a cabeça já der comece a estudar sobre eletrônica digital, a função e funcionamento das portas lógicas (and, nand, or, nor, xor, etc..). Aí voce vai ter que arrumar uns CIS da linha 74xx (são chamados Ci de lógica TTL). Eles funcionam todos com 5 volts. Depois disso os c-mos não são um grande pulo. Eu acho que assim você vai ter construido um alicerce bom para o resto da eletrônica e pode começar a escolher seus próprios caminhos. Não esqueça de fuçar bastante nos artigos do grande Newton C. Braga. Um abraço e boa sorte.

37 minutos atrás, Henrique - RJ disse:

@Andreas Karl

 

Tem muita coisa falsificada e com defeito sendo vendida não só em lojas quanto pela internet ( China ).

 

Comprei 3 mosfet em uma loja aqui no centro do Rio e todos estavam com defeito ( só depois é que fiquei sabendo por um vendedor que os clientes trazem até aparelhos para testar os componentes antes de comprar ).

 

7 horas atrás, Eduardoooo disse:

É possivel eu aprender eletrônica pelo menos alguma coisa sobre ela via internet, com algum curso ou videos não sei, sei que não vai ser algo que vou poder trabalhar com isso mas pra pelo menos dar um incentivo na minha jornada para a faculdade ou dar um sentido na minha vida já que não faço nada pois não estudo. 

 

  • Obrigado 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu aprendi eletrônica em casa, sem Internet (apenas com livros e revistas) e numa época em que eu estudava, ficava mexendo num quarto que tinha nos fundos da minha casa. Tenho curso de mecânico e eletricista, mas não de eletrônica, esta passou apenas a ser um hobby mesmo. 

 

Comece pelo básico, pilhas, lâmpadas, interruptores, estude somente eletricidade primeiro, conheça a lei de ohm, os princípios de corrente, tensão, resistência e potência elétrica. 

Depois entre no mundo dos Leds, resistores, comece a estudar as fontes de alimentação com apenas transformadores, diodos e capacitores, procure saber o funcionamento de cada componente que eu citei até agora. 

Transistor, circuito integrado, esses aí ficam por último, são o ápice da eletrônica. 

 

Se não tiver, compre um multímetro, um ferro de solda e algumas ferramentas (primeiro aprenda a usar tudo, se não souber). São coisas importantes porque o melhor ensino é o. prático, mas também não deixe de aprender a teoria. 

  • Curtir 1
  • Obrigado 1
  • Amei 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu diria que isso meio que está no sangue, no DNA do sujeito...

Eu, desde que comecei a andar, vivia desmontando tudo o que era eletrônico pra ver o que tinha dentro. Queria entender como as coisas funcionavam. Estraguei de tudo, tomei uns puxões de orelha, mas acabei aprendendo, sozinho.

Tem sim como ser autodidata nessa área. Todo o material necessário está disponível na internet.

Comece a entender o que é "Lei de Ohm". Saiba trabalhar com a "Lei de Ohm" de olhos fechados, de trás pra frente, de cabeça pra baixo... Isso é fundamental nesta área!

Compre um multímetro dos baratinhos mesmo (uns 30 pilas), um ferro de solda de 30 ou 35 Watts e arrume sucata de eletrônicos pra retirada de componentes. Arruma de graça em oficinas técnicas.

Comece fazendo experiências para comprovar a "Lei de Ohm". De novo: "Lei de Ohm" é fundamental, é a base, é requisito indispensável para o entendimento do que vier pela frente.

 

[]'s

Renato

  • Obrigado 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
6 minutos atrás, TcheRenato disse:

Eu diria que isso meio que está no sangue, no DNA do sujeito...

Eu, desde que comecei a andar, vivia desmontando tudo o que era eletrônico pra ver o que tinha dentro. Queria entender como as coisas funcionavam. Estraguei de tudo, tomei uns puxões de orelha, mas acabei aprendendo, sozinho.

[2]

É bem por aí mesmo, vem no sangue.

Eu fiz tudo isso aí, comecei muito cedo. Com sete, oito anos de idade eu já estava acendendo lâmpadas, ligando rádios de automóveis, consertei o ferro de passar da minha avó e por aí vai...

  • Amei 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sim é possivel,no meu caso dois amigos meu me ensinaram,e tambem fui formado pela iub curso por correspondencia,e tambem estudando através de livros e vhs,só basta ter dedicação e focar na area que pretende atuar,tem uns cursos do luiz carlos burgos que são muito bons,entra no site la depois e veja.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 horas atrás, Luanccecrttv2008 disse:

Sim é possivel,no meu caso dois amigos meu me ensinaram,e tambem fui formado pela iub curso por correspondencia,e tambem estudando através de livros e vhs,só basta ter dedicação e focar na area que pretende atuar,tem uns cursos do luiz carlos burgos que são muito bons,entra no site la depois e veja.

 

Para mim os cursos do Burgos parecem enrolar o aluno.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bom no caso,eu comprava era livros dele e não cursos,tipo livro da tv philips linha pt,proteções dos aparelhos de som aiwa,como reegravar eeprom de tv linha crt,os livros dos mini system e das tvs linha crt são bons e tudo bem que foi há 10 anos que comprei os materiais dele,mas eu gostei muito na epoca.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sim, eu, por exemplo, estou estudando sozinho, com apoio de vídeo aulas, livros, enchendo o saco do pessoal aqui e realizando montagens práticas. Creio que a maioria dos membros mais experientes do fórum aprenderam sozinhos também. 

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@TcheRenato Isso lembra muito de mim, quando eu era criança eu gostava de lanternas e eu ficava sempre pensando "como a lanterna que usa a pilha que tem energia elétrica faz pra transformar em luz ? ". Ai depois começei a querer abrir e entender tudo (época em q quebrava as coisas por não saber abrir de uma forma cautelosa) e daí foi indo e indo. Só preciso saber mais sobre trafos de fontes chaveadas, microcontroladores, programação, ondas de radio..... Todo mundo sabe q eletronica n acaba... Mas para o @Eduardoooo estude a lei de ohm e resistores primeiro, aconselho muito q compre um livro, pois a eletronica tem muitos "níveis" e um livro pra iniciantes vai te dar um norte e uma visão geral de tudo. E uma coisa muito importante é a pratica.

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×